Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Rodrigo Martins

Members
  • Content count

    5
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

9 Neutro

About Rodrigo Martins

  • Rank
    Novato

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo, SP
  • Equipamento
    Tramontina Breville BES870

Recent Profile Visitors

124 profile views
  1. Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870

    Hoje em dia não tenho como recomendar essa máquina nem para uso doméstico. Criei esse post em Outubro do ano passado e hoje minha máquina já está com problemas. Na hora de extrair o espresso ela faz um barulho muito forte e o fluxo de água da extração diminui muito. Já mandei pra única assistência técnica aqui em São Paulo (tal de Arcon Service) e não conseguiram resolver. Serviço péssimo, zero cuidado... Me entregaram a máquina por motoboy, tava chovendo e a máquina chegou toda molhada... Estou com um problema (caro) nas mãos agora, não sei o que fazer. Se alguém conhecer um técnico especializado pra tentar dar um jeito, me avisem por favor. Deveria ter procurado uma máquina com assistência técnica especializada... Esse pessoal da Arcon Service não são especializados em máquina de espresso. Enfim... Um abraço!
  2. Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870

    Opa! Foi mal a demora, estou devendo notícias para vocês! Tenho muitas novidades sim, comprei bastante café, treinei muito (fiz até curso de Barista no Coffee Lab...) e melhorei bastante, mas não estou satisfeito ainda... Como tenho bastante coisa pra escrever, vou reservar um tempinho neste fim de semana pra contar tudo com muitos detalhes. Por hoje vou deixar a só a lista de cafés que utilizei nos meus testes: ES - Paraíso, Catuaí 81 vermelho e amarelo (Um coffee co. - Cafeteria que fica no centro de SP. Eles não tinham café fresco pra vender, mas o pessoal foi muito atencioso e embalou o café fresco pra mim na hora... bem legal) Espresso 22 (Isso é Café - Fica no Mirante 9 de julho, entregam em casa fresco pedindo pelo site) Cartola (Isso é café) Fazenda Barinas (Moka clube) Sítio São Valentim (Moka clube) Blend de espresso (Coffee Lab, achei estranho, mas parece que eles não garantem a venda de café fresco... No curso me falaram que eles só vendem o que já passou da "validade" pro espresso que eles vendem lá... uma pena) Ópera (Il Barista, eles torram no Shopping Morumbi e vendem fresco...) Café do Mário, Chocolate, Amendoado e Melaço de cana (Comprei com o Mário, que o Ruston recomendou) Algumas observações: - Achei bem difícil tirar os cafés com perfil "suquinho" (com bastante acidez)... Consegui tirar bons shots, mas sempre senti que não estava tirando tudo do café... as vezes sentia também um sabor que fica lá no fundo da boca... como se fosse um amargor, mas não sei bem se é realmente "amargor"... é como se ele estivesse muito concentrado, e fica "preso" na parte de trás da boca. Percebi que fazendo uma extração mais longa, de +- 30 segundos, obtive resultados melhores, sem esse "amargor". Mas ainda não consegui tirar um shot "IDÊNTICO ao da cafeteria". Procurei sempre provar e comprar cafés que eu pudesse tomar na cafeteria pra ter uma referência. Não sei se agora preciso de mais treino ou estou no limite da minha máquina. (provavelmente a primeira opção, hehe) - Já o ópera, que era um perfil diferente (torra mais escura), achei mais fácil de tirar. - Coloquei a temperatura da máquina no mínimo, e tenho usado assim sempre... acho que estou obtendo melhores resultados assim... Mas ainda não estou expert o suficiente para fazer um bom dialin dos cafés, estou indo meio que no chute ainda... Bom, no fim de semana conto mais e com mais detalhes. Um abraço e muito obrigado pela atenção e pela ajuda! Rodrigo
  3. Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870

    Olá Cabral, muito obrigado mesmo pela excelente resposta. É de grande utilidade pra quem está começando, valeu mesmo! Pelo jeito fui muito bem recebido no Clube. Mudei o nome do tópico como você pediu. Vai ser ótimo pra comunicação entre os usuários da máquina. Acho que o café que comprei estava realmente bem velho. Não achei a data de fabricação na lata, só a validade (11/2017). Realmente não acreditava que o fato do café ser velho poderia fazer tanta diferença pro espresso. Vou correr atrás de cafés mais recentes e tentar mais. Aqui em SP eu já costumo a frequentar o Coffeelab, as vezes compro alguns pacotes lá pra fazer na Hario V60. Acho que vou fazer uma assinatura desse Clube Café ou Mokaclube e também testar os Cafés do Mário, já que pela dica do Ruston deve ser um café mais fácil para começar no Espresso. Também vou seguir sua sugestão, acredito que seja mais fácil ter uma referência do café bem tirado pra depois tentar em casa. Quando chegarem os cafés eu faço mais testes e vou postando aqui. Obrigado mesmo! Um abraço, Rodrigo
  4. Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870

    Olá Ruston, obrigado pela sua ajuda. Estou dando uma olhada no tópico sobre os cafés do Mário. Vou pedir pra experimentar. Valeu!
  5. Olá amigos do Clube do Café, Acabei de me registrar aqui no Fórum, estava fazendo umas pesquisas no Google e acabei encontrando vocês. Espero que possamos discutir muito sobre café e, quem sabe, fazer novas amizades! Preciso muito da ajuda de vocês, faz uma semana que comprei a Tramonina Breville BES870 (ou Cafeteira Express Pro) pra me iniciar no mundo do espresso caseiro. Já tenho alguma experiência em fazer café coado, mas sempre quis tomar aquele espresso igualzinho o que se toma na rua em casa. Nessa semana estive de férias, então pude me dedicar 100% ao entendimento da máquina e suas nuances, mas estou tomando uma surra incrível, nunca achei que fosse tão difícil tirar um bom espresso. Li muito sobre a máquina em vários fórums gringos e também aqui, mas mesmo com as dicas ainda não obtive êxito. Pra começar, estou usando o café Illy (aquele que vem na latinha, com detalhes em vermelho, Espresso torrefação média), escolhi esse porque muitas vezes tomei ele na rua e conheço o gosto e o aroma. (além de achar ele muito bom) Então seria mais fácil pra mim entender se tirei um bom espresso ou não. Ao ler os fórums, pude perceber que usar esses "grãos de supermercado" não é aceitável, mas acho que pra começar seria bom, pelo menos pra aprender. Afinal, os cafés na rua que utilizam o Illy costumam a fazer um espresso aceitável com os mesmos grãos e seus problemas (não ser recém torrado, por exemplo). Depois de 5 dias experimentando, o máximo que consegui foi um café muito forte e amargo, sem o aroma característico do Illy que conheço pelos cafés da vida. Então vamos para a parte técnica: (tudo que estou usando aprendi nos fórums por aí...) - Filtro duplo não pressurizado - Temperatura padrão da máquina - 16g de grãos, sempre. (estou pesando antes de moer, utilizando balança de precisão, coloco só o que preciso no moedor e faço a moagem) - Moedor da máquina na posição 1 (mais fina): Aqui vale uma explicação mais detalhada: Na minha pesquisa li muito sobre gente utilizando a posição 3, 5 e até 8. Achei incrível, porque no meu caso somente a posição mais fina me faz chegar perto do tempo e pressão de extração que se considera aceitável. Se eu coloco na posição 2, já era, o café sai muito rápido e nem chega perto da área de pressão aceitável. - Sempre faço tudo pra deixar a máquina quente, limpo e enxugo com um pano o filtro e o chuveiro (o lugar onde sai a água, acho que é assim que se chama) - Tento ser consistente no tamping, deixando bem plano e fazendo uma força que considero "média". (10-12kg) Depois de deixar tudo pronto, o café sai do jeito que se considera aceitável, pelo o que andei lendo. Depois de uns 10 segundos (acho que é por causa da pré-infusão, apesar que o próprio manual da máquina diz que o aceitável é entre 4-8 segundos, mas não sei se isso considera a tal da pré-infusão) começa a cair o café, muito escuro primeiro e em um jato fino e lento, a pressão fica no indicador de 12hs, cria bastante crema numa cor escura e bonita, e em uns 19 segundos depois da primeira gota eu consigo os 35g de café na xícara. A borra de café fica um pouco úmida em cima, mas sai fácil, como um biscoito, tudo certinho aparentemente. Apesar dos números e a aparência serem bons, só de cheirar eu não consigo sentir o aroma característico do Illy que conheço. Só um cheiro forte de café que parece queimado, o sabor é forte e amargo, fica aquele amargor forte no final, não dá pra sentir nenhuma característica do café. Aí agora fica bem difícil resolver o problema. Não dá pra deixar a moagem mais fina, já que estou no limite. Fazendo a moagem mais grossa, o café sai rápido e fora do timing considerado correto. Já experimentei bastante com tamping e quantidade de pó, mas não consegui chegar em nada melhor que isso. Não sei se tenho problema na máquina ou no moedor, sei lá. Enfim, é bem frustrante. Se tiverem uma pista do que pode ser, fico muito agradecido pela ajuda! Um abraço, Rodrigo
×