Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

LUW

Senior Members
  • Content count

    2,352
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    24

Everything posted by LUW

  1. Moka: como eu faço

    Até há uns anos atrás, apesar de eu gostar MUITO de café, eu não sabia fazer café. Achava café de coador e de cafeteira doméstica normal quando muito sofrível, mas adorava espresso, e já então sabia que o que normalmente se costumava tomar como café aqui na República das Bananas e Carnaval era (e é) aquela enganação de café "tradicional". Uma das coisas que eu considerava uma evolução como ser humano seria aprender a fazer um café decente. Porém, não tinha como comprar uma máquina doméstica de espresso, então estava relegado a tomar café bom apenas quando saia de casa. Aí chegaram os cafés premium e a possibilidade de se fazer café bom em casa. Mas o meu problema é que eu não sabia passar café... Nisso descobri o tal do "café italiano". A Moka foi, vamos dizer, minha primeira paixão "doméstica" com o café. Morando do lado de Curitiba, eu tinha acesso fácil a café bom, e finalmente poderia fazer um café decente em casa. Infelizmente no começo me bati bastante com a Moka, mas devagarzinho fui acertando as variáveis para fazer um café gostoso. Parece que agora eu acertei, e vou explicar evolutivamente como cheguei no resultado de hoje, mexendo nas cinco variáveis que fazem diferença no resultado final. 1) Água Básico dos básicos: volume de água. Nas Moka da Bialetti (ou pelo menos nas duas que tenho), existe uma marcação do nível de água por dentro da caldeira, um pouquinho abaixo da válvula de pressão de segurança. Essa que usei nesse ensaio é a de se não me engano "quatro cafezinhos", porém o que importa é que até essa marca cabem justos 200 ml de água. Na minha Bialetti maior, que em teoria é para "seis cafezinhos" cabe 420 ml até a marca. Em teoria seria apenas uma questão de variar a proporção de café e água para em uma Moka grande se fazer menos café, mas na minha experiência é difícil fazer isso, pois você vai perder o parâmetro da 5ª variável (tempo - já explico adiante). Em outras palavras, terá de comprar mais de uma Moka se quiser variar o volume de café. 2) Café Em segundo lugar obviamente vem o café. Começei com uma proporção de 1:10 café/água, e para o meu gosto estou agora usando 1:9. Nesse caso, para os 200 ml da minha Mokinha, usei 18 g do Bob-o-Link (torra do L. Moço). Obviamente isso vai variar de acordo com o café utilizado e mais importante, do gosto do freguês. Eu gosto de café de Moka "espresso-like" (ou segundo meu pai, café que briga para sair do bule ), mas já usei até 1:8.
  2. Moedor bem barato

    Se não me engano, o BM com base deve sair uns 1400 - mas aguarde um pouco que certamente alguém melhor informado vai lhe dar o preço correto.
  3. Bravo - produtos para café

    Pois é, e ainda aproveito o frete .
  4. Se isso for verdade, ninguém com arteriosclerose deve se tratar.
  5. Bravo - produtos para café

    Esse tamper é o bicho. Só não sei se não vou acabar tendo de comprar um distribuidor também...
  6. Bravo - produtos para café

    Nano, Mini e Maxi (Debut) . Por mais que eu concorde que o Mini não tem nada de mini, mas na época a ideia era que ele era portátil. E como indiscutivelmente é o carro-chefe de vendas e conhecido mundo afora, não mexeria no nome dele de jeito nenhum.
  7. Bravo - produtos para café

    Isso, fotos, manda! E que história de "infelizmente"? Fuck no! É FELIZMENTE mesmo! Isso denota pesquisa e teste antes de lançar o produto. Eu pelo menos aprecio muito produto profissional e não amador. E realmente, Bravito me soa diminutivo. Mas em tamanho ou qualidade? Acho que dá para se achar um nome BEM melhor, na minha humilde opinião.
  8. Bravo - produtos para café

    Sendo bem sincero, não estou ansioso como estava para o BM, pois o BM resolve 100% das minhas necessidades de espresso e coados em casa. O Micro vai ser para o trabalho, mas atualmente o Hario Mini está dando conta do recado. Só estou curioso mesmo para saber como o projeto está progredindo. E outra coisa, acabo de perceber que não dá para ser chamado de Bravo Micro, pois abreviamos o Mini como BM, e aí vai ter confusão. Sugiro Bravo Nano (BN).
  9. Limpeza com detergente

    Não é Murilo, todas as peças estão novinhas. O barulho de ranger vem do came esfregando na válvula. É só colocar um tiquinho de Molykote ali que para na hora. Vou deixar assim até o começo do mês, quando vou usar detergente de novo. Aí é desmontar e lubrificar, fazer o quê... O barulho não é problema, não é nada que dê arrepaus no piu, mas se está rangendo está desgastando (desnecessariamente), então tem de ser evitado.
  10. Uma dúvida. Comprei um potão de Coffeelav (não achei outro) para limpar periodicamente o grupo da minha cafeteira. Pelas instruções da máquina, para a limpeza com detergente, eu deveria usar "uma colher ou uma pastilha" de detergente, mas não especifica quanto (peso). No rótulo do pote do Coffeelav diz que é para usar de 10 a 20 g. Por via das dúvidas usei 10 g, mas faz um monte de espuma, e depois levou vários flushes para limpar . É assim mesmo, devo usar os 10 g?
  11. Limpeza com detergente

    E a saga continua... Semana passada usei detergente de novo (3 g). A título de teste, não desmontei e lubrifiquei o grupo em seguida, para ver como se portava. Já deu uma semana de uso, com 2-3 shots por dia, e a alavanca continua rangendo. Tinha lido em algum lugar que depois de algum tempo o o óleo do próprio café seria suficiente para lubrificar, mas que nada. Ou seja, é só usar detergente que a lubrificação vai pro espaço e começa a rangeção na alavanca . Um saco isso, porque desmontar a alavanca é bem fácil, mas é bem chato encaixar ela de volta no lugar por causa dos cames e a mola da válvula.
  12. Acho que o @Cabral gosta de ver as pessoas gastarem dinheiro no que não deveriam... Vai para a lista, com certeza. Mas a minha prioridade por enquanto é o termômetro.
  13. Bravo - produtos para café

    Opa, boas notícias! Não tem nada de fotos vídeos para mostrar Gil? Sabe como é, para as bichas... @Mesquita, meu nome está na lista faz teeeeeeeeempo.
  14. Lindona, parabéns Muniz! Fico imaginando se eu não conseguiria usar aquele joystick de vapor no lugar da maçaneta que vem na minha Barista...
  15. Bravo - produtos para café

    E aí Gil! Alguma novidade no Bravo Micro? Já é bom ir reservando os caraminguás?
  16. Com a minha Barista só vejo isso acontecer esporadicamente, e mesmo assim, uns poucos pontinhos. Mas é bem comum ver um restinho de pó em cafeterias. O que causa isso? Erro de moagem/compactação? PF sujo? Ou característica da máquina?
  17. Tem gente que vai ficar com dor de estômago de tanto tomar café hoje... Bruno, vc vai quer que pelo menos só para espresso NÃO tem como errar, a não ser que vc use café ruim. Parabéns, lindaça a máquina!
  18. Cafeteira Aram - O projeto

    Boa! Para onde mando?
  19. Cafeteira Aram - O projeto

    Boa noite Maycon @Aram! E o kit de upgrade?
  20. Cafeteira Aram - O projeto

    Na minha eu usava uma granulometria parecida a essa que o @Allexlimaa2 mostrou. Não esquecer que compactação influi bastante também, a não ser que se esteja usando um tamper dinamométrico.
  21. A prima fascie é basicamente é o que eu faço, porém com uma (grande?) diferença: o cara usa um balde de leite . Eu uso pitchers pequenos, de ~300 e ~700 ml, com respectivamente 150 e 300 ml de leite. De modo geral o resultado é geralmente menos pior no pitcher pequeno, e em termos de sabor fica perfeito. Mas não consigo consistência na espuma boa o suficiente para fazer arte.
  22. Onde estou errando

    No café. Compre café BOM (obviamente em grãos e não pré-moido) e moa na hora de fazer o café.
  23. [Restauração] Minibar projeto Marcos

    Muito legal Felipe! A caixa com o LCD e Arduino fica fixo ali em cima? E não esquenta? E pelo painel dá para controlar pressão e temperatura?
  24. Ah, agora entendi a que vc se referia. Em nenhuma vez, com a pressão lá em cima, "faltou" vapor, o que achei é que parecia que estava respingando (o que chamei de vapor úmido). De qualquer forma, depois de mexer e mexer e aí mexer mais um pouco, basicamente voltei para a a regulagem de fábrica . Baixando a pressão melhorou bastante o volume de expurgo (diminuiu), porém ficou ruim para vaporizar. Não estava mais conseguindo micro espuma, só espumona, apesar da temperatura subir no pitcher na velocidade "normal". Admito que nunca consegui uma espuma padrão (algumas vezes quase consegui), então uma parte é a pecinha na frente da máquina que definitivamente é falha. Mas com a pressão mais baixa ficou muito pior. Nessa sexta me emputeci, subi nas tamancas e aumentei a pressão de novo, e voltei a ter os resultados semi-medíocres que estava tendo antes. Com isso, agora é preciso de 130 ml de expurgo. Não está ideal, obviamente, mas acho que vou ter de deixar assim. Ou trocar a pecinha da frente da máquina.
  25. Moedor KitchenAid Onyx

    Comprando na Lucca, o mais barato (Blend) vc vai pagar uns 100 pilas o kg. Eu sempre compro uns 2 pacotes de 250 g do Blend e aí um ou dois pacotes dos "pontuados", geralmente por 120 a 140 o kg. Ultimamente tenho pedido o café do Mario Zardo (ES), que com frete sai por menos de 100 o kg, e todos excelentes (no mínimo no mesmo padrão do Blend). Por exemplo, anteontem recebi 1,75 kg dos cafés dele, e como rachei o frete com o Gilson do Santidade, gastei R$ 135,00 (e tudo café padrão!).
×