Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Álvaro Ford

Senior Members
  • Content count

    432
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Álvaro Ford

  1. Problemas técnicos no fórum

    Rouston, Me coloco a disposição para ajudar na parte de infra e programação, além da moderação também. Enviado de meu XT1058 usando Tapatalk
  2. Reflexão

    Me afasto de vez em quando do fórum pelo mesmo motivo, acho que em alguns momentos o pessoal esquece o que nos une aqui: café. Apesar de equipamentos fazerem parte do nosso hobby, eles são complementares, um cafezaço fica melhor num hario mini que um café ruim num EK43. Não dá pra abrir mão dos equipamentos e técnicas, mas acho que o mais importante é o café, ponto!
  3. Coffee Travel Bag Orfeu

    Contaminei o Gil! OBA kkkkkkkkk
  4. Hario V60 Drip Thermometer

    Ai se meu bolso permitisse! kkkk
  5. E quando o negócio é torrar café?

    Gil, a empresa em questão é a Pratica: http://www.scielo.br/pdf/gp/v17n3/05.pdf https://saturno.unifei.edu.br/bim/0031982.pdf O forno alemão citado é da marca Rational.
  6. E quando o negócio é torrar café?

    Plantei a sementinha da discórdia e saí correndo né? Estive ausente por todo esse tempo. Enfim, pra entender todas essas questões mercadológicas, é necessário entender sobre qualidade. Qualidade pode ser entendido de muitas formas, mas a mais importante delas é a qualidade inerente às necessidades do cliente. Para um produto ter qualidade, ele tem que atender as necessidades do cliente (nesse ponto), e só, somente só. Utilizar materiais ultradimensionados por exemplo, não acumula qualidade ao produto. A Probat tem qualidade nos seus produtos, mas a Atilla também tem, acontece que são públicos diferentes. Não se pode confundir o comprador de um Ford Ka com um comprador de um Ford Fusion Híbrido? Correto, mas são entendimentos de qualidade diferentes. Voltando à questão de P&D, quando levantamos aqui coeficientes de condutividade térmica e outras centenas de variáveis existentes nos cálculos termodinâmicos, simplificamos um universo muito grande. Quando você passa a considerar essas variáveis no produto, isso exige uma pesquisa muito grande no produto. Falo isso pois pude estudar um case de uma empresa brasileira que junto a UNIFEI, conseguiu desenvolver um "forninho" de padaria tão eficiente quanto modelos alemães (diga-se de passagem, os referência no ramo), mas isso implicou em um esforço gigante. Onde quero chegar? Os custos inerentes aos produtos não são compostos por mão de obra + matéria prima + logística, existe uma cadeia bem maior, assim como por exemplo a economia de escala que abate alguns custos. Então pra gente afirmar que um produto vale o preço que cobram, ou não, precisamos levar isso em consideração. Eu não quis afirmar que a diferença compense, que o Atilla tem o melhor custo benefício ou qualquer outra coisa, só quis trazer à tona esse ponto, que considero importante. Afinal, eu não tenho nenhuma experiência para poder opinar, nunca torrei e não tenho pretensões de torrar por agora. Acredito que existam mercados para ambos, os preços são altos? Com certeza! Acho isso pois o Atilla faz "a mesma coisa" e custa muito menos, mas aí tem que colocar na balança todas as especificações e necessidades, além do que penso ser mais importante, como elas vão afetar a qualidade do produto final: PRONTO! No final de tudo, se você não conseguir identificar a diferença entre os dois torradores, em uma amostragem estatística (ou esquece isso tb kkkk), fica bem claro que pra novos entrantes, pequenos empresários ou qualquer negócio que as características não sejam importantes, a diferença de valores não vale a pena. EDIT: Outro exemplo que lembrei, se o Gilberto lançar (não sei se é exatamente esse o projeto) um Mini Bravo Mini, com a mesma qualidade e consistência de moagem, porém utilizando materiais menos resistentes e que consigam diminuir consideravelmente o preço final do produto, provavelmente a maioria dos compradores entrantes do CdC comprariam ele por considerar que o investimento inicial mais baixo seria mais seguro, mas para outras pessoas (assim como eu) a resistência e durabilidade do Bravo Mini normal justificariam.
  7. E quando o negócio é torrar café?

    Fernando, Desconheço a estrutura de custos da probat, mas você tem a noção de quanto custa um P&D da termodinâmica de um "forno"?
  8. Eu sempre utilizo balança nas minhas extrações, quase nunca utilizo um cronometro e nunca usei termômetro. A alguns anos eu procurei algum aplicativo que me ajudasse nisso, mas nunca achei. Hoje fiquei encucado, e achei três excelentes. 1. coffee.guru ( https://play.google.com/store/apps/details?id=guru.cup.coffee ) Ele te dá passo a passo para as extrações baseadas em receitas já pre-definidas, você consegue anotar um log e ele também conta o quanto de café você anda consumindo Tem como adicionar comentários e fotos, assim se você fez algo errado, pode registrar. 2. Baristame ( Free: https://play.google.com/store/apps/details?id=soop.BaristaMe.free / Paga: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.soop.baristame.pro ) Tem um mini guia sobre os métodos, uma calculadora de brew e também mais algumas funções. 3. Coppee ( https://play.google.com/store/apps/developer?id=Coppee ) Tem uns templates, você monta como quer a extração e ele só vai seguir o que você definir. Bom pra quem costuma fazer coisas diferentes. Vamos compartilhar nossas experiências? Alguém mais tem algum para recomendar?
  9. Aplicativos de Extração

    @Jonas Felipe esse app me pareceu excelente, pena só ter para iOS :/ @Guilherme Torres estou a algum tempo com ele, o monitor cardíaco é extremamente ruim, mas em todos os outros quesitos, me satisfaz muitíssimo bem.
  10. Cafeterias em Juiz de Fora (JF)

    Companheiros, Estarei em Juiz de Fora no final de semana. Alguém possui alguma indicação de um bom lugar pra tomar um espresso?
  11. Aeropress

    Vamos às atualizações. Durante o final de semana não tomei cafés bons :/ Hoje tentei 2x, e a segunda foi surpreendente. Geralmente faço 12g à 5%, como está de noite, tentei 5,5g à 6%, mas variei também a moagem (um pouco mais grosso) e o tempo (um pouco mais curto). O resultado foi surpreendente. Amargor nulo, não adianta procurá-lo na xícara... Doçura extrema! Para referência, costumo moer no Bravo Mini 1v10, dessa vez moí em 1v25 (uma diferença considerável se tratando de moagens finas). O café da vez foi o melaço de cana do Mário. Tentarei mais vezes essas doses menores.
  12. Imaginei Luis, A chuva não deu trégua pra nossa região hoje, infelizmente... Muitas cidades debaixo d'água, muita gente perdeu tudo e as algumas estradas não estão permitindo passagem. De qualquer forma, estamos aguardando!
  13. O último mês do ano está chegando, que tal lembrarmos um pouco do que foi o ano de 2017 pra nós? O top 3 cafés que tomei esse ano foram o Seu Juaréz da compra coletiva, o moka da compra coletiva e um nanolote da região que nem cheguei a comentar aqui. A minha melhor aquisição foi de longe o Bravo Mini, ele só vai ser substituído daqui uns anos por um elétrico. Acredito que o assunto mais falado foi a Aram, e também acredito que tenha sido o lançamento do ano. Sobre moedores, estava apostando minhas fichas no Sette, mas não emplacou! Pra vocês, o que marcou o ano?
  14. Cafeterias em Juiz de Fora (JF)

    Estarei em Juiz de Fora esse final de semana, provavelmente eu volte na relicário como sempre, nunca ouvi falar dessa que voce falou. Vou experimentar o cappuccino e o ristretto pra ver se eles me agradam. Enviado de meu SM-G920I usando Tapatalk
  15. Retrospectiva Cafeinada 2017

    Sim, Bruno! Mas é que o assunto foi o mais falado do ano na minha opinião, apesar da campanha ter sido do ano passado.
  16. Aplicativos de Extração

    Um amazfit pace, eh da xiaomi. Nao recomendo se o foco eh esporte, como eh o meu, mas o polar que eu queria ou o tomtom nao estavam em estoque. Enviado de meu SM-G920I usando Tapatalk
  17. Aeropress

    Bem! Acho que cheguei num ponto bacana no orgânico da Seleção do Mário. Prolonguei para os 10 minutos e saiu um excelente café. O que tem de especial nessa técnica do @Lisboa Santos? Não sei responder... eu era cético, mas FUNCIONA.
  18. Aeropress

    Márcio, costumo fazer como o Scott Rao ensina aqui: Independentemente da moçada gostar ou não, eu gosto muito, faço algumas coisas diferentes da dele, mas a essência é essa aí!
  19. Aeropress

    A alguns dias venho aplicando o Método Lisboa na AP. Hoje foram 2 extrações: 1 - Nanolote do Seleção do Mário - Orgânico Natural 13,5g - Regulagem 1+10 no Bravo Mini - 5% - 8 minutos de infusão Resultados: poderia ter prolongado por algum tempo a mais, trouxe notas diferentes. Tenho que fazer novas extrações pois na V60 tenho conseguido um café espetacular, mas na AP ainda não cheguei nesse ponto. 2 - Melaço de Cana do Seleção do Mário 12,5g - Regulagem 1+10 no Bravo Mini - 5% - 9 minutos e 30 segundos de infusão Resultados: café muito doce, 0 amargor, finalização fantástica. Apesar disso havia total condição de prolongar por algum tempo a infusão, ainda não tá no ponto máximo... Já falei, mas putz, o retrogosto tá muito bom! O pior pra mim tá sendo esperar tanto tempo de infusão, não tenho tanta paciência, mas depois fui ver e gasto no mínimo o dobro do tempo pra fazer os meus 2 espressos (dá muito trabalho fazer 1 espresso, aí já faço 2 logo kkkkk)
  20. Aplicativos de Extração

    Hoje chegou um ajudante de extracoes kkkkkk So falta intrgrar ele direto numa brewista ou acaia, ja imaginou? Onde vamos chegar..... Enviado de meu SM-G920I usando Tapatalk
  21. Por um café mais doce - Sweet Coffee Spot

    Tudo certo, mas vou fazer uma outra comparação para você perceber o que eu falo. Quando você está aprendendo a vaporizar leite, todo mundo fala que a temperatura alvo é ali por volta de 75 ºC, mas ninguém fica com termômetro medindo toda vaporização, utilizam a técnica do quando não der pra tocar é aquele ponto mesmo. Fato é que sem uma referência, não adianta ser metódico uai... Você não entendeu ou quis distorcer o que eu disse, por que eu não falei que a técnica não funciona, que a técnica é falha ou qualquer outra coisa, só falei o ponto de consistência estar atrelado a uma variável que você quer controlar com uma margem de erro menor. De tudo, não gosto do posicionamento que vocês estão tendo com a marca, na minha opinião falta um pouco de humildade e tá tendo um excesso de reatividade, estão levando todas as críticas a ferro e fogo. Em relação ao método, que não opinei ainda, vou opinar. Eu li todo o conteúdo do site, apesar da usabilidade dele estar péssima e nada intuitiva, tudo bem, já critiquei isso e entendi que a ideia é ser um conceito, por isso não pode ter usabilidade... Eu achei que as afirmações não tiveram tanto embasamento, foram formadas através de experimentações, de modo empírico. ABSOLUTAMENTE NADA CONTRA ISSO, mas penso que a defesa que vocês estão fazendo esteja um pouco quanto arrogante. Vou repetir quantas vezes for necessário: eu não tenho posicionamento em relação ao método, seja de extração ou de torra, estou comentando sobre como eu percebo o posicionamento que vocês estão tendo com a marca.
  22. Por um café mais doce - Sweet Coffee Spot

    Considerando os princípios da termodinâmica, não tem jeito de ser consistente sem falar em temperatura alvo.
  23. Breville "the Infuser" (BES840XL)

    O valor é ate ok considerando que é no preco de um convencional, mas acredito que esse takt time de 9h é inviável kkkkkk Enviado de meu SM-G920I usando Tapatalk
  24. Cara, única coisa que consigo pensar é como cada compra coletiva iria dar um documentário. O trampo de vcs é fantástico, puta merda!
  25. O que você comprou ou recebeu hoje?

    O foda eh q n gosto tanto de cafe congelado, moro em republica e eh foda ocupar o freezer com isso. Essa semana planejo acabar com um pacote do organico e outro do melaço [emoji23] Enviado de meu SM-G920I usando Tapatalk
×