Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Drops

Members
  • Content count

    9
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

3 Neutro

About Drops

  • Rank
    Novato

Contact Methods

  • Website URL
    https://filmow.com/usuario/mmmdrops/

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Curitiba
  • Interests
    Supresas.
  • Equipamento
    Bialetti Mini Express
  1. Moagem no pilão

    Bom, a gente gasta facilmente meia hora deslizando o dedo em timelines sem ver o que está fazendo, porque não fazer isso sem olhar pra uma tela. Uma boa conversa pode surgir nesse tempo, dependendo da companhia.
  2. Olá, Allex. Tudo bem?

    Tava lendo o tópico da Aram e vi que você tem feito umas experiências com o pilão.

    Criei um tópico sobre uso de pilão, mas foi apagado, sei lá por quê. Já faz um mês, quase, e nenhuma resposta da moderação.

    Em todo caso, resolvi criar novamente o tópico, pra ver no que dá. Aguardo seus comentários por lá.

    1. Allexlimaa2

      Allexlimaa2

      Tudo bem meu amigo. Rapaz nunca moí no pilão pra Aram não...rsrs Só na roça, mas acho bem não usual :(

  3. Moagem no pilão

    Olá, pessoal. No final do ano passado, perto das festas, criei um tópico sobre o assunto pilões. Estranhamente (talvez pra mim, neófito. Deve ter uma explicação) o tópico foi apagado. Não sei se foram citações excessivas, mas o tópico era jovem, então não sei. Ainda estou aguardando notícias da moderação. Fato é que a fascinação dos participantes pelo café é contagiante, e me vi fazendo uns comentários por mensagem, e pensei "porque não insistir num tópico pra ver no que dá, ao invés de mandar essas mensagens". Se for tabu falar de pilão aqui me desculpem e não toco mais no assunto. Bom, tenho feito umas experiências com minha recém adquirida Moka Mini Express e cafés da 4 Beans - Curitiba. Procurei um pilão de pedra por todo o centro da cidade, até chegar na Cloroquímica e encontrar um gral de laboratório. Ouvi, dias antes dessa aquisição, que pilão de pedra deixa resíduos da pedra sabão no material pilado. Achei que um material de laboratório não teria esse resíduo. Não usei pilão de madeira porque achei que a madeira absorviria óleos essenciais do café, mas talvez com o tempo de uso a madeira ficasse curada com o óleo, então não sei. Por enquanto o gral está cumprindo plenamente a missão, então não experimentarei com outros pilões. Levo cerca de 10 minutos no gral pra ter uma moagem assim: No mais, fico me perguntando se uma moagem em pilão, mais lenta, não torna impossível pilar um café pra espresso... uma pergunta que não tem pressa. É pra quando eu tiver minha Aram ou ROK. Ouvi dizer que em 15 minutos uma boa parte dos óleos essenciais já se foram. Se minha moagem leva 15 minutos, quer dizer que uma parte já se perde no processo da pilagem... alguém aqui já pilou um espresso? Vi no tópico da Aram que o Allex Lima já fez uma experiências meio... longas, então aguardo os insights dele de suas experiências mais recentes. Por mais que futuramente invista em um moedor manual, o pilão me parece muito interessante porque vai trazer resultados diferentes dependendo dos movimentos feitos com a mão, e isso traz mais possibilidades, por mais que demore mais. No final de contas, a graça é o ritual, não é?
  4. Então, pessoal. Talvez eu tenha sido um pouco hiperbólico com óleo de máquina com notas de desinfetante, mas o cheiro estava realmente desagradável, um cheiro de recém fabricado. Fervi com água e sal, depois descartei mais dois cafés e fiz afinal meu primeiro café aceitável na minha Moka. Sim, não teve mais aquele cheiro. Problema resolvido. Infelizmente não saiu como eu queria, não estava encorpado, nem o sabor estava muito cheio de nuances. Mas já foi melhor que meu antigo coadinho de pano. Lendo o fórum descobri que o mais importante pra um café encorpado e cheio de nuances é moer em casa, mais do que o método de extração. Agora tenho uma jornada pela frente em busca do meu café. Acabei de pensar numa alternativa pra isso, mas isso ainda vou pesquisar aqui, e se não houver menções, vou escrever em outro tópico. Obrigado pela atenção. Acho que vou frequentar essas conversas do Clube do Café.
  5. Obrigado pela resposta, Cabral. Você conhece o Quora? É tipo um Yahoo Respostas de bom gosto, que deu certo. Veja uma das respostas que consegui lá. Quem respondeu colou ali um texto tirado da própria página da Moka em inglês: Se você gosta tanto o quanto nós de um encorpado café italiano, será difícil resistir ao desejo de preparar um bule de café espresso cremoso assim que seu pedido chegar. Não faça isso! Se fizer, não ficará satisfeito com os resultados. Seu novo bule Moka deve ser devidamente temperado para produzir aquele sabor complexo e encorpado que você deseja. Felizmente, não demorará muito para preparar sua nova cafeteira de fogão. Siga estes passos simples e você estará preparando café italiano como um profissional em cerca de uma hora: 1. Adicione água limpa e 1 colher de chá de sal ao Pote Moka. Não adicione nenhum pó de café ao filtro. 2. Coloque a panela Moka no fogão e aqueça até que toda a água seja extraída da caldeira. 3. Esvazie a câmara de coleta derramando a água quente na pia. (A panela Mini Moka vai dispensar a água quente em xícaras enquanto ela sai da caldeira.) 4. Encha a panela com água limpa (sem sal) novamente. 5. Desta vez, adicione grãos de café ao filtro. Coloque o Moka Pot no fogão e aqueça para preparar o café. 6. Quando o café estiver pronto, jogue-o fora e remova os resíduos usados do filtro. Repita as etapas de 4 a 6 mais duas vezes. Agora você está pronto para aproveitar seu primeiro autêntico café italiano! Esse processo pode parecer uma perda de tempo e café, mas é uma tarefa necessária. O processo de tempero estabelece um filme de café que elimina qualquer sabor metálico. Se você não acredita em nós, tome apenas um pequeno gole do primeiro, segundo e terceiro bules preparados e compare o sabor com os resultados finais. Você notará uma grande diferença! Seu Moka Pot requer apenas um rápido enxágue entre os usos. No entanto, se você fizer uma limpeza completa que remova a película protetora, você deve repetir essas etapas para tratar novamente seu bule Moka antes de usá-lo novamente. Primeiro uso do Moka Agora que o bule está pronto para uso, encontrei algumas instruções para uso aqui: Como usar CORRETAMENTE uma Bialetti Moka Express. As instruções são as mesmas para todos os bules Moka. Aproveite seu novo bule de café (e talvez novo melhor amigo). https://www.quora.com/I-just-bought-a-moka-espresso-maker-I-washed-it-boiled-it-discarded-two-coffees-but-the-third-coffee-I-made-still-had-this-industrial-oil-scent-How-many-coffees-should-I-discard-so-that-smell-vanishes Assim que eu tiver algum resultado positivo posto aqui pra ajudar os próximos neófitos com a Moka.
  6. Quer dizer, se tudo isso for estranho pra vocês, preciso saber, pra poder voltar na loja e pedir a troca da mokinha fedorenta. Ou pra saber onde errei... o manual, que não estava na minha mão quando comecei a lavar e preparar a moka, diz que era pra lavar tudo antes de começar a ferver. Tenho receio do suposto óleo passado na borracha de vedação ter impregnado na borracha quando fervi sem limpar antes. Isso seria triste.
  7. Olá, pessoal. Peço licença pra começar minhas postagens aqui. Comecei como um amante de cappuccinos bem cremosos feitos pelo Leo no Paço da Liberdade de Curitiba, quando, um belo dia, tomei um expresso na Rause e agora sou mais um frito de café. Muita informação pra ler e muitas ferramentas pra adquirir. Pra começar, enquanto não consigo uma Aram manual, investi numa pequena Bialetti Mini Express pra duas xicrinhas. Li algumas postagens em busca de respostas, encontrei muita coisa interessante, mas não exatamente o que procurava. Quando fui usá-la a primeira vez fervi água algumas vezes nela, sem café, e ficava um pó cor de alumínio na água e um cheiro de óleo de máquina horroroso. Fui lavando e fervendo águas dentro da cafeteirinha até perceber que o cheiro era do anel de vedação. Bom, depois de lavar e passar o dedo nele parte do cheiro saiu, mas continua fedorento, mesmo tendo feito dois cafés pra descartar, com dor no coração. Adeptos da moka: por quanto tempo terei que suportar esse fedor no meu café? Como foi com a moka de vocês? O manual diz num português meio macarrônico que devo fazer "alguns" cafés para descartar, mas estou ansioso pra degustar meu moka diário. Se eu souber que são, sei lá, 40 tiradas de café jogadas fora, farei elas todas hoje e amanhã já tomarei meu tão esperado semi-espresso caseiro. Além de isso interferir muito na experiência com o café, já que tudo aqui diz respeito às minúcias sensoriais, certamente deve fazer muito mal pra saúde esse óleo horroroso que está deixando gosto. O pessoal do forum.clubedocrack.net não se importaria, mas acho que aqui não será absurdo pra vocês eu estar me perguntando quão mal faria esse resíduo no café. Fora o alumínio, mas disso vou me livrar quando comprar minha Aram.
×