Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Lisboa Santos

Senior Members
  • Content count

    1,612
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    56

Lisboa Santos last won the day on October 11

Lisboa Santos had the most liked content!

Community Reputation

1,959 Excelente

1 Follower

About Lisboa Santos

  • Rank
    Avançado
  • Birthday 11/23/1955

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Caconde (SP)
  • Equipamento
    Preferência atual: AeroPress (99%) e Globinho (1%). MD-40 e Bravo Mini Iron Man.

Recent Profile Visitors

1,986 profile views
  1. Fotos, fotos, fotos....

    Da minha experiência pessoal de um dos meus nanolotes, com uma catação ultrasseletiva pré e pós secagem (tirei verdes, imaturos, defeituosos etc., mas incluindo os bóias), de uns 75Kg de café colhidos no pé sobrou na peneira 16+ uns 7Kg; aproveitamento de uns 10%.
  2. Qual Grão você recomenda?

    Isso mesmo, @Freedom Force: "Washed, Natural, Honey: Coffee Processing 101", "Everything You Need to Know About Honey Processing", tem outros artigos sobre honey no site. @Isaac Levi, tb não tenho gostado destes fermentados (meio ou totalmente) à força, são meio enjoativos e parecem artificiais (não é um sabor "natural"); eu tomo uma xicrinha, acho curioso e exótico, e é só! não dá vontade de repetir no mesmo dia ou em outros. Não são cafés que eu tome 2 ou 3 xícaras seguidas ou queira repetir todo dia. Enfim....
  3. Aniversariante do dia

    Valeu pessoal, muito obrigado de coração pela gentileza das postagens! São 62 na lata, não tem nada de ponto do tipo 6.2!
  4. CAPSULAS IMPORTADAS PARA NESPRESSO

    Embora não sejam baratas, já ouvi falar que as cápsulas da Collona são excelentes; e Nespresso compatíveis. Se minha Nespresso não estivesse quebrada, eu arriscaria.
  5. Behmor 120v usando com transformador no 220?

    No Brasil, segundo o CDC (Código de Defesa do Consumidor), eles poderiam ser obrigados (inicialmente na esfera administrativa com órgãos de defesa do consumidor, ou mesmo judicialmente) a cumprirem o prometido na propaganda....
  6. Suporte para Hario v60

    Pose ser tb, mas daí vc deve jogar na chaleira a possibilidade de pré-escaldar o recipiente de pesagem antes de medir a água de uso, pois ao passar da chaleira pra ele há sempre uma perda de calor. Aliás isso é um fato facilmente observável em cafeterias com aqueles sistemas do tipo Bunn de aquecer a água: eles ajustam uma certa temperatura da água no equipamento, que consideram a ideal para preparação, depois passam para uma chaleira bico de ganso para preparar o coado, a qual fica na mesa do cliente um bom tempo antes de iniciar o despejo. Eu imagino que a temperatura deva cair na casa dos 8º a 10ºC, então acaba ficando sem sentido aquela temperatura tida com alvo para a extração, já que não é possível controlar (ter consistência com) as micro variáveis de perda de calor entre sair da máquina, passar para um recipiente (que pode estar frio, morno ou quente) e iniciar (tempos incertos depois) o despejo.
  7. Suporte para Hario v60

    @helderbarreto quais modelos não dá pra medir a BR (água despejada)?! Editado depois: ah! entendi, acho até que o próprio modelo da Hario não permite medir a água despejada, pelo que vi uma vez ao vivo, salvo se usar uns truques. Dá pra medir a água antes de pôr pra ferver, a retenção na minha Bonavita é de +- 4-5ml.
  8. [COMPRO] Hopper/Cúpula de moinho

    Eu tirei o hopper do meu MD40 e uso só um tamper para segurar os saltitantes grãos. Se a dose é maior do que 18g uso o funil da AeroPress.
  9. Sweet Coffee Spot - Inauguração

    @Bruno Marinho a questão da queda da temperatura no pós despejo pode ser gritante, dependendo das circunstâncias ambientais: na AP (onde meço isso com rigor) de 5ºC a 8ºC, sem escaldamento; de 3ºC a 5ºC com duplo escaldamento. Com a luva térmica que bolei, depois de uns 2 minutos a temperatura de infusão já está na casa dos 88ºC (faço dois despejos de 100ml, o segundo depois de 4min), e com isso finalizo antes da virada com não menos que 81ºC-82ºC (normalmente na casa dos 84ºC-85ºC), mesmo com extrações entre 8 a 10 min de infusão. Sempre despejo a água fervendo (97,3ºC onde moro), se eu não fizer isto vou finalizar (antes da virada) com menos de 70ºC, e nunca fiz uma receita com despejo inferior a 92ºC que ficasse melhor (pro meu paladar, de idoso) do que com a água fervendo, quando se leva o café ao sweet spot dele (nas condições dadas, e idênticas, tanto quanto possível). Falar em certa temperatura de despejo (que não seja fervendo, qualquer que seja esta temperatura local de fervura) fora de um contexto de controle (manutenção) de temperatura durante a infusão (principalmente nestas muito longas), com providências pré e pós despejo, não tem o menor sentido quando se pretende um mínimo de rigor (fundamento) técnico. @Carneiro o inventor da AP é um cara genial, pensou nos mínimos detalhes ao idealizá-la. Não me lembro de estudos científicos embasando o tempo de infusão que ele escolheu, mas se você vir a propaganda de lançamento da AP, ela conta a história de como demorava para fazer café (no início do século passado) e como era rápido e prático fazer seu cafezinho na AP (pouco mais de 1 min, com café moído de supermercado). Velocidade e praticidade, foram o mote do lançamento, e não (necessariamente) qualidade superior na xícara, até porque essas receitas-padrão de AP (especialmente as dos campeonatos oficiais) dão café muito subextraído, anos-luz de um possível sweet spot... mas aí é uma questão de gosto e costume (em seus aspectos pessoais e coletivos, inclusive comerciais). Não sei se hj, pois minha vida tá uma correria, mas volto aqui para algumas considerações a respeito do que está sendo discutido neste tópico. Inclusive devo fazer uma tripla extração (a la Lisboa "simplificada", talvez a "complicada" tb rsrsrs; a la Sweet Spot; e a la Lisboa com água filtrada por Osmose Reversa, onde só a temperatura é o fator de dissolubilidade.
  10. Minha experiência com café coado

    Tô viajando, sem pc, e odeio escrever no celular, semana que vem te respondo!
  11. Minha experiência com café coado

    @Will_Azin e @Will Az! vc tem duas contas aqui?! Difícil dizer, se o café do 100 e 102 é outro, pois cada café é um café, cada grão, é um grão, cada vez que vc tira do pacote uma dose pra fazer, pode dar um resultado ligeiramente diferente, principalmente quando a torra não é homogênea (por defeito da torra, ou por falha na catação do café, do tipo com verdes ou imaturos no meio, ou tipo bica corrida). Como sua infusão é longa, seus cafés devem estar bem extraídos, mas isso tb depende da BR e da moagem (não tenho idéia do que é o 15 o seu moedor, mas parece ser tendente para espresso, é isso?). Um café (muito) subextraído vai tender a não ter (muito) amargor, geralmente vai estar muito ácido e pouco doce, e pouco complexo tb. Se vc extrai um pouco mais ele pode tender a ficar mais amargo. Se continua extraíndo mais, pode chegar no ponto do sweet spot, em que o amargor some (depende do grão, principalmente da torra), fica muito doce, a acidez fica brilhante e complexa e aparecem mais claramente herbais e florais se o café tiver estas notas. Se a BR for a mesma (imagino que no 102 vc use mais pó e mais água, ainda que na mesma proporção), eu diria (com seu tempo de infusão) que um café no 102 daria um melhor que no 100 pelo fator temperatura pois quanto maior a massa de água (despejada fervendo) menor é a queda de temperatura durante o preparo, o que favorece uma maior e melhor extração. Pode ser, que para aquele café (principalmente se a torra estiver muito fresca, menos de 7 dias) vc esteja passando do sweet spot (o que eu duvido) no 102. Neste caso, sugiro vc manter a moagem e diminuir o tempo de infusão. Enfim, qual a proporção (pó e água) que vc no usa no 100 e no 102? Pq se o tempo de infusão é o mesmo, parece que sua moagem está mais grossa no 102 o que explicaria o café estar ligeiramente pior. Neste caso outra opção (mexa em uma variável de cada vez) seria afinar a moagem no 102. Palpites.... Melhor do que dizer a regulagem do seu moedor, é vc me dizer quanto vc despeja de água e quanto vai para a xícara, pois dependendo da retenção de água no bolo, eu vou ter uma noção melhor da sua granulometria. Mas tem que deixar ir tudo pra xícara, o bolo secar, pra fazer este cálculo com mais precisão.
  12. O que você comprou ou recebeu hoje?

    Estes tipos de porta-filtros permitem uma maior vazão pelas laterais, dá pra ver nitidamente o café escorrendo por todo o filtro (e não só pela base), muito ao contrário do que o Matt Perger diz numa das receitas dele pra australiano ver. Por isso que eu acho (e muitos aqui dizem isto, eu não tenho) que a Kalita Wave (mesmo princípio de afastamento evidente do filtro da parede do porta-filtro) dá um café melhor que o V60.
  13. Minha experiência com café coado

    @Will Az Já fiz testes comparativos de vazão (com e sem filtro de papel, mas sempre sem pó de café) entre V60, Melitta 102 normal e com 3 furos, e Clever. Com moagem fina o fluxo diminui bastante, o que acaba automaticamente aumentando o tempo de percolação (no fundo, vira uma semi-infusão), então não precisa de furos extras. No Melitta 103 eu jogo no centro o máximo que posso de água fervendo (+- 550ml de água), mantenho quase cheio, isso ajuda a manter a temperatura mais alta. Agito sempre que despejo (completo o nível), sempre com água fervendo; depois do último despejo continuo agitando a cada minuto até chegar perto do nível do pó. Na Clever agito a cada minuto (de 4 a 6 de infusão) até abrir a válvula (daí demora mais uns 3 e uns quebrados para escoar). Ps: eu sempre lavei louça bem devagar, no mó capricho. Isto costuma dar nos nervos de namoradas e esposas, daí elas te dão uma bundada (chega pra lá) e falam: "é pra hoje?!?! saí pra lá, deixa que eu lavo!". #ficaadica
  14. Minha experiência com café coado

    @Will Az congrats & welcome to the "N8 Team"! Explico... Em jargão ferroviário N8 é o Notch 8 (Nível 8 do acelerador dos trens, o máximo). No caso estou fazendo uma alusão ao raro grupo dos que ousam extrair (mesmo em percolação) na casa dos 8 minutos! Ps.: meus filtros Hario estão mofando, quando faço percolação (uma vez por semana pra minha faxineira) vou de Melittão 103 mesmo, ou então, quando é pra mim, uso o Caféor da Hario (metálico monodose). Estão pra chegar meus filtros metálicos para maior capacidade (300 e 600ml), logo logo devo aposentar o Melittão também.
  15. Parabéns ao @dessidepaula, vulgo Leandro nosso colega aqui do CdC! pelo sucesso alcançado! Grão pra frente!
×