Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Marcão

Senior Members
  • Content count

    159
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

Marcão last won the day on April 18

Marcão had the most liked content!

Community Reputation

95 Neutro

About Marcão

  • Rank
    Participante
  • Birthday 01/04/1984

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo
  • Equipamento
    VFA Torino Due, Obel Mito Inst. Breville BES840XL e SmartGrinder, Handpresso, Nanopresso, Minipresso

Recent Profile Visitors

1,083 profile views
  1. Moedores exclusivos para expresso

    Pra facilitar, olha a imagem, o despressurizado é o primeiro, o pressurizado o segundo.
  2. Moedores exclusivos para expresso

    Sobre o filtro só vendo o filtro, porque muita gente confunde a nomenclatura, é só ver a quantidade de furos embaixo na saída do café, se for 1 furo só é pressurizado, se for todo furado (igual uma rede) é despressurizado, quando chegar a sua, confere isso.
  3. Moedores exclusivos para expresso

    Outro detalhe só a título de curiosidade, as marcas costumam colocar de marketing que a cafeteira tem 15bar, 19bar, 20bar pra parecer "quanto mais melhor", tudo isso é besteira. Para produzir um espresso genuíno você precisa de apenas 9bar, por isso as máquinas mais robustas tem um limitador de pressão pra não deixar a pressão subir mais do que o programado, se utilizar uma cafeteira manual, como a Aram, ou uma de alavanca como uma La Pavoni, você consegue sentir a diferença que dá aumentar a pressão mais do que o necessário.
  4. Moedores exclusivos para expresso

    Isso, o filtro é a peça que vai dentro do porta-filtro, é onde você coloca o café mesmo. Geralmente os modelos de cafeteira de entrada vem com filtros pressurizados, pois eles partem do pressuposto que você não terá o moinho, e irá usar café de mercado, os modelos mais robustos costumam vir com filtros despressurizados, ou com ambos, por exemplo na Gaggia e na Breville. Pra ficar fácil, o pressurizado tem só um furo na saída do café, já o despressurizado, parece uma rede com centenas de furos, pra usar o despressurizado você precisa de café fresco, e moído na hora do uso.
  5. Moedores exclusivos para expresso

    Opa maravilha @Netocoffe seja bem vindo a este nosso hobby viciante e cafeinado, rs Meu amigo, o moedor é a peça mais importante no processo todo, se o orçamento está apertado, tente conseguir o melhor moedor que puder nessa faixa, não economize muito pq o moinho é a peça onde mais se deve investir, nessa faixa de preço você tem como opção: 1. Um moedor Mimoso manual (sugiro o nº 2), por R$ 144,57 na loja oficial (https://www.lojamimoso.com.br/produtos/moinhos-de-cafe-003), o bicho é bruto, em ferro fundido, não é tão preciso, mas com um pouco de paciência você consegue ajustar a granulometria pra espresso, se for comprar um moinho novo, acho que até R$ 500,00 é uma boa opção 2. Pode tentar conseguir algum moinho usado nessa faixa de preço (talvez um Encore, ou Gaggia MDF, ou com muita sorte um Breville), todos usados, acho que entre R$ 600 e R$ 800 com sorte você pode encontrar alguma coisa 3. Pode tentar um moinho comercial com dosador usado (na faixa de R$ 900,00 a R$ 1000,00) você pode encontrar pelo mercado livre. 4. Pode tentar importar um xingling que imite algum moedor conhecido no Aliexpress (por exemplo, esse: https://pt.aliexpress.com/item/2-tamanho-Ajust-vel-A-o-Inoxid-vel-Manual-Do-Moedor-De-Caf-De-Cer-mica/32948667925.html?spm=a2g03.search0604.3.9.98c273c29gzqM1&transAbTest=ae803_3&s=p&ws_ab_test=searchweb0_0%2Csearchweb201602_9_10065_10068_10547_319_10059_10884_317_10548_10887_10696_321_322_10084_453_10083_454_10103_10618_10307_537_536%2Csearchweb201603_6%2CppcSwitch_0&algo_pvid=d9a2c96f-ed74-44ae-8177-bffe7d373b62&algo_expid=d9a2c96f-ed74-44ae-8177-bffe7d373b62-1) Eu tenho um destes xinglings, ele consegue moer sim, mas não é algo muito confiável. Acho que o ideal seria você tentar economizar um pouco mais, e tentar pegar um Bravo Mini, na casa dos R$ 1300,00. Outro detalhe, não sei se você já viu, mas provavelmente sua cafeteira deve vir com filtros pressurizados, a segunda coisa mais importante depois do moinho, seria você tentar obter filtros despressurizados pra ela, pois os filtros pressurizados só conseguem produzir espuma, e não a crema verdadeira do espresso, verifique a medida do filtro da sua cafeteira, e tente obter um filtro despressurizado pra ela. No aliexpress mesmo, provavelmente você vai encontrar sem precisar gastar muito, e com um moinho bom, dá uma baita diferença na xícara.
  6. Duvida de setup - ARAM VS. BREVILLE

    Cara, eu tenho as duas (a Breville e a Aram), se for somente pelo espresso, pelo ritual manual de preparação, e pela portabilidade, eu prefiro a Aram, agora se a ideia é fazer cappuccino, latte, chocolate, etc. aí tem que ser a Breville pois a Aram não vaporiza leite. Sobre a qualidade do espresso em si, eu gosto mais na Aram, uma vez que a dose é um pouco maior, e o filtro da La Spaziale que acompanha a Aram, é de melhor qualidade do que o da Breville. Como você já tem uma super automática, sou da mesma opinião do @Luke S, acho que vale pegar uma Aram, aí deixa a máquina para fazer as bebidas a base de leite.
  7. Moedores exclusivos para expresso

    @postenga listei o mini no grupo dos domésticos, pois o motor dele tem potência menor do que o do Super Jolly (se não me engano 250W no mini, contra 350W no SJ), e o hopper do mini também é menor (600g no Mini contra 1,2kg do SJ, se não me engano) embora as mós sejam do mesmo tamanho (planas de 64mm em ambos). O mini pode ser usado em ambiente comercial sim, mas por recomendação do próprio fabricante é recomendável ser usado como moinho secundário e não como moinho principal, por isso, e somente por isso, o listei no grupo dos domésticos, uma vez que o consumo é bem menor do que em ambiente comercial. @viniciusfm sobre o Debut ser considerado comercial, acredito que embora as mós sejam as mesmas do Mazzer e a qualidade seja excepcional, ainda sim é um moinho para uso doméstico, o motivo é simples, em uma cafeteria (ambiente comercial), não faz sentido você gastar mais de 1 minuto para moer uma dose de café (isso, em minha humilde opinião), por isso acredito que todos os manuais (sem exceção) se encaixam no rol dos domésticos, é uma questão de agilidade no atendimento dos clientes, devido a alta demanda em tempo curto para atendimento. Agora, mais importante do que essa discussão @Netocoffe, acredito que seja primeiro definir para qual objetivo seria o moinho, e qual o valor disposto a gastar, assim é mais fácil direcionarmos a discussão aqui pra te ajudar melhor.
  8. Moedores exclusivos para expresso

    @Netocoffe em relação ao tipo de mó, tanto de mó plana, como cônica são indicadas para moagem para espresso, a maioria dos moinhos comerciais trabalham com mós planas, já os domésticos (adequados ao preparo de espresso), em sua maioria são mós cônicas. Existe muita oferta de bons moinhos no mercado, acho que um ponto de partida seria saber para qual finalidade você vai utilizar, e qual vai ser a demanda de café moído diariamente pra poder escolher um que seja mais adequado ao que está procurando. Sobre os comerciais alguns bons moinhos são: -> Rancilio Kryo, MD40, MD50 -> Quamar m50, m80 -> Mazzer Robur, Super Jolly -> O próprio Malhlkönig que o @mrcoffeafox citou, além do EK43, tem o K30 também muito bom -> Os Cimbalis e os Faema, dos quais um muito legal é o Enea -> Obel Mito -> VFA com doser e automatizado (adaptação feita pela Italian Coffee) Tem diversos outros modelos excelentes, pra todos os bolsos, eu pessoalmente não conheço nenhum moinho manual comercial, o motivo é simples: em ambiente comercial, não seria muito produtivo você gastar cerca de 1 minuto pra moer apenas uma dose de café, rs Sobre os domésticos, aí sim temos excelentes moinhos manuais, dos quais o melhor e mais elogiado por todos aqui no forum sem dúvida os Bravo Mini e Debut do @Gilberto, a grande vantagem dos manuais é baixíssima perda de café na moagem, é ideal pra nós hobistas justamente por isso, tem também o Mimoso, que é um moinho simples e de baixo custo, mas que produz uma moagem boa o suficiente para extração de um espresso. Já no campo dos domésticos elétricos temos vários também, dos quais posso citar: -> Breville Smart Grinder -> Baratza Encore, Virtuoso, Preciso, Vario, Sette 30, Sette 270, Sette 270Wi -> Nemox -> Mazzer Mini, e Mini Electronic -> Rancilio Rocky -> Gaggia MDF E por aí vai, como você pode ver, não faltam opções, então acho que pra ajudar melhor, primeiro é interessante definir o objetivo, a carga de uso e o quanto está disposto a gastar, aí é mais fácil direcionar as dicas. Um abraço!
  9. @Vojnovskis concordo com a opinião do @Cabral em relação aos dois moinhos citados, eu tenho o Breville, e pra mim atende bem, eu utilizo basicamente para espresso (na Breville e na Aram), para Moka (a tradicional e a Brika), coados (coador de pano e o bom e velho melitão), e o fato de ter representação aqui no Brasil pela Tramontina é um ponto a ser considerado em relação ao Virtuoso, pois qualquer problema que tiver vai lhe custar tempo e dinheiro extra. Agora se quiser maior repetibilidade nas moagens, e não se importar de ser manual, acredito que o Bravo Mini realmente seria um investimento bem melhor.
  10. Cafeteira Aram - O projeto

    Luw, não gosto muito de utilizar a ideia de proporção, mesmo porque conceitualmente para um ristretto são 7g de café para 15-20ml na xícara, claro que podemos variar na dosagem, mas conceitualmente seria 7g, fonte: https://www.illy.com/it-it/company/caffe/ricette/espresso-ristretto
  11. Cafeteira Aram - O projeto

    Wiper, Prefiro balizar pela quantidade mesmo: 15-20ml = Ristretto 30ml = Espresso 50-60ml = Doppio A ideia do ristretto, é restringir o fluxo de água (daí o nome), de forma que nos 15 primeiros ml, você consegue extrair os óleos essenciais do café, daí o sabor mais intenso e com bem menos cafeína, se passar mais água pelo café, o resultado na xícara vai conter mais água e cafeína.
  12. Cafeteira Aram - O projeto

    Olá Wiper, pode ter como referência as seguintes dosagens na xícara: Ristretto: 15ml Espresso: 30ml Doppio: 60ml Essa foto que eu havia tirado é de um espresso comum (meia xícara), o ristretto seria a metade disso.
  13. Café Gran Minas - Araxá/MG

    legal, e qual a quantidade mínima, e valor para esta quantidade?
  14. Café Gran Minas - Araxá/MG

    Olá amigo, quais varietais de café verde vocês trabalham?
  15. Como lidar com torras escuras?

    Caraca, mano, baita desafio, esse café aí da foto parece os do Starbucks, aliás não sei porque eles chamam de "torra média" o tal do "Brazil Blend", no fundo é tudo torra escura... Em relação ao que fazer, vou na do @sergio.m, só botando açúcar mesmo, kkkk Brincadeiras a parte, no sul da Itália, e na Grécia o padrão é torra escura mesmo, a única coisa boa que vejo é que produz crema com mais facilidade, mas pra tomar puro, é sempre um desafio...
×