Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Rodrigo Martins

Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870

Recommended Posts

Olá amigos do Clube do Café,

 

Acabei de me registrar aqui no Fórum, estava fazendo umas pesquisas no Google e acabei encontrando vocês. Espero que possamos discutir muito sobre café e, quem sabe, fazer novas amizades!

 

Preciso muito da ajuda de vocês, faz uma semana que comprei a Tramonina Breville BES870 (ou Cafeteira Express Pro) pra me iniciar no mundo do espresso caseiro. Já tenho alguma experiência em fazer café coado, mas sempre quis tomar aquele espresso igualzinho o que se toma na rua em casa. ;)

 

Nessa semana estive de férias, então pude me dedicar 100% ao entendimento da máquina e suas nuances, mas estou tomando uma surra incrível, nunca achei que fosse tão difícil tirar um bom espresso.

 

Li muito sobre a máquina em vários fórums gringos e também aqui, mas mesmo com as dicas ainda não obtive êxito.

 

Pra começar, estou usando o café Illy (aquele que vem na latinha, com detalhes em vermelho, Espresso torrefação média), escolhi esse porque muitas vezes tomei ele na rua e conheço o gosto e o aroma. (além de achar ele muito bom) Então seria mais fácil pra mim entender se tirei um bom espresso ou não.

 

Ao ler os fórums, pude perceber que usar esses "grãos de supermercado" não é aceitável, mas acho que pra começar seria bom, pelo menos pra aprender. Afinal, os cafés na rua que utilizam o Illy costumam a fazer um espresso aceitável com os mesmos grãos e seus problemas (não ser recém torrado, por exemplo).

 

Depois de 5 dias experimentando, o máximo que consegui foi um café muito forte e amargo, sem o aroma característico do Illy que conheço pelos cafés da vida.

 

Então vamos para a parte técnica: (tudo que estou usando aprendi nos fórums por aí...)

 

- Filtro duplo não pressurizado

 

- Temperatura padrão da máquina

 

- 16g de grãos, sempre. (estou pesando antes de moer, utilizando balança de precisão, coloco só o que preciso no moedor e faço a moagem)

 

- Moedor da máquina na posição 1 (mais fina): Aqui vale uma explicação mais detalhada: Na minha pesquisa li muito sobre gente utilizando a posição 3, 5 e até 8. Achei incrível, porque no meu caso somente a posição mais fina me faz chegar perto do tempo e pressão de extração que se considera aceitável. Se eu coloco na posição 2, já era, o café sai muito rápido e nem chega perto da área de pressão aceitável.

 

- Sempre faço tudo pra deixar a máquina quente, limpo e enxugo com um pano o filtro e o chuveiro (o lugar onde sai a água, acho que é assim que se chama)

 

- Tento ser consistente no tamping, deixando bem plano e fazendo uma força que considero "média". (10-12kg)

 

Depois de deixar tudo pronto, o café sai do jeito que se considera aceitável, pelo o que andei lendo. Depois de uns 10 segundos (acho que é por causa da pré-infusão, apesar que o próprio manual da máquina diz que o aceitável é entre 4-8 segundos, mas não sei se isso considera a tal da pré-infusão) começa a cair o café, muito escuro primeiro e em um jato fino e lento, a pressão fica no indicador de 12hs, cria bastante crema numa cor escura e bonita, e em uns 19 segundos depois da primeira gota eu consigo os 35g de café na xícara. A borra de café fica um pouco úmida em cima, mas sai fácil, como um biscoito, tudo certinho aparentemente.

 

Apesar dos números e a aparência serem bons, só de cheirar eu não consigo sentir o aroma característico do Illy que conheço. Só um cheiro forte de café que parece queimado, o sabor é forte e amargo, fica aquele amargor forte no final, não dá pra sentir nenhuma característica do café.

 

Aí agora fica bem difícil resolver o problema. Não dá pra deixar a moagem mais fina, já que estou no limite. Fazendo a moagem mais grossa, o café sai rápido e fora do timing considerado correto. Já experimentei bastante com tamping e quantidade de pó, mas não consegui chegar em nada melhor que isso.

 

Não sei se tenho problema na máquina ou no moedor, sei lá. Enfim, é bem frustrante.

 

Se tiverem uma pista do que pode ser, fico muito agradecido pela ajuda!

 

Um abraço,

Rodrigo

 

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ruston Louback    1,214

Troca o cafe

Nao li tudo, mas sugiro fortemente trocar para um cafe recente, experimente iniciar por exemplo com os cafes da selecao do mario, torras que ele vende como frutado ou amendoadas.

Depois é treino e mais treino

Abracos

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cabral    2,000

Rodrigo, bem vindo ao Clube.

 

Primeiramente, parabéns pelo equipamento, pela postura de pesquisar antes de perguntar e pelos passos já tomados.

 

Sua postagem ficou muito clara, sugiro mesmo que edite o título do tópico para "Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870", assim toda conversa sobre esse modelo pode vir para o mesmo lugar. Seu começo foi muito exemplar.

 

Sobre a moagem: pelo que me lembro, você deveria estar conseguindo bons resultados com moagem em torno de 3 com o filtro duplo não-pressurizado. Se o café estiver muito velho, essa pode ser parte to problema. Outra é dosagem: acho que coloquei 18 gramas com folga no filtro da 840, que é o mesmo da 870, então dá pra moer um pouco mais grosso e colocar mais café, algo bem comum de se fazer.

 

Outra coisa é que você está "cortando" a extração com uma razão de 35g de bebida pra 16 de pó, quase uma BR (Brew Ratio) de 46%, algo que pode ser chamado de Curto ou Ristretto, dependendo de quem nomeia. Não é todo mundo que gosta... No Brasil, o comum é uma BR de 25% quando muito, a mesma do espresso típico da itália (7~7,5g de café para 30g de bebida na xícara, ou 14~15g / 60g no duplo), só em cafeteria especializadas é que se consegue um Barista de verdade que usa BR de ~ 33~35%, ponto agradável pra cafés especiais de torra mais clara.

 

Nas cafeterias que servem Illy, por conta do giro, a torra tende a ser sempre mais fresca. No supermercado as latas ficam meses em exposição, só que o café fica "insosso", perde muito sabor, a partir de 30~35 dias de torra. Com 2 meses não dá pra fazer nada que preste. Veja a data de fabricação na lata: é de mais de 35 dias? se for, não vai mesmo ficar bom.

 

Outra coisa é a torra. Acho que o Illy "vermelho" vem com torra muito escura, fica sempre amargo pro meu paladar. Confesso que faz anos que não compro Illy, tem muita coisa melhor pelo mesmo preço, recomendo visitar o tópico "onde comprar café online". E a aprender a diferença entre café "comercial", Gourmet e Especial. bem como notas SCAA, para compreender do que se trata.

 

Sobre temperatura, abaixando-a é possível reduzir o amargor resultante da torra, se a mesma estiver apenas um pouco mais escura do que o desejado. Quanto mais quente, mais para amargo, quanto mais frio mais para azedo.

 

SUGESTÃO: vá numa cafeteria que você gosta, beba um espresso, solicite que lhe vendam um pouco do café (150g a 250g) do café que eles estão colocando no moinho, o mesmo que você bebeu. Em geral, quando faço isso, sou bem atendido. Vá pra casa, teste usar moagem no 3, 18g, socamento de 12 a 15Kg, e extraia uns 50~55ml. Meça o tempo. O esperado é algo entre 25s e 35s, mas se o sabor ficar bom, não importa se demorou mais ou menos. Se ficou fraco e saiu em menos de 25s, ajuste o moedor pra 2 e repita o resto. Se ficou amargo e demorou mais do que 35s, suba pra 4 e repita o restante. Melhor que procure o tópico "ajustando extração pelo sabor" e siga o processo até achar seu "ponto ideal".

 

Boa sorte!

 

PS: Ruston postou na minha frente... "não li tudo" foi maldade, hein? :D:lol::D

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Troca o cafe

Nao li tudo, mas sugiro fortemente trocar para um cafe recente, experimente iniciar por exemplo com os cafes da selecao do mario, torras que ele vende como frutado ou amendoadas.

Depois é treino e mais treino

Abracos

 

Olá Ruston, obrigado pela sua ajuda. Estou dando uma olhada no tópico sobre os cafés do Mário. Vou pedir pra experimentar. Valeu!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rodrigo, bem vindo ao Clube.

 

Primeiramente, parabéns pelo equipamento, pela postura de pesquisar antes de perguntar e pelos passos já tomados.

 

Sua postagem ficou muito clara, sugiro mesmo que edite o título do tópico para "Clube da Tramontina Breville Express Pro - BES870", assim toda conversa sobre esse modelo pode vir para o mesmo lugar. Seu começo foi muito exemplar.

 

Sobre a moagem: pelo que me lembro, você deveria estar conseguindo bons resultados com moagem em torno de 3 com o filtro duplo não-pressurizado. Se o café estiver muito velho, essa pode ser parte to problema. Outra é dosagem: acho que coloquei 18 gramas com folga no filtro da 840, que é o mesmo da 870, então dá pra moer um pouco mais grosso e colocar mais café, algo bem comum de se fazer.

 

Outra coisa é que você está "cortando" a extração com uma razão de 35g de bebida pra 16 de pó, quase uma BR (Brew Ratio) de 46%, algo que pode ser chamado de Curto ou Ristretto, dependendo de quem nomeia. Não é todo mundo que gosta... No Brasil, o comum é uma BR de 25% quando muito, a mesma do espresso típico da itália (7~7,5g de café para 30g de bebida na xícara, ou 14~15g / 60g no duplo), só em cafeteria especializadas é que se consegue um Barista de verdade que usa BR de ~ 33~35%, ponto agradável pra cafés especiais de torra mais clara.

 

Nas cafeterias que servem Illy, por conta do giro, a torra tende a ser sempre mais fresca. No supermercado as latas ficam meses em exposição, só que o café fica "insosso", perde muito sabor, a partir de 30~35 dias de torra. Com 2 meses não dá pra fazer nada que preste. Veja a data de fabricação na lata: é de mais de 35 dias? se for, não vai mesmo ficar bom.

 

Outra coisa é a torra. Acho que o Illy "vermelho" vem com torra muito escura, fica sempre amargo pro meu paladar. Confesso que faz anos que não compro Illy, tem muita coisa melhor pelo mesmo preço, recomendo visitar o tópico "onde comprar café online". E a aprender a diferença entre café "comercial", Gourmet e Especial. bem como notas SCAA, para compreender do que se trata.

 

Sobre temperatura, abaixando-a é possível reduzir o amargor resultante da torra, se a mesma estiver apenas um pouco mais escura do que o desejado. Quanto mais quente, mais para amargo, quanto mais frio mais para azedo.

 

SUGESTÃO: vá numa cafeteria que você gosta, beba um espresso, solicite que lhe vendam um pouco do café (150g a 250g) do café que eles estão colocando no moinho, o mesmo que você bebeu. Em geral, quando faço isso, sou bem atendido. Vá pra casa, teste usar moagem no 3, 18g, socamento de 12 a 15Kg, e extraia uns 50~55ml. Meça o tempo. O esperado é algo entre 25s e 35s, mas se o sabor ficar bom, não importa se demorou mais ou menos. Se ficou fraco e saiu em menos de 25s, ajuste o moedor pra 2 e repita o resto. Se ficou amargo e demorou mais do que 35s, suba pra 4 e repita o restante. Melhor que procure o tópico "ajustando extração pelo sabor" e siga o processo até achar seu "ponto ideal".

 

Boa sorte!

 

PS: Ruston postou na minha frente... "não li tudo" foi maldade, hein? :D:lol::D

 

Olá Cabral, muito obrigado mesmo pela excelente resposta. É de grande utilidade pra quem está começando, valeu mesmo! Pelo jeito fui muito bem recebido no Clube. :)

 

Mudei o nome do tópico como você pediu. Vai ser ótimo pra comunicação entre os usuários da máquina.

 

Acho que o café que comprei estava realmente bem velho. Não achei a data de fabricação na lata, só a validade (11/2017). Realmente não acreditava que o fato do café ser velho poderia fazer tanta diferença pro espresso. 

 

Vou correr atrás de cafés mais recentes e tentar mais. Aqui em SP eu já costumo a frequentar o Coffeelab, as vezes compro alguns pacotes lá pra fazer na Hario V60.

 

Acho que vou fazer uma assinatura desse Clube Café ou Mokaclube e também testar os Cafés do Mário, já que pela dica do Ruston deve ser um café mais fácil para começar no Espresso. Também vou seguir sua sugestão, acredito que seja mais fácil ter uma referência do café bem tirado pra depois tentar em casa.

 

Quando chegarem os cafés eu faço mais testes e vou postando aqui. Obrigado mesmo!

 

Um abraço,

Rodrigo

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Diogo    31

Rodrigo, um café que acho muito bom para espresso e que provavelmente vende lá na CoffeeLab é o Expresso22 da "Isso é café".

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rodrigo

Bom dia

 

Experimenta o cafe GOUMERT PRIMA QUALITA (Cooperativa sul de Minas, 100% arabico, tipo exportacao). Muito bom custo x beneficio. Pode ser encontrado no

Pao de acucar. Preco +/- 45,00/kg em graos. 

 

Abraco

 

Jamir Lima

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    195

Fiquei curioso para saber, depois de alguns meses se Rodrigo conseguiu melhorar os shots. Nos conte!!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também fiquei curioso para saber se o Rodrigo teve êxito nas novas extrações e qual café ele conseguiu comprar.

É legal saber aonde estava o erro para servir de parâmetro para que os próximos usuários q tiverem as mesmas dificuldades se guiem pelas respostas encontradas aqui.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Opa! Foi mal a demora, estou devendo notícias para vocês!

 

Tenho muitas novidades sim, comprei bastante café, treinei muito (fiz até curso de Barista no Coffee Lab...) e melhorei bastante, mas não estou satisfeito ainda... 

 

Como tenho bastante coisa pra escrever, vou reservar um tempinho neste fim de semana pra contar tudo com muitos detalhes.

 

Por hoje vou deixar a só a lista de cafés que utilizei nos meus testes:

 

ES - Paraíso, Catuaí 81 vermelho e amarelo (Um coffee co. - Cafeteria que fica no centro de SP. Eles não tinham café fresco pra vender, mas o pessoal foi muito atencioso e embalou o café fresco pra mim na hora... bem legal)

Espresso 22 (Isso é Café - Fica no Mirante 9 de julho, entregam em casa fresco pedindo pelo site) 

Cartola (Isso é café)

Fazenda Barinas (Moka clube)

Sítio São Valentim (Moka clube)

Blend de espresso (Coffee Lab, achei estranho, mas parece que eles não garantem a venda de café fresco... No curso me falaram que eles só vendem o que já passou da "validade" pro espresso que eles vendem lá... uma pena)

Ópera (Il Barista, eles torram no Shopping Morumbi e vendem fresco...)

Café do Mário, Chocolate, Amendoado e Melaço de cana (Comprei com o Mário, que o Ruston recomendou)

 

 

Algumas observações:

- Achei bem difícil tirar os cafés com perfil "suquinho" (com bastante acidez)... Consegui tirar bons shots, mas sempre senti que não estava tirando tudo do café... as vezes sentia também um sabor que fica lá no fundo da boca... como se fosse um amargor, mas não sei bem se é realmente "amargor"... é como se ele estivesse muito concentrado, e fica "preso" na parte de trás da boca. Percebi que fazendo uma extração mais longa, de +- 30 segundos, obtive resultados melhores, sem esse "amargor". Mas ainda não consegui tirar um shot "IDÊNTICO ao da cafeteria". Procurei sempre provar e comprar cafés que eu pudesse tomar na cafeteria pra ter uma referência. Não sei se agora preciso de mais treino ou estou no limite da minha máquina. (provavelmente a primeira opção, hehe)

 

- Já o ópera, que era um perfil diferente (torra mais escura), achei mais fácil de tirar.

 

- Coloquei a temperatura da máquina no mínimo, e tenho usado assim sempre... acho que estou obtendo melhores resultados assim... Mas ainda não estou expert o suficiente para fazer um bom dialin dos cafés, estou indo meio que no chute ainda...

 

Bom, no fim de semana conto mais e com mais detalhes.

 

Um abraço e muito obrigado pela atenção e pela ajuda!

 

Rodrigo

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou querendo compra tb mas não sei se é melhor comprar a pro ou a express e o moedor

 

Enviado de meu SM-N9005 usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Diogo    31

@galega.goncalves , se você pretende utilizar outros métodos de extração diferente do espresso, é mais vantagem comprar separados o moinho e a cafeteira, creio também que mesmo você fazendo só espresso ainda assim vale mais a pena comprar separado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Álvaro Ford    204

Os relatos do tópico inicial me lembraram um pouco das minhas experiências com o espresso.

 

Tinha um livro no qual eu anotava:

- o grão;

- quantidade no porta filtro;

- ajuste do baratza preciso;

- tempo de extracao;

- massa do espresso;

- impressões (geralmente eu me guiava por aqui, se precisava aumentar a dose, afinar a moagem ou qual artifício utilizar)

 

Geralmente em um pacote de 250g eu conseguia 2 shots bons, mas eu era feliz

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

@galega.goncalves , se você pretende utilizar outros métodos de extração diferente do espresso, é mais vantagem comprar separados o moinho e a cafeteira, creio também que mesmo você fazendo só espresso ainda assim vale mais a pena comprar separado.

Muito obrigada.... Não vou querer somente espresso acho q vou 0elo kit mesmo.

 

Enviado de meu SM-N9005 usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
JulianJGN    3

Estou muito interessado em comprar a Express sem o moedor.

Seria minha primeira máquina para ir treinando em casa e em breve estou com planos de montar uma pequena cafeteria. Quando chegar nesse ponto, seria uma boa máquina de entrada?

 

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite. Estou montando uma cafeteria em um lugar, onde não tenho certeza ainda do fluxo de cafés espressos vou extrair. Estou pensando em adquirir uma máquina com moinho mais baratos para ir testando no estabelecimento e só depois alugar uma maior. Gostaria de saber​ se está aguenta o rojão. Estive conversando com alguns baristas e me indicaram outra no lugar desta, dizendo que está ainda é pouca usada, Isto é, não tem um histórico no Brasil.

A outra seria a Philips saeco Royal

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cabral    2,000

@FabioDomingos9, um barista falou isso? Uma automática não tem nada a ver com uma superautomática.

 

Se você fizer mais de 20 extrações por dia na Royal, a Saeco não te dá garantia, pois essa máquina não é homologada pra atender ambiente comercial de venda, mas para casas e pequenos escritórios.

 

A Breville-Tramontina não controla tanto assim as extrações, mas também é uma máquina doméstica. Se caracterizar uso comercial, creio que também perderá a garantia.

 

Com a Express Pro você precisa aprender a fazer café espresso e a vaporizar leite pra fazer as bebidas. Se fizer direito, as bebidas poder ser excelentes.

 

Com uma superauto é só acertar a moagem da melhor maneira possível e ajustar a dose. Então é manter a máquina limpa e abastecida, não precisa aprender mais nada. As bebidas nunca serão mais do que medianas, sempre flutuando entre o aceitável e o razoável.

 

Em ambos casos, grãos de boa origem, boa qualidade e torra fresca são imperativos.

 

Sugiro usar a busca do forum (mude para o "modo Google") para pesquisar soluções para ambientes comerciais. Se vai ser uma "cafeteria", o café deveria ser bom, bem preparado e profissional. Sua pergunta já começa com cara de "gambiarra", isso não é bem uma receita de sucesso...

 

Boa pesquisa e boa sorte.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lunatico    430

Acompanho o @Cabral. A Breville Express Pro é uma boa máquina para uso doméstico. Não foi feita para extrair diversos espressos continuamente durante todo o período comercial.

 

Não apenas deve dar trabalho para conseguir a garantia, mas como acredito que a própria máquina deve ter problemas cedo em razão da sobrecarga de trabalho/extrações. Sendo uma cafeteria, pressupõe-se que o objeto principal da sua loja será o café, portanto é de fato imperativo ter uma boa máquina e bons grãos (o que não necessariamente implica numa escolha cara para alugar).

 

Caso contrário eu prefiro ir no boteco do Zé ali na esquina pra pedir um pingado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

pelo valor dela, da para achar algumas la spaziale semi novas, e até alguns conjuntos com um moedor, uns dias atrás vi uma vivaldi S1 com moedor por 5000 se não me engano, negociando da para abaixar um pouco ainda. esse tipo de maquina da conta de um pequeno estabelecimento. outra coisa é tentar negociar um aluguel de 3 meses de alguma maquina, caso ela seja compatível é só estender o contrato.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, boa tarde!

 

Sou novo aqui no fórum. Já tenho uma pequena experiência "caseira" de cafés. Depois de milhares de leituras (aqui e inúmeros sites) em pesquisas por uma Gaggia ou Ascaso Dream (ainda desejo...um dia...), mas os custos de importação e frete me decepcionaram. Acabei por adquirir uma Tramontina Breville Express Pro. Saiu por R$ 2.899,00. É minha primeira máquina de nível mais superior.  

 

Quem quiser aproveitar, acho que está um valor mais "acessível" que os últimos cobrados em muitos sites. Comprei pela Americanas (ansioso na espera de chegar). Fica aqui a dica para quem está pensando em adquirir.

 

Parabéns a todos pelo excelente fórum!!! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
TAMORIM    77

Tem um monte de máquina usada na OLX com moedor com preços ótimos. Dependendo

do fluxo de pessoas até uma de 01 grupo resolve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite. Estou montando uma cafeteria em um lugar, onde não tenho certeza ainda do fluxo de cafés espressos vou extrair. Estou pensando em adquirir uma máquina com moinho mais baratos para ir testando no estabelecimento e só depois alugar uma maior. Gostaria de saber​ se está aguenta o rojão. Estive conversando com alguns baristas e me indicaram outra no lugar desta, dizendo que está ainda é pouca usada, Isto é, não tem um histórico no Brasil.

A outra seria a Philips saeco Royal

Hoje em dia não tenho como recomendar essa máquina nem para uso doméstico. Criei esse post em Outubro do ano passado e hoje minha máquina já está com problemas. Na hora de extrair o espresso ela faz um barulho muito forte e o fluxo de água da extração diminui muito. Já mandei pra única assistência técnica aqui em São Paulo (tal de Arcon Service) e não conseguiram resolver. Serviço péssimo, zero cuidado... Me entregaram a máquina por motoboy, tava chovendo e a máquina chegou toda molhada...

 

Estou com um problema (caro) nas mãos agora, não sei o que fazer. Se alguém conhecer um técnico especializado pra tentar dar um jeito, me avisem por favor.

 

Deveria ter procurado uma máquina com assistência técnica especializada... Esse pessoal da Arcon Service não são especializados em máquina de espresso. Enfim...

 

Um abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
DiogoBem    14

Rodrigo,

O Cabral teve diversos problemas com a dual boiler dele. Conseguiu resolver muita coisa instalando um estabilizador.

Tente contato com ele, talvez ele consiga te ajudar bem com o caso.

Se não for a bomba, pode ser alguma valvula permitindo a perda de pressão ou a própria placa logica.

Na assistência funcionou?

Se la funcionou, pode ser problema da rede eletrica mesmo e te recomendaria tentar um estabizador bom. Procure aqui no forum que o cabral postou no topico dele todos os problemas e soluções que teve, talvez te ajude.

Se tiver na garantia, eles são obrigados a arrumar a maquina em no maximo 30 dias ou você escolhe seu dinheiro de volta ou uma maquina nova. Isso esta no codigo de defesa do consumidor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Netu    2

Olá pessoal! Adquiri uma BES870 de segunda mão para aprender a operar.   A luz de limpeza acendeu e comprei o detergente de limpeza. Porém não encontrei o disco de limpeza nos acessórios e nem em lugar nenhum pra vender. Alguma sugestão de como proceder? 

Eu gostaria também de um outro porta filtro. Alguma sugestão de modelo compatível? 

 

Obrigado!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eliana    1

Oi gente...

Afinal de contas, Tramontina Breville Express Pro - BES870 é boa ou não?

Vaporiza bem?

Vale a pena comprar a Breville no Estados Unidos, e a propósito, alguém já comprou e trouxe no avião, teve problemas no transporte?

Estarei indo para lá no final de agosto, por isso pergunto?

 

Cafeteira.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 25/07/2017 at 13:17, Eliana disse:

Oi gente...

Afinal de contas, Tramontina Breville Express Pro - BES870 é boa ou não?

Vaporiza bem?

Vale a pena comprar a Breville no Estados Unidos, e a propósito, alguém já comprou e trouxe no avião, teve problemas no transporte?

Estarei indo para lá no final de agosto, por isso pergunto?

 

Cafeteira.jpg

Eliana, comprei a minha aqui no Brasil mesmo (Tramontina) e estou bem satisfeito com a máquina, mas leve em consideração que minha cafeteira anterior era uma Electrolux Chef Crema. O salto de qualidade foi grande!

A vaporização funciona muito bem e me impressionou a facilidade para fazer um leite vaporizado como deve ser, cremoso e com a espuma bem integrada. O café também costuma sair bom, mas para isso a máquina exige: i) grãos de boa qualidade, ii) torra recente (menos de duas semanas) e iii) uma técnica apurada da parte do barista (acertar a moagem, a quantidade, a pressão correta no tamper, etc.). Satisfeitas essas condições, ela me entrega uma café melhor do que 99% das "boas" cafeterias aqui de Porto Alegre, a uma fração do custo que eu pagaria.

Quanto a trazer ou não do exterior, também tive essa duvida e acabei optando por comprar aqui, por três razões: i) achei a versão da Tramontina com um ótimo preço em um revendedor confiável no Mercado Livre; ii) um ano de garantia, que eu extendi para dois aproveitando um benéfico do meu cartão de crédito e iii) muitos relatos aqui no fórum de pessoal que importou Breville e tem sérios problemas com a eletrônica das cafeteiras e moedores, porque não foram projetados para suportar a má qualidade da rede elétrica nacional. Consta que as versões montadas pela Tramontina tem um fonte de energia diferente e reforçada para evitar esses problemas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eliana    1
Em 29/07/2017 at 16:12, Gustavo Sander disse:

Eliana, comprei a minha aqui no Brasil mesmo (Tramontina) e estou bem satisfeito com a máquina, mas leve em consideração que minha cafeteira anterior era uma Electrolux Chef Crema. O salto de qualidade foi grande!

A vaporização funciona muito bem e me impressionou a facilidade para fazer um leite vaporizado como deve ser, cremoso e com a espuma bem integrada. O café também costuma sair bom, mas para isso a máquina exige: i) grãos de boa qualidade, ii) torra recente (menos de duas semanas) e iii) uma técnica apurada da parte do barista (acertar a moagem, a quantidade, a pressão correta no tamper, etc.). Satisfeitas essas condições, ela me entrega uma café melhor do que 99% das "boas" cafeterias aqui de Porto Alegre, a uma fração do custo que eu pagaria.

Quanto a trazer ou não do exterior, também tive essa duvida e acabei optando por comprar aqui, por três razões: i) achei a versão da Tramontina com um ótimo preço em um revendedor confiável no Mercado Livre; ii) um ano de garantia, que eu extendi para dois aproveitando um benéfico do meu cartão de crédito e iii) muitos relatos aqui no fórum de pessoal que importou Breville e tem sérios problemas com a eletrônica das cafeteiras e moedores, porque não foram projetados para suportar a má qualidade da rede elétrica nacional. Consta que as versões montadas pela Tramontina tem um fonte de energia diferente e reforçada para evitar esses problemas. 

Olá Gustavo, obrigada pela resposta.

Acabei comprando essa máquina e moedor no Mercado Livre também, chegou hoje. 

Também achei melhor comprar aqui por conta da garantia. Mais cara, porém na certeza de assistência técnica.

Hoje mesmo já inicie os "estudos" para aprender seu funcionamento e regulagens, gastei tanto café e nada, todos ruins...kkkkk...mas eu chego lá, é colocar em prática o que aprendi no recente (esse mês) curso básico de barista que fiz e ler muito as dicas que todos postam aqui.

Novamente, obrigada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde pessoal do CDC.

Então, estou querendo a tempos desembolsar uma grana numa maquina para espresso, para que eu possa fazer em casa o meu curto, capuccino e outros.

Já li muita coisa sobre a Tramontina (Breville) e suas duas maquinas: Pro BES870 (moedor integrado) e a Express (apenas a maquina).

A pergunta é: Qual melhor compra? 1) Pro BES870 ou 2) Express+Moedor Separado? E qual moedor indicariam, caso a melhor escolha for a de numero "2".

Fico no aguardo de respostas.

Vlww

 
  •  

Share this post


Link to post
Share on other sites
Netu    2

Moedor separado, sem duvida. Da para aproveitar com outros métodos de extração e futuramente fazer um upgrade de máquina e/ou moedor em separado. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×