Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Murilo Lins

Clube das Máquinas ECM - Problemas, Dúvidas, Novidades e Soluções

Recommended Posts

Murilo Lins    730

Pessoal,

Na ausência de um espaço mais apropriado no fórum para discussões, dúvidas e troca de experiências entre os proprietários e futuros proprietários de máquinas ECM, bem como para os interessados por máquinas de café expresso em geral, achei por bem abri este tópico, tendo em vista o crescimento gradual desta conceituada marca em nosso país.

Ontem resolvi fazer a ligação de minha Technika IV Profi WT-WC diretamente na rede hidráulica, objetivando uma melhora operacional no uso do equipamento com o ganho da pré-infusão, a redução do uso de água mineral, tendo em vista a necessidade constante de flashes quando a máquina passa um bom tempo ociosa para um melhor controle da temperatura e deixar de ter a necessidade de enchimento periódico do seu reservatório de água.

Quando da execução da ligação direta de água, uma vez que a cozinha do meu apartamento não foi preparada adequadamente para receber uma máquina de café, tive algumas dificuldades e surpresas durante a instalação.

A primeira dificuldade foi estética, uma vez que há cerca de um ano e meio fiz uma reforma no apartamento e não queria mais fazer nenhuma quebradeira nele neste momento, então tive que abri mão da beleza arquitetônica deixando filtro, válvula redutora de pressão e cabo flexível para condução da água à mostra. A esposa não gostou nenhum pouco, mas acabou cedendo aos meus apelos.

A segunda foi relativa a escolha do filtro e essa foi a menos complicada ficando minha opção pelo filtro 3M Aqualar AP200 (http://solutions.3m.com.br/wps/portal/3M/pt_BR/Aqualar/Home/ProdAqualar/FiltrosAqua/Ap200/).

A terceira foi relativa ao controle da pressão da água que seria enviada para a máquina, tendo em vista que meu apartamento encontra-se no 9° andar de um prédio de 14 andares, sendo o último uma cobertura equivalente a dois andares, e o fabricante exige uma fonte de água com a pressão oscilando entre 0 e 1,5 bar.

Como tive dificuldade com mão de obra qualificada e não queria correr o risco de comprometer o equipamento, optei por adicionar na ligação direta a instalação de uma válvula redutora de pressão (http://www.asolar.com.br/detalhe-produto.php?id=76), comprometendo ainda mais a questão estética. A válvula por ser bastante pesada vai requerer o uso de uma presilha para segurar o conjunto filtro / válvula que deverei instalar na próxima semana. Por enquanto estou utilizando um calço provisoriamente.

Concluída a instalação e ajustada a máquina para uso com ligação direta na rede hidráulica, a pressão da caldeira ao ser ligada oscilou entre 1,0 e 1,5 bar, como exigida no manual e estabilizou-se em torno de 1,25 bar.

No entanto, para minha surpresa de leigo na tecnologia aplicada às máquinas de café, observei que o manômetro que mede a pressão da bomba apresentou a indicação de 1,0 bar quando a máquina está desligada ou ociosa, antes era zero, e indicou 10,0 bar de pressão durante a extração do café, anteriormente apresentava 9,4 bar. Como ultimamente não vinha observando as indicações do manômetro da bomba, não sei dizer ao certo se este comportamento passou a ocorrer antes ou depois da instalação na rede hídrica.

Como não sou grande conhecedor sobre o funcionamento de máquinas de café expresso em geral e, particularmente, das máquinas ECM, achei que este ganho inicial poderia ser por conta do ganho da pré-infusão, mas ao mesmo tempo a fase de infusão subiu de 9,4 para 10,0 bar o que, creio, não seria normal.

Desta forma, peço ajuda com relação a este pequeno ajuste que fiz na máquina no sentido de saber se é normal este comportamento, se pode ter havido algum erro na instalação hidráulica, apesar de ter seguido todas as instruções contidas no manual do fabricante, ou se após a instalação hidráulica seria necessário efetuar um ajuste na pressão da bomba manualmente trazendo-a para próximo de 9,0 bar, uma vez ser normal este incremento de pressão por conta da ligação direta, tendo em vista que as máquinas ECM permitem esta intervenção manual do usuário na regulagem da pressão da bomba.

Agradeço desde já a colaboração de todos,

Murilo

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Roberto Buril    134

Grande Murilo, e a pergunta mais importante: como está o café após liga-la na rede? Notou alguma diferença? Para melhor ou pior? Não li nada sobre isso das pressões mudarem após ligar a máquina... 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
paulohvs    243

Aparentemente a pressão da rede hídrica se soma com a da bomba, apesar de eu achar estranha essa marcação mesmo com a bomba ociosa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Pois é Roberto, a princípio não notei grandes diferenças na extração do café, a não ser a provocada pelo aumento da pressão na bomba.

 

Como de uns dias para cá vinha notando as extrações ocorrendo de forma mais rápida, por mais que afinasse a moagem do café, fiquei na dúvida se este aumento da pressão tenha ocorrido antes da instalação hidráulica e este fato é que estava provocando a redução no tempo de extração ou se ocorreu por conta da ligação direta na rede hídrica.

 

Então, em relação as últimas duas semanas de extração não percebi nenhuma grande mudança na qualidade do café extraído, salvo pela economia de água mineral e a comodidade de não mais precisar encher o reservatório de água.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,751

Quando liguei minha Fiamma ,que tinha bomba rotativa, na rede hídrica ela mostrava a pressão da rede ligada, já a pressão de saída você regula normalmente nos 9 bar, é independente da pressão de entrada pois a bomba vai proporcionar os 9 bar da bomba para a frente.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Gilberto também imaginava assim. Ocorre que a pressão da bomba sempre informava 0 bar quando ociosa agora apresenta a pressão entre 0,9 e 1 bar e na hora da extração saltou de 9,4 bar para 10 bar, sem que tenha mexido na regulagem da pressão. Isso é que me parece estranho. Poderia ser algum defeito da bomba?

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Murilo eu acho que vc não entendeu o que o Gil disse , antes da instalação na rede hídrica a pressão era zero pois esse é a pressão do tanque.

Depois da instalação na rede a pressão deverá ser a mesma que o manômetro da redutora que vc comprou indica , não tem como dar zero pois a pressão agora é a da coluna dagua regulada pela valvula nova.

 

Se antes era zero a bomba somava 9 e a extração ocorria a 9

Agora a pressão é 1 a bomba soma 9 e a extração ocorre a 10.

 

Para ser 9 só se sua bomba fosse vibratório como nos outros modelos Technika ou na Classika , pois nesse caso a pressão não importa o valor na entrada será limitado pelo valor setado na OPV.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,751

Vamos lá, o nove não deveria ter passado para o 10 no meu entender, talvez já tivesses acontecido antes de você mudar a rede como você suspeitava, não sei se alguma sugeria no trajeto da água no grupo poderia causar isto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Apesar de não ter uma HX , eu acho que não tem nada errado , vc vai ter que setar a bomba para o valor que vc quer , já que vc aumentou a pressão na entrada da bomba.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Carlos e Gil, desculpem a ignorância, mas eu achava que a pressão da bomba não tinha nada a ver com a da caldeira.

 

Vejam meu exemplo, quando recebi a máquina que veio com a pressão setada de fábrica em 9,4 bar e utilizei até hoje o reservatório para abastecimento da máquina. Sempre que a ligava o manômetro da caldeira invariavelmente atingia e permanecia em 1,25 bar, enquanto o manômetro da bomba permanecia em 0 bar.

 

Ao extrair o café o manômetro da bomba atingia a marca de aproximadamente 9,4 bar e ao final da extração zerava novamente.

 

Agora, mesmo a máquina desligada o manômetro da bomba indica 1 bar e o manômetro da cadeira 0 bar. Ao ligar a máquina o manômetro da caldeira oscila entre 1 e 1,5 bar até estabilizar em aproximadamente 1,25 bar, enquanto o manômetro da bomba permanece em 1,0 bar. Ao extrair o café o manômetro da bomba que antes extraía em 9,4 bar indica agora 10,0 bar.

 

Esta mudança é que não entendo se é normal, se foi provocada pela instalação hidráulica ou se mudou espontaneamente por falha da bomba ou alguma outra variável que esteja interferindo no processo.

 

Caso seja normal, seria correto eu mexer na regulagem de pressão da bomba para retornar a próximo de 9,0 bar durante as extrações?


Vamos lá, o nove não deveria ter passado para o 10 no meu entender, talvez já tivesses acontecido antes de você mudar a rede como você suspeitava, não sei se alguma sugeria no trajeto da água no grupo poderia causar isto.

 

Esta suspeita pode ser plausível pois tem mais de dois meses que não faço a limpeza do grupo. Iria fazer na próxima semana pois estou aguardando uma ferramenta que comprei e espero me auxiliar na limpeza e manutenção da máquina como um todo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,751

Murilo, eu só acho, também tenho dúvida. É que quando restaurei a Fiamma o teste foi feito com a agua ligada a rede da rua e ficava 3 Bar , regulei a extração em 9 Bar, quando mudei a maquina para a rede da casa vindo da caixa a pressão ficava próxima a zero mas na extração continuava a 9 Bar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Na minha opinião esta tudo normal , só falta regular a bomba para o valor que vc quer .

 

Na dúvida passa uma nsg para o Alexandre

 

Agora eu não entendi essa ferramenta para limpar o grupo , seu grupo é igual ao meu , vc so precisa de uma escovinha curva e uma colher de café caso queira retirar a borracha com o chuveiro para uma limpeza.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Na minha opinião esta tudo normal , só falta regular a bomba para o valor que vc quer .

 

Na dúvida passa uma nsg para o Alexandre

 

Agora eu não entendi essa ferramenta para limpar o grupo , seu grupo é igual ao meu , vc so precisa de uma escovinha curva e uma colher de café caso queira retirar a borracha com o chuveiro para uma limpeza.

 

 

Carlos  a ferramenta não é específica para limpar o grupo, mas tem múltiplas funções. Como pretendo lubrificar o tubo vapor e o dispensador de água achei que talvez ajudasse. Mas não é nada em especial não e, de fato, não interfere em absolutamente nada na limpeza do grupo da máquina.

 

Quanto a normalidade da máquina pode até ser que esteja tudo normal mesmo. Mas confesso que se a instalação direta na rede hidráulica causasse este tipo de interferência na pressão da bomba, seria razoável que o manual da máquina fizesse alguma menção.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

É para isso que serve a garantia do Alexandre , passa uma msg e tira a sua dúvida e a nossa .

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Farei isso, achei até que ele pudesse aparecer por aqui.

 

Mas, antes, no decorrer da semana, inverterei a ligação direta para o abastecimento através do reservatório de água para verificar se a pressão da bomba volta a zero e aí já confirmaria se esse comportamento é anterior ou não a ligação hidráulica e, em seguida reportarei a Alexandre a situação encontrada tentando uma explicação para o caso.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
seiti    327

Não consegui entender como poderia ser possível somar a pressão da rede à pressão de saída para o grupo...

 

Será que não houve alteração na regulagem da OPV durante a conversão para água de rede?

 

Vídeo descrevendo uma bomba de rotação:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Legal esse video , a maquina do Murilo não tem OPV , ela tem uma bomba como essa com uma valvula que liga aspiração com descarga , se a pressão de aspiração aumentar a da descarga vai aumentar na mesma proporção .

Diferente das bombas vibratórias com opv que sempre tem pressão de aspiração próximo de zero .

 

Por isso eu acho ( não tenho HX) que após ligar na rede hídrica ele precisa ajustar a pressão da bomba para a nova situação de pressao na aspiração .

Share this post


Link to post
Share on other sites
RogerioD    1,792

Eu tbm acho que a pressão da rede não deveria interferir na da bomba, ou seja, nada de somar, pensava que o trabalho de estabelecer a pressão setada seria exclusivamente da bomba e a pressão da rede seria apenas para a pré-infusão, a manivela que aciona o grupo tem o estado off, metade acionada e acionada, no meu entender essa pressão da rede só seria liberada com ela metade acionada, mas também não posso dizer com certeza já que a minha ainda não liguei na rede.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,558

Essas bombas rotativas tem uma válvula de ajuste na saída em que se regula a pressão. Não acho que haja a soma pelo modo de funcionamento desse tipo de bomba. Mas é palpite, não tenho certeza.

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Eu não tenho HX , mas lembrei da onde eu tirei isso , foi no melhor manual que eu achei na web no passado , nesse manual da Alex Duetto 3 na pagina 17 ele deixa claro que uma vez instalando na rede hídrica precisa ajustar a pressão

 

http://www.clivecoffee.com/assets/Alex_Duetto_3_Manual.pdf

 

No HB um cara que ia ligar na rede hídrica faz essa pergunta para uma Alex Duetto e a resposta é que para esse modelo a pressão de saída depende da pressão na entrada , mas que tem bombas com a saida estavel (independe da pressão de entrada) ou seja ficamos na mesma  :)

 

Murilo tem que ver com o Alexandre se a sua bomba é de qual tipo , a do video do seiti depende da pressão da entrada , mas existem modelos em que a pressão da entrada não afeta. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Carlos, acabei fazer uma verificação rápida no manual da Alex Duetto e, realmente, parece-me que você tem razão mesmo. O comportamento descrito no manual quando de uma ligação direta à rede hídrica está se mostrando idêntico ao comportamento da minha máquina após a instalação efetuada.

 

De qualquer modo, tentarei hoje ou amanhã alterar o abastecimento de água de volta para o reservatório e observarei como a bomba se comportará. Caso a pressão com a máquina ociosa retorne a zero ficará comprovado que a pressão de linha da rede interfere na pressão da bomba e aí só teria que ajustá-la reduzindo manualmente até que a pressão de extração fique próximo de 9,0 bar e o problema estaria resolvido.  Neste caso, e em se confirmando esta situação, o manômetro da bomba apresentará sempre a pressão da rede hídrica quando a máquina estiver desligada ou ociosa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,558

Perfeito, CaE. O único porém é que o fato de ser HX não tem nada a ver com o tipo de bomba. Tendo bomba rotativa geralmente é possível ligar na rede hídrica, sendo DB ou HX, tanto faz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,115

Eu não fui claro , eu estava me referindo ao que o cara do HB falou sobre como as bombas rotativas funcionam. 

É claro que isso não tem nada a  haver se a cafeteira é HX , DB ou SBDU.  :)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Roberto Buril    134

Bom embora eu não tenha a máquina em questão, nem tenha nenhuma semelhante a ela. Eu tinha lido que a máquina ociosa quando ligada a rede o medidor da bomba mostraria a pressão da rede mesmo, como acontece com o Murilo. Entende-se isso pois essa pressão da rede fica diretamente ligada ao termosifão para fazer a preinfusão da máquina (que acontece sem a bomba estar ligada). A única coisa estranha é a bomba quando ligada dar uma pressão acima da que ele usava. Não sei se tem que regular ela novamente. O ideal seria a máquina regular isso automaticamente, pois a pressão da rede pode variar, principalmente em quem usa sistemas com bombas pressurizadoras (leia-se flojet...).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Primeira parte do mistério solucionado.

 

Não tive condições de inverter hoje a ligação direta na rede hídrica para o abastecimento através do reservatório de água, pois a máquina, além de pesada, o local onde ela está instalada tem pouco espaço para manuseio e a regulagem da pressão da bomba se dá na sua parte inferior. Assim preferi deixar para fazer esta inversão amanhã quando, possivelmente, será instalada a presilha de fixação do conjunto filtro / válvula e junto com o profissional que virá finalizar o serviço eu farei esta alteração.

 

Porém, em contato com o fabricante da válvula, pois estava com algumas dúvidas com relação a calibragem e estabilização de pressão da mesma, tive que fazer alguns testes e verifiquei atentamente que a cada ajuste no aumento ou redução da pressão máxima da válvula, o manômetro da bomba subia e descia na mesma proporção.

 

Ou seja, a partir da ligação direta da máquina na rede hídrica, o manômetro passa a exibir a pressão da rede quando a mesma estiver desligada ou ociosa, como descrito por Carlos Eduardo.

 

No entanto, aí vem outra surpresa, ao extrair o café hoje o manômetro desta vez marcou 9,0 bar, sem que nenhuma mudança tenha sido feita em sua regulagem. Desta forma, a instalação parece que produziu uma certa instabilidade na pressão de extração que pode está sendo normalizada gradativamente.

 

Assim, farei mais algumas extrações para observar se a pressão vai estabilizar em 9,0 bar ou vai continuar oscilando, o que levaria a uma necessidade de ajuste manual ou mesmo de reconhecer um defeito da bomba, o que não me parece ser o caso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,751

Hummmmmm, só se ficou ar no sistema. A Italian Coffee quando desmontei entrou ar no sistema, foi dificil regularizar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Creio que não Gilberto, porque em nenhum momento precisei desmontar a máquina.

 

Toda a regulagem de mudança do modo de abastecimento de água é efetuada externamente (parte frontal por trás da bandeja e parte inferior). A regulagem da bomba, que nunca foi efetuada por mim, também se dá na parte inferior. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,751

Entendi, mas pode ter ar na mangueira que por fim vai para a máquina, ou mesmo na tubulação de entrada da maquina que não estava em uso.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alexandre Velloso    2,764

Salve Murilo.

Não creio que seja relacionada à insalação.

Proponho que faças um teste. Feches o registro de entrada de água na parte inferior esquerda da máquina. Aciones a bomba por poucos segundos até esgotar a água do circuito. Observes se o ponteiro do manômetro voltará ao zero. Se não voltar e continuar marcando 1, então o problema será no manômetro, que poderá ter sido causado por algum movimento mais brusco ao manusear a máquina, descalibrando-o.

Note que o manômetro é um instrumento de medição de variação de pressão. Se não há variação, não há por quê variar. Simples assim.

Se constantemente volta para o mesmo ponto, no caso o 1, então está funcionando corretamente quando exitado, estando porém com o ponto de partida/repouso errado.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Grande Alexandre,

 

Já fiz alguns testes na máquina e com certeza o manômetro não está quebrado. O que aconteceu, e isto não fica claro no manual da máquina, é que ao efetuar a ligação direta o manômetro passa a indicar a pressão da rede quando a máquina está desligada ou ociosa.

 

Tive certeza disto ao mexer na regulagem da válvula redutora. Quando aumentei a pressão para 1,3 bar o manômetro da máquina passou a indicar também 1,3. Quando reduzir para 0,8 bar o manômetro acompanhou para 0,8 também. Quanto a pressão de extração é que está um pouco instável ainda, mas preciso observar um pouco melhor para ter certeza.

 

De qualquer forma, estou bem convencido, pelo comportamento da máquina demonstrado após a ligação direta, que a explicação que Carlos Eduardo deu está corretíssima e talvez haja a necessidade de fazer uma nova regulagem na pressão da bomba.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×