Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Guilherme Torres

TORRADOR DE PROVA - STC 2.0

Recommended Posts

MarcoC    125
Montei o módulo exaustor integrado. Já está tudo funcionando. Quando conseguir um tempinho, faço uma torra para testar.

436d346fe37fc09c17ef580008bdd88c.jpg

Olá Guilherme! Parabens pelo seu "update" no torrador! Onde ficara o exaustor integrado? Quando o vi no Jamboree, o exaustor era acoplado no lugar do funil.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Oi Marcos,
O exaustor entrou logo acima. Como é integrado, é um módulo com mesmas dimensões de largura e profundidade do torrador. Assim, parece ser uma coisa só. Ele ganhou 10cm a mais de altura quando entrou o exaustor integrado.

A diferença entre o integrado e o externo é que, no primeiro, a parte de ingresso de grãos é independente do funcionamento do exaustor (houve modificações em peças do torrador para permitir que o ar e os grãos passem por lugares distintos). Já no externo, depois de inserir os grãos, com o uso de um tubo aluminizado, o ar é puxado pelo buraco do funil.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
MarcoC    125
Oi Marcos,
O exaustor entrou logo acima. Como é integrado, é um módulo com mesmas dimensões de largura e profundidade do torrador. Assim, parece ser uma coisa só. Ele ganhou 10cm a mais de altura quando entrou o exaustor integrado.

A diferença entre o integrado e o externo é que, no primeiro, a parte de ingresso de grãos é independente do funcionamento do exaustor (houve modificações em peças do torrador para permitir que o ar e os grãos passem por lugares distintos). Já no externo, depois de inserir os grãos, com o uso de um tubo aluminizado, o ar é puxado pelo buraco do funil.

Ótimo! Foi um incremento importante! So olhando pela foto, nao percebi os 10 cm a mais. É engraçado, quando vi sua máquina ao vivo pensei, "pra ficar perfeita so faltava integrar o exaustor". Pois é, Bazinga!


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

De fato o exaustor é uma excelente adição ao torrador. A versatilidade da máquina e o resultado na xícara é excelente.

 

Quanto ao tambor, já testei todos. Na atual configuração (sem restritor e com corte retangular na chapa base) meu preferido é o de cobre maciço. Segundo lugar: alumínio duplo perfurado; 3° lugar duplo inox perfurado; 4° lugar single inox perfurado.

 

O único problema do de cobre é o preço. 4 vezes o custo do de inox e 3 vezes o custo do de alumínio. Talvez um maciço de alumínio seja uma boa pedida também. Na próxima leva testo.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aurélio Penna    366

Desculpe e a minha ignorância no assunto, mas o alumínio não tem aquela estória de ser prejudicial à saúde em termos de resíduos?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Tinha o mesmo receio. De qualquer forma, a escolha do material e do tipo de tambor (perfurado ou sólido) deve ser realizada pelo comprador no ato da encomenda.

 

Eis o texto da matéria

 

Sabe aquela panela de alumínio antiga, que você ganhou da sua avó? Pode usar sem medo: esse é mais um daqueles mitos sem pé nem cabeça. É verdade que as panelas de alumínio podem soltar partículas do metal, principalmente se forem de qualidade inferior. E é fato também que o acúmulo de alumínio (e outros metais) no organismo facilita o desenvolvimento de doenças degenerativas, como os males de Alzheimer e Parkinson. Mas a preocupação é desproposital. “Pesquisas provaram que a quantidade de alumínio liberada pelas panelas é muito pequena, incapaz de ter esse efeito devastador sobre a saúde”, afirma Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do Hospital do Coração e do Instituto Dante Pazzanese, de São Paulo. Segundo estudo feito pelo Instituto de Tecnologia de Alimentos, em Campinas, alimentos preparados em panelas de alumínio contribuem com apenas 2% do limite máximo de ingestão diária do metal (1 miligrama por quilo de massa corporal), dose mais do que segura, na avaliação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Voltei com o tambor duplo de inox. O tambor de cobre veio com uma pequena distorção, ocasionada pela solda, que estava me incomodando, uma vez que, ao girar, ele estava oscilando mais do que o previsto, o que tornou necessário um espaço maior do que o usual para que o tambor não ciscasse nas paredes que o limitam. Retirei ele, dei umas marteladas (com martelo de borracha) para tentar reduzir a distorção. Remontei com as aletas que fazem ele girar. Melhorou, mas não chega ao nível do serviço desempenhado pela fábrica que faz o torrador. Infelizmente, eles não trabalham com cobre. Apenas com aço e alumínio. Se alguém tiver uma empresa que trabalhe com cobre (corte a laser ou oxicorte) e produza cilindros retificados, ficaria grato pelo contato.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lourenço    37

Olá Guilherme, só hoje consegui ler todas as 7 páginas deste magnífico projeto.

Por favor passe por MP as características técnicas do torrador, bem como o valor final com todo upgrade.

Grato.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Esses últimos dias, chegaram peças novas para o STC. Redesenhei a lateral, já que tenho usado o STC sem o módulo restritor. Assim ganhei uma janela de limpeza muito melhor. Também inseri, no bichinho, um tambor sólido de inox, já que o de cobre, fabricado por outro fornecedor, não ficou 100%. Com o tambor sólido, fiz umas mini aletas, para maior agitação dos grãos em velocidades menores (a menor velocidade que utilizo é 60RPM).

Tanto o tambor perfurado, como o sólido, em uso junto ao exaustor, tem proporcionado cafés espetaculares. Mas o perfil de torra e o fluxo de ar em ambos é diferente. No sólido, por incrível que pareça, tenho obtido torras médias-claras excelentes e excepcionalmente bem desenvolvidas. No perfurado, as torras de RoR reta são bem mais fáceis de serem alcançadas e geridas. O perfil de sabor de ambas são diferentes, para um mesmo café e tenho obtido resultados muito, mas muito bons mesmo, tanto num tambor como no outro. Estou curtindo muito torrar no sólido, mas não sei se é porque é novidade, hehe.

Gostaria de um dia marcar com as pessoas que residem próximo (Brasília, Goiânia e arredores) para uma demonstração em um dos cafés daqui da cidade. Ainda tenho que encontrar um dono de coffee shop que se voluntarie para receber essa torra guiada.

 

Seguem fotos:

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,342

Gui, sampa apesar do que falam, é uma ótima cidade para visitas, não interessa fazer turismo por aqui? De repente vc traz um STC pra cá... rsrsrsrsrsrsrsrs, e aqui conheço vários donos de cafeteria que ficariam honrados de receber um evento desses rs

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Quem me dera Rodolfo. Mas infelizmente sair de Brasília em um futuro próximo é muito improvável rss.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
paulohvs    231

Ótima idéia a do evento. Não esqueça de me chamar. Kkkkk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    679

@Guilherme Torres estou na lista de interessados!!!

Enviado de meu MI 6 usando Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

O torrador está espetacular nos resultados. A vantagem do inox é que uma polidinha com massa n 2 a base d’água e ele fica novo de novo.


Meu lab de café:
724a756001b9ac53d7a2e396ef03fba3.jpg

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Semana passada o torrador do Burny veio a Brasília para upgrade de peças novas. Foram instalados o tambor maciço, a lateral nova e um novo motor, mais potente, silencioso e com vida útil muito maior em número de horas. Depois de uma primeira torra feita para teste da regulagem do tambor (em que verifiquei que o ajuste ainda não estava 100%), fiz mais uma, antes de mandar de volta para o dono de direito.

Aproveito para postar um link do video em que o exaustor externo (módulo novo) é demonstrado junto de uma torra do caconde.

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Ensaiando os passos para o STC-A, a ser produzido o protótipo ano que vem, hoje instalei uma fonte interna no STC 2. Com isso agora da para controlá-lo totalmente pela interface touch e ligando-o na tomada com apenas um cabo. Isso é para a portabilidade do STC-A, pensado em ser um torrador de prova para levar para todo lado com facilidade, em viagens pelas fazendas do Brasil.

 

Imagem conceitual STC-A

 

9ef53f0fa011b2b65b7cb725dfb836fb.jpg

 

 

485f22e4f511e5b1044485e605c55590.jpg

 

Guilherme.

 

 

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
rbata    310

Legal Guilherme. E a capacidade deste vai ser menor?

Sent from my ONEPLUS A3003 using Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

O tambor é menos comprido, porém com diâmetro maior. Deve ter a mesma capacidade, 400g verde.


Guilherme.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    693

Os antigos poderão ser adaptados???

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Se trata de outro modelo. Para os antigos há varias peças novas que valem muito a pena. Além disso tem o módulo exaustor, que eleva o torrador pra outro patamar.


Guilherme.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

O STC 2 não vai ser descontinuado. Como ele é modular, pode ser sempre aprimorado. Algumas alterações exigem mais peças, outras menos.
Enumerando temos:
1) nova base da câmara de torra;
2) tambor maciço de inox com mini atletas;
3) lateral nova com acesso melhor para limpeza da câmara de torra
4) retentor de cinzas (usado com o tambor sólido);
5) módulo exaustor;
6) módulo resfriador;
7 ) nova frente (futura peça)
8) novo teto (futura peça par com a nova frente);



Guilherme.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala Mestre Torres!!

O STC 3 vai ter preço especial de lançamento? Se tiver entro na fila!! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,203

Dessa vez não. Os STC 2 que saíram naquela promoção estilo kickstarter às avessas saíram praticamente a preço de custo. Muito trabalho montar, regular e testar. E ainda tem a questão de logística.

Share this post


Link to post
Share on other sites
paulohvs    231

Rapaz, quer dizer que o esquema para controle inteiramente pela interface touch agora já está pronto?

Tá chegando a hora de eu fazer um up de torrador ein. Precisando ir aí conhecer as novidades.:)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×