Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

JoaoW

Senior Members
  • Content count

    62
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

32 Neutro

About JoaoW

  • Rank
    Participante
  • Birthday 11/06/1982

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Uberlândia, MG
  • Equipamento
    Mokas Bialetti, Aeropress, Pressca, Filtro Bodum de Titânio, Coador Melitta, Nespresso, Hario Slim

Recent Profile Visitors

170 profile views
  1. Cafeterias em Uberlândia - MG

    Oi @Miguel de Paula, eles fazem o café autoral deles coado também. No mais, acho que é mais espresso e variações. Quando conversei com elas, soube que é porque elas não têm um moedor flexível, já está todo regulado para o espresso, com o grão que é fornecido pela Mundo Café. O coado com o autoral achei maneiro, mas não comprei o grão para fazer em casa não, só tomei lá coado mesmo. Para outros métodos, desses que eu conheço, tem que ir no Calin e no Uai Café. Pelo que vi no Facebook, o Maurício do Calin parece que está começando uma parceria com a Nuance Cafés, imagino que esteja usando os grãos deles (5 tipos) no preparo, mas tenho que dar um pulo lá pra conferir. No mais, o pessoal tende a usar o grão da Mundo Café mesmo em várias cafeterias, é tipo um monopólio quase rs, o que é uma pena, porque o grão é bom, mas é legal variar né. Vi que nos dois shoppings tem uma sorveteria, a Dolce di Latte, que começou a servir espressos da Illy. Não é bem o nosso jeitão de café especial, mas perto de outras opções, compensa, especialmente se o cara tiver que tomar um café no shopping. E é R$ 3,90. Soube também que a Cafeeiro, no Center Shopping (perto ali da Saraiva) serve o café da Nuance, mas não achei muito caprichado, pelo menos pro meu gosto; nada de muito especial. É isso rapá, vamos socializando o conhecimento né rs
  2. Como lidar com torras escuras?

    @Rodolfo M não é uma "graaaande preocupação", fiquei pensando mais no que seria possível mesmo, como um desafio/exercício. Nessas ocasiões, o "café ruim do anfitrião" está garantido, então fico pensando em como agir para tentar melhorá-lo ou torná-lo menos ruim mesmo, sem kit, nada, só "na raça". Lembro que numa temporada passada eu conseguia resultados bem melhores que o do pessoal no café Melitta no melittão só por ter conhecimento das técnicas aqui do fórum, então acho que pode ser um caminho encarar a pedreira também. Falei de cafés de supermercado, e para esses uma esperança de salvação é difícil, mas percebo que tem muitos cafés que são um pouco melhores que os de mercado (por exemplo, são de grãos arabica, encontrados em empórios melhorzinhso), que dizem que tem torra média mas na real são torra bem escura. E o pessoal compra na boa vontade. Então acho que nessas horas é legal mostrar pra eles e/ou fazer o que é possível com aquele café, mesmo sabendo que não é muito bom. E dar uma melhoradinha no gosto desses aí acho que é uma proeza interessante, pode ser educativo para o pessoal perceber o quanto alguns detalhes podem melhorar um pouco ou ferrar o café de vez, pois a maioria dos "leigos" simplesmente ou deixa o café na moka até roncar, ou joga água fervendo na louca no coador até a borda e esquece ele lá, etc.
  3. E aí pessoal Estou nessa do café especial há pouco tempo, mas logo aprendi a reconhecer o sabor (ou "sabor") das torras escuras, o gosto de cinzas, amargor mais desagradável, falta de sutileza e complexidade de boa parte dos grãos com essa característica etc. Minha preferência está mais nas torras médias e suas variações, não excluindo torras médias escuras etc. Aqui estou falando da torra escura meeeesmo, aquela carvãozão. Coisa tipo café de supermercado ou torrada demais pro paladar de muita gente. Pelo menos no que diz respeito aos métodos desse fórum, "coado e afins" - coado, aeropress, prensa, moka, etc. - deixando de lado os espressos, que para mim são outro mundo e não entendo nada. Então, passei a evitar comprar. Mas de vez em quando a gente compra um café que achando que é uma coisa e é outra - torra escurona -; ou então pegamos fama de sermos "os caras de café" da família e somos os encarregados de fazer aquele melittão ou pior, na torra "chocolate do negresco" ou coisa assim. E aí temos que tornar o negócio bebível. Em vez de jogar o café fora, eu encaro como um desafio e tento ver o que pode ser feito para, dentro das possibilidades, fazer um café melhor para mim e para os outros nessa situação. Mas não é fácil. Aí pensei nesse tópico para saber o que os foristas fazem para tentar "salvar" ou "melhorar" a bebida nessas situações. Não vale dizer que é pra jogar fora, que não tem jeito etc... Vá dizer isso para o sogro ou tio... Não é uma opção rs Hoje na pressca, que é basicamente uma prensa francesa, consegui uma bebida que achei melhor, menos intensa e menos amarga, reduzindo sensivelmente o tempo de infusão (2min30, costumo fazer 4 min), moendo mais grosso (14 cliques no Hario, costumo fazer 12), e com água menos quente (depois que a chaleira ferveu em 97 graus, deixei descansando 2 min, costumo deixar 1 só). A BR foi de 7% (24g de café para 350 ml da Pressca), que costumo usar. Depois que comprar um termômetro de espeto pretendo detalhar mais a temperatura. E talvez possa mexer aumentando a quantidade de café pra compensar a menor extração. Mas achei ok. Na moka, dá pra fazer alguma coisa? Ou só moer mais grosso e ver se fica bom mesmo o café mais "ralo"? (na moka costumo fazer com 9 cliques e gosto muito) E na aeropress, no coado, algum macete salvador? Sei que é o tipo de tarefa que não deve agradar muito o pessoal aqui do Clube do Café, mas às vezes é a missão que se impõe diante de nós, e gostaria de ter mais recursos para enfrentá-la rs... Então a ideia é essa, como lidar com torras muito escuras de modo a torná-las palatáveis?
  4. Seleção do Mário

    Tem alguns tópicos aqui que acho que discutem extensamente essa questão... Por experiência e pro meu paladar simplório, o café torrado em grãos se bem conservado fica satisfatório pra mim após algumas semanas, um mês mais ou menos, da torra. Já tomei uns outros em grãos com uns 3 meses e aí estavam meio ruins. Por outro lado, moído perde muito... Mas dependendo de quem receber o presente nem vai perceber muita diferença; e comparado com outros moídos aí de supermercado é bem melhor, então... Paciência. Mas 24 dias é puxado, aqui para o interior de Minas demora uma semana mais ou menos. Acho que a greve não afetou muito por aqui.
  5. Pressca, Alguém conhece?

    Salve @fpiona , legal que estás gostando! No começo eu tinha minhas dúvidas, mas a Pressca entrou forte na minha rotina, faço com frequência. É o método preferido da minha mulher, então volta e meia ela pede pra fazer (eu que sou o encarregado do café em casa). Quanto à técnica, se for útil para alguém, atualmente faço assim, é um pouco diferente do que indicam, mas sintetiza minha adaptação de várias receitas de prensa francesa que vi por aí aliado aos sabores que gostei mais na cafeteira: para cafés mais torra média, faço moagem média grossa (12 cliques no Hario Mini), uso a quantidade de 24 g de café para 350 ml (capacidade total da Pressca). Deixo a chaleira ferver, aqui em Uberlândia é a 97 graus, descanso ela por um minuto, e boto a quantidade de água até um pouco mais que o necessário para cobrir o pó, dou 6 mexidas e deixo em pré-infusão de 30 segundos. O tempo continua contando, encho até os 350 ml, quando está em 3 min 45 pego uma colherinha e retiro rapidamente o grosso da espuma que fica e eventuais grãos em suspensão, aos 4 min desço o êmbolo. Geralmente o que funciona para descer legal, pra mim, é ir descendo fazendo girinhos para os dois lados. Quando o café tem torra mais média escura, a moagem é um pouco mais grossa (14 cliques), e o tempo total para descer o êmbolo faço em 3 min 30, isto é, aos 3 e 15 retiro a espuma e grãos em suspensão). No mais acho a Pressca muito prática mesmo, rapidinha de lavar, é só cuidar para ela não cair e quebrar algo (já ocorreu comigo). Não a levo pro trabalho, mas de vez em quando acordo cedo e minha mulher continua dormindo por um tempo ou fazendo outra coisa, antes de sair de casa preparo a Pressca pra ela e deixo ali fechadinha, ela toma uma meia hora depois e diz que a bebida ainda está quente. Então, após alguns meses de uso, pra mim foi ótima... Tanto em praticidade quanto em qualidade da bebida que oferece.
  6. Cafeterias em Uberlândia - MG

    Dá-lhe @Miguel de Paula ! No fim acabei perdendo a oferta rs... Espero que tenhas feito boa viagem! Mas a ideia é mais para saber de cafés bons ou ok vendidos localmente aqui em Uberlândia, para nós que moramos termos a quem recorrer em caso de necessidade, ou se quisermos comprar um bom café sem frete, etc. Tem o da Mundo Café e o imigrate deu a dica do Café do Bom aqui, que vou comprar para experimentar esses dias. Fora isso, tem a Nuance de Araguari, mas sempre que contatei os caras para tentar comprar direto em grãos eles se enrolaram e não nos encontramos; falam há uns tempos de loja online mas está demorando a sair também. Quanto às cafeterias, acho que vais curtir, são uma evolução sensível em relação ao cenário da cidade desde que cheguei, e moro aqui há apenas 5 anos...
  7. Cafeterias em Uberlândia - MG

    Ah sempre é bom ter um assim pro dia a dia. E curto dar uma força pros produtores locais. Valeu mesmo pela dica!
  8. Cafeterias em Uberlândia - MG

    E aí @imigrate ! Boa dica, vou conferir! O café do Café do Bom é arabica? Caramba, estava a 100m do endereço dele hoje e não vi rs
  9. Aeropress

    Aproveitando a deixa, ao pessoal que usa/usou o filtro de metal, tem algum que é melhor ou mais recomendado que outro? Para mim, parece tudo igual, mas no futuro gostaria de adquirir um.
  10. Seleção do Mário

    @Rafael Ribeiro Simões , qualquer coisa bota lá no tópico da AP o que receberes, tenho interesse também!
  11. Cafés Square Mile

    Imagino que o processo afete o sabor e características de algum modo, mas há que se considerar também que há poucos descafeinados por aí também por uma questão de mercado. Os bons processos para retirar a cafeína encarecem o produto, há menos público para ele, etc. No Brasil mesmo se for olhar eu vou atrás de descafeinados porque metade do que eu tomo é descafeinado, e há poucas opções: Nossa Casa Café (Bruzi Decaf), Suplicy, Unique, Minas Estate Coffee (Alma Pura), Orfeu, Santo Grão, Café Cultura... E provavelmente torra e o grão escolhido dizem respeito a maior aceitação (estimada ou comprovada) do público em geral, a coisa tem que se sustentar. Não dá pra comparar com a riqueza dos demais grãos, que são uma infinidade. O da Unique não tem torra escura não, e é o que menos gosto rs, e olha que curto os outros cafés deles que já provei (Blend, Frutado).
  12. Aeropress

    Oi @Felipe Torres , se me permite uma sugestão e tua moka ainda estiver inteira, um dia que não tiveres nada melhor pra fazer tente dar uma segunda chance a ela. Com o moedor manual e alguma técnica, podes te surpreender com o resultado. Quando eu fazia a moka com café já moído e talvez não manuseasse corretamente (eu dava uma batidinha no filtro para tirar a borra, posso ter danificado um pouco), era um deus nos acuda, cada vez vinha de um jeito o café. Às vezes entupia, às vezes vinha queimado, etc. Mas desde que comprei o Hario Mini e me informei um pouco sobre a técnica (o tópico da moka tem várias dicas), posso te dizer que é o método que faz um dos cafés mais consistentes, pra mim, nunca "perco a viagem" e sempre sai bom. Vai que...
  13. Aeropress

    @Rafael Ribeiro Simões, dei uma espiada com atenção no tópico da Aram, pra espresso o pessoal usa 17-22g de café pra 35-60 ml de brbida na xícara. É parecido com a receita que tô usando... É caro mesmo esse troço rs A diferença é que no espresso "true" ainda tem que ter a máquina e um bom moedor, porque moer fininho num manual ninguém merece...
  14. Aeropress

    É mas tem que ver isso, senão esse "espresso de pobre" dá um preju no longo prazo rs
  15. Aeropress

    @Rafael Ribeiro Simões mas pra fazer uma dose de 60-70 ml de espresso vai quanto de café? Eu não sei mesmo, espresso pra mim é outro mundo. Essa receita não é pra tomar direto, mas às vezes quando não tenho aqueles 10 min pra curtir o café cai bem, e é simples, acho que sai um resultado legal e deve ser bem mais fácil de dominar que a técnica e sutilezas do espresso, pelo que leio por aqui rs
×