Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
LUW

Moka: como eu faço

Recommended Posts

jaum20    184

Alguém já teve a curiosidade de calcular a perda de água da moka? Tipo, água residual na caldeira, água evaporada e água absorvida pelo café? Na hora de calcular o BR desejado para a bebida, acho que a diferença entre agua na caldeira e bebida final pode ser importante...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, acho que minha Mola 3 xícaras está com problema na válvula de segurança, pois está havendo fuga de vapor por ali. Mesmo usando fogo baixo e moagem média/grossa do café (8 no Hário). O café até sobe, mas tenho que manter o fogo sempre aceso. Em resumo, o café sai normalmente, mas sai vapor pela válvula tbm. Onde consigo esta válvula para trocar? Grato.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cesar Lutti    4

Luw, Sou calouro tanto no fórum como no mundo dos cafés especiais, como ganhei uma moka de 3 medidas resolvi dar uma pesquisada como fazer, um bom café, as primeiras decisões foi comprar um moedor, optei por um Hário Domo e, naturalmente, café em grão, um pacote de Bourbon Amarelo mais Catuaí. Li seu post com as cinco variáveis para se fazer um bom moka, e parti para os testes, com um pré-moído de supermercado enquanto não chega minhas encomendas, e cheguei a algumas conclusões baseadas no meu bom conhecimento de física que tenho, e gostaria que você comentasse.

1º A variável volume tem relação com o tempo, explicando melhor, a expansão do ar é muito mais rápida que a da água, assim quanto mais ar na caldeira, mais rápida a filtragem. Fiz dois testes, um com 200 ml e outro com 150 ml, ambos com água fria, o primeiro levou quase  6:00 para borbulhar o outro 2:44, menos da metade do tempo. Assim para a mesma medida de café teremos um café mais forte com mais água (filtragem mais lenta), tomando o cuidado de interromper o fogo quando se tiver o volume de café pretendido.

2º .Em outro teste com água previamente aquecida e 150 ml de água, a filtragem levou 1:55, como o tempo de filtragem é menor o café tende a ficar mais fraco apesar da  água mais quente, a conferir.

3º Como o tempo de fogo e a água preaquecida aumenta a temperatura da cafeteira, portanto o risco de queimar o café, o melhor é reduzir o tempo de filtragem usando 150 ml (ou 300 ml para a cafeteira moka maior) de água fria e variar a medida de café para o volume de café já filtrado, interrompendo o fogo na medida pretendida.

A conclusão, por ora, é de usar 150 ml de água fria com 10 g de café o que dá ~7%, para um de supermercado saiu um café melhor que com a câmara cheia . Como o café é moagem muito fina estou usando filtro de papel e gostei da ideia porque posso ter moagens finas ou grossas sem problemas de pó na xícara, com o filtro melita adaptado da para notar os óleos na cafeteira, vou testar o café com moagem apropriada, com e sem o filtro e sentir se tem alguma diferença.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
thiagovcosta    42
Em 15/07/2017 at 17:50, Cesar Lutti disse:

Luw, Sou calouro tanto no fórum como no mundo dos cafés especiais, como ganhei uma moka de 3 medidas resolvi dar uma pesquisada como fazer, um bom café, as primeiras decisões foi comprar um moedor, optei por um Hário Domo e, naturalmente, café em grão, um pacote de Bourbon Amarelo mais Catuaí. Li seu post com as cinco variáveis para se fazer um bom moka, e parti para os testes, com um pré-moído de supermercado enquanto não chega minhas encomendas, e cheguei a algumas conclusões baseadas no meu bom conhecimento de física que tenho, e gostaria que você comentasse.

1º A variável volume tem relação com o tempo, explicando melhor, a expansão do ar é muito mais rápida que a da água, assim quanto mais ar na caldeira, mais rápida a filtragem. Fiz dois testes, um com 200 ml e outro com 150 ml, ambos com água fria, o primeiro levou quase  6:00 para borbulhar o outro 2:44, menos da metade do tempo. Assim para a mesma medida de café teremos um café mais forte com mais água (filtragem mais lenta), tomando o cuidado de interromper o fogo quando se tiver o volume de café pretendido.

2º .Em outro teste com água previamente aquecida e 150 ml de água, a filtragem levou 1:55, como o tempo de filtragem é menor o café tende a ficar mais fraco apesar da  água mais quente, a conferir.

3º Como o tempo de fogo e a água preaquecida aumenta a temperatura da cafeteira, portanto o risco de queimar o café, o melhor é reduzir o tempo de filtragem usando 150 ml (ou 300 ml para a cafeteira moka maior) de água fria e variar a medida de café para o volume de café já filtrado, interrompendo o fogo na medida pretendida.

A conclusão, por ora, é de usar 150 ml de água fria com 10 g de café o que dá ~7%, para um de supermercado saiu um café melhor que com a câmara cheia . Como o café é moagem muito fina estou usando filtro de papel e gostei da ideia porque posso ter moagens finas ou grossas sem problemas de pó na xícara, com o filtro melita adaptado da para notar os óleos na cafeteira, vou testar o café com moagem apropriada, com e sem o filtro e sentir se tem alguma diferença.

 

Não entendi o item 3. Sendo água pré-aquecida, o tempo de fogo é menor, então a chance de queimar o café é menor.

Ainda estou em fase de testes, mas estou fazendo assim (Moka Bialetti 6 xic. ou 300ml) :

-Café sempre bom, torra de 1 semana até 4 semanas (é o que tenho usado)
-Moagem média pra grossa
-Pré-aqueço a água até 95 graus
-Encho uns 2/3 do funil com café
-Preencho o fundo da parte de cima com água fria, só um pouco até cobrir o fundo (não faço mais, estava aguando muito o café)
-Encho com 250ml de água
-Fogo bem baixo, o mínimo que der

Demora uns 2~3 mínutos para começar a verter o café. 45s de extração no total.

-Na metade da extração desligo o fogo (quando começa a amarelar a extração)
-Antes de espumar corto a extração colocando a Moka em uma tigela com água fria

(não faço mais, estava sobrando muito café embaixo e o resultado não mudou em nada)
-Deixo até cuspir café, desligo o fogo
-Passo para uma leiteira a uma altura de uns 25cm (para aeração, tira o amargor - dica do @Lisboa Santos)
-Mexo um pouco
-Sirvo

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,209

Ainda estou fazendo vários experimentos com a Moka, esta semana estou sem pirômetro, mas fiz umas medições com termômetro de espeto bem encostado na parede da parte superior da Moka, e deu uma temperatura média na parede e fundo de menos de 80ºC, quando o café começou a sair estava bem mais quente (+-85ºC), então não estou vendo, o que se costuma dizer, como o café queimar qdo chega na câmara superior.

Digo isto porque colocar água fria em cima vai diluir o café, o que em princípio eu não desejo, pois costumo medir o TDS das extrações. Talvez pôr a parte superior na geladeira ou freezer por uns minutos tivesse efeito resfriador semelhante, vou testar isto tb semana que vem.

A minha Bialetti tem capacidade de 3 xícaras: 140ml, menos uns 20ml que sobra na câmara de pressão, o que dá 120ml na xícara; com 6 g de pó dá uma BR efetiva de 5%, ou seja 6/120 que é a quantidade real de água usada na extração. Uso a boca menor do fogão com fogo no mínimo, as chamas não passam da base onde está o cabo (recomendação de fábrica, minha namorada já se queimou feio ao pegar o cabo quase derretendo embaixo), e na zona do bico passa pouca chama, talvez por isto não esquente tanto assim a parte superior. Na minha demora em torno de 3 min para começar a sair o café, e a extração dura em média 50seg até eu desligar. Assim que começa a borbulhar (espumar, e fazer aquele barulhinho) eu conto 5 seg, desligo o fogo e passo o café para uma pitcher onde faço resfriamento e aeração (isto reduz o amargor) com outra pitcher, até chegar na temperatura que gosto de começar a tomar (+-55ºC).

Já experimentei desligar o fogo quando o café começa a sair, ou assim que começa o barulhinho, mas daí sobra mais água embaixo, o que atrapalha minhas medições, e não senti diferença perceptível de sabor (no sentido de queimar o café) esperando os tais 5 seg.

Semana que vem vou comprar uma daquelas chapinhas redondas de amianto (acho) para usar no fogão, pois ela não deixa passar chama além da base da cafeteira, o que deverá, acredito, eliminar eventual problema de sobreaquecimento da câmara superior. Água fervendo não queima café (lembrem-se que ele sai do torrador a mais de 200ºC, geralmente), se a temperatura do metal da câmara superior estiver até este limite, ou um pouco acima da temperatura do café subindo, creio que não haverá problemas de "queimar" o café.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
thiagovcosta    42
4 horas atrás, Lisboa Santos disse:

Ainda estou fazendo vários experimentos com a Moka, esta semana estou sem pirômetro, mas fiz umas medições com termômetro de espeto bem encostado na parede da parte superior da Moka, e deu uma temperatura média na parede e fundo de menos de 80ºC, quando o café começou a sair estava bem mais quente (+-85ºC), então não estou vendo, o que se costuma dizer, como o café queimar qdo chega na câmara superior.

Digo isto porque colocar água fria em cima vai diluir o café, o que em princípio eu não desejo, pois costumo medir o TDS das extrações. Talvez pôr a parte superior na geladeira ou freezer por uns minutos tivesse efeito resfriador semelhante, vou testar isto tb semana que vem.

A minha Bialetti tem capacidade de 3 xícaras: 140ml, menos uns 20ml que sobra na câmara de pressão, o que dá 120ml na xícara; com 6 g de pó dá uma BR efetiva de 5%, ou seja 6/120 que é a quantidade real de água usada na extração. Uso a boca menor do fogão com fogo no mínimo, as chamas não passam da base onde está o cabo (recomendação de fábrica, minha namorada já se queimou feio ao pegar o cabo quase derretendo embaixo), e na zona do bico passa pouca chama, talvez por isto não esquente tanto assim a parte superior. Na minha demora em torno de 3 min para começar a sair o café, e a extração dura em média 50seg até eu desligar. Assim que começa a borbulhar (espumar, e fazer aquele barulhinho) eu conto 5 seg, desligo o fogo e passo o café para uma pitcher onde faço resfriamento e aeração (isto reduz o amargor) com outra pitcher, até chegar na temperatura que gosto de começar a tomar (+-55ºC).

Já experimentei desligar o fogo quando o café começa a sair, ou assim que começa o barulhinho, mas daí sobra mais água embaixo, o que atrapalha minhas medições, e não senti diferença perceptível de sabor (no sentido de queimar o café) esperando os tais 5 seg.

Semana que vem vou comprar uma daquelas chapinhas redondas de amianto (acho) para usar no fogão, pois ela não deixa passar chama além da base da cafeteira, o que deverá, acredito, eliminar eventual problema de sobreaquecimento da câmara superior. Água fervendo não queima café (lembrem-se que ele sai do torrador a mais de 200ºC, geralmente), se a temperatura do metal da câmara superior estiver até este limite, ou um pouco acima da temperatura do café subindo, creio que não haverá problemas de "queimar" o café.

Lisboa, poderia por gentileza explicar melhor como fazer essa aeração? É só passar para o Pitcher e aguardar um tempinho (igual aerar vinho)?

Interessante, irei deixar de pôr a água na parte superior, realmente dilui um pouco o café ficando mais "fraco".

Última pergunta, você partiu de água fria ou esquentou antes?

 

Obrigado pelo relato!

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

Tenho uma moka de 3 xícaras e uma de 6; eu faço com o café moído no Hario Mini (9 cliques). Boto ou a quantidade certinha do filtro de cada moka ou um pouco abaixo, nivelo e tiro o pó dos cantos.

O nível de água da caldeira fica logo abaixo da válvula, e um fundinho (cubro o fundo) de água também na parte de cima. Ah, uso sempre água filtrada fria, quando fiz com água quente não ficou legal.

O fogo eu ligo bem baixinho, bem baixinho mesmo; aí é esperar, deve dar uns 10 minutos, começa a vir o café. Espero ficar amarelado, desligo, ainda vem um pouco de café. Na verdade na Moka de 3 isso funciona tranquilo, na de 6 eu meio que já saquei o ponto da altura da água que funciona bem pra apagar o fogo; se uso o mesmo critério da de 3, acho que por já estar mais quente continua subindo e pode dar uma queimada. Antes eu interrompia a extração com água fria, mas percebi que o gosto não mudava muito. então é só saber a altura da água / estágio da extração adequado para cada moka para desligar, que dá tudo certo. Sai um pouco mais de café e o gosto não se altera.

No fim, uma colherzinha para dar duas mexidas no café dentro da moka, e está pronto. Desde que adotei esse procedimento, nunca queimei o café ou ficou amargo (claro, dentro das características de cada grão), vejo que alguns no fórum consideram a moka um método com pouca consistência, mas minha experiência é exatamente o contrário...

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,209
Em 18/08/2017 at 20:36, thiagovcosta disse:

Lisboa, poderia por gentileza explicar melhor como fazer essa aeração? É só passar para o Pitcher e aguardar um tempinho (igual aerar vinho)?

Interessante, irei deixar de pôr a água na parte superior, realmente dilui um pouco o café ficando mais "fraco".

Última pergunta, você partiu de água fria ou esquentou antes?

A aeração: eu passo para uma pitcher e jogo de uma boa altura para outra pitcher, igual vinho num certo sentido, jogo de uma pitcher para outra 3 ou 4 vezes, ida e volta, com isso já chega na temperatura que gosto de tomar, não precisa esperar.

Adicionar água depois deixa ele mais fraco de uma maneira diferente do que extrair menos, mas é um opção tb desde que vc padronize um jeito de fazer.

Parto sempre da água em temperatura ambiente, ultimamente em torno de 19ºC-20ºC. Já fiz experiências com água quente e fervendo tb, não notei diferença de sabor, e como no meu caso demora só 3min pra começar a subir, eu tenho usado água fria mesmo, pois assim tenho menos trabalho e um tempo mais ou menos certo para observar quando o café começa a subir. Na verdade, quando ouço o borbulhar, conto os 5 seg, desligo e passo para pitcher.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Freedom Force    144

@Lisboa Santos

Você mói o mais fino possível pra Moka também?

Fiz agora 170ml na câmara, 10g de café entre filtro e espresso. Deu 120ml de café e ficou 50ml na câmara.

O sabor ficou adequado até, mas um amargor no fim que não curti muito. Acho também que prefiro BR mais baixa.

Na próxima quero tentar menos café moído mais fino.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,209

@Freedom Force

Ao contrário do que costumo fazer em qualquer método, em que môo o mais fino possível no meu MD-40 (que é 90, ou 0 menos 1, o que dá uma granulometria inferior a 350µm, entre espresso e turco), na moka por precaução tenho moído no 80 (0 menos 10), o que deve dar inferior a 400-450µm (mais próxima de espresso), já fiz testes tb com moagem no 90. Na minha namorada, também por precaução, deixei o Encore dela no 8 (mas já testei tb no 0 ou 2).

Conforme eu havia anunciado, fiz dois testes rápidos em cada uma das situações abaixo, os resultados foram similares, o objetivo era saber se o café pode "queimar" quando começa a verter pelo funil.

Teste 1 - moka (sem marca) da minha namorada, 6 xícaras (acho), capacidade máxima da caldeira 250ml, resíduo na caldeira 25ml, temperatura inicial (água e ambiente) 19ºC, tempo para começar a verter não marcado, boca menor do fogão dela  no mínimo (não ultrapassa a base da cafeteira):
Temperatura média da base da parte superior quando o café começou a verter: 62ºC
Temperatura do café assim que a base cobriu por completo (lâmina de uns 2mm de café): 73ºC

Teste 2 - minha moka Bialetti, 3 xícaras, capacidade máxima da caldeira 140ml, resíduo na caldeira 18ml, temperatura inicial (água e ambiente) 24ºC, tempo para começar a verter 3:35min, boca menor do meu fogão no mínimo (na parte do cabo não ultrapassa a base, mas na área oposta do bico ultrapassa um pouco a base):
Temperatura média da base da parte superior quando o café começou a verter: 50ºC
Temperatura do café assim que a base cobriu por completo (lâmina de uns 2mm de café): 82ºC

Teste 3 - minha moka Bialetti, 3 xícaras, capacidade máxima da caldeira 140ml, resíduo na caldeira 18ml, temperatura inicial (água e ambiente) 24ºC, tempo para começar a verter 5:15min, boca maior do meu fogão no máximo, cafeteira sobre uma chapa de ferro destas de grelhar pré aquecida a 180ºC:
Temperatura média da base da parte superior quando o café começou a verter: 65ºC
Temperatura do café assim que a base cobriu por completo (lâmina de uns 2mm de café): 91ºC

Não testei, ainda, colocando água preaquecida, o que deve agilizar o tempo total de preparação; no Caso 3 posso pôr a chapa pra aquecer enquanto fervo a água na Bonavita elétrica.

Mas as conclusões preliminares são de que, nas condições acima de fogo bem baixo (que não ultrapasse ou ultrapasse pouco a base da cafeteira) ou da cafeteira sobre uma chapa de ferro, não há qualquer risco de o café "queimar", já que a temperatura da cafeteira é de pelo menos uns 10ºC menor que a do café quando começa a verter.

Achei interessante o Teste 3, pois, apesar de ter demorado bem mais (confesso que fiquei apreensivo com a demora :unsure::P), o café aparentemente começou a sair bem mais quente (muito provavelmente é só a diferença da cafeteira mais quente, em relação ao Teste 2) e (por isso mesmo, acredito) ficou melhor extraído e mais saboroso, isto é: mais doce e, em consequência, menos amarguinho ainda que nos Testes 1 e 2 já que o café usado não foi dos excelentes, com a BR bem baixa que faço (+- 5%) já fica quase sem amargor mesmo com um café 83-84 pontos, com torra clara média, quase média.

Obviamente, nas próximas semanas continuarei os testes, pois duas amostras de cada caso não é o suficiente para se chegar a uma conclusão mais consistente, mas serviu para confirmar a hipótese de o café não queimar com fogo relativamente baixo (leia-se, que não ultrapasse, ou quase não ultrapasse, a base da cafeteira, como recomenda o fabricante).

ATENÇÃO: Como envolve moagem fina, relembro minha mensagem de advertência, feita em um tópico de 2014 do Igor: "Minha Extração Fracassada - A moka explosiva".

.

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,209

Vídeo com o famoso barista italliano Dritan Alsela fazendo café numa moka (Bialetti, claro). Fica comprovado que com fogo baixo (que não ultrapasse a base da cafeteira), não precisa de água fria na parte superior, e ele tira do fogo uns 5 seg depois que começou a espumar; faço isso mais exatamente quando ouço o borbulhar, para que sobre sempre a mesma quantidade de água na caldeira, já que geralmente meço minhas extrações.

Notem que a granulometria não é nem grossa nem fina e que, no caso, pois quer um café bem intenso, ele enche totalmente o funil mas sem compactar.

Em outro vídeo fazendo capuccini, ele usa uma FP como cremeira, e diz que a granulometria não pode ser "muito" fina, e tb que o fogo não pode ser alto. Como bônus, no vídeo, uma aulinha básica de latte art.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUANSOFISTE    0

Na minha moka mesmo usando moagem um pouco mais grossa sobe pó de café. Ai fica com aquele gosto ruim do pó na boca.

Sempre fica um tanto bom de água na parte de baixo que não sobe de jeito nenhum.

A minha é aquelas sem marca de 30 reais, será que é por isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

Deve ser, @LUANSOFISTE . Na minha Bialetti isso nunca aconteceu, e tenho várias. E por muito tempo usei na barbeiragem, pó de supermercado etc., meio errado, mas esse problema não tive.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Seu Zé    175
2 horas atrás, LUANSOFISTE disse:

Na minha moka mesmo usando moagem um pouco mais grossa sobe pó de café. Ai fica com aquele gosto ruim do pó na boca.

Sempre fica um tanto bom de água na parte de baixo que não sobe de jeito nenhum.

A minha é aquelas sem marca de 30 reais, será que é por isso?

Olha, não sei se é isso com a sua, mas eu tive duas "genéricas" e havia desistido do método, depois que comprei a Bialetti a qualidade mudou completamente.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jonas Felipe    77

atualização do meu caso com a moka:

mesmo com os últimos ajustes (o principal: peneirar), eu estava convencido de que deveria vender minha Bialetti Induction, o sabor não estava 100% dentro do que eu esperava... havia me convencido de que sou da turma dos coados...

pois bem, agora a noite fui tirar fotos da cafeteira pra anunciar aqui e resolvi tentar um último cafezinho... mexi em todas as variáveis ao mesmo tempo, moí ainda mais fino, 130ºC no fogão, tirei do aquecimento quando o líquido estava na metade... e... acabo de tomar o melhor “espresso” da minha vida, sem dúvida alguma.

o fogão de indução tem uma particularidade, chegando na temperatura ele fica ligando e desligando... se a temperatura é setada pra 100ºC ou menos a água fica indo e voltando do reservatório e estraga o café, se fica muito alta acaba funcionando pior do que no fogo, aquece muito rápido e a água passa rasgando o café... na moagem fina a 130ºC o café escorre bem lentamente, tipo um óleo... e o café sai muito cremoso, bem “gorduroso”, de um jeito que eu nunca havia tomado. a espuma ficou bem consistente também.

o estranho é que não usei grão muito especial, estava com dó dos grãos melhores e usei um octavio do pacote laranja (comum, vende em supermercado), que já estava aberto aqui faz quase um mês.

não é um café que vou tomar diariamente, o V60 ainda domina minha rotina, mas ganhei muito carinho pela moka, final de semana é com ela agora e experimentos de capuccino, lattes, etc.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

O gol saiu aos 45 do segu do tempo hein @Jonas Felipe ! Para mim, moagem mais fina pra moka faz toda a diferença, fica bem mais saboroso, o que me indica que está ficando bom é o café passand devagar, com um fio fininho, faz até uma curva.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jonas Felipe    77

exatamente isso@JoaoW, fio fininho...

não acreditei que daria pra fazer um café dessa qualidade em casa... agora começou a fazer sentido a popularidade europeia da cafeteira.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

E @Jonas Felipe, curiosamente os italianos fazem beeem diferente o modo de preparo da moka. Morei lá uns anos então conheci ela lá com eles. Eles já compram o café moído "para moka" (marcas Illy, Lavazza, etc), e na época eu não manjava disso, mas deve ser uma moagem média fina mesmo, porque lembro que saía bem fininho quando eu fazia. Botam fogo baixo, mas não tiram do fogo quando começa a vir mais espuma não! Deixam ir até o fim até fazer aquele crrrrrr... Sai um café meio queimado mesmo rs... E todos, TODOS os italianos que eu vi até hoje botam açúcar. E ai de se falar de lavar a cafeteira. A gente lê por aí que os italianos falam que só deve lavar a moka sem detergente, mas o que observei nas casas deles é que não lavavam coisa alguma, as mokas ficavam todas pretas com uma crosta maluca por dentro, negócio bizarro. E juravam de pé junto que assim que era o bom. Curioso, não? 

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jonas Felipe    77

eita... aí já passa da questão café e vai pra questão higiene... rs...

 

sobre comprar já moído, pra quem tem moedor manual a moka é torturante... no futuro ou eu faço isso ou compro um moedor elétrico.

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

É, tem isso, comprei um Handground de segunda mão basicamente por causa da moka. Ainda assim, é um trabalhinho, mas achei bem mais confortável que o Hario Slim.

No Hario Slim fazer uns 14-15g pra moka de 3 xícaras (150 ml) até vai; quando é a moka de 6, moer 24 vira um saco rs

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa moagem fina seria a mesma para espresso ou mais grossa? Peguei uma moka pequeninha com minha mãe e vou fazer uns testes?

Enviado de meu SM-G800H usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

Acho que é um pouco, pouquinho mais grossa que espresso. Mas nunca fiz espresso, então não sei certinho rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jonas Felipe    77

@EduardoAlemao eu moí no terceiro click do porlex, é fino mas não chega a ter textura de talco...


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Valeu. E sabe o que pessoal usa no porlex para espresso? Ai já começo testando com moagem fina.

Enviado de meu SM-G800H usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jonas Felipe    77

@EduardoAlemao pra espresso deve ser no 0 ou 1 e ainda assim não deve sair fino o suficiente... o pessoal daqui sempre reclama de moedores manuais para espresso...


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite! Eu li muitas coisas aqui no fórum e somente agora resolvi me cadastrar.

Quero começar a entrar nesse mundo, gosto muito de café mas até hoje fiquei muito no café coado no filtro Melita mesmo e apesar de já ter experimentado um café especial Melita que saiu um tempo atrás (era do sul de.minas) eu adorava aquele café, aqui na minha cidade (Joinville) é meio difícil encontrar então estou cogitando a fazer uma daquelas assinaturas que descobri por aqui mesmo.

Bom, mas sobre o tópico, vocês já viram a cafeteira italiana elétrica da Cadence?

Minha mãe tem uma, eu gosto do café que ela faz apesar de não sentir muita diferença.

Eu faço uma garrafa de café de 1L e levo para o trabalho todos os dias. Então procuro algo que tenha uma boa capacidade, já usei essas italianas Xing ling e agora que descobri q fiz muitas coisa errada...

Bom, queria mais era tirar a dúvida a respeito da cafeteira italiana elétrica mesmo.

Enviado de meu Redmi 4X usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    206

E aí pessoal, minha mãe tem um daqueles fogões que o fogo não fica baixo de jeito maneira, então é ruim para a moka.

Queria comprar pra ela uma daquelas plaquinhas mencionadas volta e meia no fórum para distribuir calor. Sei qual é a ideia mas não tenho uma referência visual (= não sei como é o negócio!), então não sei como buscar isso em lojas, que nome tem, etc.

Alguém tem alguma imagem na net de exemplo para eu me orientar? Valeu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael Wagner    167
E aí pessoal, minha mãe tem um daqueles fogões que o fogo não fica baixo de jeito maneira, então é ruim para a moka.
Queria comprar pra ela uma daquelas plaquinhas mencionadas volta e meia no fórum para distribuir calor. Sei qual é a ideia mas não tenho uma referência visual (= não sei como é o negócio!), então não sei como buscar isso em lojas, que nome tem, etc.
Alguém tem alguma imagem na net de exemplo para eu me orientar? Valeu.
Seria tipo chapa de ferro para grelhar?

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-724253750-chapa-bifeira-ou-bifeteira-em-ferro-fundido-na-cor-preta-_JM

Enviado de meu SM-G955F usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×