Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

LUW

Senior Members
  • Content count

    2,240
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    23

Everything posted by LUW

  1. Chegaram os anéis de vedação de silicone e a tela de chuveiro IMS. Mas uma dúvida: vi que é estupidamente simples de trocar a tela do chuveiro. Porém se eu trocar a tela, posso reutilizar o anel de vedação original? Ou o pôr e tirar danifica-o de forma que precisaria ser substituído? Se for o caso não vou trocar a tela agora, somente daqui a algum tempo pois o anel de vedação original está obviamente novo ainda.
  2. Bravo - produtos para café

    Estou esperando o anúncio sobre cores (tipo assim, fúcsia). E é claro, a bolsa de couro com os cordõezinhos.
  3. Bravo - produtos para café

    Eu perturbo tanto o Gil que é capaz de ele pedir um Big Mac para mim e esquecer do Nano...
  4. Peoples, para quem usa balança, qual vocês estão usando? Eu comprei uma pequena no ML, bem decente, que pesa até 500 g com precisão de 0,01 g (a miserável pesa até água evaporando!). Cabe bem em cima da bandeja da minha cafeteira mas tem uma falha grave: não é a prova d'água. E mesmo usando aquele aparador anti-respingos que fiz, as vezes pinga café. Portanto, acredito que não vá durar muito, pois fatalmente vai acabar entrando água ou café lá dentro. Claro que olhei a Acaia Lunar, mas com um sexy precinho de US$ 220,00 fica um tanto difícil comprar. Alguém tem algum modelo a indicar ou alguma gambiarra para isolar a balança da água e café?
  5. Balança para espresso

    Também gostei do que li sobre a Brewista... Dicas de onde encontra-la?
  6. Moka: como eu faço

    Até há uns anos atrás, apesar de eu gostar MUITO de café, eu não sabia fazer café. Achava café de coador e de cafeteira doméstica normal quando muito sofrível, mas adorava espresso, e já então sabia que o que normalmente se costumava tomar como café aqui na República das Bananas e Carnaval era (e é) aquela enganação de café "tradicional". Uma das coisas que eu considerava uma evolução como ser humano seria aprender a fazer um café decente. Porém, não tinha como comprar uma máquina doméstica de espresso, então estava relegado a tomar café bom apenas quando saia de casa. Aí chegaram os cafés premium e a possibilidade de se fazer café bom em casa. Mas o meu problema é que eu não sabia passar café... Nisso descobri o tal do "café italiano". A Moka foi, vamos dizer, minha primeira paixão "doméstica" com o café. Morando do lado de Curitiba, eu tinha acesso fácil a café bom, e finalmente poderia fazer um café decente em casa. Infelizmente no começo me bati bastante com a Moka, mas devagarzinho fui acertando as variáveis para fazer um café gostoso. Parece que agora eu acertei, e vou explicar evolutivamente como cheguei no resultado de hoje, mexendo nas cinco variáveis que fazem diferença no resultado final. 1) Água Básico dos básicos: volume de água. Nas Moka da Bialetti (ou pelo menos nas duas que tenho), existe uma marcação do nível de água por dentro da caldeira, um pouquinho abaixo da válvula de pressão de segurança. Essa que usei nesse ensaio é a de se não me engano "quatro cafezinhos", porém o que importa é que até essa marca cabem justos 200 ml de água. Na minha Bialetti maior, que em teoria é para "seis cafezinhos" cabe 420 ml até a marca. Em teoria seria apenas uma questão de variar a proporção de café e água para em uma Moka grande se fazer menos café, mas na minha experiência é difícil fazer isso, pois você vai perder o parâmetro da 5ª variável (tempo - já explico adiante). Em outras palavras, terá de comprar mais de uma Moka se quiser variar o volume de café. 2) Café Em segundo lugar obviamente vem o café. Começei com uma proporção de 1:10 café/água, e para o meu gosto estou agora usando 1:9. Nesse caso, para os 200 ml da minha Mokinha, usei 18 g do Bob-o-Link (torra do L. Moço). Obviamente isso vai variar de acordo com o café utilizado e mais importante, do gosto do freguês. Eu gosto de café de Moka "espresso-like" (ou segundo meu pai, café que briga para sair do bule ), mas já usei até 1:8.
  7. (VENDO) ECM MECHANIKA V SLIM - Pronta entrega

    Eu sei @Alexandre Velloso, mas reclamar sempre é bom, né? Aliás, tenho que lhe questionar pelo WA sobre aquele "FILTRO EP 3 DOSES" lá do site.
  8. Balança para espresso

    Pode não ter o mesmo garbo e elegância da Acaia mas é a prova d'água e está em um preço quase decente. Vou ver, valeu. @Mesquita, vc abre o compartimento de pilhas e simplesmente espirra lá dentro? E quanto às bandejas, as minhas todas vieram com bandejas, só que aquela prateada, mais sensível, é meio teimosa quando uso a bandeja - ela simplesmente não tara. E não é o peso, é a bandeja mesmo, pois se tento tarar algo até mais pesado mas sem a bandeja ela funciona na hora.
  9. Balança para espresso

    @Marcos Sampaio, essas balanças grandes não cabem por causa do bico de expurgo (saida da vávula de expurgo? não sei o termo correto) que desce por trás. Com a bandeja ou mesmo o anteparo elas ficam com um tanto para fora, e ferra a pesagem pois não ficam planas. @Cabral, sendo sincero, eu li isso da água evaporando mas só testei quando ela chegou com a xícara diretamente em cima, não me toquei de colocar um anteparo. De modo geral eu sempre ponho algo entre a xícara/bule e a base de pesagem, justamente pelo medo do calor acabar danificando a balanca (para a Hario usava aquele coaster que vem junto na Clever). Para essa nova usa a bandeja pequena. A bandeja grande uso para guiardar debaixo da cafeteira, que fica melhor para puxar para fora. E pensei em isolar somente o corpo da balança, sem mexer na bandeja de pesagem, mas não sabia como remover a bandeja sem estragar. Burny, qual é essa?
  10. Balança para espresso

    Pois é, acho que vou ter de me conformar . Exceto pela Hario, não são caras, portanto se estragar não vai ser um grande prejuízo.
  11. Balança para espresso

    Essa era a que eu estava usando antes. 0,01 g de precisão, bem honesta, apesar de demorar uns segundos para "esquentar". O problema dela é que é muito pequena: A nova quer eu comprei no ML é essa: EXCELENTE - precisa, rápida e tamanho perfeito. O único problema é não ser resistente ou muito menos à prova d'água. Está sempre borrifada de café, e as vezes, mesmo usando esse anteparo, pinga café por trás. Tentei colocar ela dentro de um saco tipo ziplock, bem frouxo, mas por ser tão precisa fica flutuando a pesagem. Experimentei com papel filme tipo Rolopack, bem frouxo também, mas não adianta, a pesagem flutua. Eu tenho a Hario, só que ela tem um problema sério ao ser usada na cafeteira: É grande demais. Tenho ela já faz uns 4 anos, mas do final do ano passado para cá ela começou a resetar no meio do processo. Troquei pilha, fiz a gambiarra do papel alumínio nos terminais mas nada resolvia. E agora, para piorar as coisas, desde o mês passado não consigo mais ligar o cronômetro. Já estava bem descontente com ela, então há uns 2 meses pedi essa do AliX: Chegou semana passada, e gostei bastante. Porém também é enorme, não cabe na bandeja, mas comprei mais para fazer coado.
  12. (VENDO) ECM MECHANIKA V SLIM - Pronta entrega

    Sina da minha vida: é só eu comprar que baixa o valor
  13. @Murilo Lins, depois de alguma pesquisa descobri o que estava fazendo errado e agora aerar leite ficou mais fácil, mesmo com o bico original. Contudo, parece que o de 4 furos agiliza o processo, não por deixar mais fácil, mas por liberar mais volume de vapor, e com isso, vc consegue o mesmo resultado de forma mais rápida. Se eu achasse um bico desses eu compraria só para testar, pois me parece que só desrosquear o antigo e rosquear o novo no lugar.
  14. Aos propietários de ECM: todas vem com bico de vapor de dois furos? A minha Barista é de dois furos. É que vi um vídeo da Gale & Risadinha no Seattle Coffee Gear demonstrando a diferença dos dois bicos. O de quatro furos (na mesma máquina) aera visivlemente melhor o leite. Como estou apanhando para conseguir a consistência correta, e não escutei ninguém reclamar das ECM para aerar leite, achei que um outro bico talvez deixasse as coisas mais fáceis para mim.
  15. Sobrando não está, mas mandar os filhos para a faculdade é superfluo.
  16. Sessão "dúvidas sobre compactação". Achava que estava dominando essa parte, #SQN . Primeiro, vejam como faço. Aí são 18 g do Cítrico do Mario, moído no BM (1v+5), e em seguida uns tapinhas para distribuir: Aqui sem o funil e após mais uns tapinhas, pronto para compactar: Usando o tamper dinamométrico do @Gilberto, apertando apenas uma vez e depois um giro para polir o bolo: Aos meu olhos está 100% nivelado e parece homogeneamente compactado. O problema é que as vezes obtenho esse resultado: Isso me parece uma rachadura no bolo, e usando o PF naked, ele demora um pouquinho para fazer um fluxo único consistente. Começa a formar gotas, que coalescem em três ou (geralmente) dois fluxos que então coalescem em um único fluxo. Nessa extração em particular eu cortei em 27 segundos, e na xícara obtive 38 g de café. A crema estava mais ou menos apenas, alta mas não muito espessa, porém aqui tenho quase certeza que é o grão. O problema é pior quando uso o filtro de 14 g: O mesmo café, moagem e procedimento de compactação, porém como usei o PF single, não sei como estava o fluxo. Na xícara foi 29 g de café, cortando aos ~28 segundos (crema sem-vergonha também). Me incomoda esse bolo "sujo", fora o chuveiro, que também fica bem mais sujo de pó. Se eu compactar duas vezes (apertar o tamper até o final duas vees e em seguida polir), melhora um pouco especialmente o aspecto do bolo e a quantidade de resíduo no chuveiro. Com a Aram, e usando o mesmo moinho e tamper (apertando apenas uma vez), não tinha erro, mas agora com a Barista estou me batendo. As dúvidas que tenho são as seguintes: O problema é na distribuição? Dependendo da umidade e café, o BM deixa o pó mais ou menos embolotado, então nem sempre consigo espalhar o pó pelo filtro de forma totalmente homgênea. O problema é o chuveiro? Como falei no meu review sobre a Barista, tenho a impressão que o chuveiro dela poderia distribuir melhor a água. Seria esse turbilhonamento da água sobre o bolo que deixa esse aspecto e com isso favorece canalização? O problema são os filtros? Quer dizer, não os filtros propriamente ditos mas a quantidade de pó que estou usando? E talvez o formato do filtro influa também, pois o aspecto dos filtros de 18 e 24 gramas (formato de cilindro) é diferente do de 14 g (parece mais um cone).
  17. Grande Tio Gil! Caso quiser aproveitar a viagem ao Curreio, pode mandar um Bravo Nano junto. Não vou achar ruim (mesmo!), é só passar a régua e mandar a conta.
  18. Mais experiências... Munido de café, fui experimentar mexer na pressão de compactação. O que fiz foi moer um pouquinho mais grosso (de 1v+6 para 1v+8) e então soquei no tamper. Com moagem mais grossa e maior pressão na compactação, mantive as extrações em menos de 30 segundos e mesmo BR. Notei que houve uma leve melhora na sujeira na tela do chuveiro, e o bolo ficou, de modo geral, com um aspecto mais "liso" do que estava. Variei um pouco a massa de café, mas reduzindo de 18 para até 17 ou até 16 g a sujeira foi maior e o aspecto do bolo também ficou pior. O que realmente melhorou foi o fluxo de café. O fluxo único e conciso (no PF naked, obviamente) surgiu bem mais rápido. Não se formou dois ou três fluxos que então coalesceram em um único como antes. Começou a gotejar e já formou um fluxo só, em seguida. Com isso, me convenci que preciso pôr mais pressão na compactação. Usando o tamper dinamométrico do @Gilberto, o negócio é apertar com mais força, mesmo que ele tenha chegado no final do curso. Como ele tem a base alinhadora, mesmo exagerando na força, a compactação sempre sai nivelada. Vou conversar com o Gil para ver se ele não tem uma mola de maior resistência. E o sabor? Bem, infelizmente não tenho paladar apurado o suficiente para notar diferença, pois já achava que eu estava tirando shots nota 10 antes. O que eu queria mesmo era tentar diminuir a sujeira no chuveiro. Contudo, confesso que por mais que isso seja seja apenas preciosismo de técnica, é mais satisfatório ver um mono fluxo quase instantâneo como está agora. Parece doce de leite escorrendo .
  19. [MOD] Brasilia Lady

    Lindaça! Quem sabe mais para frente não vou atrás de uma cafeteira-projeto assim...
  20. Estou completamente sem café (só vou conseguir mais amanhã), então não tive como experimentar esse parâmetro. Porém, nas primeiras vezes que usei a máquina, usando um tamper normal, puxando pela memória parece que fez um pouco menos de sujeira. Mas isso era na época que eu ainda estava experimentando com a quantidade de café, então não sei qual o parâmetro responsável. Outra coisa que notei é que se aperto duas vezes o tamper dinamométrico o aspecto do bolo parece ficar um pouco melhor, mas a sujeira na tela ainda ocorre. O que posso dizer que é o pior para a sujeira é usar o filtro single, esse sempre faz mais lambança na tela.
  21. Virgemary, @felipejack, mais mole que fazer café . Legal, obrigado! A tela que comprei é da IMS mas é um pouquinho diferente dessa sua. Quanto ao tamper do @Gilberto, ele tem duas vantagens: força fixa e nivelamento. Com isso vc elimina a variável da compactação, pois será SEMPRE a mesma.
  22. Paulo, é uma ideia, vou experimentar. Mas meu estoque de café está no fim, tenho de reabastecer antes de começar a fazer muitos testes .
  23. Aeropress

    Victor, antes de mais nada, vc realmente gosta de café? A sua idéia só vai dar certo se vc realmente gosta de café. Como quase tudo na vida, para dar certo, vc tem que gostar do que faz. Se for fazer café "só para vender", claro que pode fdar certo, mas o mundo do café tem muita técnica e conhecimento mas tem MUITO de arte e paixão. Tenho como convicção que se vc gosta do que faz, tem mais chance de se dar bem com aquilo. Vai achar dezenas de cafeterias que receberam alto investimento financeiro mas o produto entregue deixa muito a desejar porque o dono não "vive café". Mas voltando a sua dúvida, AP + Hario Mini para fazer café em casa vai MUITO bem. Tenho a impressão, porém, que se está pensando em fazer café com objetivo comercial fica meio difícil. Fora que, aqui no Brasil pelo menos, é difícial vc fugir de espresso se estiver pensando em café como bebida para vender.
  24. Vou comprar então, valeu! Sei lá se realmente preciso mas sabe como é a necessidade...
×