Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Eduardo Gurjão

Senior Members
  • Content count

    23
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Eduardo Gurjão last won the day on October 8

Eduardo Gurjão had the most liked content!

Community Reputation

22 Neutro

About Eduardo Gurjão

  • Rank
    Iniciado
  • Birthday 06/06/1980

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Paraíba
  • Equipamento
    LP Professional, LS Vivaldi S1, Rancilio Kryo 65OD, Nemox Lux 500 steplees, Breville Grinder
  1. La Pavoni - Europiccola e Professional

    Boa tarde, @LUW, muito obrigado! @RogerioD, meu amigo, tudo na paz? Rapaz, a máquina tá tão boa, tá me dando uma repetibilidade de aspecto e de sabor tão fantástica, que tenho medo de mexer mais em algo e não ficar igual...mas eu já vi essa peça que você falou. Não fiz essa peça na minha, mas fiz o oring da ligação caldeira/grupo em teflon maciço com 3mm de espessura, ou seja, bem mais eficiente (em termos de temperatura) do que o de borracha que eles usam lá. Enfim, acho q não tenho mais coragem de mexer nela, não. Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  2. La Pavoni - Europiccola e Professional

    Boa noite, amigos, Faz um par de dias que tenho falado aqui sobre uma La Pavoni Professional, ano 1996, que tive a sorte de encontrar abandonada em garagem e comprei-a no intuito de devolver-lhe a vida. A máquina em si, não tinha avarias, estava, literalmente, largada ao relento, sem filtro e sem tela do chuveiro. Logo que trouxe ela pra casa, comecei o desmonte e a limpeza devidos, pensei que seria um trabalho curto mas, logo percebi que as vedações da máquina estavam ressecadas e endurecidas, muito mais pela falta de uso, mesmo, pois não apresentavam sinais de achatamento (gaxeta do grupo, por exemplo). Embora esse estado de ressecamento, a máquina estava funcionando como um relógio suíço, nenhum vazamento, termostato disparando exatamente em 1,2 e 0,8bar, para desligar e ligar a resistência. Além disso, havia uma água bem suja e com odor forte na caldeira da máquina, que devia estar ali há anos. Assim, decidi desmontar logo tudo e substituir todas as vedações. Aos passos que ia fazendo o desmanche, fui observando que várias alterações "upgrades" poderiam ser feitas na máquina, e ergui mãos à obra. Parti para a internet e encomendei logo um jogo completo de vedações da máquina, bem como, filtro e chuveiro do grupo. Porém, tive a ideia de mandar fazer todas as vedações (exceto as do grupo) em teflon maciço e, acabei por deixar as vedações originais que comprei pela internet, em borracha, guardadas como peças reservas...comprei o teflon em tarugos e levei ao torneiro mecânico para confecção, seguem umas fotos: Pesquisando pela internet, vi um upgrade que achei interessante, voltado ao isolamento do grupo/caldeira via lâmina de teflon. Como eu já estava trabalhando com este material, resolvi fazer eu mesmo essa peça, manualmente. Feita com 1.6mm de espessura : Outra alteração que vi, possível e viável, foi a substituição do pistão do grupo, que era de um tipo "plástico", e mandei fazer um idêntico em bronze maciço. Peça que foi feita comprecisão extrema pelo meu torneiro mecânico e, depois, foi polida por mim: Na parte de baixo, nas ligações elétricas, todo o cabeamento ganhou proteção extra com termocontrátil: Fiz também uma mudança bem interessante do sistema da alavanca, com a retirada dos eixos e do rolete originais, de ferro, substituindo-os por eixos de inox 440c maciço e por 3 rolamentos japoneses, também em inox. Os rolamentos também foram incrementados por 2 arruelas de proteção em laminado de fibra aramida que, além de proteger os rolamentos contra a entrada de água e resíduos, irá proteger também as peças cromadas contra os arranhões ocasionados pelo movimento da alavanca. Tudo devidamente lubrificado com graxa de teflon...o movimento da alavanca ficou acentuadamente macio e leve: As peças de aparência externa receberam tratamento de limpeza e polimento simples, deixando-as com aspectos de novas: Os cabos de plástico preto do porta filtro e da alavanca, bem como, as torneiras da caldeira e do vapor, também foram polidos e ficaram brilhando. Entretanto, como a máquina já havia me dado bastante trabalho e estava ficando bem bonita, aproveitei minha pré-disposição para trabalhos manuais em madeira e resolvi fazer um extensivo upgrade visual nela, todo em madeira, com cabos, torneiras e sub-base, incluindo uma base alinhadora de calcamento: Acima, vejam que a torneira do vapor ganhou travamento em parafuso alen. A torneira grande ganhou uma peça de inox 440c com dupla rosca macho e um base de 3mm entre eles, uma rosca entra na madeira e a outra na caldeira. A sub-base ganhou pés de ventosa em borracha com sistema antivibração. Abaixo, algumas imagens da máquina pronta: E um video em 360º dela que postei no youtube: Bom pessoal, é isso, relato extenso, espero que gostem do resultado. Tem me rendido ótimos espressos com exatas 30g de líquido e boa crema. Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  3. La Pavoni - Europiccola e Professional

    Eu sou meio sem tato pra essas coisas de internet...mas, vou tentar...
  4. La Pavoni - Europiccola e Professional

    Boa noite, amigos! Alguém poderia me explicar como faço pra excluir as fotos antigas que estão na minha conta? Queria compartilhar com os amigos o resultado final do trabalho que fiz na minha LP Professional, mas, não achei jeito de apagar as fotos antigas para poder hospedar as novas... Agradeço quem puder ajudar... Forte abraço a todos! Eduardo Gurjão
  5. @viniesp tudo na paz? Lembra de mim? Comprei um moedor teu um tempo atrás...tive q fazer outra conta aqui no forum, pois aquela antiga não consegui mais acessar de jeito nenhum. Então, esse espresso é o grão da Terroá, terra vermela. Estão saindo assim por padrão na vivaldi! Forte abraço! Eduardo Gurjão
  6. Boa tarde! @Gilberto achei melhor postar logo um video da vivaldi funcionando com o manômetro de extração em tempo real...segue: Forte abraço a todos! Eduardo Gurjão
  7. Bom dia! Exatamente, a vivaldi tem uma porta M5 na cabeça do grupo pronta pra isso! A la spaziale não traz nada de componentes como item de série. Tudo você tem que comprar por fora, como acessório. Eles vendem tudo como acessório, numa política muito parecida com a das montadoras nacionais de automóveis, que você tem que comprar até o jogo de tapetes de borracha por fora do valor do veículo. A máquina em si, vem com várias portas de conexão para você instalar os "acessórios" sem ter q fazer gambiarra. Eles vendem por fora manômetros, relógio temporizador/digitalizador do pid, câmara mecânica de pré-infusão progressiva e por aí vai... Tem, inclusive, uma outra porta que se destina a ligação do tubo de cobre pra instalar o manômetro e medir a pressão só da bomba. @Gilberto vou postar mais tarde! Não sei como postar pelo celular, pois as fotos ficam grandes e o forum não aceita. Forte abraço a todos! Eduardo Gurjão
  8. Olá, boa noite a todos, Nesse passo que citei, é preciso ter em mente que o barista só irá conseguir monitorar que está tudo certo entre a bomba e o ponto de medição do manometro. Qualquer vazamento ou perda de pressão posterior a esse ponto (no grupo ou na solenóide do grupo, por exemplo, a depender do projeto da máquina), não será registrado no manômetro e o barista nunca saberá...pois o manômetro registrou a pressão da bomba em ponto anterior. Isso falando do caso concreto. Tendo a ligação do manômetro ultrapassado o caminho de todas as válvulas, com viés de ligação dentro da cabeça do grupo, qualquer alteração será de logo percebida, até mesmo um vazamento na gaxeta fará a pressão cair um pouco. De mais a mais, querendo verificar a pressão total da bomba, é só vedar o grupo com um filtro cego e, durante toda extração você consegue monitorar a curva/rampa de pressão em tempo real...se o bolo estourar o barista percebe, se descolar do filtro percebe, se houver canalização grave, percebe. Todo e qualquer evento hídrico entre a bomba rotativa e a gota na xícara será registrado no manômetro. Pra quem usa grupo e61, eu acho q vale à pena plugar um manômetro para verificação da pressão real, em tempo real, da extração no nariz do grupo, visto que, não vai alterar a estrutura da máquina em nada. É apenas uma adição. A propósito, fui eu quem instalou o manômetro glicerinado no grupo da vivaldi e, só não o teria feito se fosse preciso alterar algo na estrutura da máquina mas, não é preciso Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  9. La Pavoni - Europiccola e Professional

    @RogerioD vou te chamar em MP...
  10. La Pavoni - Europiccola e Professional

    @RogerioD bacana de mais sua animosidade com a máquina e o projeto! Eu estou aqui no sofrimento com o filtro da minha que não chega para poder usá-la e concluir minha jornada...dependendo do correios...mas já fiz uma série de avanços na bichinha... Espero em breve poder mostrar os resultados. Abraços, Eduardo Gurjão
  11. O mesmo grão pode possuir vários sabores ?

    Se você pega uma ferrari f360 e bota uma pessoa que não sabe dirigir dentro dela, ela não vai sair do canto... Se você um motorista ruim dentro dela, ela vai andar, mas não mostrará todo seu potencial... Se você põe o Fernando Alonso dentro dela, ela voa... Da mesma maneira seria o combustível que você coloca no motor dessa Ferrari. No seu caso, o próprio grão de café. E assim sucessivamente. Com toda máquina manipulada pelas mãos humanas sucede assim... Tudo depende do quanto você quer evoluir e se dedicar...ou, apenas, explorar a polêmica... Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  12. La Pavoni - Europiccola e Professional

    @RogerioD sensacional o vídeo...e nacional! Também estou ansioso com um la pavoni "pra nascer", no aguardo do filtro e dos orings do pistão que importei e estão em poder dos correios...:( Andei vendo vários vídeos dessas maquininhas, mas, esse que você postou, achei bem diferenciado, genial e criativo! Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  13. Tramontina/Breville - Smart Grinder

    @Rafael Wagner o material não é esse daí, não! Enquanto esse daí é "tecido" o que me venderam aqui é "laminado". Ele tem a aparência como se fosse uma mistura de tecido com plástico rígido. Abri ele agora pra fazer o vídeo pra vocês, após ter moído pouco mais de 60 gramas de grãos, sendo uma dose pra espresso e 3 doses em moagem grossa pra moka...a retenção nessas 60g foi praticamente desprezível após a instalação das palhetas, seguem fotos: Agora, fica o alerta, não sejamos ingênuos...se vai moer só para espresso, fininho, a retenção logicamente vai ser maior do que isso. A grande vantagem é que elimina aquele cinturão de pó que se forma abaixo do expelidor, que chega a 1cm de altura e até entope o duto de saída. Segue o vídeo mostrando como encaixar as palhetas, lembrando que o laminado que encaixou perfeito foi o de 0.35mm: https://www.youtube.com/watch?v=HksuUiz0al0 No final do vídeo, onde eu falo 0.3 milímetros, em verdade, é 0.3 centímetros, ou seja, 3 milímetros. Forte abraço a todos, Eduardo Gurjão
  14. Tramontina/Breville - Smart Grinder

    @Rafael Wagner rapaz, o tutorial é isso aí mesmo que coloquei nas fotos. Fora as fotos, calibrei as mós e passei fita de teflon na rosca da tremonha principal, pra ficar justinha. Deixa eu testar mais uns dias que posto o resultado no tempo. Forte abraço, Eduardo Gurjão
  15. Tramontina/Breville - Smart Grinder

    Olá, Rapaz, eu encontrei esse laminado em uma loja que vende materiais para máquinas industriais. Fui lá procurando teflon, pra fazer uns orings e juntas, aí o cara me mostrou esses laminados...é um material bruto, flexível, suporta 200 graus e tem ótima resistência à tração e atrito. O defeito é ser caro, vende no peso, e tem quem ser o corte mínimo de 50 x 80cm x 0.35mm, que deu R$49,00... custa 210 reais o quilo na loja onde comprei. Mas, vale à pena. Forte abraço, Eduardo Gurjão
×