Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Burny

Senior Members
  • Content count

    4,052
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    84

Everything posted by Burny

  1. Sim, fiz o hopper é ele funciona muito bem. Incl. fiz mais peças. Caso que vc quer uma, só entrar em contato. Testei a técnica que vc mencionou para diminuir a retenção - usando uma dessas peras para limpar lentes - mas não ajudou muito. Até atrapalhou um pouco pois o jato de ar mexe com o pó que já está no PF. Usar um êmbolo para o cano de acrílico que evita popcorning eu já achei muito útil.
  2. Comprei recentemente um Eureka Mignon MCI (modelo 2017) semi novo, e estou testando se ele pode substituir o meu Vario II com mós de cerâmica, que uso para os cappus do café da manhã quando não tenho saco para usar moinhos manuais. O Mignon é um pouco menor do que o Vario, mas mais pesado (5kg vs 3,7kg). Tb acho o Mignon mais bonito. Do ponto de vista da ergonomia etc. acho a regulagem stepless do Mignon mais agradável, mas o timer digital do Vario melhor. Embora o timer do Mignon funciona bem, é mais trabalho manual, tipo try and error. O Vario tem mós planas de cerâmica de 54mm, o Mignon de aço de 50mm. Medi a retenção nos dois moinhos (moagem de uma dose definida com o moinho limpo, medindo a diferença grão-pó) e no meu Vario ficam entre 2,1 e 2,6g no moinho, no Mignon entre 1,5 e 2,2. O Mignon tb “pipoca” menos moendo por dose. Já a aparência do pó é diferente. O Vario entrega pó bem solto. O pó do Mignon é meio empelotado e precisa de WDT para ficar plano (o alinhador Bravo resolve tb): Com o mesmo peso de pó no portafiltro, e uma extração parecida (tempo e peso na xícara) o bolo do Mignon é menor. Estou na dúvida o que isso significa, talvez que a moagem dele é mais homogênea, ou o contrário? Agora mais importante, o sabor. Com os três grãos que testei, o sabor das extrações com moagem no Mignon parece mais limpo, destacando notas frutadas e doçura, mas com um pouco menos corpo. Vou testar os dois lado ao lado por um tempo para ver se isso é um padrão geral. Em geral acho que o Mignon é uma alternativa boa para quem procura um pequeno moedor para espresso e tem um pouco de espaço na mala numa viagem. Como novos modelos do Mignon saíram recentemente, o preço para o antigo incl. caiu e é bem interessante no momento.
  3. Removendo finos com peneira

    Aqui os fines que a peneira separa. Em azul a curva da frequência das partículas, em vermelho a contribuição para o volume (histograma estilo Mahlkönig). Mais grosso do que eu esperava.
  4. Removendo finos com peneira

    Ainda não medi. Mas vou pegar os fines que passaram e medir no granulometro. Depois vou postar os resultados aqui.
  5. Comparação de moinhos

    Pessoal, aqui a preparação da comparação granulométrica dos meus moinhos, que já prometi um tempo. O que fiz? Comprei um café honesto, torra média, de torra razoavelmente recente: Com esse café calibrei os meus moinhos para tirar um espresso de 32,0g (na prática +/- 0,2g) de bebida, usando 16,0g de pó, em 25s. A máquina foi a minha Bezzera Unica (pressão 9bar, temperatura 93oC, filtro VST duplo). Usei o alinhador e tamper Bravo para padronizar o bolo. Seguem as regulagens dos moinhos. Bravo Debut Bravo Mini Aergrind Mahlkönig Vario 2, mós de cerâmica Eureka Mignon MCI Não inclui o Vario com mós de aço no teste, pois tenho ele regulado para moagens mais grossas e uso ele na prática só para coado. Assim ele vai fazer parte da segunda parte desse teste para coados. Provei todos os espressos (finais) e fiz anotações, mas o objetivo desse teste é cruzar as minhas preferências de moinho para torras diferentes com a unimodalidade/homogeneidade da moagem dos moinhos. Aqui o resultado de duas horas de brincadeira e 500g de café: Logo mais aqui sobre os resultados. A medição vai ser feita com um granulometro profissional, usando câmeras de alta resolução, com faixa de medição de 1 a 1500 um, não com cascatas de peneiras, como a Socratic faz.
  6. Fresh Roast SR500

    No FreshRoast o ar quente sobe e leva o grão junto no meio do copo de vidro e o grão desce de novo nas partes laterais/paredes do copo. Coloquei o sensor BT nessa zona lateral para ter alguma chance de medir a temperatura do grão, mas realmente não esperei que vai dar certo. Mas as temperaturas do 1C no sensor BT (195-200C) e a temperatura ideal do drop (205-208C) batem muito bem com o esperado ...
  7. Cafeteira Aram - O projeto

    Na verdade são duas coisas bem conhecidas e discutidas. Torras claras e alta homogeneidade da moagem (exemplo EK43) precisam de uma preparação 100% do bolo ou vai canalizar e respingar para todo lado. Aí tb precisa de uma altura mínima viável do bolo (na Aram com o filtro IMS no mínimo 18g, melhor 20g de café) para evitar canalização e o formato mais fundo com diâmetro menor do filtro da Aram ajuda com isso tb.
  8. Fresh Roast SR500

    Eu tenho um SR700. O jeito de torrar é fundamentalmente diferente em torradores de convecção. O calor inicial e o tempo total da torra influenciam muito no resultado, já na fase final não tem muito controle alem do ponto de drop. Tb pode esquecer ideias como 15% de desenvolvimento. Tem que reaprender torrar. 120g de café verde é um bom tamanho de batches para conseguir torras homogêneas. Em geral as torras tem menos perda de massa e mais expansão, chegam com poucos dias pós torra no ponto ideal para beber, mas tb apagam mais rápido. Eu pessoalmente gosto muito dos resultados para coado, e da praticidade e robustez do SR700. Já conseguir que ele interage bem com o Artisan é um certo desafio. Aqui uma torra do Thiego da CC (instalei um sensor BT Phidget adicional no bicho):
  9. [VENDO] Tralha de café

    Tudo vendido!
  10. [VENDO] Tralha de café

    Fiz uma revisão geral no cantinho de café e achei varias tralhas que não uso mais (pois comprei outras tralhas). Se alguém tiver interesse em um item, por favor fazer uma proposta (dinheiro, café, outras tralhas, bebidas alcoólicas, serviços de terceiros ...). Seguem as coisas: Tamper (58mm), suporte de parede e tamping station da Cafelat (preto). Dois suportes de parede para dois portafiltros em aço escovado com manta de silicone de proteção. Um funil pequeno e um grande de marmelada; esses que o pessoal usa para single dosing no EK43. Comprei para o Favorite, mas o original dele serve perfeitamente. Um Cafflano Klassic, moinho, coador e copo térmico portátil.
  11. Cafeteira Aram - O projeto

    Bom, fala na caixa...
  12. Cafeteira Aram - O projeto

    Comprei o IMS triplo. É o IMS B65 2T 18/22g 32.5h 53.2 mm diâmetro para La Spaziale, Astoria e Wega
  13. Recomendações de Café

    Se vc quer um up na qualidade do grão e da torra, e valoriza transparência e um preço justo, compra com a Roast https://roastcafes.com/loja?mc_cid=b9a5216b4a&mc_eid=f71e509328
  14. Sim, a retenção total é na faixa de 2g. Escrevi um pouco sobre isso no 1o post.
  15. Estou bem satisfeito com o Mignon. Ele virou o meu moinho principal para espresso, incl. faço muito single dosing com ele.
  16. Pessoal que tem um Eureka Mignon MCI, vou fazer um hopper pequeno, só para a quantidade diária (uns 4 duplos) para o meu MCI. Deve ficar no estilo dos “Tageshopper” do Kaffeenetz (veja foto) mas com um êmbolo adicional para melhorar o single dosing (evitar popcorning e aplicar peso). Tampa e embolo vou provavel fazer em peroba rosa. Se alguém tiver interesse podemos fazer uma produção coletiva. Rsrs
  17. Torrando hoje ...

    Depois de umas semanas sem torrar (que desespero!!! A Roast e o Rogério Maffort me salvaram.), consegui trocar o motor estragado do ciclone do STC e o forno tá funcionando bonitinho de novo. Torrei hoje uns cafés antigos da CC de 2017 (torras teste) e depois o Eduardo e o Piatã da CC do Alex com uma abordagem um pouco mais lenta para espresso. O cheiro está ótimo. Vamos ver como fica na xícara.
  18. [VENDO] Torrador STC

    A faixa ideal deve ser entre 150 e 250g de grão verde. Já torrei 80g e 300g e ficou bom. Mas o batch size padrão que eu uso é de 200g.
  19. [VENDO] Torrador STC

    Oi pessoal, vendo o meu torrador STC, com exaustão externa regulável, e controle de potência e velocidade do ciclone pelo aplicativo Roastlogger (Windows ou Mac com porta USB), amostrador etc etc. Ele recebeu uns upgrades desde que comprei, como um motor brushless do tambor mais rápido e umas novas chapas que separam os fluxos da exaustão e do ciclone. O forno é 220V e relativamente pequeno. Pode ser desmontado e guardardo num armário. Pensei em 4500 reais (negociável). Mais informações, fotos etc por MP. Abçs, Burny
  20. Os cafés da Roast acabando aqui. Célia e Abelardo foram muito bons. Da vontade de comprar mais, mas isso interferia com a minha atividade de torra doméstica.
  21. Moedor manual COMANDANTE Novo VENDO!!

    Vc pagou realmente caro. Mas vc tem um moinho top. Recentemente medi a granulometria dele para coado em comparação com outros moinhos bons, e o Comandante C40 saiu bem melhor. Menos fines e boulders:
  22. Moedor manual COMANDANTE Novo VENDO!!

    Não entendo o preço, Givc. Esse moinho custa novo 1600 reais na Academia: https://www.academiadocafe.com.br/loja/produto/28809/moedor-manual-comandante
  23. Mostre Aqui seu Cantinho do Café

    São moinhos brm raros aqui no Brasil. Seria interessante postar mais sobre eles, incl. revisões? Abçs, Burny
  24. Bebida gelada com café.

    Para fazer coldbrew nitro, tem que injetar N2 (di nitrogênio, um gás inerte) na bebida. NO2 (nitrito) é usado para fazer embutidos e salamis. Por favor tb não usar o gás hilariante N2O. Segue a receita de um drink que tomei recentemente e gostei (receita modificada do Beto): bastante gelo, suco de uma laranja, um espresso duplo generoso, um fio de mel, um pouco de canela. Misturar tudo bem num shaker de cocktail.
  25. Oi Marco, a palavra chave aqui é canalização. Se vc passa do ponto de moagem ideal e usa uma moagem fina demais acontecem canalizações, que as vezes incl. são difíceis para identificar no filtro naked. No filtro naked a cor da bebida tem que ser homogênea e esses fios mais claros (as vezes até bonitos e homogeneamente distribuidos) são locais de canalização e sub extração que causam uma %ex baixa. Certos moinhos, e o EK43 é um deles, e certos filtros (especialmente singles) são meio temperamentais com canalizações e tem que tomar muito cuidado com o grau de moagem e a preparaçao do bolo. Vc provou o shot de 17.5%? Muito provavelmente foi desequilibrado e ácido, ne? Abçs, Burny
×