Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Leaderboard


Popular Content

Showing most liked content since 07/17/2018 in all areas

  1. 16 points
    Depois de uma longa espera, de uma longa trajetória, finalmente realizei meu sonho de ter um torrador STC. Para encurtar a história: Murilo Lins comprou um STC, porém devido a um desalinhamento do motor que ocorreu durante o transporte, ele travou. Murilo estava sem tempo para fazer o reparo final (após uma tentativa que acabou por queimar o motor), então acabou deixando o torrador parado. Eu havia entrado em contato com Guilherme Torres a procura de um e fui informado sobre essa situação. Após algum tempo conversando com Murilo, ele muito gentilmente resolveu me vender a unidade dele. O STC foi enviado para Guilherme fazer os reparos e atualizações (motor mais potente, tambor sólido, trava rosca nos parafusos, etc) e acabou de chegar para mim. Ou seja, viajou de Recife para Brasília e de lá para Aracaju. Fiz duas torras até agora, ainda tenho muito aprendizado pela frente. Mas para quem veio do torrador do Beto , são muitas novidades. Fui muito feliz com meu primeiro torrador, mas queria ter mais controle sobre vários aspectos da torra. Junto do torrador comprei o exaustor também, muito recomendado por Guilherme para ter um conjunto para a vida toda. Uma grande diferença que já notei foi o aroma da torra... Como temos um fluxo de ar com exaustão, não tenho mais aroma de fumaça. Enfim, foi um grande upgrade. Agora queria agradecer imensamente aos dois que proporcionaram tudo: Murilo, por ter sido muito gentil em aceitar me vender, sem essa atitude nobre, eu não teria conseguido adquirir. E Guilherme, por ter dado uma assistência INCRÍVEL. Na verdade nem sei como descrever a imensa prestatividade dele. Me mandou diversos vídeos, áudios e textos explicando o funcionamento, o passo a passo das atualizações, aspectos técnicos. Sempre muito solícito. Obrigado, pessoal!!!!!!! Agora vou tentar fazer jus a tanto trabalho e estudar ainda mais sobre torra e colocar em prática. PS: desculpem a bagunça, mas tirei foto com tudo no chão mesmo.
  2. 14 points
    Algumas novidades no cantinho. Suportes de PF (desenho próprio): Novo (velho) moinho (Zwanger Favorite 2AT) de +/- 60 anos. Ao lado dele o Bravo Debut parece pequeno: E um bule elétrico da AliExpress:
  3. 12 points
  4. 11 points
    Recebi uns 100g de café do Jacú, recentemente colhido uns poucos km da minha casa. O produtor, na verdade um torrefador (Maffortcafé, bem simpático, recomendo uma visita), já lavou e secou o café, e eu só tirei do pergaminho: O grão ficou bem bonito, grão grande, sem verdes, brocados etc. Parece que o Jacú sabe bem o que ele escolha para comer. Mas só sobraram 82g de grão, e fiquei na dúvida se o STC consegue torrar amostras tão pequenas. Como parte do último mod do STC, o sensor BT agora fica mais baixo e deu para torrar os 82g sem problemas de leitura no BT. Pré-aqueci o forno com 120C e consegui uma torra de prova (RoR relativamente constante até o 1C). Tirei o café com 12min e 208C. Torra clara-média, com 14.5% de perda de peso. A torra ficou bonita, relativamente homogênea, embora com as manchas claras típicas de café de umidade heterogênea, como muitos cafés fermentados. Já observei isso no café do Jacú da Unique, e talvez faz parte do processo de digestão da cereja, ou da lavagem do grão depois. Na xícara foi uma supresa muito agradável. Não esperei grandes coisas, como a minha região (Campo das Vertentes) não produz muito café especial. Mas o café ficou muito gostoso no v60. Boa doçura, frutas amarelas, acidez cítrica média e equilibrada, bom corpo. Foi uma experiência muito bacana, pois nunca torrei café do Jacú e não esperei que na frente da minha casa cresce café tão gostoso. Abçs, Burny
  5. 11 points
    Boa tarde moçada.... Meu cantinho terapêutico atualmente. Abração turma!
  6. 10 points
    Quer saber? Foda-se. O descaso da moderação aqui me tirou o tesão completamente.
  7. 10 points
    Embora com algumas gotas espalhadas, uma boa extração da Aram, tigrada, do Kebado um Etíope da Square Mille com cinco dias da torra. Enviado de meu MI 6 usando o Tapatalk
  8. 9 points
    Que café doce é esse Denner, impressionante mesmo, mais um ótimo café dos colegas da Roast!
  9. 9 points
  10. 7 points
    Olá, pessoal. Acabei de voltar de uma viagem de 12 dias por Bogotá, capital da Colômbia, e venho compartilhar uma lista de cafeterias que visitei. Algumas delas foram sugeridas por @João Vitor Ribeiro e @Santiago Luz , e várias outras por Faber, um barista colombiano que conheci por lá. Ao todo, foram oito cafeterias, distribuídas por diferentes bairros da cidade, como Centro, Zona G, Chicó e Zona T. Em algumas demorei bastante, em outros passei rapidamente. Nas que passava rápido, tomava um espresso, quando tinha mais tempo, V60. Pude experimentar cafés variados em espaços de diferentes portes e preços. Lamento apenas não conseguir descrever a multiplicidade de sabores que senti. Nessas cafeterias, o espresso saía entre 4 e 8 mil pesos (cerca de R$ 5 a 10, na conversão em 12/08/18), os filtrados pelo dobro do valor e os pacotes de 250g, entre 15 e 50 mil pesos (R$ 20 a 50). É muito simples visitar essas cafeterias, mesmo para viagens curtas. Apesar de não contar com sistema de metrô (eles tem um sistema de Transmilenio), Bogotá, assim como outras capitais da América Latina, tem uma rede imensa e super barata de táxis. Então, é fácil se organizar para se deslocar pela cidade e aproveitar as cafeterias pelos diferentes bairros. Parque de la 93 # Azahar O local é bonito, agradável, o café também, mas o atendimento deixa a desejar. Fui duas vezes nessa cafeteria, mas na segunda acabei cancelando o pedido pois o espaço estava muito cheio (também servem almoço), barulhento e nosso pedido não chegava nunca. Na verdade, nem sei se a coffee-girl chegou a anotar nosso pedido. Na primeira ida, tomei uma “cata de café”, de 10 mil pesos, e curti; vem com três xícaras com cafés de origem da temporada para se provar a variedade de sabores do café colombiano. Por conta do atendimento, não voltarei lá se retornar à Colômbia. Cata de café, no Azahar Cata de café, Azahar Zona T # Colo Café Cafeteria agradável de um espaço de co-working, bem no furdunço da Zona T, região repleta de lojas e restaurantes. Os baristas, Marcos e Daniela, são super simpáticos. No espaço tem um torrador então sempre tem café novinho, de 2 ou 3 dias, para comprar. Eles trabalham com três tipos de cafés, que podem ser preparados para espresso ou coado. Esperar o café era uma das melhores experiências de estar lá. Sentado no balcão, além de poder acompanhar o processo, havia uma suave brisa fria que vinha da porta de entrada e espalhava o aroma do café que estava sendo moído por todo o ambiente. Fui umas três vezes nessa cafeteria, era meu ponto de refúgio enquanto minha namorada se perdia nas lojinhas da região heheh. Uma curiosidade adicional que chamou a minha atenção foi o V60 ser servido em um Becker de laboratório. Prático, funcional, e barato. Já incorporei a ideia ao meu instrumental do café. V60, no Colo Café Torrador, no Colo Café Um dos cafés do Colo Café, disponível para sentir o aroma antes de provar Chicó # Kiri café Uma cafeteria pequenininha perto de onde fiquei hospedado, em torno da calle 90, no bairro Chicó. Lá também sempre tem café bem novinho torrado em um "micro torrador" (vide foto). O café é bem leve e suave e o preço maravilha, cada pacote de 250g saiu em torno de 20 reais. Torrador, Kiri Café # Café 18 Junto com a Azahar é a mais ampla das cafeterias que visitei. O ambiente é agradável e amplo, silencioso e dispõe de variados cafés à venda. Lá pude experimentar o Geisha e trazer um pacote pra casa (por um total de solamente R$ 54). O inconveniente dessa cafeteria é apenas que por qualquer motivo ela fecha - se está tarde, fecha, se é feriado, fecha, se é cedo, fecha, se é domingo, fecha, se está calor, fecha, se está frio, fecha :-) então tem que estar atento para não perder a visita. Como me hospedei pertinho dela, sempre passava em frente. Geisha, no Café 18 Centro # Contraste CoffeLab Essa cafeteria fica bem no centro da cidade, ideal para se visitar antes ou depois do Museo del Oro. Parece não ter muito tempo de inaugurada. É bem pequena, basicamente um balcão e duas mesas, mas vale a pena visitar. A barista é muito simpática e de vez em quando eles promovem labs de degustação. Havia várias opções de filtrado, mas acabei tomando apenas um espresso pois tinha acabado de passar na cafeteria do Museo del Oro. Jamile e eu, no Contraste CoffeLab # Café San Alberto Localizada na parte inferior do próprio Museo del Oro. Só vi um único tipo de café, um Caturra, possível em diversos métodos (V60, sifão, espresso, prensa, etc.). Para minha curiosidade, a temperatura era a mais baixa entre os que tomei em Bogotá. O sabor era bem bom e me lembrou um pouco o do Kiri. Na saída, ainda encontrei essa oferta (foto abaixo) bem na porta do museu, será que valia à pena provar? Máquina de espresso, moedor e tudo mais. Acabou não saindo na foto, mas, ao lado, havia ainda um vendedor de pacotinhos de "hormigas rabudas tostadas" (tanajuras torradas) - será que harmonizaria com o café? ehehe O que sobrou do espresso, no San Alberto Café na rua Zona G # Café Cultor Apesar de estar na minha lista, acabei me batendo com essa cafeteria por acaso. Estávamos na região da Zona G e um pombo surgiu de um lugar que até hoje não descobrimos.. se saiu de cima, de baixo, se foi espírito, alucinação; sabemos apenas que ele soltou uma metralhada na calça da minha namorada que pegou do tênis até quase o joelho. Situação, né? Fomos procurar um lugar pra comprar uma meia. Na verdade, a vontade dela era mesmo comprar meia, tênis, calça, e por que não mais um casaco, né? Como nessa região não tinha nada disso, fomos então pelo menos tentar encontrar a tal meia. Nesse caminho, encontramos a Cultor. Por conta das circunstâncias, a passagem por lá acabou sendo bem rápida; tempo apenas para saber que a recepcionista, Camila, falava português e que o café deles é muito bom! Pedi que o barista me indicasse dois para trazer (vide nas fotos). Mais um café que não deu tempo tirar uma foto :-), Café Cultor Bairro Teusaquillo # Tesla Té y Café A melhor experiência de café que tive em Bogotá. Os dois donos são muito simpáticos e passamos um bom tempo conversando. Tomei um espresso com um sabor acentuado de panela, algo local como rapadura/melaço de cana com cravo e canela. Faber, o barista e namorado de uma dos donos, tem grande entusiasmo em falar sobre café e ensinar. Ele nos apresentou diversos tipos de processos de grãos, como descascado, lavado, etc, falou de eventos (em inglês) que realiza para mostrar às pessoas as diferenças de sabor entre vários cafés, etc. De tempos em tempos, o espaço promove também gigs com bandas locais- único lugar que visitamos com essa característica. Ele ficou surpreso com a receita básica de Aeropress do Lisboa Santos que passei pra ele. Faber (à esq.), Jamile e eu, no Tesla Té Y Café Equipe do Tesla Té Y Café e eu Amostras de grãos em diferentes processos, no Tesla Té Y Café Aeroporto # Gourmet Café Na espera pelo vôo dei uma volta no terminal e acabei encontrando um café com uma máquina “anos 30” que não saberia dizer qual é (terminal de embarque internacional 28). O café era do Amor Perfecto. Durante a viagem, alguns baristas me falaram que esse café era apenas OK, em comparação ao que podia encontrar em Bogotá, mas acabou me surpreendendo, talvez pela baixa expectativa, ou talvez porque gostei mesmo. Máquina de espresso da Gourmet Café, no aeroporto # Free Shop Ainda no aeroporto, me chamou atenção uma La Pavoni no free shop. Não sei se estava ali para uso ou apenas para decorar. Só lembrei do @Fogo ruivo quando vi :-) La Pavoni e moedor Bunn no Free Shop # Loja da Britt Ao ver o moedor na loja da Britt, pensei “o Mimoso deles”. Hehehe Moedor manual na loja da Britt do aeroporto de Bogotá Pela cidade inteira # Starbucks e Juan Valdez Normalmente não tomo café nesses lugares, mas no frio de Bogotá descobri que tomar chocolate quente pode ser uma opção. # Donkin Donuts Infelizmente só escrevo esse texto para falar mal. Como ocorreu no Starbucks e Juan Valdez, pedi um chocolate quente para lidar melhor com o frio e sentei em uma mesa bem perto do vaporizador da máquina de espresso. O quiosque estava vazio e mesmo assim a funcionária nunca limpava o bico do vaporizador, não importava se estivesse vaporizando leite puro, com chocolate, ou o que fosse. Que nojo, viu? Meu kit de viagem em ação Resultado das compras - 3kg em 12 pacotes É isso aí, pessoal. Bogotá é uma cidade incrível, repleta de opções e com poucos turistas. O povo colombiano é acolhedor e sempre disposto a ajudar. Me movimentei pra cima e pra baixo e não me senti inseguro em nenhum momento. Foi minha primeira vez no país mas a quinta da minha namorada, que chegou a morar por alguns meses em Manizales, no Eje Cafetero. Segundo ela, sentiu uma grande diferença dessa viagem para as outras, realizadas há cerca de 15 anos. Comentou que, em sua primeira vez em Bogotá, o clima de tensão era sempre presente.. exército fortemente armado nas ruas por todas as partes, revistas constantes de bolsas/mochilas e veículos por todos os lugares e uma certa estranheza (não necessariamente ruim.. era como se fossemos ETs) com a presença de estrangeiros. Nessa viagem, nos deparamos apenas com revistas na entrada do Andino, pequeno shopping da Zona T, e olhe que quando estávamos lá, o período coincidiu com o dia de posse do novo presidente do país. Tudo na paz. A única chaticezinha básica é a enrolação de alguns taxistas. Acabamos deixando de pegar na rua e usamos o app "Taxis Libres". Apesar de ruim, é o melhor e mais seguro app do país. O Uber é proibido por lá. A la orden, que disfruten! Por fim, essa é a lista completa que Faber, barista da Tesla Té Y Café, me recomendou. Vale à pena conferir! EDIÇÃO: Essa lista aparece truncada no Tapatalk, mas está ok na página web do fórum Item Nome Endereço Zona Subzona 1 Jon Dech Café K 27 # 5-38 Candelaria No aplica 2 Café Rec K 6 # 7-08 Candelaria No aplica 3 Bogotaza Café K 6 # 7-16 Candelaria No aplica 4 Café Ibañez "3A" C 10 # 3-61 Candelaria No aplica 5 Café Unión C 10 # 2-96 Candelaria No aplica 6 Cafecultor "BLAA" C 11 # 4-14 Candelaria No aplica 7 Tintoreria Café K 5 # 12-08 Candelaria No aplica 8 Café de la Reserva K 3 # 12-58 Candelaria No aplica 9 Café para Dos C 12c # 3-12 Candelaria No aplica 10 Arte y Pasión Café "Presidnecia" C 10 # 8-87 Candelaria No aplica 11 Valetto C 12Bis # 6-57 Candelaria No aplica 12 Candelaria Café K 7 # 12a-37 Candelaria No aplica 13 Café Ibañez "7A" C 12b # 7-12 Candelaria No aplica 14 Café San Alberto "Museo.Oro" C 16 # 5-41 Santafe No aplica 15 Café Chan Chan C 16 # 5-24 Santafe No aplica 16 Arte y Pasión Café C 16 # 7-76 Santafe No aplica 17 Contraste Coffee Lab K 3 #12c-90 Santafe No aplica 18 Tacoa Café K 3 #12d-60 Candelaria No aplica 19 Magola Buen Día K 3 # 17-60 Candelaria No aplica 20 San Francisco Café C 19 # 3a-37 Santafe Aguas 21 Varietale "Andes" DIA 20a # 00-06 Santafe Aguas 22 Café Origami K 4a # 26c-04 Santafe Macarena 23 Café Unión K 5a # 26c-62 Santafe Macarena 24 Wisdom Coffee K 13 # 28-17 Santafe Centro Internacional 25 Soca C 28 # 13a-24 Santafe Centro Internacional 26 Catuai C 31 # 13a-51 Santafe Centro Internacional 27 Café Tambora K 5 # 34-65 Santafe Parque Nacional 28 Soca "Colgas" C 37 # 8-43 Santafe Parque Nacional 29 Café Nicanor C 29a # 34a-33 Teusaquillo No aplica 30 Xue X Café C 26 # 103-09 Aeropuerto No aplica 31 Quipile Café de Origen K 24 # 42-71 Teusaquillo No aplica 32 Bogotá Coffee Roasters C 43 # 19-01 Teusaquillo No aplica 33 Tesla Té y Café K 20 # 50-09 Teusaquillo No aplica 34 Café Mundano DIA 40 # 7-40 Chapinero No aplica 35 Varietale "Javeriana" C 41 # 8-43 Chapinero No aplica 36 Macondo C 53 # 6-11 Chapinero No aplica 37 Roots Café C 57 # 7-51 Chapinero No aplica 38 Café Dos Campos K 9 # 57-77 Chapinero No aplica 39 Vigo Café C 61 # 3b-08 Chapinero No aplica 40 Café Lavé C 65 # 3b-57 Chapinero No aplica 41 Amor Perfecto K 4 # 66-46 Chapinero No aplica 42 Grazia C 69 # 5-04 Chapinero No aplica 43 Cafecultor "Contenedor" C 69 # 6-20 Chapinero No aplica 44 Kaffeina K 9 # 69-32 Chapinero No aplica 45 Juan Valdez Origenes C 70 # 6-09 Chapinero No aplica 46 Cafecultor "Casa" C 70a # 9-44 Chapinero No aplica 47 Cafecultor "Wilborada" C 71 # 10-47 Chapinero No aplica 48 Bourbon Coffee Roasters C 70a # 13-83 Chapinero No aplica 49 Devoción K 7 # 72-41 Chapinero No aplica 50 Café de la Fonda K 14 # 78-52 Chapinero Lago 51 Catuai K 12a # 79-25 Chapinero Lago 52 90° Centigrados Café K 14 # 79-62 Chapinero Lago 53 IL Pomeriggio "c.c. Andino" K 11 # 82-01 Chapinero Lago 54 Colo Coffee K 13 # 83-19 Chapinero Lago 55 Café León K 14 # 85-61 Chapinero Lago 56 Amor Perfecto K 11 # 93a-43 Chapinero Chico 57 Pasión Arabica C 93a # 13-46 Chapinero Chico 58 Level One Hub C 93b # 13-91 Chapinero Chico 59 Azahar Coffee C 93b # 13-92 Chapinero Chico 60 Kiri Café C 95 # 14-07 Chapinero Chico 61 Café 18 K 11b # 96-54 Chapinero Chico 62 Cowo Cwoffee C 98 # 8-37 Chapinero Chico 63 Coffee Lovers K 15 # 102-27 Usaquen No aplica 64 Café del Eje C 109 # 15-28 Usaquen No aplica 65 La Strega Tea & Coffee K 7 # 115-60 Usaquen No aplica 66 Café San Alberto C 117 # 6a-47 Usaquen No aplica 67 Amor Perfecto C 119B # 5-37 Usaquen No aplica 68 Catación Pública C 120a # 3a-47 Usaquen No aplica 69 Abadia Café by Doppio C 119 # 14a-26 Usaquen Unicentro 70 Dislatte K 19 # 135-29 Norte Autopista Norte 71 Maria Coffee K 46 # 152-46 Norte Mazuren 72 Let it be Café C 166 # 17-59 Norte Toberin 73 Café 1800 mt K 7 # 180-75 Norte Codabas
  11. 7 points
  12. 7 points
    Cumulativo elétricos: q3, elétricos: Algumas comparações de mós: Contribuição, elétricos;
  13. 7 points
    Cumulativo manuais: q3 manuais: Cumulativo e q3, manuais econômicos: Contribuição manuais:
  14. 7 points
    Cheguei do Chile fds passado estava de férias junto com a namo, e em Santiago e cidades entorno visitei várias cafeterias, inclusive a starbucks reserve que tem poucas, realmente é uma cafeteria diferenciada, enorme com equipamentos de ponta, fazem vários tipos de extração e a torra são de cafés microlotes selecionados e não deixam carbonizar como de costume, é uma torra para espresso, fugindo da 3 onda, mas é uma torra agradável, vale a pena conhecer a starbucks reserve onde existir. Os cafés lá são todos de fora, de ouros continentes importam cru e torram no chile mesmo, os valores é em torno de 35 a 50 (o mais caro que encontrei) reais o pacote de 250g. trouxe pacotes de lá, todos com torras recentes, dos que abri até agora um que me surpreendeu foi um indiano da café cultura que é um robusta, mas com uma exoticidade enorme, nunca tomei um café tão licoroso, mas também não tem muita complexidade porém é gostoso de se tomar, o pacote já acabou hehehehehe segue algumas fotos... Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  15. 7 points
    Este é o Bravo Mini , um moedor de cafe manual, com sistema de regulagem único no mundo, normalmente eu fabrico 2 lotes por ano, e acaba que quando o lote fica pronto ela já está vendido, mas em função da alta do dólar este ano não terá o 2º lote, só farei um novo lote para maio do próximo ano, o valor dos últimos MINIS vendidos foi de R$ 1290,00. Para compensar a falta do Mini sairá um novo modelo , com previsão de ficar pronto em dezembro, terá o mesmo sistema de regulagem, e usará a mesma marcas de mós , italianas, a previsão é que pese 800 grs, e tenha seu valor próximo a R$ 800,00, em 20 dias sairá também um pequeno lote do Bravo Debut, um moedor com mos cônicas de 71mm. A terceira foto é do DEBUT, e a 4ª foto é do novo moedor, ainda sem nome. Maoe, finalmente chegou a hora de dar um up no moedor xing ling.
  16. 7 points
    Xícara do @Durval Pontes Junior, cafézão da Roast, e agenda da Academia
  17. 7 points
    Acabei de receber também filtros da Kalita e Hario V60 vindos do Japão, bem como um fogareiro à gás para o uso da Cafeteira Sifão vindo da China. Abastecido por um bom tempo agora.
  18. 7 points
    Desculpe a sinceridade, mas Henrique faz um desserviço para o fórum. Se ele isoladamente consegue resultados bons com moedores de lâminas, bom para ele. Mas abrir um tópico desse só faz criar confusão na cabeça de um novato que entre no fórum procurando conhecimento consolidado. A moderação poderia considerar excluir esse tópico e acompanhar mais de perto essas postagens dele. Já passou do ponto.
  19. 6 points
    Pessoal participo do grupo a mais de dois anos, mas só lendo e aprendendo mesmo, gostaria de compartilhar minha experiência de compra de um Morador Baratza sette 30 AP. Me mudei recentemente para o Paraguai, moro em Ciudad del Este divisa com Foz do Iguaçu-Pr. Pois bem usei uma empresa de redicionamento de mercadoria com loja na cidade que moro, CDE box. Paguei no site https://www.myespressoshop.com/collections/espresso-grinders/products/baratza-sette-30-ap-coffee-grinder com cartão de crédito, paguei 249.00 dólares mais 60 reais de IOF, ficou em torno de mil reais, mais frete aéreo de 93.00 dólares, (18.00 dólares o kilo)em torno de 360.00 reais, custo final de 1.360.00 reais somente, já que aqui não se paga os absurdos 60 por cento. Próxima compra está nos planos Rancilio Silva, trazer por navio, ( custa 5 dólares o kilo), a grande dúvida se já peço com ou sem Pid, tenho que ter mais conhecimento a respeito, se alguém quiser me esclarecer mais a respeito. Acho que fica bem em conta, uma ideia aos amigos, que porventura queiram vir fazer compras em Ciudad del Este, podem se programar para na ocasião retirar a mercadoria também, qualquer dúvida estou a disposição. Enviado de meu XT1635-02 usando o Tapatalk
  20. 6 points
    Estou devendo esse post já um tempão. A ideia inicial foi produzir um texto mais abrangente explicando todos os passos do teste detalhadamente, mas infelizmente não tenho o tempo disponível no momento para fazer isso. Então acho válido já postar os resultados e deixar as explicações para depois (incl. para os participantes do teste do CdC explicarem). O que fizemos? Usarmos um protocolo padronizado (ajustar a moagem para que 10g misturados em 200g de aqua quente num pitcher e rapidamente transferidos para um v60 descem em 2min). O café (Abelardo, um café bem gostoso e doce) foi doado pela Roast (muito obrigado meninos!). Eu usei o CamSizer XT da Retsch/Horiba para medir a granulometria das amostras, e vou mostrar os dados como volume cumulativo, q3 (a 1a derivada da curva cumulativa) e no formato Mahlkönig, que mostra a contribuição para o volume total da amostra. Então vamos lá.
  21. 6 points
    Olá pessoal! Está é minha primeira participação nesse fórum, digo que eu encontrei esse forum por acaso e estou muito contente com toda a informação que estou encontrando! Eu dou muito valor a tudo que fazemos em casa, sem passar pela industria. Vejam minha primeira vez que torrei café em casa! https://youtu.be/b3R5k_WQn_Q
  22. 6 points
    God shot do dia Guilherme
  23. 6 points
    Compras da La Marzocco, xícaras de quatro modelos e o principal, um PF bottomless para as extrações de filme que vocês fazem, ô inveja que faz coisa ... Por óbvio a Receita barrou, mandou tributo, tive que recorrer - cobraram o preço total + frete, que já estava no preço total. Fim da conversa 45 dias úteis. Enviado de meu MI 6 usando o Tapatalk
  24. 6 points
    Da AliExpress. Chegou sem impostos e rápidinho. A coisa boa é que ele mede a faixa entre coado e espresso, pode calibrar a conductancia, e calibrar/mudar o fator de conversão conductancia -> TDS. Assim só secar o bolo depois de umas extrações para calibrar ele para estimar o TDS das minhas extrações, e depois %ext.
  25. 6 points
    @helderbarreto, na realidade o seu poder de persuação me fez ver que o torrador contigo teria melhor uso, lembro que seu primeiro contato foi no dia 02/05 e nessa data eu nem pensava em vendê-lo. Como o cilindro do torrador travou comigo desde a primeira tentativa de torra e, por consequência, as três ou quatro tentativas de colocá-lo em funcionamento, mesmo com a ajuda de um amigo aqui de Recife, que também possui um STC, acabaram por provocar a queima do motor e um pequeno desânimo de minha parte no projeto de torrar café, apesar de toda insistência e esforço de Guilherme e de Igor em ajudar-me no processo de correção e atualização do mesmo. Acredito que ainda não era o momento de me iniciar na arte da torra e desejo toda a sorte do mundo nessa sua nova fase. Mais para frente tentarei retomar esse desejo antigo e quem sabe você ainda não me dê umas boas aulas de torra em uma passagem aqui por Recife.
  26. 5 points
    Salve colegas Home Roasters, seguindo com a tradição, declaramos aberta a consulta para a primeira Compra Coletiva de 2018. Como sempre, o nosso objetivo neste momento é falar um pouco sobre as novidades, o trabalho de pré seleção que já estamos fazendo, apresentar os prazos e abrir um canal para escutá-los, onde vocês poderão sugerir produtores que gostariam de ver na C.C. e/ou passar sugestões ou reclamações. É também do nosso interesse utilizar este tópico como termômetro para medir a demanda que vamos ter para a próxima C.C., então é muito importante que se manifestem sobre o interesse ou não de participar, dando uma ideia de quantos quilos desejam pegar desta vez. Para começar, caso não saiba o que é a Compra Coletiva ou caso tenha alguma dúvida sobre o seu funcionamento, sugerimos a leitura do tópico: Para se inscrever na nossa lista de e-mail onde passamos as novidades da C.C. link aqui. Avisaremos em primeira mão assim que os pedidos foram abertos. Para obter atualizações mais rápidas sobre o andamento da Compra Coletiva e conhecer um pouco melhor os bastidores do nosso trabalho sugerimos que nos sigam no Instagram: https://www.instagram.com/comprecoletivo/ 1. TORRA COLETIVA De acordo com o que foi discutido na última consulta (link aqui), a maior novidade para esta CC é que retornaremos às origens e comercializaremos somente café verde. Entretanto, isso não significa que será o fim da comercialização dos cafés já torrados. Estamos abrindo a C.C. para que outras torrefações ou torrefadores individuais possam oferecer o café já torrado a venda para os foristas. Nossa ideia é incentivar a regionalização da torra para que os membros que não dispõem de um torrador possam provar os cafés selecionados já torrados. As torrefações (ou torrefadores individuais) que estiverem interessados em participar da TORRA COLETIVA dos cafés da C.C. deverão entrar em contato por mensagem privada, por e-mail (comprecoletivo.cafes@gmail.com) ou pelo whatsapp (31 999427844) até o dia 25/08, informando qual cidade estão e dando uma estimativa de quanto de café verde desejam. Mandaremos amostras dos cafés pré-selecionados para que os interessados possam provar junto aos membros do CdC da sua região. Uma vez que os cafés forem selecionados, abriremos uma nova chamada para que os interessados em participar da TORRA COLETIVA possam realizar os pedidos. Isso deverá ocorrer antes da gente fechar a quantidade de cada café que vamos comprar junto aos produtores. Talvez seja necessário colocar um pedido mínimo, tipo 30kg por cada café, ou colocar um sinal neste momento para garantir o interesse dos cafés. Aos interessados em participar da TORRA COLETIVA, mandaremos os cafés verdes solicitados sem o adicional da taxa de manuseio. Entraria de custo somente o frete do café verde pra nossa localização (que por padrão tem sido um acréscimo de R$2,00 por kg de café verde) e o frete para a localização dos interessados. 2. ENVIO COLETIVO Outra novidade é o encerramento da opção ENVIO COLETIVO como padrão no site da Compra Coletiva no ato do pedido. Isso não significa que será o fim desta modalidade de envio, mas sim uma reformulação. Os interessados em participar do ENVIO COLETIVO deverão se manifestar no tópico de abertura dos pedidos. Uma representante local deverá ser escolhido. Ele ficará responsável por coletar os pedidos regionais e realizar um único pedido no site. 3. TRANSPORTADORA PARA AS REGIÕES NORTE E NORDESTE Uma grande dificuldade que sempre tivemos foi quanto ao envio dos cafés para as regiões do Norte e Nordeste por conta da falta da nota fiscal. Para esta Compra Coletiva isso não será um problema. 4. SELEÇÃO COLETIVA A seleção coletiva é o ato mais democrático da nossa Compra Coletiva, onde membros regionais se reúnem para provar os cafés pré-selecionados e escolher os cafés que mais lhe agradam. Ela tem que continuar! As cidades participantes serão escolhidas de acordo com número médio de participantes nas últimas Compras Coletivas; possibilidade de participar da TORRA COLETIVA. As cidades participante, assim como os organizadores locais, serão divulgados no dia 29/08. 5. A COMPRA COLETIVA Esta será a primeira vez que uma C.C. irá acontecer nesta época do ano. Para que seja possível manter o alto nível dos cafés, vamos buscar privilegiar regiões que são conhecidas por colherem seus cafés precocemente. Estamos viajando para a região da Mantiqueira para buscar amostras e já temos contato com cooperativas do Sul de Minas e da região da Média Mogiana paulista e do Cerrado Mineiro. Caso tenham sugestões de cafés que gostariam de ver nesta Compra Coletiva ou tenham o contato de produtor que gostariam de compartilhar com a gente, estamos abertos para escutá-los. Seria muito legal ter um café do Paraná, estamos buscando o contato de produtores dessa região. 6. PRAZOS Há basicamente 4 etapas para a compra sair: pré seleção das amostras; seleção a partir das consultas regionais; negociação com os produtores e envio das sacas; fracionamento e envio dos cafés. Cronologicamente temos: 25/08 - Limite para que os interessados em participar da TORRA COLETIVA se manifestem, conforme especificado anteriormente; 29/08 - Divulgação da lista das cidades e dos organizadores responsáveis pela SELEÇÃO COLETIVA; 14/09 ~ 16/09 - Data sugerida para os encontros regionais acontecerem; 17/09 - Divulgação dos cafés selecionados; 18/09 ~ 05/10 - Período para negociar com os produtores e envio das sacas para BH. 16/10 - Abertura dos pedidos da Primeira Compra Coletiva de 2018. Como podem ver, é necessário vários meses de planejamento para que tudo ocorra dentro do planejado. 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS A última compra que realizamos tomou proporções gigantescas, ficando cada vez mais complicado centralizar toda a operação em um lugar somente. Para que nossa compra de cafés verdes seja cada vez mais coletiva, é necessário dividir as tarefas. Essa é a principal razão de estarmos propondo as alterações anteriores quanto aos cafés torrados e ao envio coletivo. O envio coletivo, em especial, também nos dava muito trabalho. Observem o passo a passo de como procedíamos: Agrupar todos os pedidos desta modalidade feitos no site; Entrar em contato com os interessados e escolher um representante local para receber os café; Fazer o cálculo do frete e dividir proporcionalmente aos pedidos; Entrar no site e atualizar 1 a 1 manualmente o valor do frete; Entrar em contato avisando que o valor total do pedido foi liberado e já pode ser pago; Confirmar os pagamentos; Por diversas vezes discutimos sobre possibilidades de automatizar esses processos. Chegamos a conclusão que o menos dispendioso é realmente dividir essas tarefas. Vocês se organizando por aí, vai reduzir demais nosso trabalho, demais. Nossa sugestão é que se comuniquem aí na cidade de vocês criando grupos no whatsapp ou até mesmo usando o chat aqui do fórum. Cada um passa seu pedido para o representante local e ele fica responsável por realizar um único pedido e fazer o pagamento para gente do total do pedido. Para que realizem o pagamento entre vocês por cartão de crédito, sugerimos fortemente que utilizem o app de pagamento chamado Pic Pay, até R$800 por mês não tem tarifa alguma para pagamentos. Na última Compra Coletivo o forista @helderbarreto fez isso e foi ele que abriu nossos olhos para essa possibilidade, valeu Helder! Pra finalizar, gostaríamos de dizer que ainda temos um pouco de café verde da última Compra Coletiva. Vamos disponibilizar esses cafés para vocês aguentarem até outubro. O estoque é limitado e daremos preferência para os que entrarem em contato primeiro: Café do Afonso - 10kg disponíveis - R$37,90 o kg Café da Rosângela Natural - 3kg disponíveis - R$32,60 o kg Café do Tino - 5kg disponíveis - R$37,90 o kg Para mais informações sobre esses cafés: http://forum.clubedocafe.net/topic/5919-encerrada-verde-e-torrado-2%C2%AA-compra-coletiva-de-2017-do-clube-do-caf%C3%A9/ Os pedidos deverão ser feitos por mensagem privada ou pelo whatsapp 31 999427844 Grande abraço, Equipe Compra Coletiva
  27. 5 points
    Eu tomei um ontem, originado de Bali. Caríssimo. Mas como experiência foi muito válido. Foi sim o melhor café que já tomei na vida. Acidez ímpar, aroma caramelizado ao extremo. O sabor também é caramelizado. Notei um retrogosto persistente que me remeteu a frutas. No final da experiência achei o café muito além de meu paladar iniciante, ou seja, foi como andar numa Ferrari estando eu acostumando a andar de fusca ehehehhe . Mas me marcou muito tudo. Daqui a uns meses quando tiver me aprofundado mais no mundo do café ariscarei repetir a experiência. Detalhe, esse café foi tomado em Fortaleza-CE. Numa loja de venda e assistência técnica de máquinas de expresso cujo o dono é da República Tcheca. Mas eles também servem expressos lá (não como foco principal). Eles também vender cafés especiais importados (Etiópia, indonésia, Quênia.. etc). O nome do estabelecimento chama-se Café Company. O dono me falou também que está cogitando a possibilidade de fazer a torra de cafés importados lá mesmo e revender para o Brasil.
  28. 5 points
    Com todo respeito, essa é mais uma daquelas tralhas que vai pro armário. Suporte direto na xícara ou bule é imbatível Kkkkkkkkkkkk
  29. 5 points
    Essas empresas fora de lei... http://www.lojabondinho.com.br/catalogsearch/result/?q=ácido
  30. 5 points
    DICA: Kalita Wave 185 cabe milimetricamente na garrafa térmica Stanley. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  31. 5 points
    Chegou há alguns dias, graças a uma amiga que aceitou trazer na bagagem. Eureka Atom para substituir o Sette 270w. Troquei principalmente por conta do barulho e é impressionante como o Atom é silencioso. Penei um pouco até me adaptar a não moer por dose e desperdicei bastante café até acertar a regulagem, mas até agora estou 100% satisfeito. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  32. 5 points
    Café em grãos, lá vamos nós! Enviado de meu Moto G (5) Plus usando o Tapatalk
  33. 5 points
    Ontem vale? Resolvi comprar uns Cafés Square Mille no dia anterior, escrevi um e-mail e o pessoal mandou na primeiríssima hora!!! Recebi ontem, antes de sair do hotel em que estava essas duas belezuras, torrados no dia anterior e entregues ao correio na terça ainda pela manhã. Chegou quarta! Serviço top dos caras!!! Serviço da equipe Square Mille super eficiente e dos correios britânico nem se fala! (embora eu estivesse em Londres e a torrefação seja não muito distante do centro) demoraria muito ir até lá, eles até me franquearam ir pegar, mas para quem tá com pouco tempo pegar um taxi ou um metrô e caminhar até lá estaria meio fora de mão. Os cafés foram torrados em 17/7. Também comprei e chegou durante a viagem um kit da Hario, coadores e suporte com uma espátula de bambu, ótima para usar na Aeropress. O preço desses produtos na revendedora de Londres compensou muito, tudo com o frete: 16 Libras.
  34. 5 points
    Bom, resolvi extravasar. Levei meu porta filtro num torneiro e pedi pra abrir o furo de saída (eu havia aumentado esse furo com retifica e Lima, mas tinha ficado redondo igual um ovo rsrs, aí o café tocava na beirada e virava um chafariz, não dava mais pra usar. Pois bem, levei num torneiro e ele abriu o diâmetro, o mesmo de entrada. Resultado, virou um naked caseiro. Valeu a pena, agora é aprender a compactar. A crema praticamente dobrou de volume agora, em relação a antes. Até o barulho do café caindo na xícara é diferente. Pena não ter o controle ainda, de tamper e granulometria, pra evitar canalização. Agora sim vou ter que aprender a tirar um espresso. Enviado de meu SM-G900MD usando o Tapatalk
  35. 4 points
  36. 4 points
    Chegou hoje, acessório para fazer cold drip com uma Aeropress. Enviado de meu moto x4 usando o Tapatalk
  37. 4 points
    Salve pessoal, acabamos de revisar o texto da Compra Coletiva e atualizamos os dados.
  38. 4 points
  39. 4 points
    Pessoal, Evitem comprar qualquer café em supermercados.... Eles só prezam lucro e mais nada.... Se não estiverem comprando verde e torrando em casa, comprem das fontes aqui do clube. Certeza de origem e qualidade, com preços muito justos Abraços a todos
  40. 4 points
    Vou abrir uma nova consulta logo logo, fiquem de olho....
  41. 4 points
    Recentemente comprei um condutivimetro com as possibilidades de calibrar ambos as medidas de conductancia elétrica (CE), e o fator de conversão CE -> TDS. É esse modelo, da AliExpress: Calibrei ele com soluções padrão de CE, que funcionou bem e ele mede as concentrações desses padrões perfeitamente depois dessa calibração. A minha maior preocupação foi a questão do fator de conversão CE -> TDS e se as duas variáveis realmente mostram uma dependência linear, da faixa inteira de coado até espresso. Para testar isso, tirei espressi com torras diferentes, pesei o pó usado, a bebida produzida e os bolos depois da extração e secagem por 24h em 80C, para acessar o TDS real dos espressi, e fiz e medi series de diluição dos mesmos. Aqui um resultado bem representativo: Em geral, em todos os testes a relação foi linear e o fator de conversão variou entre 0.60 e 0.62 (mS/cm -> %TDS) na faixa que testei (0 a 10 % TDS). Usei então um fator de 0.61 no aparelho. Com isso e o software VST Coffeetools pro avaliações muito interessantes são possíveis. Já vi p.ex. que seria interessante extrair os meus coados com mais água do que eu costumo fazer. Uma observação que fiz foi que a umidade do pó antes da extração influencia bastante, mas isso é um problema que um refratômetro mostra na mesma forma. Abçs, Burny
  42. 4 points
    Só porque falei. Saiu um felino agora rsrs Vídeo - Foto - Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  43. 4 points
    Jovem, foco, fé e muito treino, hehehehe até parece! Foi sorte sair bonitão assim, eu consegui uns tigrados antes, mas tão leves que não animei nem pegar o celular para fotografar. Vai que uma hora dá! Fotinha de hoje, tigrada mais leve... Hoje foi o Sweet Shop, também SMille, seria dias de torra. Abrax!
  44. 4 points
  45. 4 points
    @postenga, essa é a primeira Gaggia baby de fabricação doméstica. Ela é do ano de 1977. Eu a restaurei inteira e a apelidei de rustonina em homenagem ao meu amigo ruston por tê-la me dado de presente para restauro. Foi pintada a pó e teve todas as suas peças cromadas, exceto o porta filtro para dar um ar retrô. Abração
  46. 3 points
    Vendo cafeteira ECM MEchanika importada da Italia, utilizada por aproximadamente 4 meses, muito nova, utilizada para tirar no em média 2 cafés ao dia, Valor de R$ 11.500.00 e moinho Sanremo F64E muito bem conservado (comprei de uma cafeteria pequena) valor de R$ 3.200.00. Segue fotos dos dois. Maiores informaçoes e fotos so mandar mensagem no whatsapp 61 981515136.
  47. 3 points
    Mais um evento para galera de SP (e Curitiba) se fartar, parece interessante, alguém que foi nos anteriores pode opinar? Vi alguns cafés conhecidos, no total (conhecidos e desconhecidos, meus ao menos) acho que beira 40 ou 50 diferentes, são muitos! Sétima edição de Coffee Week Brasil acontece de 10 a 26 de agosto O FESTIVAL De 10 a 26 de agosto de 2018 acontece a sétima edição de Coffee Week Brasil, o maior festival de cafés do País. Um evento que tem como objetivo proporcionar experiências únicas com o café através de vários tipos de estabelecimentos onde a bebida é servida e pode ser apreciada. Na edição de 2018, estão confirmados no roteiro diversos endereços em São Paulo e Curitiba, nas categorias Excellence e Standard. Todos oferecendo combos exclusivos com café elaborado a partir de grãos 100% nacionais, a preços que variam entre R$ 9,90 e R$ 14,90. Durante o festival, o consumidor também encontra acompanhamentos inusitados inseridos aos combos exclusivos para o Coffee Week Brasil, como petit fours, doces, bolos, sanduíches, sorvetes e outras comidinhas. A cada edição de Coffee Week Brasil são agregados mais adeptos. Ao todo, o festival já impactou mais de 250 mil pessoas nos estabelecimentos participantes. Esperamos você também para vivenciar essa experiência com nossos participantes!
  48. 3 points
    Já usei uns moedores de lâminas no passado recente, um Cuisinart lá que comprei achando que seria mais rápido que o Hario Slim (bem, mais rápido até é mesmo...) para fazer café para mais gente. Dando umas chacoalhadas é possível pegar uma moagem decente, mas mais para moagens finas, porque aí aperta um montão e fica tudo fino mesmo. Para espresso acho que não deve ser lá essas coisas, mas para algum preparo fino na Aeropress, até que ia. Para moagens mais grossas, as médias, em coados, aí é um terror, ficam vários fines junto com uns cacos gigantes. Fica muito ruim. Para moagens médias recentemente comecei a usar mais o Handground (antes eu fazia quase tudo com moagens média-finas pra baixo), e fiquei surpreso, é bem consistente e dá um sabor muuuuito melhor. Eu era meio descrente no início de um dos mantras do forum, de que moedor é o coração de todo bom café, e hoje tive que rever isso. Especialmente para moagens mais grossas - em que o Hario Slim é ruinzinho. Então particularmente não recomendo esses moedores para nada coado, o café sai cada vez de um jeito, é decepcionante, e fica muito restrita a faixa "ok" de moagem. Aliás estou na casa dos meus sogros e eles têm um moedor desses, com alguns macetes consegui chegar num café maneiro na moka - mas ainda distante do que faço em casa - mas no Melittão fica ruim, ou subextraído ou passa do ponto. Acho que vale mais comprar um bom café já moído na granulometria média que usar esse tipo de moedor. Perde-se o frescor e tudo o mais e bla bla bla, mas ainda se sai ganhando, o sabor é mais consistente e os métodos "funcionam" melhor. E o Henrique é legal, po. O cara até existe. Mas "aventuras de Henrique" seria uma boa.
  49. 3 points
    Essa galera daqui é massa, uma galera gente fina em geral! Sem ressalvas! O Guilherme é P.H.O.D.A. ... Abraços e boas torras Helder! Vou começar novamente as torras no meu, se der hoje ainda. Estava de altas de café, mas agora ...
  50. 3 points
    Tomara que venda logo pra passar a minha febre!!!
×