Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
José Kizner

Produtividade - Coffee Bike - Máquina expresso ideal

Recommended Posts

José Kizner    99

Pois é Ricardo, vou tentar conversar com ele por mp, pra ver se consigo algumas dicas em geral sobre o business haha

Valeu

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bernardo B    1,934

Coffee bike com espresso e coados na mão ... Não sei não, parece muita complicação. Se fizer questão de ter coado, com uma Bunn, Moccamaster ou similar seria mais prático e acredito que mais rentável.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Pois é, acho que de inicio vamos ficar no espresso mesmo..

Na verdade, a bike pode ser desacoplada do workspace, ou seja, é mais como um "stand" o projeto, com 1,20 por 65cm, um balcão mesmo. (Entra em qualquer lugar e ocupa muito pouco espaço)
 

A bike é uma beach cruiser restaurada, é bem legal, mas fica mais como opção decorativa. (Mas ela anda viu, o projeto todo é móvel haha)

 

Tenho acordo com a Universidade local + alguns empreendimentos de amigos + um ponto fixo para trabalho em uma empresa de co working, sendo o acordo em porcentagem de vendas, ou seja, sem aluguel, sem custos fixos

Temos marcadas também, para fevereiro, visitas a empresas, grandes fábricas, para divulgação do nosso café (degustação), ou seja, com 2kgs de café, investimento médio de R$ 100,00, podemos atingir uma grande massa.
 

Com essa mobilidade, podemos testar muita coisa, muita coisa mesmo.

Temos parceria também com blogueiras da região, que nas redes sociais, chegam a atingir + de 100 mil usuários, essa também, vai ser uma boa parte da divulgação, com baixo custo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Bernardo, agora falando da Bunn ou da Moccamaster, realmente, é algo bem prático, e como você disse, rentável, pela menor quantidade de pó utilizada em relação à agua..

 

Nunca tomei cafés especiais nessas máquinas, sai algo legal? Sendo exigente mesmo, comparando com outros métodos filtrados.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bruno Marinho    1,476

As cafeterias americanas tipo blue bottle, joe coffee além do pour over

individual (feito na hora para você) geralmente tem um pour over gigante

feito em bunns da vida. E geralmente tem muita saída pq americano é

apressado né. Confesso que nunca provei pois encaro café como um

momento, não como um combustivel. Mas acredito que não deva ser

tão ruim não tirando o gosto do copo :/

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Entendi.. Faz sentido

Você sabe algum copo, nesses estilo to go, que não deixe sabor residual?
 

Confesso que não noto esse impacto, vou prestar mais atençao nisso..

Tenho 10 ou 11 copos aqui nesse estilo, de fabricantes diferentes, mas crieo que sejam todos do mesmo material, com parede dupla e tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bernardo B    1,934

Coado de máquina já não é ruim, desde que utilizando a receita certa e que não deixe na térmica tempo demais.

Estas profissionais têm recursos mais avançados como regulagem de temperatura, agitação, preinfusão e dispersão dos chuveiros.

Scott Rao, acho que no Profesional Barista Handbook, dedica muito espaço a esta modalidade, e a SSCA homóloga algumas destas máquinas. Vários experientes colegas colegas elogiam muito alguns modelos. E pelo que entendi chegam a representar uma considerável parcela da receita em determinados estabelecimentos, às vezes ate a principal fonte de faturamento des que prepara uma boa quantidade de café, em pouco tempo e é só servir e cobrar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Valeu Benardo, abriu muito minha mente sobre este tipo de equipamento.
Com certeza vou dar uma pesquisada mais abrangente.

Inclusive, adquiri ontem o The Professional barista handbook do Scott Rao, devo iniciar a leitura na segunda.
Comecei meio que ao contrário, pelo Espresso Extraction: Measurement and Mastery, haha

Share this post


Link to post
Share on other sites
pauloruela    16

Achei a ideia muito bacana!

Na verdade eu tinha começado a pensar em algo assim,mas a falta de tempo acabou inviabilizando a ideia no inicio.

Nos mantenha informados!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Valeu pelo apoio Paulo!!

Sim, pode deixar..
Como eu havia comentado, estavamos esperando algumas peças que importamos, e chegaram ontem.

A partir de hoje, vamos iniciar o modo lab aqui haha

Com filtros e chuveiros de precisão, refratometro, porta-filtro naked e etc

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites
Daniel Silva    85

Parei de acompanhar o tópico por um tempo, já definiu qual máquina vai usar?

Já vi bike com NEMOX PUNTO e o moedor acho que era um BARATZA ENCORE.

Também já vi BIKE que utilizava só sache E.S.E (com máquina dedicada e não de uso doméstico), outra utilizava uma ESTRO PROFI (dessas que tem moedor e máquina acoplada, mas não é automática) creio que pelo preço e tamanho da máquina (pequena e leve).

 

Aqui no fórum o nível de conhecimento (e exigência) da galera é alto, por isso se pedir sugestões, vão sugerir sempre as melhores, mas não sei qual o orçamento atual.

Realmente alugar seria uma boa para testar o mercado antes de investir uma grana alta.

Mas essas 3 bikes que mencionei, com abordagens diferentes em como preparar o café, tinham bastante clientela (eram locais e talvez preços diferentes). Quer dizer, para o público-alvo, estava bom.

 Quem sabe não vale a pena testar o mercado com uma máquina mais barata que você poderá revender depois (ou uma alugada) e depois, já de posse dos dados que precisa para "fazer as contas", investir mais.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Daniel Silva    85

Falo isso porque já vi padaria que tem máquina ASTORIA cara e novinha, de encher os olhos :wub:  (o moedor não lembro qual era) mas usa um grão mais ou menos (provavelmente pelo custo) e não tem barista, só balconistas (minimamente) treinados. E não duvido que o café dessas bikes que mencionei seja igual ou (provavelmente) melhor do que o da "Astoria da padaria".

 

Então invista na melhor máquina e principalmente no melhor moedor que puder, mas se não for possível comprar aquela "Ferrari" top de linha, isso poderá ser facilmente compensado com bons grãos de torra recente e dedicação no preparo, aproveitando ao máximo os equipamentos que tiver, além claro, do bom atendimento ao cliente e preços na medida.

 

Se o nível de exigência do mercado fosse parecido com o daqui do fórum, o Starbucks já tinha falido faz tempo  :rolleyes:

Mas segue firme e forte agradando milhares de clientes com suas bebidas levemente açucaradas   ;)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Fala Daniel, na boa cara?

Então, desde a criação do tópico, muita coisa já rolou haha

Falo em termos de leitura, aprofundamento, networking..  Com a ajuda de todos aqui do fórum, algumas bibliografias gringas e visitas a dezenas de cafeterias.

Largamos a ideia de pegar uma máquina doméstica/de entrada, que não tem como proporcionar uma repetibilidade na escala que estamos pretendendo.

Visitamos algumas empresas que ofereciam máquinas comerciais para aluguel, entre as marcas, cotamos com a la marzocco, la spaziale, san remo, nuova simonelli, victoria arduino e astoria.

Estamos hoje com uma Astoria Pratic Avant 2 grupos (é uma HX com sistema de termossifão) e um moinho Ceado E37S (Mós planas novas, 83 mm), já com o sistema anti clumping e estática atualizado.

O moinho já está definido, será esse, mas a máquina, estamos em fase de testes.

Fizemos um scace caseiro, para check de temperatura nas extrações, tempo de recuperação entre os shots, vapor + grupo ligados, enfim, todos os tipos de testes possíveis para verificar se é possível ter uma temperatura estável durante as extrações, e se também, em sequência (vários shots seguidos).
Devemos concluir nos próximos 3 dias.

 

O controle de temperatura no início da extração, nas HXs (que é o caso da nossa), é através de flush, ou seja, requer mais conhecimento do operador (barista).

Enfim, caso ela não dê conta do recado, vamos optar por uma Sabrina ou uma Plus4you, ambas Astoria.

 

Obrigado pelos comentários e pela ajuda Dr.

Abraço


 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Daniel Silva    85

As Astoria sem dúvida são uma excelente opção, tanto pela qualidade e custo X benefício quanto pela facilidade de assistência e peças.

Quando puder mande umas fotos da bike para a gente conferir.  :)

A ligação elétrica imagino que façam direto em algum ponto próximo de onde a bike fica "estacionada" e a ligação hidráulica, como é feita?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Exatamente cara.

Quanto a ligação hidráulica, faremos como nos campeonatos, temos um espaço interno no projeto para acoplar 2 bombonas de 20 litros, a bomba rotatória da máquina puxa água direto das bombonas.




No vídeo acima da pra ver o teste que fizemos quanto a temperatura durante a extração.

 

Baixamos o pressostato de 1 bar ( 122,7 ºc na caldeira) para 0,8 bar (120,5ºc bar na caldeira), o que gerou uma temperatura no grupo, média, de 91,5ºc.

Ficamos felizes com o resultado, a princípio, não será necessária a troca da máquina, pois temos um bom sistema HX, com termossifão, que nos dá estabilidade nas extrações.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,410

Eu já ia perguntar como ficou o vapor com a caldeirão a 0,8 Bar, rsrsrs.

Na minha se deixar 0,8 perco o vapor.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Ahahah aqui o vapor ainda tem vida, e fica até melhor pra vaporizar...

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

E aí Dr. Vinicius, tudo bem?

 

Ainda não cara, estamos aguardando a chegada da máquina nova, uma plus4you, deve chegar na quarta-feira agora, dia 17/05.

 

Mas esse tempo todo de projeto, foi mais em aprofundamento de estudo, do que execução em si.

Abaixo algumas imagens.

 

JbmP7nH.jpg

 

 

TSUF2Zn.jpg

 

VdAwo7Z.jpg

 

.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
leogodoy    107

A bicicleta (minha área) ficou linda, parabéns. :) 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
rbcassani    672

Café do Mercado ?! ?! :P

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
José Kizner    99

Valeu Leogodoy!!

Essa semana vamos fazer umas fotos legais (fotógrafo), daí eu envio algo com mais qualidade.

A base é uma beach cruiser, daí fomos montando toda a estrutura na raça mesmo haha

 

 

Fala RBcassani, não cara, esse pacotinho de 250g foi comprado pra fazer alguns testes de águas (estavamos com 9 rótulos ao total), pois na minha cidade é o único que achamos com torra fresca.

 

Mas o grão que vamos trabalhar a princípio, é o exótico do Mário, estamos ajustando a torra, 87 pontos.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×