Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Bernardo B

Senior Members
  • Content count

    3,178
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    47

Bernardo B last won the day on March 27

Bernardo B had the most liked content!

Community Reputation

1,933 Excelente

About Bernardo B

  • Rank
    Avançado

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasília - DF
  • Equipamento
    Strega, Mythos, HG, Pharos, Lido, Macap, Gene, etc

Recent Profile Visitors

7,056 profile views
  1. Cafeterias em Brasília - DF

    Cheguei ontem em BSB e sai para esticar as pernas. Passei para tomar e comprar café nos Baristas. Bom, como sempre, conversei com Victor (dono) que me contou que eles tinham comprado o Diedrich de 5kg da Luciana. Tinham grãos torrados no dia 10/08/17 da Fazenda Baú (os mesmos da Luciana). Comprei um Maragogipe, que estou deixando descansar. Penso que eles têm tudo para substituir a Grenat ... a
  2. Jamboree Brasil Café 2017

    Fiquei tão cansado e dolorido do sábado que, alem de não poder ir o domingo, levei três dias para recuperar. Sem almoço, com as palestras, competição de torra e sorteio em pé, só estudante, coroa pede arrego ... Alias: hoje, ainda recuperando do sábado, fui verificar a Academia do Café que inaugurou na Vila Madalena e conheci o Bruno, grande figura ! Acho que teria sido um bom palestrante no assunto torra e cupping, talvez uma próxima vez ...
  3. Jamboree Brasil Café 2017

    Lamentei não poder ir no segundo dia ... Mas o primeiro foi ótimo, super animado e muitíssimos colegas que vieram de todos os cantos do Brasil. Encontrei, pessoalmente, muitos amigos, que nunca tida visto em vivo e foi como se tivesse estado com eles ontem. O Caé e o Cabral são ainda mais joviais e alegres do que aparentam no fórum, a Marcinha e o Sérgio nem acreditei que não conhecia, Cal, Igor Luiz Paulo, Fabio, William, Durval, Mortari, Beto e tantos outros que não conhecia, todos ainda melhores do que imaginava. E os amigos de "outros carnavais" Anita, Gilberto, Rodolfo (2) , Lisboa, Bruno, Wagner, Lipe, Juliana, e tantos outros que nem vou tentar relacionar para não correr o risco de esquecer algum ... Cal, que bom que achaste um bom lar para a bolinha ! E parabéns pelo organização e belos prêmios !
  4. Dúvida sobre o modelo da máquina

    Parecem faltar várias peças, não estou vendo os portafiltros, filtros, grade, tampa do dosador, etc. e que podem custar bastante caro para repor. Internamente, nas fotos, não vejo ferrugem nem gambiarras, porém pelo exterior o manômetro parece quebrado e não parece ter recebido muitos cuidados ...
  5. Da 4beans, ainda muito frescos, o do Paulinho bom, o Piatã bom, mas não está no mesmo nível.
  6. O moquinha gostei muito, não cansa e fica ainda melhor com o tempo. O vargem grande experimentei, e achei muito bom. O outro (não gravei o nome) é correto, porém nada de especial, mas funcionou muito bem como base pare blend com o moquinha.
  7. Moka 1/2 Xícara. Ristretto rudimentar?

    Tenho essa La Mokina Bialletti de 1 dose, funciona muito bem; 4,5 a 5gr dão unas 40gr de café, BR de 10-15%, forte para coados de 6-7% porém nada perto do ristretto de 50-100%. Daria para tentar de tirar do fogo quando chegar na metade ou até antes, porém nunca experimentei. Teoricamente renderia uma BR de 20-50%, por volta de um espresso forte, porém não saberia dizer do sabor dessa extração ... Aliás, ajustando a dosagem nas mokas lembro de ter feito algumas extrações com pó muito fino, que extraíram parcialmente, o sabor não prestou ...
  8. [Compro] Filtro single La Marzocco

    Para o LM single precisas, idealmente, um kit tipo Tildaka (funil alto com tamper de 41mm, o JM Tampers fazia), ou ao menos um Tampe de 41mm.
  9. Bravo Mini

    Te mandei MP.
  10. Bravo Mini

    Me perdoem de não concordar .., Nada contra a logo especialmente, porém achei muito "pesada" , não está de acordo com um produto tão cuidadosamente elaborado, o desmerece. Precisa valorizar o produto, como o emblema do Rolls, do Jaguar ou da BMW. Imagino algo mais fino, em relevo (alto, baixo ou gravado), caracteres de traços mais finos e delicados, ou ainda uma plaquinha colada (de metal, material sintético, cristal ou esmalte como o dos antigos VW, objetos de desejo por si só, nem importa o produto. Também poderia ser uma "gravura" como a da Bezzera )acho que chamam de gravura a laser, mas aí não tenho certeza ...
  11. Cafés 1268 Grão

    Hoje decidi tentar abaixar o amargor e a adstringência e ainda aumentar a doçura de forma de neutralizar ainda mais as notas amargas no coado. Funcionou bem: para melhorar o amargor e abstinência optei por uma temperatura de extração bem mais baixa, estou sem termômetro assim que estimo ter usado água por volta dos 90-92ºC. Para aumentar doçura, optei por uma extração de 5,5%, com pre infusão é uma 60-40%, baseado no método do campeão japonês (Tetsuo ?). Funcionou muito bem, sem amargor é maior doçura, ainda que um pouco fraco. Imagino que 5,5% seja uma concentração muito baixa, para esta temperatura. Amanhã vou fazer igual, só que com 7-8%.
  12. Meu caro Lisboa, Vou tentar clarear um pouco o que penso podem ser suas dúvidas. A tecnologia agrícola hoje em dia é muito sofisticada, utilizando recursos muito avançados, tanto de computação, quanto todo tipo de sensores, energia nuclear, biotecnologia, satélites e GPS, engenharia genética, e instrumental hidráulico, óptico, mecânico e muitos outros permeando as áreas de biologia, engenharia, e outras ciências básicas e aplicadas. A área de classificação e produção de sementes e muito antiga, uma das primeiras após a domésticaçao das espécies UTEIS, e foi desenvolvendo com o tempo tendo chegado a um grau elevado de sofisticação atualmente. Para a seleção e classificação de sementes de pastagens - geralmente pequenas (décimas de mm), principalmente de sementes de gramineas, leguminosas e para a "limpeza" (para retirar sementes de "ervas daninhas" praticamente idênticas às sementes das pastagens) são necessárias maquinas avançada, onde é utilizada inclusive tecnologia laser, diferenciação por espectro de cores,mistura com limalhas de ferro para separação por magnetismo, separação hidráulica e tantos outros "truques" físico químicos, muitas vezes já incorporados as próprias máquinas colheitadeiras. Em comparação, a separação e seleção de sementes volumosas, de forma e densidade diferentes, com varias fases diferentes de beneficiamento, etc, como as de café, é trivial é relativamente simples. Separação por flutuação, peneiramento, gravidade, vento para separar sementes pela forma, peso, tamanho, cor, densidade são bastante elementares, tanto que até as formas de agricultura mais primitivas da Etiópia, América do Sul e Central e outros microcafeicultores conseguem fazer um trabalho aceitável. O nível tecnológico utilizado atualmente na cafeicultura brasileira, ainda que aparente uma certa complexidade, e das culturas de menor input tecnológico do Brasil, e que, sendo uma cultura peremne e pouco exigente uma vez instalada, de beneficiamento bastante rudimentar e das mais "faceis" e baratas da agricultura brasileira. Como comparação vemos os processos envolvidos em uma atividade agrícola realmente trabalhosa, como a olericultura (hortas) onde se trabalha com muitas espécies, cada uma com um sistema de produção diferente. Com ciclos produtivos de 30 a 90 dias, geralmente exigindo irrigação e drenagem, muito sucetíveis a pragas e doenças, demandando mão de obra e insumos constamente, com plantio, tratos culturais, colheita, beneficiamento, embalagem cara e diferenciada e prazos curtos para colocação no mercado. Também o cultivo de grãos, que para competir no mercado internacional exigem utilizar agricultura de precisão, é uma atualização tecnológica constante para permanecer no mercado.
  13. Cafés 1268 Grão

    Hoje me "atrevi" com o Vinhas, coado a 6,5%. A AP que o Fernando preparou estava mais equilibrada, mesmo assim e café me agradou. Tem personalidade, está qbem torrado e com uma ponta interessante de leve amargor, que diminui com a diluição (vou experimentar com 6% ou ainda menos). Uma boa surpresa depois de tantos grãos "premiados", sem complexidade e de torras mal feitas, que tenho tido de descartar ultimamente. Gostei do café e também da caprichada embalagem, com folha de informações detalhadas sobre o café e ainda outra folha com textos frases e poesias, bem selecionados, sobre o tema.
  14. Cafés 1268 Grão

    Experimentei o Vinhas em AP preparado pelo Fernando, na 1268, com somente dois dias de torrado. Assim mesmo estava muito bom. Extremamente suave e redondo, desceu muito bem, e comprei na hora. Duvido que aqui em São Paulo (onde tenho pouco equipamento e água de que disponho não me agrada) consiga chegar perto do preparo do Fe, assim que estou guardando.
  15. Depois de toda essa conversa , alem dos outros dois, vou ter de encomendar pelo menos 1/2 kg de verde mais 1/2 kg de torrado do moquinha ... Vou ter de congelar um pouco, mas a curiosidade é grande demais
×