Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Flaze

Senior Members
  • Content count

    74
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

56 Neutro

About Flaze

  • Rank
    Participante
  • Birthday 07/27/1987

Profile Information

  • Gender
  • Location
    Salvador - Ba, S13.006401, W38.523748
  • Equipamento
    Bravo Debut, Aram, Quickmill Andreja Premium, Hario V60, Chemex, Clever, Moka...

Recent Profile Visitors

223 profile views
  1. Mahlkonig E65S

    Algumas informações: https://www.comunicaffe.com/experience-espresso-grinding-as-you-have-never-seen-heard-or-tasted-it-before/
  2. Mahlkonig E65S

    Tô curioso para ver os testes e os gráficos. Mas aposto em algo muito semelhante ao K30.
  3. Mahlkonig E65S

    A Mahlkonig apresentou ontem o seu mais novo moedor: o E65S. Não existem ainda muitas informações. O que se sabe é que possui mós planas de 65 mm de aço (mesma medida do K30, mas será que possui o mesmo desenho?) que giram a 1400 rpm. Na real, tá parecendo ser um K30 de entrada. https://mahlkoenig.de/en/product/e65s
  4. Café espresso mais cremoso

    É por aí mesmo que o Marcão. Eu partiria em primeiro lugar para a data da torra e o tipo de torra. Outra coisa a ser olhada é a própria máquina, se ela tá entregando pressão suficiente.
  5. Torrador de Prova Carmomaq

    Realmente... Se tudo andar conforme o projeto até agora (acredito que dará tudo certo), será de fato um marco no seguimento de torrefação doméstico.
  6. Cafeteira Aram - O projeto

    Pessoal, Existe algum acessório para utilizar na Aram para que seja possível preparar duas xícaras simultaneamente?
  7. Putz, é o tipo de acessório que sinto falta na Aram!
  8. Torrador de Prova Carmomaq

    Eita! Haja ansiedade! Aguardando o layout, meu caro! Grande abraço!
  9. Cafeteira automática e vaporizador

    Fala meu caro! A Oster trabalha com grãos moídos, tenho uma dessa. Mas tem lá suas limitações e que na minha opinião, não seria a melhor das escolhas. Só uma curiosidade: Os clientes reclamam que o café está forte mesmo utilizando dosagem pequena (filtro single)? Já tentou extrair espressos com BR abaixo dos 40% e com uma torra menos escura?
  10. Bom, passei um ano com a Primalatte com filtro despressurizado e agora estou com uma Aram e com uma Quickmill Andreja Premium. O que eu percebi foi o seguinte: para fazer um espresso na Primalatte, no meu moedor (Bravo Debut) eu utilizava, em média, a regulagem 0 voltas + 44 para um espresso com 50% de BR extraído em 30s. Era um café ácido, ao ponto de ficar intragável com cafés naturalmente ácidos (ex: Seleção do Mário Irmãos Briosque). Utilizando a mesma regulagem na Aram e na Quickmill, o café sai parecendo uma cachoeira. Sério, eu consigo a BR de 50% em menos de 15 segundos nessa regulagem. Isso utilizando o tamper Bravo, que possui regulagem de pressão (utilizo a regulagem padrão de 15 kg). Na Quickmill e na Aram eu utilizo em média a regulagem 0 voltas + 38 no moedor. Me parece que a Oster não tem pressão suficiente, o que te obriga a moer mais grosso e fazendo com que você tenha um café ácido. Contornei a situação assim: moí com a regulagem igual da Aram e da Quickmill e diminui a pressão do tamper (ficou com aproximadamente 9kg, utilizando uma balança de banheiro digital como uma porca referência). Consegui extrair o expresso com BR de 50% em 30s e sem ficar ácido. Então fica a dica.
  11. Proteção de identidade/marca

    É um processo demorado, burocrático e tem um custo. E ainda adquirindo o registro no INPI, este não é um direito adquirido, e sim uma expectativa de direito: isso significa que qualquer pessoa pode impugnar o registro, desde que tenha prova de que utilizava tal marca e com a mesma finalidade em período anterior que você.
  12. Um cafezinho chega a 100 reais ?

    Tem o Gesha torrado pelo barista Leo Moço (Café do Moço) que, salvo engano, custa 125 reais o pacotinho com 250Gr. Já comprei pacotinho de um Catucai 785 do Coffee Lab contendo 250 Gr por mais de 80 reais. Nunca tomei o Gesha, mas dizem ser super exótico, bem inesperado e muito bom. O Catucaí 785 foi o melhor café que já comprei, sabor de pêssego em caldas e lichia, muito diferente. O Mario Zardo tem o "Irmãos Briosque" que custa 85 reais o quilo, e é muito bom, contendo também aroma de pêssego (menos intenso que o Catucaí 785 do Coffee Lab), acidez elevada e bastante doçura. O ponto é, já existem cafés caros. Não entendi o que você quis dizer com um "Cafézinho" (um pacotinho? Um quilo? Uma Xícara?). Seja como for já é realidade, só acho pouco provável uma xícara de café chegar a esse patamar (salvo algumas raridades de cafés gringos).
  13. Compra de café em Salvador

    Cheguei a fazer experimentações com grãos congelados depois de 10 dias de torrados, retirados do congelador 1 mês e meio depois do congelamento, comparando com o grão semelhante com 10 dias de torra e que nunca foi congelado. Na real, não consegui perceber diferença. Testei no espresso e no coado, inclusive ainda era capaz de ver o Bloom no coado usando o grão congelado. Tem uns vídeos interessantes sobre isso no YouTube. Para mim o segredo é não deixar o grão fora do congelador depois de congelado. Mas voltemos ao tópico, vou observar melhor ele. Abraços!
  14. Compra de café em Salvador

    Outra coisa que tenho feito: comprar grãos em quantidade com torrefadores de outros estados e congelar. Eu percebi que as características sensoriais são preservadas por até 3 a 4 meses. A última vez que eu comprei foi o Seleção do Mario, o grão Irmãos Briosque. Comprei 4 quilos. Rsrsrsrsrsrsrs
  15. Compra de café em Salvador

    Fala meu caro! Os grãos do Feito a Grão são ótimos e lá na loja da Pituba eles torram de 15 em 15 dias. Lá eu sempre encontro torra nova. Na Latitude 13 eu consigo encontrar grãos novos de maneira relativamente comum. O que ultimamente a Latitude 13 vem deixando a desejar é a torra inconsistente: um lote vem torra média correta e em outro lote vem torra passada do ponto. Mas no geral os grãos da embalagem rosa e da embalagem verde servem bons espressos. No Lucca eu nunca encontrei grão novo, infelizmente, pois tem colegas daqui do fórum que já compraram grãos deles em outras filiais do Brasil e foram bem falados. Na perini também nunca encontrei grão novo.
×