Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Rodrigoks

Pão e Café

Recommended Posts

Rodrigoks    4,378

Há melhor acompanhamento pra café que pão fresquinho com uma boa manteiga?

 

baguette-bread-butter-food-Favim.com-366436.jpg

 

Melhor ainda se o pão for feito com fermento natural (sourdough, levain...), muito mais aromático e saboroso.

Pra isso, peguei uma receita no google e estou tentando criar meu próprio fermento. Alguém já tentou?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Rôooooooooo, você estreou finalmente a padoca do CdC. Que bom! :)

 

O Gil trocou a panificação pela manufatura de moinhos artesanais, então o projeto do café com pão (como no poema) estava parado.

 

Eu vou começar com uns de fermentação rápida. Apesar de ter comprado o Classic sourdoughs, de Ed e Jean Wood.

 

Para o alto e avante, panificadores. Com um café do lado, claro!

 

Beijo

 

Ana

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fogo ruivo    372

Hááááá

 

 

Depois que comprei a panificadora Mondial meus problemas acabaram!!!!

 

Faço pão de 2 em 2 dias e saem pegando fogo derretendo manteiga!!!

 

Que delícia de pães.... fabulosos, maravilhosos, deliciosos..... nota 1000!!!

 

Indico para todos que amam pão!!!

 

Hoje saboreei o pão de leite.

 

E o melhor... é só colocar os ingredientes dentro e pronto. Ela mistura, sova, descansa e assa!!!

 

Pão quente e fresco sem stress....

 

Obs: Usar sempre os melhores ingredientes que puder comprar, como farinha Renata, ovo caipira, Leite tipo A, fermento biológico de ótima qualidade, água mineral, etc etc etc...

 

 

Abraços galera e amanhã cedo tem pão quente, pois ela tem timer de 12 horas!!!!! já acordo com o pão pronto...hahahahahaha

 

Até

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Mas Foguinho: sovar massa de pão é justamente uma boa terapia para combater o stress...

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fogo ruivo    372

Mas Foguinho: sovar massa de pão é justamente uma boa terapia para combater o stress...

 

Deus que me livre! B)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Foguim: há quem prefira tirar expressos nas superautomáticas, enquanto existem os entusiastas das semi-automáticas...

 

Beijo nocê e na Lu

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hááááá

 

 

Depois que comprei a panificadora Mondial meus problemas acabaram!!!!

 

Faço pão de 2 em 2 dias e saem pegando fogo derretendo manteiga!!!

 

Que delícia de pães.... fabulosos, maravilhosos, deliciosos..... nota 1000!!!

 

Indico para todos que amam pão!!!

 

Hoje saboreei o pão de leite.

 

E o melhor... é só colocar os ingredientes dentro e pronto. Ela mistura, sova, descansa e assa!!!

 

Pão quente e fresco sem stress....

 

Obs: Usar sempre os melhores ingredientes que puder comprar, como farinha Renata, ovo caipira, Leite tipo A, fermento biológico de ótima qualidade, água mineral, etc etc etc...

 

 

Abraços galera e amanhã cedo tem pão quente, pois ela tem timer de 12 horas!!!!! já acordo com o pão pronto...hahahahahaha

 

Até

 

Essa panificadora é muito boa mesmo. Faz cada pão...

E o bules do café(alguém aí ainda usa essa palavra?) quente do lado. Ah, e manteiga do Aviador pra acompanhar.

 

Valeu.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Fala, Rodrigo. Vamos começar juntos e ir acompanhando o progresso ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mortari    903

Tenho uma panificadora dessas (não lembro a marca) e ela realmente quebra um bom galho, faz pães gostosos, de vários tipos, sem trabalho e prontinhos na hora que você acorda.

 

No entanto estou com a Anita, só não colocaria essas panificadoras no patamar das super-automáticas, acho que elas estão mais para uma Dolce Gusto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

Nem todos os pães necessitam sovar muito, Fogo. Aliás, alguns excelentes se fazem exatamente assim, sem sovar. Em todo o caso, as máquinas de pão automáticas são uma facilidade inegável. E utilizar fermento caseiro acrescenta qualidade e sabor a qualquer pão, feito à mão ou na máquina.

 

Comecei ontem a minha experiência. Pote de vidro esterilizado, 50g de água mineral (preferencialmente ácida) e 50g de farinha de trigo integral da data mais nova e a menos processada que encontrar, preferencialmente orgânica. Misture (fica uma textura mais ou menos firme, que segura as marcas de dente do garfo), tampe sem vedar (para os gases poderem escapar) e deixe descansar entre 12 e 36h, em temperatura entre 18 e 30 C. O que deve acontecer é a massa aumentar de volume - preferencialmente dobrar - e ficar aerada. Acontecendo isso, é tempo de repetir a alimentação.

 

O meu fermento esta neste estágio inicial, fazendo 12h agora. Não aconteceu muita coisa, pois está frio aqui no sul e a temperatura dentro de casa ficou ao redor de 16 e 17C durante à noite. Agora pela manhã mudei o fermento para dentro do forno e acendi a luz pra melhorar o ambiente. Vou postando aqui a evolução.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

Anita, esse livro do Ed Wood é um clássico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nem todos os pães necessitam sovar muito, Fogo. Aliás, alguns excelentes se fazem exatamente assim, sem sovar. Em todo o caso, as máquinas de pão automáticas são uma facilidade inegável. E utilizar fermento caseiro acrescenta qualidade e sabor a qualquer pão, feito à mão ou na máquina.

 

Comecei ontem a minha experiência. Pote de vidro esterilizado, 50g de água mineral (preferencialmente ácida) e 50g de farinha de trigo integral da data mais nova e a menos processada que encontrar, preferencialmente orgânica. Misture (fica uma textura mais ou menos firme, que segura as marcas de dente do garfo), tampe sem vedar (para os gases poderem escapar) e deixe descansar entre 12 e 36h, em temperatura entre 18 e 30 C. O que deve acontecer é a massa aumentar de volume - preferencialmente dobrar - e ficar aerada. Acontecendo isso, é tempo de repetir a alimentação.

 

O meu fermento esta neste estágio inicial, fazendo 12h agora. Não aconteceu muita coisa, pois está frio aqui no sul e a temperatura dentro de casa ficou ao redor de 16 e 17C durante à noite. Agora pela manhã mudei o fermento para dentro do forno e acendi a luz pra melhorar o ambiente. Vou postando aqui a evolução.

 

 

mistura a farinha e a agua e vira fermento?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Victor D.    760

Há melhor acompanhamento pra café que pão fresquinho com uma boa manteiga?

 

baguette-bread-butter-food-Favim.com-366436.jpg

 

Melhor ainda se o pão for feito com fermento natural (sourdough, levain...), muito mais aromático e saboroso.

Pra isso, peguei uma receita no google e estou tentando criar meu próprio fermento. Alguém já tentou?

 

Grande Rodrigo,

 

Já tentei algumas vezes mas sem muito sucesso. Até consegui fazer alguns pães mas nenhum ficou do meu agrado. O grande problema para mim é controlar a fermentação, depois que ela começa a acelerar vc só segura se resfriar a mistura ou se adicionar bem mais farinha e água, o que fará ela acelerar de novo e isso torna muito difícil achar a hora certa para fazer o pão. Muitas vezes vc se programa para fazer o pão em um dia específico mas o levedo fica pronto muito antes ou muito depois. Se ficar pronto antes e você esperar, o pão fica ácido, se não tiver no ponto ainda quando for fazer o pão aí não é tão ruim, ele dará um sabor bom mas vc terá que complementar com fermento biológico para ele não ficar muito denso.

 

Grande Abraço

 

Victor

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

Isso, Victor!

 

Sei que não é fácil programar a hora certa de fazer o pão com levedos naturais, mas vou tentar. Uma possibilidade é usar uma parte de fermento biológico comercial como falaste e agregar o melhor dos dois mundos: sabor + crescimento. É todo um aprendizado, eu sei. De início, vou me contentar se conseguir fazer a cultura. Claro que o fato de ficar azedo ou outros problemas depende muito da cultura específica e do entendimento do seu funcionamento, então se eu tiver muitos mais fracassos do que possa suportar (sou insistente!) vou importar uma cultura do sourdo.com.

 

A estratégia é uma coisa de cada vez. Se conseguir fazer uma cultura que não morra, já fico feliz por hora. Li em um site basteante interessante que as melhores culturas são feitas só com farinha e água.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Eu sempre tive dificuldade em saber como mante-lo vivo depois de pronto, se ainda precisa de alimentação diária, mas encontrei informações que na geladeira alimentando uma vez por semana vai bem, e preciso achar a informação de qunto tempo antes eu tenho que tira-lo da geladeira antes de usa-lo, mesmo para renova-lo tem que tirar da geladeira, esperar um tempo para depois voltar para geladeira.

Agora esta história de misturar com fermento tradicional, dependendo do pão não da certo, eu fazia pão Italiano e a fermentação levava de 12 a 36 horas, se colocasse meia grama de fermento frsco tirava todo sabor e gosto azedo caracteristico do pão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

É uma questão de acertar as proporções, Gilberto. Pode-se colocar bem pouco fermento convencional, e ele vai demorar bastante a fermentar. Só pra dar um exemplo, há receitas de pizza que utilizam 10g de fermento biológico seco para 500g de farinha. Eu uso 2g no máximo. Claro que daí tudo cresce mais devagar e tem que se adaptar.

 

Pode-se fazer também uma grande esponja com o fermento natural, deixar desenvolver bem os aromas, e só mais tarde, com o restante da farinha, adicionar o fermento biológico industrial.

 

Agora você disse bem, vai depender do tipo de pão e da maneira que você consegue lidar com as variáveis (parece espresso, não? ;)).

 

Quero tentar documentar aqui o passo a passo do desenvolvimento do fermento, eventualmente até as dificuldades e (espero que não) eventual fracasso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Grandes garotos!

 

Alguém falou na Aviação (Alsartori?), um fio de manteiga de garrafa já diluída também vai bem no pão quentinho esfriando na grelha.

 

A experiência do Gil e do Victor podem nos ajudar.

 

Aqui em Sampa também está frio para fazer o starter, máxima hoje de 24 que não parecem nem 20.

 

Rô, no livro eles falam em fazer o starter apenas com água e farinha, nada de batata, maçã, casca de uva etc. Vou escanear a receita deles do starter e colocar aqui, é parecida com a sua.

 

E eu comprei um baneton redondo pra fermentar as massas lentas e deixar o pão naquele formato característico, já está aqui.

 

Beijos

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Gil, já vi várias receitas do starter (isca), mas li em algum lugar que você sempre vai alimentar com as mesmas farinhas, ou seja, teria que ter sempre a de centeio em casa. Nesta sua receita fala que depois só nutre com a farinha branca?

 

Beijo

 

Ana

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Você pode ter uma isca de farinha de centeio e uma de branca, mas para ele fazer a da branca ele parte de uma de centeio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bortolin    14

Rodrigo, uma vez eu fiz este fermento, porém a única coisa diferente que fiz foi que a primeira água misturada com a farinha ficou um bom tempo morna misturada com uvas passa. Depois tirei as uvas e coloquei a água na farinha.

Fiz isso no inverno e demorou para desenvolver, fiz umas duas levas de pão que ficaram show de bola, mas acabei desistindo pela mão de obra.

 

Uma outra vez fiz um pão que gostei bastante. É uma receita de pão sem sova. Fica um pão bem rústico. http://www.lacucinet...-pressa-da.html

 

abs

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Rodrigo, uma vez eu fiz este fermento, porém a única coisa diferente que fiz foi que a primeira água misturada com a farinha ficou um bom tempo morna misturada com uvas passa. Depois tirei as uvas e coloquei a água na farinha.

Fiz isso no inverno e demorou para desenvolver, fiz umas duas levas de pão que ficaram show de bola, mas acabei desistindo pela mão de obra.

 

Uma outra vez fiz um pão que gostei bastante. É uma receita de pão sem sova. Fica um pão bem rústico. http://www.lacucinet...-pressa-da.html

 

abs

 

Bortolin,

 

Você fez, o pão fica com aqueles alveolos da foto ? E a casca fica dura ? Tem que colocar vapor ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Rôooooooooo, você estreou finalmente a padoca do CdC. Que bom! :)

 

O Gil trocou a panificação pela manufatura de moinhos artesanais, então o projeto do café com pão (como no poema) estava parado.

 

Eu vou começar com uns de fermentação rápida. Apesar de ter comprado o Classic sourdoughs, de Ed e Jean Wood.

 

Para o alto e avante, panificadores. Com um café do lado, claro!

 

Beijo

 

Ana

 

Anita, o que é " classic sour..... "

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

Azedume clássico.

 

Brincadeira, são fermentos caseiros clássicos (sourdough, starter, chief, head, chef, levain, tudo mais ou menos a mesma coisa).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,378

Não sei dizer, talvez se venda uma cultura desidratada nacional, mas nunca ouvi falar. Muitas (boas) padarias utilizam o seu próprio fermento caseiro. Eventualmente possam lhe vender um pouco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,305

Não. Vou começar, igual a você, só não comecei hoje pois o mercado estava sem farinha integral.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bortolin    14

Bortolin,

 

Você fez, o pão fica com aqueles alveolos da foto ? E a casca fica dura ? Tem que colocar vapor ?

 

Oi Gilberto,

 

o pão que eu fiz ficou parecido com aquele da foto, com uma casca bem grossa, não precisei de vapor.

Eu assei ele dentro de uma panela de ferro semelhante a esta (a minha acho que é de 5 litros) 1270134198-313x334-caldeirao.jpg

Uma outra vez eu tentei assar dentro de uma panela de barro (aquelas para muqueca), mas não gostei muito, ficou com muito gosto da panela no pão.

 

grande abraço!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×