Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Rodrigoks

Weiss Distribution Technique (WDT) - qual o mistério?

Recommended Posts

Jose Alexandre    980

Eu gostaria de ter um desses,

não a ponto de comprar,

parece uma forca do vocês sabem quem...

aquele que não se deve nomear :lol: .

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Miyamoto    2,609

Se não funcionar, deve dar um bom garfo pra massa.

Garfo de mesa até que não.

 

Mas para fondue fica show!

 

:lol: :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Até hoje não vi ferramenta com mais potencial que a minha.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Miyamoto    2,609

Eu uso uma agulha de costura.. Bem fina. Dá certinho..

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    2,511

Garfo de mesa até que não.

 

Mas para fondue fica show!

 

:lol: :lol:

 

É, project pitchfork!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Mas e ter o equivalente a 6 agulhas ao mesmo tempo? Hein?

 

9180217652_ec943165c7_z_d.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Miyamoto    2,609

Wolverine! É você meu filho?!

 

:lol:

 

Mas não era este que eu lembrava que você tinha. Achei que era a bolota de durepoxi com clips de papel.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Nada. É esse acima. Feito com restos de cordas de aço de violão, massa epoxi e a capa do termômetro espeto. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    2,511

Rodrigo, fiz uma coisa parecida com uma rolha de uma garrafa de vinho. Fica mais estiloso com Chateau Lafite escrito na rolha ... rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Isso é, especialmente depois de ter tomado o próprio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Pessoal, bom dia

Revivendo o tópico..
Estou lendo bastante sobre o tema, e apesar de ser iniciante ao extremo (newbie mode on), tenho um moinho dito profissional, um Ceado E37S

No uso comercial, com esse tipo de moinho, vocês acham necessário o WDT?
 

Obs: Sempre que vou escrever WDT, escrevo TWD (The walking dead não sai de mim) haha
Abraço

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
höpner    69

Acho que pro ambiente comercial é meio inviável usar a técnica, devido ao aumento de tempo considerável para cada shot. O que eu mais vejo por aí, principalmente em vídeo de baristas tirando shots nas cafeterias, é apenas cuidar com a distribuição do pó no filtro durante a moagem. As vezes utiliza-se as "batidinhas" pra dar uma alinhada no pó, conforme o Matt Perger descreve: https://baristahustle.com/how-to-distribute-by-tapping/

 

Nesse vídeo fica bem evidente isso também: a parte mais importante é distribuir corretamente o pó no filtro durante a moagem. Um tapinha depois pra dar uma alinhada, e deu, só fazer a compactação.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,410

Eu, sempre que faço WDT é certeza de canalização. Também acho, boa distribuição e compactação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lunatico    424

Sei que no café há diversos pontos controversos, e como um mero neófito apreciador de café, acho mais fácil concordar com o raciocínio do Gwilym no video acima.

 

Colocando por um ponto de vista pragmático: quando eu finalizo a moagem do meu café, óbvio que noto que alguns "bolinhos" de café logo após a extração, uma das razões pelas quais se justifica o wdt. Porém, essas bolinhas são bem leves e não maciças, elas já desmontam/esfarelam com um simples passar de dedo, só de tocá-las.

 

Aliás, todo o pó que cai do moedor é de certa forma leve e aerado quando cai nessa forma de "bolinho", exigindo o tamping pra compactá-lo e fazer com que a água atravesse o pó com uniformidade, e por isso é que eu acho desnecessário o wdt nesse nível de complexidade/elaboração que muitos aficionados realizam hoje. Para mim, a simples distribuição na forma como o Gwilym fez no vídeo (simples alocação do pó no filtro com certo alinhamento/uniformidade faz com que o tamping preencha eventuais espaços/bolsas de ar no filtro (inclusive "quebrando" os bolinhos de pó que saem diretamente do moedor) e deixe a compactação alinhada e uniforme para a extração.

 

Claro que se o pô estive quase em 45 graus no filtro, isso não será resolvido com o tamping. Mas estando o pó simplesmente alinhado conforme o vídeo mostrado acima, entendo que o tamping resolve o resto em 99% das ocasiões, desde que feito de forma certa.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Valeu @hopner, excelente vídeo, ajudou bastante em algumas dúvidas que eu tinha, quanto ao alinhamento pré compactação.

 

Obg pelas palavras @Gilberto e @lunatico, também estou indo nessa linha de racicionio, e é o que tem dado mais constância nas extrações, maior equilibrio na xícara.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Gil, canalização com WDT? No mínimo estranho. Tem cara de procedimento mal executado.

 

Obviamente que se sua rotina funciona bem sem o procedimento e se está satisfeito com o resultado da extração, não vejo razão para fazer WDT. Do contrário, é um método muito eficiente e que imprime bastante consistência na distribuição se bem executado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Santiago Luz    1,641

Confesso que também achei estranho ocorrer o contrário com o Gilberto. E fiquei curioso em saber como ele faz a distribuição do pó quando moido no Bravo Mini e o volume de pó é menor que o volume do filtro (não fica transbordando). Como faz, Gilberto?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,410

Rsrsrsr, é que agora estou sem o Bravo Mini e sem o Debut, estou usando um Fiamma que parece uma carroça.

Eu dou uma batida e passo o garfo de capeta por todo o bolo, mas segundo o Lisboa, ou será que foi o Rodrigo, ?????, o WDT acaba "juntando" os grãos por estática. Eu não fiz análise técnica, mas na prática para mim não tem funcionado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Santiago Luz    1,641

Você diz que passa o garfo do capeta e é canalização na certa, é isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    5,612

Garfo do capeta? Vc está fazendo café ou macumba . :)

 

Esse garfo deve estar carregado , compra uma pulseira , luva e manta anti estática para fazer WDT .

 

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-770133106-kit-anti-estatico-manta-cabo-pulseira-luva-esd-_JM :lol:

 

Se não der certo procura um barista pai de santo , essa Fiamma deve estar com encosto . :D

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aurélio Penna    356

Eu tenho um Ceado E37S também, e a única coisa que eu faco é colocar um copinho aberto no fundo no porta filtro, pra evitar que o café espirre fora do PF. 
tiro copinho, dou uma batidinha pro pó assentar no PF e tento nivelar o tamper ao máximo e pronto. 
De repente nem precisa do copinho, mas fazendo isso o que vai fazer canalizar?
Kizner, na minha humilde experiência, só o café! Não tem WDT, Nutation, garfo do capeta, que resolva um café com uma torra não apropriada para espresso. 

Se o seu café for ruim e a torra também esquece.
Se ele for bom, de qualidade e torra, e você fizer o básico como no vídeo, até mesmo com 14g  (em filtro de 14g, claro) não terá canalizações.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,390

Café inapropriado realmente dificulta demais a extração. Todavia muitos outros fatores concorrem pra possibilidade de canalização. Má distribuição é apenas um deles, que WDT ajuda a melhorar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

E aí Aurelio Penna, valeu pelas palavras!! Ajuda bastante

Então, não tive mais problema nenhum com canalização, pelo menos, no sabor, nunca mais tive aquele sabor "ACIDARGO" ou "AMARGÁCIDO" haha

Como ainda não tenho um porta filtro naked, estou tentando avaliar a extração, em termos de canalização e mau nivelamento, mais pelo sabor, e pela borra.

Ajustei a borrachinha de controle de estática e anti clumping do Ceado e37s, e estão quase nulos os clumps.. Só forma mesmo, quando afino demais a moagem, mas é bem perceptível.

Tento distribuir de forma igual o pó pelo filtro, já no momento que o grão está caindo, proveniente do moinho, assim como no vídeo, depois, quando levo o porta filtro ao bravo tamping station, dou uma sentada no bolo por completo, estilo kim barista haha

Aí, com o tamper dinamométrico bravo (que propaganda hein Gilberto) haha, dou uma nivelada inicial, sem que acione a segunda mola, e depois, vem a compactação em si, está com 15,5 kgs..
Desde então, está tudo girando redondo, estou conseguindo uma consistência, de 10,15 espressos, em sequência, com o mesmo equilibrio, coisa que nunca consegui fazer até então.

 

E quanto ao grão, estou usando o Kaldi gourmet, norte pioneiro Paraná, Carlopólis, nota sensorial 87, torra média, foi torrado no dia 31/10..

 

Mas acabo de encomendar 6 kgs com o grande Mario Zardo..

 

Enfim, valeu pela ajuda pessoal.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Allexlimaa2    460

Muito bom material sobre WDT. Curioso que antes de saber o que era, eu estava já fazendo com o cabo de um pincel fino. Mas agora vou providenciar umas das ferramentas moderníssima igual os amigos daqui fizeram, tal como mini fuê, ou clips, ou rolha com agulhas ( esse gosto mais da ideia por ter rolhas e agulhas em casa) rsrs

Abraços.

Enviado de meu SM-J510MN usando Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×