Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Recommended Posts

Rodolfo M    1,342

Rafael, vc esta correto, confundi os modelos, sr500 é equivalente, o sr700 que tem interface com pc.

Lendo no site roastmaster http://www.roastmasters.com/sr700.html, o sr700 parece permitir a configuração de tempo, temperatura e velocidade da ventoinha pelo micro, mas deu a entender que da pra fazer isso tb no sr500 (pelo painel). Talvez não de para salvar a programação do perfil no sr500.

 

 

IMG_0620_zpso6w2qcti.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,210

Rafael, vai postando o que vc for descobrindo, tb estou de olho do FreshRoast, já tinha falado antes com o Rodolfo sobre ele. O meu problema (ou salvação) é que nem tenho cartão de crédito. :P A Amazon aceita boleto bancário como o AliExpress? :rolleyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael Wagner    171

Opa, blz Lisboa, vamos adicionando o que for interessante! Descobri que existe um outro software para usar o 700 com o PC, OpenRoast o nome. O software padrão que vem dizem ser horrível, mas usando esse outro fica muito bom. Tem um grupo no Faceboo, Freshroast Coffee Roaster (grupo fechado) que dizem ser muito bom de dicas para os torradores dá marca. Pedi pra entrar e depois vejo o que falam mais lá.

Pq a dúvida que estava é, se seria compensador gastar esse valor a mais, pq dizem ser o 500 e 700 o mesmo equipamento, porém o 700 com essa ligação USB. Agora com esse outro software diz ser excelente.

Quanto ao Amazon, é só por cartão de crédito mesmo, e produtos como esse tem que usar um serviço terceirizado de envio ao Brasil, pq a Amazon só entrega poucas coisas por aqui.

Mas recomendo pegar um cartão de crédito só para essas compras onlines (tem que pedir cartão internacional no banco que vc usa). Esse é o primeiro passo, mas sugiro cautela nos gastos, pq tem gente que não consegue controlar os "impulsos" e gasta além do que pode.

 

Mas comprar na internet é muito bom, cada promoção ótima que se consegue, ainda mais comparando com preços no Brasil.

A título de exemplo, na Black Friday comprei um fone de ouvido Bluetooth que estava por 900 reais por aqui, por 300 lá na Amazon, entregando no Brasil (não fui taxado)

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Obs, só se atentem para a capacidade, um site disse 90g, outro 110g...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Olá Daniel,

 

A temperatura inicial é 320F, o que equivale a 160C.

Esta fase inicial é a de desidratação, eu montei um perfil com 7 minutos nessa fase mas foi muito (mesmo o café estando torra média, teve perda de 19%!!!). Às que tenho utilizado pegam de 4 a 5 minutos nesta temperatura, joguei mais tempo para aumentar o tempo total da torra mas creio que n deu certo (vou experimentar ainda este café, vou ver o que realçou do grão).

Estou montando um caderno pra anotar as temperaturas e tempo (mas estou com poucos grãos repetidos para fazer a devida comparação).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rodolfo, qual tempo maximo que voce deixa. Nos 10min40s eu abortei a torra. Hoje fiz e deu 15% de perda... torra media...nao sei se o set que fiz foi a torra, pois reparei que o barulho nao alterou com o tempo que propus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

O tempo maximo foi 11 min, mas ficaria melhor se eu tivesse tirado antes na torra em questão.

Eu penso que cada grão deve ter seu perfil de torra, mas como não tenho um paladar apurado acabo usando o mesmo perfil para mais de um tipo de café. Uso como parâmetros a cor e o estalo do 1C. Sinceramente acho complicado acertar a programação para fazer 100% automático, na grande maioria das vezes prefiro eu mesmo apertar o botão do resfriamento pois é mais fácil definirmos o fim da torra na mão do que de repente programar com tempo de menos e o aparelho resfriar antes do devido tempo.

 

Eu notei que a ventoinha diminui a velocidade por volta de 400F (foi isso a que vc se referiu sobre mudar o barulho?)

Tb notei que o complicado de torrar 150g ou mais é que as películas acabam por obliterar a saida do ar, diminuindo a agitação dos grãos e provavelmente aumentando a temperatura. Pra contornar isso eu deixo a tampinha desrosqueada da tampa (acaba fazendo um pouco de sujeira assim rs).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

A ventoinha diminui quando a programação chega nas temperaturas mais altas (n tenho certeza, mas chutaria 400F).

No freshroast a velocidade da ventoinha é programavel, mas tem algo no manual falando que conforme a torra avança os grãos ficam mais leves e não existe tanta necessidade da ventoinha estar na toda.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Criei 5 perfis de torra, selecionei 5 temperaturas e só variei o tempo delas. Utilizei 150g do mesmo café (no caso ouro verde da CC), e testei os perfis.

O primeiro perfil deixei 3min nos 320F, o segundo deixei 4min, o terceiro deixei 5min, o quarto e quinto deixei 6 min. No segundo passo setei 345F, e em cada perfil variei o tempo (estou no serviço e a cola ficou em casa rsrsrs), não lembro os tempos exatos.

Mas a ideia foi justamente torrar o mesmo café com tempos diferentes em cada estágio para verificar sua influência neste grão.

 

Sobre a ventoinha, eu vi que a 390F ela fica alterando (mais ou menos rapido), logo deu a entender que o que controla a ventoinha é a temperatura setada (se fica muito quente ela aumenta a rotação e vice versa).

 

No meu aparelho não tenho conseguido passar dos 9 minutos sem entrar no 2C. Por isso até estendi a fase de desidratação para ver se eu conseguia aumentar o tempo total, mas mesmo a 320F, depois de 5 min os grãos já estão com aspecto de amendoim torrado.

 

O que posso dizer entre os metodos de torra que usei neste grão é que obtive melhores resultados no bolinha. O único problema é que não existe consistência na forma que torro (lenha), e sempre estrago 3/4 dos cafés que torro nesse sistema.

Não fiz a comparação com o airfry pois acabei com este café.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estava variando a temperatura atura e o grao ficava com aspecto opaco, como se tivesse cozinhado. Ultimamente tenho colocado a temperatura maxima e mudou para brilhante e mais saboroso, isso com torra media clara. Como é possível aferir a temperatura ao longo da torra, reparei que ela demora chegar na maxima programada. Então, o que está programado não é o que ocorre. Isso acontece com você também?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Bora ressuscitar este tópico, algumas dicas vão servir para os modelos mais novos como os freshroast.

 

Primeiro de tudo, este torrador não é o ideal (longe disso), o principal limitante é a alta carga energética na configuração de mínima temperatura, ou seja, mesmo que vc deixe o tempo todo na temperatura mínima, a torra ocorre em menos de 10 minutos (farei mais uns testes, mas creio que seja isso mesmo).

 

Eu sempre fui atras de perfis prontos, mas depois de estudar bastante sobre o assunto, conclui que não existe perfil pronto (pois o que fica bom com um café fica péssimo com outros cafés), ou seja, vc vai conseguir, no máximo criar um perfil para um café em questão, mudou o grão terá que criar um novo perfil.

 

Uma torra de 10 minutos não é nessessariamente má, mas o fato de vc não conseguir prolongar mais é muito ruim (pois este perfil curto de torra, sem controle de pressão), é mais indicado para café velho (flat, morto...).

 

Mas como temos a maquina na mão e não vamos nos desfazer, bora tentar tirar o máximo dela.

Primeiro passo é criar um perfil com potencia mínima (320F), por 14 minutos. Pegue um batche de sacrifício (150g), e coloque pra rodar.

Anote o tempo quando ficar palha e o tempo que começar os primeiros estalos (que vai bater com o momento que o grão começa a inchar). Depois anote o tempo de quando atingir "uma cara boa" e interrompa o ciclo acionando o botão de cool.

Divida o ciclo da torra em 3 partes (inicio até a fase que ficou cor palha, depois desta fase até os primeiros cracks e por ultimo deste momento até o momento que desligou. Nessa configuração fixa (que simula uma torra classica, ou tradicional), provavelmente os momentos ficarão divididos em média 1/3 para cada.

A grande sacada de aproveitar o máximo do café é avaliar ele antes da torra, pois cada café vai pedir um perfil diferente (grãos irregulares, muitos mortos ou mesmos safras novas pedem uma desidratação mais longa), que corresponde o início até a fase que ficou cor palha (queima da clorofila, alteração no gradiente da temperatura entre outros marcadores). Mas como não temos como prolongar esta fase, que já é curta demais no iroast, deixaremos no minimo mesmo.

O segundo momento é a fase quimica da torra, onde ocorre as reações de Maillard, iniciando na quebra de amido em sacarose, formação dos ácidos e aromas como baunilha, nozes, manteiga e manutenção dos florais ou frutas. 

No geral é muito interessante deixar essa fase longa, para a construção destes aromas, mas como o iroast n permite, novamente a sugestão é deixar na temperatura mínima até o início da terceira fase; no final da segunda fase para a terceira fase ocorrem a ebulição e perda dos ácidos (acido citrico a 175c) e da glicose (ambas liberam CO2 e energia). No final desta fase intermediaria para inicio da ultima fase, aromas de chocolate, cravo e outros sao formados (mas logo apos estes, outros aromas defeituosos são formados), logo esta fase é interessante que seja curta (pois queimando o acido o café perde em qualidade, e queimando a glicose o café perde corpo e doçura). Então é interessante que no momento que iniciou esta fase suba a carga energética, para evitar a perda da qualidade e chegar logo no ponto ideal da torra.

Para o obatã vermelho do Hamilton o meu ciclo de torra durou 8:20 e ficou agradável para tomar.

Conforme testarem outras configuração postem para podermos fazer comparações.

 

abracos!

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sall    68

pessoal, alguém indica algum lugar para comprar um iroast 2 em nova york ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lourenço    37

Olá colegas, 

Comprei o I-Roast do Rodolfo e agora sou eu que vou brincar com estes estágios.

Aceito dicas.

Abraços.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael Wagner    171

Talvez se usar uma extensão comprida possa diminuir a carga energética e aumentar o tempo de torra

Enviado de meu SM-G955F usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Negativo, por possuir controle eletrônico, se alterarem a tensão o iroast dará problemas, isso é fato! Por isso sem extensões e dimmer.

Grande @Lourenço, espero que a viagem de volta tenha sido melhor! Pelo visto o iroast sobrou pra vc? Rsrsrs

Esse torrador tem (acho) duas velocidades, que é controlada automaticamente. No geral, no final da torra (antes do resfriamento), a velocidade fica meio que alternando, eu acredito que seja para manter a temperatura setada.

Uma ideia meio básica é deixar os 5 minutos iniciais na temperatura minima; alterando depois disso a temperatura, vc terá entre 4 a 3 minutos para finalizar a torra.

Algo assim:

1 - 5 min em 320

2 - 1:30 min em 345 (abaixo da temperatura da degradação do ácido cítrico)

3 - 1 min em 400 (temperatura em torno da formação de aromas como chocolate, especiarias, etc)

4 - 30 seg em 405 (de olho pra eventualmente desligar antes).

Mas vai ser na base da tentativa e avaliação, pois eu acho que apesar da temperatura mínima ser 160C, acredito que fique bem mais alta que isso.

Qualquer coisa estamos aí!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lourenço    37

Olá colegas.  Pelo que vi, procurando buracos para enfiar um termopar no I-Roast. A resposta dele não é tão rápida assim.  

Os 5 minutos em 320ºF, tudo bem, gradativamente ele chega lá, mas as demais temperaturas em segundos, vai ser difícil.

Abraços.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×