Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Fábio A. Castelli

Diferença entre hario canister e skerton

Recommended Posts

Senhores, sou novo no forum

 

E estou decidido a comprar uma gaggia baby twin e um moedor manual da hario.

 

Vi pelos posts que a hario skerton traz bons resultados para quem deseja usar o grão moído numa cafeteira expresso.

 

Mas e sobre a hario canister? Eu acho esta mais estilosa além de utilizar mais metais ao invés de plástico, o que dou credito. Mas nao vi muitos comentários a respeito deste modelo, me fazendo entender que o melhor seja mesmo a hario skerton.

 

Peço ajuda dos especialistas para tomar esta decisão.

post-1992-0-27323700-1373725551_thumb.jpg

post-1992-0-05120900-1373725573_thumb.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carneiro    1,440

Eu inverteria os gastos entre moinho e máquina se o orçamento é limitado. Esses moedores podem dar bons resultados, mas eu lembro de ter dificuldade de acertar moagem quando testei com a Classic que eu tinha.

 

Márcio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sinceramente, eu não pretendo inverter não, senão terei uma maquina bem de entrada mesmo (até 300 reais) e um super moedor (cerca de 1300 reais).

 

Prefiro já adquirir uma maquina para um longo tempo e ter um moedor pau pra toda obra (quero dizer vários tipos de extração e boa robustez). Acabei gostando da hario porque ouvi muitos elogios neste forum, com qualidade de moagem até superior a de algumas moedoras elétricas com preço de 1000 reais. Poderei a utilizar pata sempre, mesmo depois que eu adquirir um moedor elétrico decente. Além disso, a hario não apresentará falha e

Elétrica.

 

Mas continuo com a duvida entre a canister e skerton.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ruston Louback    1,232

Eu inverteria tb hehe

alias to usando o hario pra cafe coado e é uma chatice ficar moendo...

na hora que vc errar os 3 expressos pra acertar a granulometria, vai ficar pe da vida.... hehe

haja braço.

abs

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,600

Sinceramente, eu não pretendo inverter não, senão terei uma maquina bem de entrada mesmo (até 300 reais) e um super moedor (cerca de 1300 reais).

 

Aiaiai...

 

Vamos lá, 1.300 está mais para um moedor elétrico de entrada para espresso.

 

O Hario não é um moedor pau pra toda obra. Em moagens mais grossas é irregular, e nas mais finas, embora funcione relativamente bem, dá trabalho. Acho que vale ter um, mas não é um bálsamo para todos os males.

 

Um moedor pau pra toda obra sem ir à falência seria um Baratza Preciso ou Virtuoso.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Aiaiai...

 

Vamos lá, 1.300 está mais para um moedor elétrico de entrada para espresso.

 

O Hario não é um moedor pau pra toda obra. Em moagens mais grossas é irregular, e nas mais finas, embora funcione relativamente bem, dá trabalho. Acho que vale ter um, mas não é um bálsamo para todos os males.

 

Um moedor pau pra toda obra sem ir à falência seria um Baratza Preciso ou Virtuoso.

 

Aiaiai digo eu. Rsrsrsrs

 

Primeiro agradeço a todos que até aqui contribuíram para este post.

 

Rodrigo, agora estou ficando com receio da hario. A hario é capaz de fornecer um bom café moído para a gaggia baby twin?

 

Sobre o moedor, eu pretendo comprar um elétrico como estes que você mencionou, mas não agora.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,600

Aiaiai digo eu. Rsrsrsrs

 

Primeiro agradeço a todos que até aqui contribuíram para este post.

 

Rodrigo, agora estou ficando com receio da hario. A hario é capaz de fornecer um bom café moído para a gaggia baby twin?

 

Sobre o moedor, eu pretendo comprar um elétrico como estes que você mencionou, mas não agora.

 

Sim, o Hario é capaz. O problema consiste nos passos do moedor, que são muito longos. Então entre um ponto o outro pode mudar de um ristretto para um longo, o que é um pé no saco. Dá pra compensar parcialmente na dose de café, então uma balancinha com resolução de décimo de grama do Ebay é um fundamental.

 

Não me entenda mal, usei um Hario Mini com a minha Gaggia por vários meses. De início, ganhei a máquina de presente e nem tinha moedor. Na sequência, encomendei um Hario Mini. Tentei fazer um shot com o Café do Ponto Cafeterie moído. Digo um porque foi só um mesmo. Ficou tão ruim que dei o resto do pacote pro vizinho e esperei o Hario chegar, encomendei uma pipoqueira e grãos da Unique. A partir daí a vida mudou bastante.

 

Claro que conforme o aprendizado foi seguindo, experimentando novos cafés e novos métodos de extração, a necessidade por um moedor mais capaz foi natural. Acho que um moedor manual todo entusiasta deveria ter, é uma experiência única moer o café na mão, sentir no braço a textura do grão conforme o grau de torra e o tipo do grão, a mudança de textura com o envelhecimento, o cheiro do café subindo, etc.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Sim, o Hario é capaz. O problema consiste nos passos do moedor, que são muito longos. Então entre um ponto o outro pode mudar de um ristretto para um longo, o que é um pé no saco. Dá pra compensar parcialmente na dose de café, então uma balancinha com resolução de décimo de grama do Ebay é um fundamental.

 

Não me entenda mal, usei um Hario Mini com a minha Gaggia por vários meses. De início, ganhei a máquina de presente e nem tinha moedor. Na sequência, encomendei um Hario Mini. Tentei fazer um shot com o Café do Ponto Cafeterie moído. Digo um porque foi só um mesmo. Ficou tão ruim que dei o resto do pacote pro vizinho e esperei o Hario chegar, encomendei uma pipoqueira e grãos da Unique. A partir daí a vida mudou bastante.

 

Claro que conforme o aprendizado foi seguindo, experimentando novos cafés e novos métodos de extração, a necessidade por um moedor mais capaz foi natural. Acho que um moedor manual todo entusiasta deveria ter, é uma experiência única moer o café na mão, sentir no braço a textura do grão conforme o grau de torra e o tipo do grão, a mudança de textura com o envelhecimento, o cheiro do café subindo, etc.

 

Muito obrigado pelo retorno Rodrigo.

 

Desculpe a minha ignorância. Sou novo neste mundo do café e pretendo aprender muito ainda.

 

Como funciona esse negocio da moagem pra expresso ristretto, curto e longo? Quero entender melhor esta limitação dos moinhos hario. Pelo que entendi, você quis dizer que posso compensar a granulometria demasiada grossa ou fina dosando uma quantidade menor de café, é isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alexandre Velloso    2,770

Sinceramente, eu não pretendo inverter não, senão terei uma maquina bem de entrada mesmo (até 300 reais) e um super moedor (cerca de 1300 reais).

 

Mas continuo com a duvida entre a canister e skerton.

 

Salve Fábio.

 

Inverter a prioridade seria decisão correta. Evitará a despesa com a compra do moinho que em brave será posto de lado e abreviará teu aprendizado sobre cafés, incluindo e principalmente sobre espressos.

 

O que não sabes ainda é que é mais fácil produzir um bom espresso com uma máquina de entrada e um bom moinho. do que com a Twin e um moinho ruim.

 

O Hario é um bom moinho manual, assim como as outras marcas e modelos que utilizam o conjunto de moagem fabricado pela Kyocera. Mas é manual e limitado em termos de ajuste de granulometria.

Tanto o modelo Canister como o Skerton utilizam tal conjunto de moagem e possuem um compartimento para guardar o pó moído..As diferenças mais marcantes são o volume destes compartimentos, a maneira de fechá-los - tampa com rosca no Skerton e tampa com pressão no Canister, além do desenho e dos materiais usados na parte superior.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Salve Fábio.

 

Inverter a prioridade seria decisão correta. Evitará a despesa com a compra do moinho que em brave será posto de lado e abreviará teu aprendizado sobre cafés, incluindo e principalmente sobre espressos.

 

O que não sabes ainda é que é mais fácil produzir um bom espresso com uma máquina de entrada e um bom moinho. do que com a Twin e um moinho ruim.

 

O Hario é um bom moinho manual, assim como as outras marcas e modelos que utilizam o conjunto de moagem fabricado pela Kyocera. Mas é manual e limitado em termos de ajuste de granulometria.

Tanto o modelo Canister como o Skerton utilizam tal conjunto de moagem e possuem um compartimento para guardar o pó moído..As diferenças mais marcantes são o volume destes compartimentos, a maneira de fechá-los - tampa com rosca no Skerton e tampa com pressão no Canister, além do desenho e dos materiais usados na parte superior.

 

Ok Alexandre. Estou ouvindo todo mundo.

 

Quanto as maquinas de entrada teria muito medo de errar na compra. Sao tantas opções, com mundial, electrolux, até algumas da delonghi. Que tipo de maquina de entrada seria o tiro certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ruston Louback    1,232

Nao ha tiro certo.

O que ha é treinamento e aprofundamento. Ai com o tempo vai tirando bons cafes e extraindo o melhor da maquina de entrada.

Tudo isso se tiver bons cafes e um bom moedor.

Iria de electrolux.

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,600

Muito obrigado pelo retorno Rodrigo.

 

Desculpe a minha ignorância. Sou novo neste mundo do café e pretendo aprender muito ainda.

 

Como funciona esse negocio da moagem pra expresso ristretto, curto e longo? Quero entender melhor esta limitação dos moinhos hario. Pelo que entendi, você quis dizer que posso compensar a granulometria demasiada grossa ou fina dosando uma quantidade menor de café, é isso?

 

Ignorância tem uma conotação pejorativa, eu não diria isso. Acho essa resistência inicial em gastar em um moedor normal, qualquer iniciante passa por isso, pois é um raciocínio contra-intuitivo, já que todo o marketing, especialmente o não especializado, é feito em cima das máquinas. Você, inclusive, mostra inteligência em rapidamente perceber que muita gente repetindo o mantra do moedor significa ou que estão certos ou que aderiram a uma seita maluca (talvez um pouco de cada coisa seja verdade, rsrs).

 

No espresso, a extração correta é determinada principalmente por dois fatores: dose (de café moído) e granulometria. As duas coisas se interrelacionam.

 

Em um mesmo intervalo de tempo, dada uma mesma granulometria, shots com doses maiores são mais curtos, e com doses menores mais compridos (mais volume, menor concentração.

 

Da mesma forma, dada uma mesma dose, shots com granulometria mais grossa são mais compridos, e com granulometria mais fina mais curtos (concentrados).

 

O Hario, entre uma regulagem e outra, altera bastante a granulometria do café moído, o que exige mexer muito na dose. Isso dificulta as coisas (mas não impossibilita), pois certos cafés ficam melhores com certa quantidade de pó.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,600

Ah, e respondendo sua pergunta, se EU fosse começar com uma máquina do zero, hoje, provavelmente uma Mypressi Twist seria minha escolha, acompanhada de algum dispositivo pra fazer o leite cremoso que poderia ser uma cremeira, um Aeroccino, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alexandre Velloso    2,770

Salve Fábio.

 

Das máquinas de entrada atualmente comercializadas, considero a Philips Saeco Poemia Focus como a melhor opção. Apesar de custar mais que modelos de outras marcas, a consideração entre custo e benefício é plenamente favorável no caso da Poemia.

 

Pelo valor que pretendes investir na Twin comprarias a Poemia e o Baratza Encore e ainda te sobraria o valor do Hario.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anita   
Guest Anita

Fábio, bem-vindo ao Clube!

 

A sugestão de conjunto do Alex é muito boa!

 

Se quiser conhecer outras opções, procure um tópico no Clube sobre máquinas de entrada até R$ 300,00, ele é bem esclarecedor para quem está começando.

 

E há um colega vendendo o Hario de tambor (não sei qual deles), se não for importar pode ser uma opçãp para entrega imediata.

 

Ainda complicando um pouco mais suas opções, se for comprar (também) o moinho manual, ele pode ser uma opção para viajar ou carregar para um churrasco, sei lá. Neste caso, além do Hario há também o Porlex, mesmo conjunto de moagem, mas quem passou por ambos (Porlex e Hario), muitas vezes prefere o Porlex.

 

Um abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,786

Eu até entendo o Fabio que assim como eu tinha resolvido na Twin, comprei em uma promoção destas do Walmart, R$ 1300,00 em 12 x, o moinho não sei como dá para pagar hoje, mas se o prazo é curto as vezes fica um limitador, embora o investimento total seja o mesmo, o desembolso acontece em um período mais curto, nem sei se é o caso, mas para mim foi um limitador no início.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafa Rocks    1,355

Vou dar uma dica importantíssima aqui pra vc.

 

Já tive uma Gaggia Evolution, uma Baby Twin e hoje tenho uma Rancilio Silvia modada com PID e tudo que tem direito.

 

De moinho já tive o Hario Mini, o Krups, e tenho atualmente o Porlex Mini e o Rancilio Rocky.

 

Tenho usado perfeitamente Silvia + Porlex manual e em alguns casos até prefiro o Porlex ao Rocky.

 

Se vc quer um moinho pau pra toda obra e que se saia bem no espresso, compre o Porlex mini. Ele é infinitamente melhor que os da Hario.

 

Se vc optar por Porlex Mini + Gaggia Twin, não terá nenhum problema e o moinho te atenderá perfeitamente...espressos perfeitos no porlex

 

De acordo com o seu orçamento e sugestão, siga com a Twin mas opte pelo Porlex Mini.

 

Valeu

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Thiago Vale    310

Assino embaixo o que o Rafa falou. Já tive o hario e hoje tenho o porlex mini. A diferença, pra mim, é gritante. Porlex está bem a frente do hario.

 

Não uso o porlex pra espresso em casa, mas na mypressi, no plantão, ele é excelente.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Salve Fábio.

 

Das máquinas de entrada atualmente comercializadas, considero a Philips Saeco Poemia Focus como a melhor opção. Apesar de custar mais que modelos de outras marcas, a consideração entre custo e benefício é plenamente favorável no caso da Poemia.

 

Pelo valor que pretendes investir na Twin comprarias a Poemia e o Baratza Encore e ainda te sobraria o valor do Hario.

 

Olá Alex, estou inciando agora e fiquei interessado nessa Poemia 8323 para usar em conjunto com um Porlex Mini. Entre a poemia e a phc19 com qual você ficaria? Conseguirei fazer bons cafés com o porlex sem ter q ficar regulando toda vez antes de moer? Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alexandre Velloso    2,770

Salve Igor.

 

Como disse antes, minha preferência é pela Poemia.

Quanto a regulagem do Porlex, uma vez que encontres a ajuste adequado, na maioria das vezes não precisaras mudar, se utilizares sempre o mesmo café. Com a idade os grãos sofrem alterações e então a mudança de ponto de ajuste deverá resolver.

O porta-filtros da Poemia poderá ser usado com ou sem o aparato pressurizador. Usando-o com tal aparato as extrações serão bem fáceis e não exigirão muitos ajustes da regulagem do moinho.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caros,

 

Estou lendo todos os comentários com empolgação para decidir pela minha compra. Quero enfatizar que estou para comprar meu primeiro kit.

 

Realmente, conseguiram me convencer que devo pensar maisno moedor. Andei pesquisando algumas sugestões dos caros colegas, como os moedores baratza encore, virtuoso e preciso, a manual porlex e a pequenina cafeteira mypressi twist. Alias, Augusto, aonde posso adquirir este tipo de aparelho?

 

Sobre moedor elétrico ....

 

vi elogios para Encore e Virtuoso, mas pelo preço eu fico pendendo para a Preciso, se bem que são uns 600 reais a mais que a Encore.

 

Notei falta de moedores Rancilio 127v. Os moedors Rancilio e Baratza são similares?

 

Quanto ao moedor porlex, não encontrei importador e nem sei o valor? O hario custa por volta de 250 reais. Queria poder comparar o preço dos dois.

 

Sobre comprar uma maquina expresso de entrada ....

 

ainda nao me sinto confortável para adquirir a electrolux chef crema Silver. Já vi alguns posts com criticas, por ex., sobre o filtro não pressurizado. Quero estudar outras possibilidades.

 

Alexandre, atualmente eu moro no Rio de Janeiro. Você tem loja física por aqui?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alexandre Velloso    2,770

 

Alexandre, atualmente eu moro no Rio de Janeiro. Você tem loja física por aqui?

 

Salve Fábio.

 

Enviei email para você.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,600

mypressi eu to vendendo a minha hehe

http://forum.clubedo...-exclusivo-cdc/

 

A Mypressi, juntamente com um moinho manual, creio que faça espresso capaz de parear conjuntos de milhares de reais. Claro que, pra quem gosta de um equipamento na bancada, tem que superar essa barreira mental, do fetiche pelo maquinário.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
leo_bsb    65

eu segui a dica do pessoal e comprei um moinho bom e uma máquina de entrada, até porque depois vou levar essa máquina para o trabalho quando puder comprar uma máquina melhor.

 

O que posso dizer do Rocky: me atende bem para tudo. Comprei um Hario que pretendo levar para o trabalho, onde hoje faço french press em uma bodum travel. Até hoje eu moo o café da semana em casa e deixo lá, agora vou moer na hora.

 

sobre a Poemia estou a 3 dias fazendo espressos e posso dizer que estou satisfeito. Depois de quente dá para tirar 4 espressos um atrás do outro (fiz isso hoje) mas quando a visita terminou de tomar é que a próxima recebe a sua dose.

 

O portafiltro é uma lástima. Estou usando sem o pressurizador e já estou tirando espressos razoáveis, melhor que de shopping. Mas que a máquina merece um portafiltro pesado, merece. O tamper também faz falta para usar sem o pressurizador.

 

No geral achei uma boa escolha: Rocky primeiro. Não pretendo trocar de moedor tão cedo, não vejo como nos próximos anos eu ter uma máquina tão boa que o Rocky seja um limitante para a qualidade do meu espresso. E uma máquina baratinha, 300,00, você usa em outro lugar ou guarda de backup ou até dá de presente, sem doer muito no bolso. Já moedor ruim você não faz nada.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu segui a dica do pessoal e comprei um moinho bom e uma máquina de entrada, até porque depois vou levar essa máquina para o trabalho quando puder comprar uma máquina melhor.

 

O que posso dizer do Rocky: me atende bem para tudo. Comprei um Hario que pretendo levar para o trabalho, onde hoje faço french press em uma bodum travel. Até hoje eu moo o café da semana em casa e deixo lá, agora vou moer na hora.

 

sobre a Poemia estou a 3 dias fazendo espressos e posso dizer que estou satisfeito. Depois de quente dá para tirar 4 espressos um atrás do outro (fiz isso hoje) mas quando a visita terminou de tomar é que a próxima recebe a sua dose.

 

O portafiltro é uma lástima. Estou usando sem o pressurizador e já estou tirando espressos razoáveis, melhor que de shopping. Mas que a máquina merece um portafiltro pesado, merece. O tamper também faz falta para usar sem o pressurizador.

 

No geral achei uma boa escolha: Rocky primeiro. Não pretendo trocar de moedor tão cedo, não vejo como nos próximos anos eu ter uma máquina tão boa que o Rocky seja um limitante para a qualidade do meu espresso. E uma máquina baratinha, 300,00, você usa em outro lugar ou guarda de backup ou até dá de presente, sem doer muito no bolso. Já moedor ruim você não faz nada.

 

Ok Léo. Muito obrigado pelos conselhos.

 

Tua rocky é 220v. Pelo que li ate agora nao existe versão 127v. Será que da pá resolver com transformador sem risco de segurança ou perder potência?

 

Como faço para comparar tecnicamente a rocky e a preciso? Como ambas tem preços similares da uma duvida. Vejo a rocky em vários vídeos no youtube, mas nao consigo achar 127v.

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu segui a dica do pessoal e comprei um moinho bom e uma máquina de entrada, até porque depois vou levar essa máquina para o trabalho quando puder comprar uma máquina melhor.

 

O que posso dizer do Rocky: me atende bem para tudo. Comprei um Hario que pretendo levar para o trabalho, onde hoje faço french press em uma bodum travel. Até hoje eu moo o café da semana em casa e deixo lá, agora vou moer na hora.

 

sobre a Poemia estou a 3 dias fazendo espressos e posso dizer que estou satisfeito. Depois de quente dá para tirar 4 espressos um atrás do outro (fiz isso hoje) mas quando a visita terminou de tomar é que a próxima recebe a sua dose.

 

O portafiltro é uma lástima. Estou usando sem o pressurizador e já estou tirando espressos razoáveis, melhor que de shopping. Mas que a máquina merece um portafiltro pesado, merece. O tamper também faz falta para usar sem o pressurizador.

 

No geral achei uma boa escolha: Rocky primeiro. Não pretendo trocar de moedor tão cedo, não vejo como nos próximos anos eu ter uma máquina tão boa que o Rocky seja um limitante para a qualidade do meu espresso. E uma máquina baratinha, 300,00, você usa em outro lugar ou guarda de backup ou até dá de presente, sem doer muito no bolso. Já moedor ruim você não faz nada.

 

Outra duvida Léo é sobre a velocidade de fazer os expressar. Você dos que da pra fazer 4 expressos depois de quente. Nao entendi exatamente. Sei que precisa esquentar. Mas o que limita a maquina fazer só 4 sucessivos?

Share this post


Link to post
Share on other sites
leo_bsb    65

Ok Léo. Muito obrigado pelos conselhos.

 

Tua rocky é 220v. Pelo que li ate agora nao existe versão 127v. Será que da pá resolver com transformador sem risco de segurança ou perder potência?

 

Como faço para comparar tecnicamente a rocky e a preciso? Como ambas tem preços similares da uma duvida. Vejo a rocky em vários vídeos no youtube, mas nao consigo achar 127v.

 

Outra duvida Léo é sobre a velocidade de fazer os expressar. Você dos que da pra fazer 4 expressos depois de quente. Nao entendi exatamente. Sei que precisa esquentar. Mas o que limita a maquina fazer só 4 sucessivos?

 

eu compraria um moedor 110V ou providenciaria algumas tomadas 220V na sua casa. Quem mora em região com 110V sempre pode juntar duas fases e fazer uma tomada 220V, peça a um eletricista para fazer isso para você.

Tem vários vídeos comparando o Rocky com o Preciso no youtube. Acho que os dois são bons, mas quem gosta de produtos construídos com robustez de sobra compra Rancilio.

 

A máquina é pequena. Se você quer que o café saia na temperatura correta tem que esperar a máquina esquentar para tirar o próximo. Isso não é tanto problema pois você precisa ter muita prática para preparar o portafiltro de forma rápida, que eu não tenho.

 

Sou apenas um aprendiz iniciante, espere outras opiniões para ajudar sua decisão.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×