Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Seu Zé

Pressca, Alguém conhece?

Recommended Posts

beny    2

Olá pessoal, boa tarde!

Sou novo por aqui, achei o site procurando no Google por opiniões sobre a Pressca e acabei descobrindo que o @Gilberto também está por aqui!!! 

Parabéns ao fórum, já li vários posts, todos com muita qualidade e opiniões relevantes.

Sobre a Pressca, posso dizer que minha experiência está sendo muito boa. Utilizo no escritório. Ao contrário de alguns relatos aqui, não tive nenhum dos problemas citados.

Mesmo utilizando moagem fina, o êmbolo desce com facilidade (como no vídeo da propaganda do produto)
Faço como o manual recomenda: Aguardo ~4 minutos em infusão, isso dá tempo da para a água absorver mais a intensidade do café e deve ajudar a não entupir o filtro.
Já fiz com menor tempo e não encontrei muita dificuldade, só achei que o café ficou um pouco "fraco".

O café permanece quente por pelo menos 30 minutos e mesmo 1 hora depois ainda dá pra beber, pois não está frio. Claro que eu sempre escaldo ela antes.

Como eu já havia lido sobre vazamentos na parte de baixo, eu fechei bem. Não coloquei muita força, mas acredito que foi o suficiente.

Para lavar, embora tenha muitas peças eu achei super rápido. Nada tão complicado (e olha que eu odeio lavar louça! hahaha).

O material plástico transparente parece mesmo frágil.
O lance do êmbolo não descer até o final também incomoda, pois visualmente parece que fiz algo errado, mas por incrível que pareça, não vaza café.

Resumindo: No geral estou satisfeito e recomendo.

Grande abraço a todos!

Edy

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,493

Falaaaaaa  Edy, beleza. Bem vindo ao fórum, se ler muitos tópicos prepare o bolso, pois vai dar vontade de comprar um monte de coisas, rsrsrsr

Share this post


Link to post
Share on other sites
beny    2
2 horas atrás, Gilberto disse:

Falaaaaaa  Edy, beleza. Bem vindo ao fórum, se ler muitos tópicos prepare o bolso, pois vai dar vontade de comprar um monte de coisas, rsrsrsr

Rapaz, nem me fala... 

Pelo que andei vendo aqui, o céu é o limite (desde que a patroa também  goste de café hahaha). 

Grande abraço! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco    20

Como estou chegando agora no fórum e procurando opções para um bom café entre a Pressca, Aeropress e Prensa Francesa, gostaria de saber a impressão de vocês considerando o resultado do processo, ou seja, a qualidade do café obtido. Supondo, claro, uso de bons grãos e preparo correto.

Abs!

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Olha, comprei uma Pressca e gostei. Não tinha ainda uma prensa francesa, então achei que podia ser uma boa, e o lance de ser térmica pode ajudar a fazer um café para 2 pessoas e o papo render mais. 

Minha expectativa era de que fosse uma cafeteira prática, com preparo rápido e fácil, e que entregasse um café saboroso. Só tomei café de prensa uma vez, mas faço com frequência o kökekaffe, que é basicamente a mesma coisa (estilo norueguês) mas deixando decantar os grãos e peneirando ao fim. Na pressca, achei que a cafeteira funciona bem, e já testei com algumas moagens e concentrações diferentes, e fica legal, variações do mesmo tema. 

Em termos de aparência, achei a cafeteira simpática, fácil de montar e lavar. Realmente o processo de fazer o café fica rapidinho.

Já moí o café no Hario Slim, e para ser mais rápido fiz umas vezes com meu moedor de lâminas Cuisinart; com a técnica de moer em "pulsos" e dar chacoalhadas, o resultado da moagem fica bem satisfatório em termos de consistência (claro, dentro do possível!) para fazer coado e na Pressca. Ficou legal.

Em síntese, achei bom o produto, cumpre o que promete.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco    20

Segue a opinião de um não especialista, vulgo novato :) 

Recebi minha Pressca no sábado e desde então usei várias vezes. Não tive nenhum problema como de travamento ou vazamento que alguns relataram. Também não tive nenhuma dificuldade para usá-la, que é muito simples.

Segui apenas as instruções e o êmbolo não travou em nenhuma das vezes que fiz café.

É muito prática de usar e limpar. Após o uso basta tirar a tampa inferior e empurrar o êmbolo para dispensar o café, em seguida retirar o êmbolo e passar uma água nas 2 peças. Está pronta para o próximo café. ;)

Outra vantagem para mim é o filtro de tela que não retém os óleos e seu formato permitir uma moagem um pouco mais fina que para Prensa Francesa ou Bialetti. Usando o moinho Skerton, sem mod ou "customizações", consegui uma moagem satisfatória no 5 clique, que resultou num pó médio para fino.

Escaldando a Pressca, o café se manteve um bom tempo quente e muito saboroso permitindo uma ótima sensação ao degustar o Café do Mário (frutado, maracujá), lembrando que é uma opinião de quem estava acostumado aos cafés em pó Melitas da vida, mantidos em garrafas térmicas por horas... :D 

Além disso, tem a praticidade de levá-la para qualquer canto, dentro da mochila, no carro ou mesmo na mão. Enfim, valeu a pena!

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

E alguma receita recomendada...?

Pelo que li, é uma prensa francesa, embora tenha tomado o café da prensa poucas vezes. Não sei se tem alguma sutileza...

Particularmente, por mais que os fabricantes afirmem que vale qualquer moagem, tempo de infusão, etc., até o momento obtive resultados melhores com moagem mais grossa (12 cliques no Hario Slim), e infusão de 4 minutos, com uma mexida de colher aos 30 seg. Acho que é o classicão da prensa, né...

Alguma sugestão "fora da caixa"...?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Atualizando... Fiz um café na Pressca com uns 250 ml, 25 g de café (meio "no olho", sei mais ou menos quantos gramas dão na minha colher porque pesei umas vezes, então na verdade meço em colheres minhas rs), e moagem 12 cliques no Hario. Água fervendo (aqui em Uberlândia, 97 graus), passei para um bulezinho para cair um pouco a temperatura e botei tudo na Pressca, mexi um pouco, e deixei 4 min. Na hora de descer o êmbolo tive umas dificuldades, me enrolei um pouco, então o café deve ter ficado mais um minutinho em infusão nessa brincadeira, o que não estava nos planos. Provei achei ok, passei pra minha mulher, ela achou amargo (ela é mais fã dos coados que faço num filtro de titânio, quando bebe sem leite).

Então, fiz outro teste, esse sim aprovei: 200 ml, 20 g de café (afinal eu já tinha bebido uma boa dose de cafeína rs). Moagem 14 no Hario, queria mais grosso, para evitar amargor e também reduzir a quantidade de resíduos. Dessa vez mudei o procedimento "na louca", botei água (mesmo esquema, 97 graus, passa pro bule e pimba) só até cobrir os grãos, deixei ali parados em pré-infusão de 30 segundos. Aí botei o restante da água devagarinho; no fim, deve ter dado um minuto desde o início do processo, aí mexi para tirar os grãos da superfície. Foi aí que liguei os 4 min só, e não toquei mais, deixei a Pressca ali paradinha em infusão, aberta. Ao fim dos 4 min, desci o êmbolo devagarinho, na boa, sem dificuldades. Beeeem melhor. Bebida com poucos resíduos, sabor legal, sem amargor pro meu gosto. Gosto é gosto, mas essa aí eu recomendo!

Quando tiver alguma reunião ou compromisso de tarde inteira no trabalho, com um intervalo mais generoso, a Pressca vai comigo com certeza.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco    20

Atualizando...

Depois de vários dias funcionando normal, hoje tive o mesmo problema relatado aqui do êmbolo não descer.

Segui a orientação de não forçar, levantava um pouco e empurrava mas não ia. Nem girando. Foram várias tentativas inclusive tirando totalmente o êmbolo e retornando. Custou a descer e quando desceu o pó passou quase todo para o café o que me fez desistir porque ficou horrível. Eu troquei o café que estava usando, o maracujá pelo chocolate do Mário e acho que foi isso. Usei o mesmo clique de antes e o pó parece que ficou mais fino. Fiz outra moagem aumentando para o sétimo clique e o êmbolo desceu. Amanhã vou fazer com o maracujá como estava fazendo para ver se é isso mesmo ou a Pressca que resolveu dar pau... :(

Bom fim de semana para todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

O êmbolo de vez em quando prega umas peças, mas não creio que tenha "dado pau", acho que é uma inconsistência do produto mesmo. Mas depois de algumas (ou várias rs) tentativas, sempre consegui, mesmo moendo mais fino. Só que aí compromete o tempo de infusão, fica muito longo.

A real é que por mais que os vídeos e textos online sobre a Pressca falem sobre versatilidade, várias moagens, etc., ela é uma prensa francesa que retém legal o calor e pode ser transportada. Funciona bem comigo com moagem bem grossa, 14 cliques no Hario. E na hora de descer o êmbolo, pego uma colher de chá e tiro os grãos que estão em cima, em suspensão. Aí previne qualquer bloqueio do êmbolo e vai ok. Acho uma boa cafeteira, quando comprei confesso que estava na dúvida se teria muito uso, mas me surpreendeu e me vejo fazendo café ali com frequência. É rápido, e sai um bom café, bom para quando estou com press(c)a rs.

Outro detalhe legal é que esses dias tive um acidente na cozinha e o êmbolo caiu e rachou um pouco numa extremidade. Funciona, mas está com uma fragilidade. Liguei para a empresa perguntando como adquirir essa peça de reposičão e eles se dispuseram a me enviar por correio sem custo algum para mim.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Marco    20

@JoaoW Sábado entrei com um pedido de devolução no Mercado Livre porque completava o 7º dia da compra, mas hoje ao ler seu comentário resolvi dar uma chance para a Pressca e cancelar a devolução da dita cuja. :)

Na verdade o projeto tem uma proposta bacana, é brasileiro, faz um bom café, etc, etc, mas o que me incomodou bastante foi a propaganda deles. Fazem parecer que é tudo muito simples e não é bem assim. Fico me perguntando como faz o consumidor "comum", que não frequenta um fórum como esse para tirar o seu café na Pressca :D 

Abs!

P.s: "dar pau" foi só uma brincadeira.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Oi @Marco , eu concordo, eles têm um marketing que leva para esse lado que a Pressca vai resolver todos os problemas do mundo rs e não é bem assim... Mas quando comprei a minha acho que já estava mais vacinado por ler esse tópico do forum, e fui com menos expectativas, preparado para aplicar uns macetes, e até que o equipamento surpreendeu... Tomara que você se acerte com ela!

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
fpiona    6

Olá Pessoal,

Mais um novato chegando na área. Também adquiri a Pressca e a minha experiência até o momento com ela está sendo muito boa. Sobre os comentários das experiências com a mesma, todo produto tem as suas nuances e o seu período de adaptação. De fato, o Marketing elaborado para o produto faz você não ter barreiras para adquiri-lo e tenta demonstrar uma super facilidade em usá-lo.

Na prática, não é bem assim mas não achei difícil, apenas uma questão de costume e seguir estritamente as recomendações de uso. Digo isso, porque tive uma "desventura" com ela, pois coloquei uma quantidade maior de pó e talvez a vedação da tampa de baixo, fizeram o café voar pra todos os lados. rs Fora a vergonha que passei lá no trabalho, todo sujo de café. Ainda bem que era uma sexta, quase no fim do expediente.

Um abraço

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Salve @fpiona , legal que estás gostando! No começo eu tinha minhas dúvidas, mas a Pressca entrou forte na minha rotina, faço com frequência. É o método preferido da minha mulher, então volta e meia ela pede pra fazer (eu que sou o encarregado do café em casa). 

Quanto à técnica, se for útil para alguém, atualmente faço assim, é um pouco diferente do que indicam, mas sintetiza minha adaptação de várias receitas de prensa francesa que vi por aí aliado aos sabores que gostei mais na cafeteira: para cafés mais torra média, faço moagem média grossa (12 cliques no Hario Mini), uso a quantidade de 24 g de café para 350 ml (capacidade total da Pressca). Deixo a chaleira ferver, aqui em Uberlândia é a 97 graus, descanso ela por um minuto, e boto a quantidade de água até um pouco mais que o necessário para cobrir o pó, dou 6 mexidas e deixo em pré-infusão de 30 segundos. O tempo continua contando, encho até os 350 ml, quando está em 3 min 45 pego uma colherinha e retiro rapidamente o grosso da espuma que fica e eventuais grãos em suspensão, aos 4 min desço o êmbolo. Geralmente o que funciona para descer legal, pra mim, é ir descendo fazendo girinhos para os dois lados. Quando o café tem torra mais média escura, a moagem é um pouco mais grossa (14 cliques), e o tempo total para descer o êmbolo faço em 3 min 30, isto é, aos 3 e 15 retiro a espuma e grãos em suspensão).

No mais acho a Pressca muito prática mesmo, rapidinha de lavar, é só cuidar para ela não cair e quebrar algo (já ocorreu comigo). Não a levo pro trabalho, mas de vez em quando acordo cedo e minha mulher continua dormindo por um tempo ou fazendo outra coisa, antes de sair de casa preparo a Pressca pra ela e deixo ali fechadinha, ela toma uma meia hora depois e diz que a bebida ainda está quente. Então, após alguns meses de uso, pra mim foi ótima... Tanto em praticidade quanto em qualidade da bebida que oferece.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

Alguém chegou a testar o método Lisboa nela pra ver se funciona bem? Poderia ter algum problema por usar uma moagem bem fina nesse filtro...

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Oi @Vitor Costa , resume aí o método Lisboa pra gente... Como seria?

Eu não fui até moagens muito finas na Pressca porque deixa um pouco mais de resíduo (talvez muito) e também porque com um Hario Mini é xarope de fazer no braço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

@JoaoW

Esse método do Lisboa é uma versão do método Sweet Spot pensado para ser feito na aeropress. Tem muita discussão sobre ele no tópico da Aero, mas segue um link pra um comentário do próprio Lisboa dando um resumo do que ele faz:

http://forum.clubedocafe.net/topic/4-aeropress/?do=findComment&comment=191093

Basicamente consiste numa moagem bem fina (na faixa do espresso), usar água fervendo, vários minutos de infusão e ir mexendo ao longo da extração. Não, não fica amargo e sim, fica um café realmente muito gostoso e complexo. Eu venho testando essa receita em diferentes métodos desde quando provei pela primeira vez no último sábado, incrivelmente dá certo.

A minha única dúvida na aplicação na Pressca é se o filtro dela deixaria passar muitas partículas. Alguém já tentou uma moagem mais fina assim? Ou sabem se o filtro de papel da aeropress encaixa na Pressca?

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Dá-lhe @Vitor Costa , obrigado por postar a receita do Lisboa! Tinha visto mas não lembrava.

Tentei dar uma adaptada hoje, para ver por onde ia. Não fiz superfino não, pois faço no Hario e não queria testar taaanto assim rs. Mas fiz 9 cliques, que seria média fina, a moagem que uso pra moka. Geralmente na pressca faço em 12 ou 14 cliques.

Fiz a receita do Lisboa com 7 min, ficou gostosa. Realmente nem um pouco amarga. Usei o grão da Unique, orgânico. Imagino que pra moagem que usei, poderia fazer até mais tempo, pois não é tão fina; poderia fazer 8 min, 8 min 30. Achei uma boa variação, interessante!

Fica uma camadinha de resíduos sim com essa granulometria, nada que deixar um gole ali na caneca não resolva. Mas se for mais fino, vai passar mais, certamente.

Dei uma brincada ali com o filtro de papel da aeropress, ele até encaixa meio na gambiarra, rosqueando. Mas fiz um teste baixando o êmbolo com água e deu uma rasgada uma vez, e uma desencaixada na outra. Pode ser falta de habilidade, mas acho que tem grandes chances de dar errado isso... Se alguém souber um modo melhor, por favor avise rs

Mais tarde vou tentar essa receita inspirada no Lisboa (não dá pra dizer que é 100% a dele porque fiz umas adaptações da preguiça rs) na AP também, lá deve ficar mais apropriada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

Fala @JoaoW

Então, no início dá medo mesmo, a gente tenta evitar usar moagem fina ou tanto tempo de infusão, mas depois quando começa a dar certo a gente ganha mais coragem pra seguir as recomendações do Lisboa haha.

Eu li em algum post dele que ele gosta de usar a moagem mais fina que o moedor conseguir dar, mas eu mesmo uso apenas uma moagem pra espresso. Mas tô querendo experimentar mais fina.

Falei com um amigo meu que teve na Copa Pirata de Pressca que rolou na SIC agora, ele falou por alto de fazer a Pressca de modo invertido. Não ficou claro pra mim como, mas acho que é já encaixar o êmbolo completamente no corpo da Pressca, botar o café e a água na parte interna do êmbolo, depois puxar o êmbolo fora e o café fica no corpo. Achei bem interessante, talvez até fique mais fácil usar o filtro da aero fazendo assim. Ainda não encontrei esse amigo pessoalmente, mas quando encontrar vou tirar essa dúvida com ele.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

!!! Que doideira isso, velho!!!! Essa me interessa, eu gosto da pressca e é o método preferido da minha mulher, o que der pra aprimorar, estamos aí!

E teve uma Copa Pirata de Pressca, o que foi isso?

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Oi @Vitor Costa ! 

E aí cara, fiquei intrigado e fui testar. Dá certo, bicho. Vai na fé.

Fiz com 8 cliques, mais fino ainda que costumo. Usei a "pressca invertida": adaptei o filtro de papel da aeropress por dentro do filtro, molhei ali na água corrente pra ficar meio "coladinho", e rosqueei no êmbolo. Ficou um pouco estufado, amassado, mas vi que cobria tudo.

Aí abri o corpo por baixo, e botei o êmbolo (se fizer com o corpo fechado, faz um vácuo e pode forçar o filtro de papel a rasgar, acho). Aí rosqueei por baixo o corpo.

Escaldei a pressca (por dentro do êmbolo né), e fiz a minha adaptação lá da receita by Lisboa. Durante o período de infusão, quando não mexia, eu deixava a tampa da pressca em cima encostada pra perder menos calor.

Quando acabou, fui puxando devagarinho e rodando pros lados o êmbolo, para um lado e para o outro; é como faço normalmente, mas no sentido inverso. É meio pesadinho e acho que tem que ir devagar mesmo para não ter risco de rasgar. Mas saiu.

Fiz com um café 100% arabica mas bem simples local, que uso mais pra fazer aquele coadorzão pra quem não gosta de café especial. O sabor ficou ok, mas não é parâmetro. Mas mais importante, não passou resíduo algum, está uma xícara hiperlimpa. Parece aeropress.

Ou seja, pode ir tranquilo nos experimentos que rola! Valeu pela dica, essa aí eu nunca imaginaria... Pressca invertida rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

Que legal, @JoaoW !

Eu ainda não tenho a minha, acho que vou conseguir ela em mais ou menos um mês.

Comprei recentemente uma aero também, vou ter as duas pra comparar o método Lisboa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

Hoje de manhã fiz pra minha mulher experimentar um café com a "pressca invertida", conforme o que descrevi algumas postagens acima. Algumas considerações adicionais:

1. Do jeito que fiz, atarrachando o filtro de aeropress, funciona, mas se vacilar ou tiver azar rasga. Então tem que tentar ser suave, prender de modo cuidadoso, sei lá como;

2. Quando se puxa o êmbolo pra cima, é difícil, tem que fazer uma forcinha segurando o corpo, e ao mesmo tempo não fazer muita, senão sei lá o "vácuo" ali rasga o filtro. Da primeira vez deu trabalho mas o café saiu todo de primeira. Na segunda, uma parte do café ficou no êmbolo. Então tive que botar o café que já estava no corpo na xícara, depois tirar a tampa de baixo, botar o êmbolo de novo, atarrachar a tampa do corpo de novo, puxar o êmbolo pra cima de novo... E ainda ficou café ali mais umas duas vezes. Ou seja, deu um certo trabalho, e o êmbolo fica pingando - a pressca não foi feita pra isso rs - então tem que ver se vale a pena mesmo. Da primeira vez foi suave, da segunda deu trabalho.

3. Particularmente, o café resultante, para o meu paladar perde muito da graça; fica uma bebida limpa, como AP com filtro de papel ou um café coado com filtro de papel, mas sem os óleos que a pressca deixa passar por causa do filtro de metal - afinal, é uma prensa francesa, tecnicamente - pra mim perdeu a graça. Há que se avaliar também o que o método da "pressca invertida" possibilita de fato; acho que se fizer uma infusão numa AP invertida e depois simplesmente coar o café; ou então se fizer uma pressão bem levinha, deve dar um café muito parecido, com menos trabalho e "risco" de dar errado. Inclusive deve dar pra adaptar o método Lisboa legal.

4. Aliás, pensando por aí, talvez seja mais simples fazer um kökekaffe, também chamado "steep coffee", o método de preparo tradicional norueguês, que é basicamente o método da prensa francesa, mas com o café diretamente com infusão na água e despejado lentamente ou peneirado - abaixo o vídeo em que o Tim Wendelboe prepara french press e o kökekaffe, pois diz que são basicamente a mesma coisa - e no fim segurar aquela tampa da AP com o filtro de papel e passar a água por ali lentamente, "coando". Deve dar o equivalente da "pressca invertida" de modo muito mais fácil. Eu já faço o kökekaffe "peneirando" com o filtro da pressca em cima de uma peneira, pois aí fica mais eficiente impedir resíduos e ao mesmo tempo passa os óleos; então creio que adaptar com a tampa e filtro da AP pode resolver com mais facilidade e resultado muito semelhante à "pressca invertida", vira um "kökekaffe" limpo. E o método Lisboa deve ficar ótimo aí também. Segue o link para instruções e vídeo do T. Wendelboe: https://www.timwendelboe.no/brewing-guides/french-press

Ah, mas cabe lembrar que tudo isso considerando o método selvagem que utilizei para inverter a pressca e adaptar o filtro da AP. Provavelmente alguém tem ideias mais elegantes de fazer isso, e pode se mostrar mais prático.

Edited by JoaoW
Esqueci uma consideração no final
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

@JoaoW Que bom que você está testando esse método invertido. Talvez dê mais certo sem o papel, apenas valendo pela pressão aplicada pelo vácuo na hora da extração. Vai passar uns fines, mas também vai passar os óleos que você queria.

Sobre coar o café já preparado com filtro de papel, funciona mais ou menos. Eu já tentei fazer isso coando um café estilo FP no filtro da v60, mas acontece que os fines que ficam suspensos na bebida acabam "entupindo" o filtro de papel muito rápido e demora um século pra coar todo o café. Fazer isso com o filtro da AP deve levar mais tempo ainda porque ele tem menos área. Demora mais inclusive que fazer um coado normal, porque os fines formam quase uma barreira na superfície do papel que normalmente não formariam num coado clássico. Porém a bebida realmente fica bem limpa!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    96

E aí @Vitor Costa , hoje de noite fiz ali o kökekaffe método Lisboa light - 9 cliques, média fina - e dei uma peneirada com o filtro da pressca. Como fiz numa pitcher, fui despejando o liquido devagarinho, com isso o grosso do café fica na pitcher, e assim que vi que começou a vir o café mais grossão, com pó, parei. Passaram uns resíduos, mas nada anormal comparado com a pressca, é só deixar o último gole. A receita do Lisboa é boa mesmo... E fiz com o bruzi descafeinado da Nossa Casa Cafés / Daterra, até hoje não achava que ele ficava muito bom na pressca/köke, uso ele mais com moka e algumas receitas mais restritas de AP, realmente o a técnica revelou mais sabor nele.

Quanto a coar, talvez no coador de pano vá mais rápido e fique um meio termo, um pouco mais limpa...? Não sei, desconheço.

E a pressca invertida como falaste deve funcionar sim, mas aí talvez fique exatamente a mesma coisa o resultado que a pressca "normal", não? Rs Ou achas que o vácuo pode fazer diferença e segurar alguma coisa, por ficar mais compacto, algo assim?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitor Costa    103

@JoaoW Eu já testei com filtro de pano, ele também deixa passar um pouco de resíduo, isso é uma coisa que me incomoda um pouco mas pra maioria das pessoas nem tanto.

Sobre o método invertido da Pressca, imagino que tenha alguma diferença, mas não sei te dizer qual. Eu ainda não tenho a minha, apenas ouvi falar de um amigo meu. Quando eu comprar eu vou testar melhor essas diferenças.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×