Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

saracura

Senior Members
  • Content count

    21
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

saracura last won the day on December 3 2013

saracura had the most liked content!

Community Reputation

7 Neutro

About saracura

  • Rank
    Iniciado

Profile Information

  • Gender
    Not Telling
  • Equipamento
    Gaggia Baby Twin, Caffè Roma - Espresso Prima, Capresso Infinity, Aeropress

Recent Profile Visitors

661 profile views
  1. Clube das Máquinas Gaggia.

    Maikon, Dá uma olhada no meu post original: http://forum.clubedocafe.net/index.php?/topic/60-clube-das-m%C3%A1quinas-gaggia/page-94#entry129681 No meu caso, nem foi a perda de vapor que me incomodou a princípio. O problema era o acúmulo de água debaixo da máquina. (é possível que o vapor não estivesse lá aquelas coisas). Se não estiver "bem" molhado dentro do pedestal após o uso, eu procuraria algum outro problema. Boa sorte!
  2. Clube das Máquinas Gaggia.

    Achei o orçamento impresso... Trocaram: Caldeira de vapor Braçadeiras Peças: R$99 Serviço: R$165 Fecharam por 250 depois do desconto. Lembro que tentei verificar o funcionamento com a máquina aberta, mas não consegui um suporte para mostrar a parte que mais interessava (pois a caldeira de vapor fica dentro do pedestal e eu não tinha um suporte adequado). Esse problema só influencia a vaporização.
  3. Clube das Máquinas Gaggia.

    Já tive esse problema. O termobloco de vapor (não tenho certeza se o nome está correto) estava furado, apesar de não enxergar furo algum. Havia o vazamento no pedestal, o isolante térmico ficava molhado, e havia perda de vapor. Consertei na Imeltron, em Campinas, e me custou uns 200 reais na época (cerca de 2 anos). Esse foi o único problema q tive com a baby twin. Já a tenho há uns 4 anos.
  4. Clube das Máquinas Gaggia.

    Eu tentaria manter a configuração e esperar mais uns 10 segundos antes de mudar outra coisa...
  5. Clube das Máquinas Gaggia.

    Fala aí pessoal! Apenas para comentar o desfecho do caso... Levei minha cafeteira à Imeltron, fui muito bem atendido pelo Denis e pelos outros funcionários. A máquina ficou por uns 10 dias em orçamento. Liguei para saber o resultado da análise e, conforme desconfiava, o problema era o mesmo de algumas pessoas em fóruns estrangeiros... a caldeira/termobloco de vapor estava furada. A olho nu, desligada, é difícil localizar o furo, mas pelo que o técnico informou, com a máquina em funcionamento, a pressão aumenta, e aí o defeito se torna perceptível. A conta do conserto ficou por volta de R$190. Um pouco salgado... Só espero que não seja um vício da peça, pois minha máquina tem pouco mais de 1 ano apenas... Enfim, até o momento estou satisfeito com a solução. PS: Como eles tinham lá, também acabei comprando um bico "Latte art" e estou usando sem a "capa". Pra ser honesto, não senti tanta diferença na quantidade ou na densidade da espuma. Eu vinha utilizando o bico original da Twin (aquele cromado) com a arruela de vedação abaixo do furo/respiro (impedindo que entre ar além do que já sai pela pontado do bico, junto ao vapor). Abraços! Obrigado! Alessandro.
  6. Clube das Máquinas Gaggia.

    Fala aí pessoal! Apenas para comentar o desfecho do caso... Levei minha cafeteira à Imeltron, fui muito bem atendido pelo Denis e pelos outros funcionários. A máquina ficou por uns 10 dias em orçamento. Liguei para saber o resultado da análise e, conforme desconfiava, o problema era o mesmo de algumas pessoas em fóruns estrangeiros... a caldeira/termobloco de vapor estava furada. A olho nu, desligada, é difícil localizar o furo, mas pelo que o técnico informou, com a máquina em funcionamento, a pressão aumenta, e aí o defeito se torna perceptível. A conta do conserto ficou por volta de R$190. Um pouco salgado... Só espero que não seja um vício da peça, pois minha máquina tem pouco mais de 1 ano apenas... Enfim, até o momento estou satisfeito com a solução. PS: Como eles tinham lá, também acabei comprando um bico "Latte art" e estou usando sem a "capa". Pra ser honesto, não senti tanta diferença na quantidade ou na densidade da espuma. Eu vinha utilizando o bico original da Twin (aquele cromado) com a arruela de vedação abaixo do furo/respiro (impedindo que entre ar além do que já sai pela pontado do bico, junto ao vapor). Abraços! Obrigado! Alessandro.
  7. Clube das Máquinas Gaggia.

    Bom dia pessoal! Muito obrigado pelas respostas. Algumas coisas que já tentei... Fiz um ciclo completo (espresso + capuccino) com a parte superior aberta: não há vazamento de água ou vapor. Quando abri já estava tudo seco na parte de cima. Também escorre água quando tiro só espresso (talvez uma quantidade um pouco menor de água). Não deve ser o problema de abertura total da válvula de vaporização. Outro ponto a se considerar, é que diria que não é algo que poderia/deveria ignorar, pois já é possível ver alguma oxidação acontecendo. Não deve ser a mesma situação em que a Imeltron disse que é normal. Chequei a parte de baixo (dentro do pedestal) com a máquina desligada/desmontada, e não há nenhuma mangueira solta. Não conheço bem o nome das peças, mas o expurgo da OPV (que preciso desencaixar ao desmontar o pedestal) estava bem conectada, mesmo na primeira vez que abri a máquina. Também já removi o isolamento térmico pra checar o termobloco, e não há rachadura aparente. Pode ser que tenha alguma coisa que não estou vendo. A impressão que tenho, é de que ao desligar a máquina tem algum alívio de pressão (algo que esteja prentendo água) que é liberado. Talvez retornando água por onde não deveria... Trabalhando com a hipótese de uma rachadura no termobloco de vapor... Não conheço bem o funcionamento do termobloco do vaporizador, mas imagino que ele trabalhe à "seco" quando vai vaporizar, e molhado quando esquenta água para, vamos dizer, fazer chá. Seria isso mesmo? Se for este o caso, quando está seco, não vazaria água, pois só há vapor, e qualquer água que chegar ali vira vapor ao entrar em contato com o termobloco quente. Ao desligar a máquina, é possível que ele esteja cheio, ou se encha naquele momento, de água. E aí o vazamento aconteceria... oque acham? Se precisar trocar o termobloco, de quais ferramentas eu precisaria? Acho que tem umas presilhas (oetiker clamps?) que não tenho chave adequada pra fechar. Precisaria comprar também as presilhas e o "alicate". Certo? Moro em Campinas, acham que vale a pena considerar uma visita à Imeltron? Obrigado mais uma vez! Alessandro.
  8. Clube das Máquinas Gaggia.

    Fala aí pessoal! Boa tarde! Estou com um problema com minha Gaggia Baby Twin. De uns tempos pra cá, comecei a notar que se acumula água limpa embaixo da máquina na minha bancada. Notei que isso acontece na maioria das vezes depois de preparar um espresso ou um cappuccino, quando a máquina já está desligada. Minha rotina de uso não é muito intensa. Durante a semana eu preparo um cappuccino pela manhã. Esta é a sequência resumida de passos: Ligo a máquina e deixo aquecer por uns 10 minutos; Tiro um espresso duplo; Abro a torneira de vaporização para esgotamento do sistema, até que as luzes do painel pisquem. Espero mais um pouco, pra que a luz do termostato volte à posição acesa (pare de piscar). Abro a torneira mais uma vez e espero até que sai um pouco de água (a bomba "puxa" água em três pulsos longos e depois começa com os pulsos curtos). Descarto esse início de vaporização pois ainda tem muita água. Fecho novamente, posiciono o pitcher, abro novamente, e começo a vaporização, que dura uns 30 ou 40 segundos. Fecho a torneira. Para limpar, seleciono a opção em que sai água quente pelo bico. Espero até que o fluxo de água seja continuo (sem vapor) e fecho. Desligo a máquina. A partir daí, depois de alguns minutos, é possível notar que a água está se acumulando embaixo da máquina. No início, imaginei que não estava fechando adequadamente a torneira, mas agora tenho certeza que não é isso. Já desmontei a máquina, tirei do pedestal, chequei mangueiras e conexões.... nada de defeito aparente. Notei que existe vapor e condensação dentro do pedestal, que fica bem molhado/encharcado no fundo. Existe um material de isolamento térmico que fica em volta da "caldeira?" de vaporização, e este material está bem molhado. O vazamento, com certeza, está na parte do pedestal da máquina, e não onde fica o grupo e caldeira de espresso. Vi em fórum estrangeiro, alguém que teve um problema parecido. No caso, parece que solucionou trocando a caldeira de vaporização. (http://www.gaggiausersgroup.com/index.php?topic=328.0) Infelizmente, não consigo funcionar a máquina desmontada (fora do pedestal original), portanto não consigo identificar onde está o vazamento. Gostaria de saber se alguém aqui já passou por isso, e como proceder. Minha máquina tem pouco mais de 1 ano de uso. Obrigado! Alessandro.
  9. Clube das Máquinas Gaggia.

    Seja feliz com o filtro duplo! Aposente o simples.
  10. Clube das Máquinas Gaggia.

    Eu uso somente o filtro duplo da Rancilio, e estou bastante satisfeito. (até pretendo experimentar outros duplos) Nunca tentei tirar nenhum single sequer na minha Twin. Tinha filtro single na cafeteira anterior, mas... depois de um tempo vc começa a tomar uma quantidade maior de café. Além disso, é muito, mas muito mesmo, mais fácil acertar o duplo (tempo de extração, crema, aroma, granulometria e tudo mais). Resumindo, eu ficaria no duplo somente.
  11. Clube das Máquinas Gaggia.

    Fala moçada! Pois então estou eu aqui, mais um pra engrossar o caldo dos que usam o pannarello e estão satisfeitos! Tenho uma Twin, e a modificação que fiz (e que não sei se foi isto que fez a mágica) foi alterar a posição do o-ring, limitando a entrada de ar pela lateral do pannarello. Nas máquinas anteriores (esta é minha terceira) tentei por pelo menos 1/2 dúzia de vezes em cada, fazer vaporização de leite, e sempre acabei com leite quente, sem creme, e "má-le-má" uma espuminha. Agora, com a Twin, tá ficando bem legal. Qq hora mando uma foto (está bonito, e muito saboroso também). Estou usando leite tipo A (Xandô) gelado. Por outro lado, pode ser que alguém diga que eu não conheço o "sabor e consistência de um verdadeiro cappuccino". Neste caso, fico na minha humilde ignorância, até que surja a oportunidade pra experimentar algo melhor. Acho que é a mesma coisa que espresso: dizem que a gente fica anos fazendo o mesmo cafezinho de sempre, sem saber oque é um espresso "bom de verdade"... triste... Abraço! Alessandro.
  12. Clube das Máquinas Gaggia.

    Chegou minha Baby Twin! Primeiras impressões: - Muito maior e mais pesada que minha máquina anterior (http://forum.clubedocafe.net/index.php?/topic/1701-caffe-roma-espresso-prima/). - Reservatório de água menor :/ - Braço vaporizador um tanto "mole" (dá impressão de que pode soltar). Da primeira vez que ligou, demorou bastante tempo para soltar água. Liguei no modo "água quente" e abri a "torneira", demorou bastante tempo com a bomba funcionando e nada. Troquei pro modo "espresso" (pra soltar água pelo grupo), mais algum tempo e uma água esbranquiçada começou a sair. Voltei pro modo "água quente" e esperei quase até esgotar quase toda água do reservatório, até que começasse a sair a água límpida. O primeiro espresso foi um duplo, tirado com um filtro Rancilio (que o Alexandre gentilmente cedeu junto à máquina). Usei uma moagem "um clique mais grosso" do que vinha utilizando na Espresso Prima. Saiu com um crema bom, fino, mas melhor (ou ao menos comparado) do que o que tinha habitualmente. Levou uns 25 segundos desde o momento de apertar o botão. Estou usando um café Juan Valdez, da Colômbia, que foi presente de meu sogro que viajou pela Colômbia. O pacote já está aberto ao menos há duas semanas. Hoje pela manhã, tirei um segundo duplo. Desta vez voltei o moedor pra posição mais fina, e calquei com um pouco mais de pressão (melhor possível usando o tamper de plástico... :/). O café demorou um pouco mais para preencher a mesma quantidade, talvez de 5 a 10 segundos a mais. Desta vez o café ficou um tanto mais encorpado, o crema mais avermelhado e denso. O café ficou mais bonito, mas acredito que meu gosto esteja mais pro café um pouco mais rápido. Ainda tenho muito que experimentar, mas até aqui: satisfeitíssimo com a aquisição. Abraços! Alessandro.
  13. Caffè Roma - Espresso Prima

    Valeu José Cal! Obrigado pelo link. Nem mesmo este eu tinha achado. A minha Gaggia deve chegar hoje. Não tenho esperanças de fazer algo decente ainda hoje, mas deve sair um cafézinho mais ou menos pra dar alguma comparação. Vc tem usado o Porlex para espressos? Como tem sido a experiência? Tenho uma amiga me trazendo um Hario Mini Drill. Vamos ver como se compara à moagem do Capresso. Abraços! Alessandro.
  14. Olá pessoal! Boa noite! Como parece ser raridade, resolvi tirar algumas fotos da minha cafeteira pra mostrar pra vcs. Ela tem "me acompanhado" desde 2009 (foi presente de casamento) e tem me feito relativamente satisfeito. Apesar disso, tem uma Gaggia Baby Twin a caminho. Estou em busca de mais regularidade... Características: - Reservatório grande (deve caber mais de 3 litros). - Filtros despressurizados (simples e duplo). - Robusta, pesada. - Porta filtro bastante robusto também. Não sei se é latão ou inox, com cabo de plástico. - grupo de 53mm (uso um tamper RW) - um parafuso no grupo fica em contato com o café (devia ter tirado uma foto pra mostrar) e pode atrapalhar a compactação. - cafés um tanto inconstantes (na maioria das vezes dá certo: um duplo em entre 25 e 30 segundos). - barulhenta - nunca consegui fazer micro espuma. Pra ser sincero, não insisti muito, pois gosto mais mesmo é do café. - Dependendo da gramatura do café e quantidade no filtro, entope. Tenho usado um Capresso Infinity na regulagem mais fina. Nunca pesei a dose de café, mas vou fazer isso em breve. Uso a colher que veio com minha Aeropress como medida pra um duplo. Se o café for moído - Uma solenoide faz falta. Depois do café pronto, o grupo continua pingando. Pra amenizar o problema, deixo uma xícara sempre por perto pra evitar que os pingos sujem o depósito e a cafeteira. Foi fabricada na Itália, e compraram pra mim no Magazine Luiza. Na descrição, era chamada de "Spidem Roma" e veio com um bilhete de garantia dessa própria Spidem que, se não me engano, pertence à Saeco (e quem não pertence hoje em dia? ). Vou manter esta máquina como backup pra Gaggia Baby Twin que está chegando. Vou ficando por aqui. Se tiverem curiosidade, vão perguntando aí que passo mais detalhes. Abraços! Alessandro.
  15. Clube das Máquinas Gaggia.

    Fala aí pessoal! Ainda não entrei em contato direto (na Imeltron) com o Jefferson ou o Leandro, mas pretendo fazê-lo em breve. Hoje responderam a uma segunda solicitação de informações que fiz sobre a Baby Class e a Baby Twin. Informaram que não estão mais importando esses modelos, e disseram que tem somente a Única e a Platinum em ponta de estoque. Vocês sabem dizer se isto é mesmo verdade? Ou se mudaram o importador? Ou o motivo de pararem? A Gaggia continua fabricando estes modelos, não é? Outra coisa interessante que ouvi estes dias foi de uma vendedora da Café Fácil. Ela disse que pararam de trabalhar com a Gaggia, pois o suporte era muito ruim. Disse que, depois da associação da Philips com a Saeco, os técnicos disponíveis para conserto das máquinas são os mesmos que consertam TVs!!! Disse que por conta de não poder dar um suporte apropriado aos clientes, decidiram por parar de comercializar modelos da Gaggia. A moça da CaféFácil estava tentando me vender uma Espressione Retro, que custa mais ou menos o mesmo mas que, pelo que andei lendo, não se compara à Gaggia. Gostaria de saber de vocês se tem relatos de experiências ruins (e boas também) com o suporte a estas máquinas. Abraços! Alessandro.
×