Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Carneiro

Breville "the Infuser" (BES840XL)

Recommended Posts

Diogo    35

Pessoal, minha Breville tem ocorrido um problema.

Tres vezes no momento da extração o porta filtro desencaixou e caiu em cima do copo sujando tudo, ele vai se movendo sozinho pra esquerda como se fosse o movimento que eu faço pra desconectar o porta filtro da máquina ...

Agora pra fazer a extração eu tenho que ficar olhando se o porta filtro não está se desacoplando, tenho que segurar ele pra nao soltar quando isso acontece.

Alguém já teve esse problema ? estou desconfiado que pode ser a borracha que tá meio desgastada e por isso no momento da pressão da extração ele tende a virar e soltar o porta filtro.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Fogo ruivo    860

Isso é muito comum.

Basta trocar a gaxeta que resolve.

Abraços

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já troquei o anel de silicone que faz a vedação. No site da Tramontina constam 4 autorizadas, encomendei pela Cemello Peças, em Ipanema. 

Custou 30 pratas cada e comprei 2 para garantir. Demorou uns 10 dias para chegar.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

e foi tranquilo de trocar as borrachas?

 

o meu nunca caiu, mas um dia eu vi começar a se mexer e de lá pra cá eu só faço café com o dedo ali segurando... hehehe

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Diogo    35

Comprei a minha gaxeta na Cemelo por 30 reais e achei bem tranquilo fazer a troca.

É preciso apenas desparafuzar o chuveiro e soltar a borracha e fazer a troca.

Agora o PF ficou bem fixo e não cai mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Consegui finalmente realizar uma vontade antiga. Comprei um portafiltro adicional para a Breville para transformar em Naked.

Não queria pagar uma fortuna que pedem no Brasil (R$780). No site oficial da Breville EUA o portafiltro infelizmente está fora de estoque há quase 01 ano. No Amazon quando tem custa mais de U$80. Depois de muito procurar , encontrei na Espresso Planet do Canadá pelo equivalente a U$67. Aproveitei para comprar também o cesto duplo single wall. Uma prima que mora lá trouxe para mim.

O desafio depois foi achar um torneiro mecânico. Encontrei um que recomendou usar um torno para abrir o orifício. Escolhemos um diâmetro de 50mm, que para mim ficou excelente.

Os primeiros testes estão sendo muito animadores. Depois posto uns vídeos das extrações.d4eb4b2fdb4eabd48f4d8d9bbc3c342d.jpg6325adad948915a9741e21000ab42603.jpgcad6c5ebfdfa647e85e66b41205c4c60.jpgd51f1a3dc7e5391be77b04d92491b02d.jpg725d1d233638d8e08cc284ee5f86da14.jpg059806c6355d59765a33b64089d68018.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    59
Em 19/04/2018 at 21:47, helderbarreto disse:

Consegui finalmente realizar uma vontade antiga. Comprei um portafiltro adicional para a Breville para transformar em Naked.

Não queria pagar uma fortuna que pedem no Brasil (R$780). No site oficial da Breville EUA o portafiltro infelizmente está fora de estoque há quase 01 ano. No Amazon quando tem custa mais de U$80. Depois de muito procurar , encontrei na Espresso Planet do Canadá pelo equivalente a U$67. Aproveitei para comprar também o cesto duplo single wall. Uma prima que mora lá trouxe para mim.

O desafio depois foi achar um torneiro mecânico. Encontrei um que recomendou usar um torno para abrir o orifício. Escolhemos um diâmetro de 50mm, que para mim ficou excelente.

Os primeiros testes estão sendo muito animadores. Depois posto uns vídeos das extrações.d4eb4b2fdb4eabd48f4d8d9bbc3c342d.jpg6325adad948915a9741e21000ab42603.jpgcad6c5ebfdfa647e85e66b41205c4c60.jpgd51f1a3dc7e5391be77b04d92491b02d.jpg725d1d233638d8e08cc284ee5f86da14.jpg059806c6355d59765a33b64089d68018.jpg

Massa! Fez uma sujeira danada, mas a extração ficou super bacana. Também tenho esse desejo, mas como vc disse, não se acha em lugar nenhum.

Vou dar uma olhada nesse site que vc indicou.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jhonyson    1

Olá, bom dia..

Atualmente possuo uma Oster Primallate II, com um moedor simples da hamilton beach e estou pensando em dar um upgrade nos dois equipamentos. Sou bem iniciante e no momento estou satisfeito com as extrações que estou tendo utilizando os cafés Seleção do Mario. Porém, como entusiasta, estou inclinado a buscar evoluir...Somado com o fato de haver uma oportunidade de venda desses equipamentos que já possuo.

Gostaria de receber sugestões de quais equipamentos mais me aconselham...

Estive lendo esse tópico e vi muitos comentários positivos. Compensa muito trocar a Primallate II por esta Tramontina by Breville Express BES840XL mesmo com tanta diferença no preço? Teria muita diferença na qualidade dos expressos? A Breville proporciona uma qualidade  melhor nos expressos  em relação a uma super automática como por exemplo a Syncrony Logic Gaggia?

Em relação ao moedor, indicariam o da tramontina mesmo, ou algum outro?

Agradeço desde já pela atenção!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Flaze    90
Em 29/04/2018 at 03:14, Jhonyson disse:

Olá, bom dia..

Atualmente possuo uma Oster Primallate II, com um moedor simples da hamilton beach e estou pensando em dar um upgrade nos dois equipamentos. Sou bem iniciante e no momento estou satisfeito com as extrações que estou tendo utilizando os cafés Seleção do Mario. Porém, como entusiasta, estou inclinado a buscar evoluir...Somado com o fato de haver uma oportunidade de venda desses equipamentos que já possuo.

Gostaria de receber sugestões de quais equipamentos mais me aconselham...

Estive lendo esse tópico e vi muitos comentários positivos. Compensa muito trocar a Primallate II por esta Tramontina by Breville Express BES840XL mesmo com tanta diferença no preço? Teria muita diferença na qualidade dos expressos? A Breville proporciona uma qualidade  melhor nos expressos  em relação a uma super automática como por exemplo a Syncrony Logic Gaggia?

Em relação ao moedor, indicariam o da tramontina mesmo, ou algum outro?

Agradeço desde já pela atenção!

Bom, passei por uma situação semelhante à sua, mas troquei a minha Oster Prima Latte II por uma Aram e, por questão de oportunidade, por uma Quickmill Andreja Premium. Quando faço Espresso nas máquinas novas, eu tenho que moer mais fino do que na Oster: se eu uso a mesma granulometria das máquinas novas na Oster, eu choco a máquina. Isso explica o fato de que os espressos feitos com filtro não pressurizado na Oster tendem a ser tão ácidos. Desta forma, acredito que você vai notar diferença sim. No meu caso, os cafés que faço na Aram e na Quickmill são mais equilibrados do que o da Oster, que sempre tendem a serem ácidos. Quanto ao moedor, tem uma galera que usa ele aqui no fórum e gostam dele. Falam que ele empelota um pouco, mas é um bom moedor. Tem gente que usa o Bravo Mini, tem quem use o Bravo Debut (eu), que são moedores manuais fabricados pelo @Gilberto e dizem que ambos são melhores que o da Tramontina, então fica mais uma opção. Quanto a superautomatica da Gaggia, não posso opinar, não conheço.

 

Abraços!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Jhonyson    1
9 horas atrás, Flaze disse:

Bom, passei por uma situação semelhante à sua, mas troquei a minha Oster Prima Latte II por uma Aram e, por questão de oportunidade, por uma Quickmill Andreja Premium. Quando faço Espresso nas máquinas novas, eu tenho que moer mais fino do que na Oster: se eu uso a mesma granulometria das máquinas novas na Oster, eu choco a máquina. Isso explica o fato de que os espressos feito com filtro não pressurizado na Oster tendem a serem tão ácidos. Desta forma, acredito que você vai notar diferença sim. No meu caso, os cafés que faço na Aram e na Quickmill são mais equilibrados do que o da Oster, que sempre tendem a serem ácidos. Quanto ao moedor, tem uma galera que usa ele aqui no fórum e gostam dele. Falam que ele empelota um pouco, mas é um bom moedor. Tem gente que usa o Bravo Mini, tem quem use o Bravo Debut (eu), que são moedores manuais fabricados pelo @Gilberto e dizem que ambos são melhores que o da Tramontina, então fica mais uma opção. Quanto a superautomatica da Gaggia, não posso opinar, não conheço.

 

Abraços!

Ah sim, muito bacana!

Vou procurar saber mais sobre esses moedores Bravo Mini e Bravo Debut...

Saberia me instruir onde verificar sobre valor dessa Quickmill Andreja Premium e dar um relato comparativo dos expressos feitos nela em relação aos feitos na Tramontina Breville?  Me parece ser num nível já bem acima da tramontina Breville, creio que vou ter que ir só sonhando com essa por enquanto..rs

Abraços!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite Pessoal. Preciso da opinião de vcs. 

Estou planejando comprar a versão sem moedor dessa cafeteira mas apareceu uma com moedor integrado usada com um coffee box por R$1.800,00 com 1,5 ano de uso. Para uma máquina que custa mais de 3.500 acho um bom preço. 

Gostaria da opinião de quem tem. O que vcs acham ? Vale a pena ? Coloquei uma foto pra vcs darem uma olhada  

Obs: n tenho moedor mas acho que um manual simples da conta de um café coado. 

8A01E82D-AFE0-4E61-8D6D-830000518190.jpeg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/6/2017 at 12:51, Miguel de Paula disse:

@Luiz Moreira

Obrigado.

Então, sobre o grão sempre utilizo do pessoal do Curto Café. E sempre (isso uns 3 meses) ficou na moagem 12 a 15 (maximo 16, nunca passou disso).

Ai agora aconteceu isso. Tenho em mente (posso estar enganado) que o "problema" não esteja na moagem do grão, mas mesmo assim vou testar algo começando no 20.

Notei também que o ponteiro da pressão na pré-infusão estava subindo muito (além do normal, indicativo de moagem muito fina???) e quando acontecia realmente a infusão o ponteiro quase colava no final (em algumas extrações). Achei estranho.

Vou tentar graus diferentes de moagem.

E posto aqui pra vocês um vídeo. Ok?

 

@Miguel de Paula, resolveu seu problema? Acho que está acontecendo a mesma coisa comigo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

@leandro.costa bom dia meu camarada.
 Tudo bem?

Então cara. De tanto testar e fuçar acabei aprendendo algumas coisas, que também muita gente tinha me falado.

A cada grão comprado, nova moagem pra ser regulada (grão mais "duro", grão mais novo, grão mais velho e assim vai).

No final acaba dando certo.

Estou com um grão do Curto Café novamente, torra média clara.

O espresso pra sair legal estou com nível 6/7 no meu moinho. E acho que dá pra colocar 4/5 (vou fazer este teste e te falo).

Mas respondendo sua pergunta acabou que o "problema" foi resolvido.

Então deixo a dica: altere a moagem do grão e vai testando, se o espresso sair ok. Ótimo. Resolvido. Se não ai vai ter que partir pra outras variáveis.

Ok.

abrassssssssssssss

Share this post


Link to post
Share on other sites
jvictormp    3

Entrei pro time do espresso!

To felizão, comprei no ML, nome do vendedor Casa Ativa. Recomendo, fiz a compra por volta de meio-dia, e o cara enviou no mesmo dia, chegou rapidinho (Sedex).

Fiz dois espressos com o Seleção do Mario (sítio dos Irmãos Briosque, embalagem vermelha), com filtro despressurizado, e saíram muito bons pro meu paladar, sorte de principiante eu acho rsrsrs.

Minha primeira dúvida: LIMPEZA PERIÓDICA

1) Devo utilizar pastilha de limpeza no porta-filtro ou comprar um descalcificante líquido (Saeco, por exemplo) e pôr no reservatório com água?

2) Tanto as pastilhas, como o descalcificante, fazem a mesma coisa ou se destinam a objetivos diferentes?

3) Fazer limpeza periodicamente ou só quando a luz LIMPE-ME acender?

Outra dúvida: ÁGUA MINERAL

1) Eu não tenho filtro que retire cloro da água da torneira, por isso prefiro usar água mineral. A água aqui do ES tem baixa concentração de sólidos. Os resíduos de evaporação são menores que 20mg/L, e o cálcio por volta de 1,0mg/L. Será que a água da torneira terá menor concentração de sólidos que a água mineral? Se não, tem algum outro motivo que me impeça de usar água mineral?

Valeeeeeeu galera

 

espresso.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    59

Eu tenho os mesmos equipamentos.

Eu só faço o ciclo de limpeza (indicado no manual) quando a máquina solicita, inclusive tenho utilizado o detergente da Tramontina. Nesse mesmo ciclo eu acabando tirando o chuveiro com aquela chave que vem com a máquina e dou uma limpada tb.

Além disso, limpo periodicamente (semanalmente) o porta filtro com Cafiza ou o Detergente específico da Tramontina, para tirar os resíduos que acabam impregnando.

Faço também aquela limpeza diária, que é dar um flush após utilizar, passar um paninho e tals.

A galera vai ter mais propriedade para explicar, mas acho que descalcificante é um troço mais radical, que deve ser feito com uma periodicidade muito maior (eu nunca fiz e tenho a máquina há mais de um ano), mas acho que não deve ser algo que vc deva se preocupar por agora.

Já o moedor eu limpo semanalmente, pois acho que retém muito café e começa a interferir nos ajustes. 

Para isso eu simplesmente tiro a mós que é removível, passo o pincel... dou uma pincelada na outra parte da mós que fica fixa e passo o aspirador. Hj eu só uso para coados.

Quanto à água, eu usava a mineral, mas tava ficando caro....rs...instalei um filtro de torneira, uma vez que a água da minha região é relativamente boa. Mais detalhes fisioquímicos os colegas vão poder dizer melhor que eu.

Uma dica: compre um tamper...esse que vem na máquina parece bonzinho, mas é bem leve...não acho que ele faça o serviço adequadamente.

Bom, essa é a minha experiência....não necessariamente o mais adequado....rs

 

 

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
jvictormp    3
Em 20/06/2018 at 08:25, Pierre Luna disse:

Eu tenho os mesmos equipamentos.

Eu só faço o ciclo de limpeza (indicado no manual) quando a máquina solicita, inclusive tenho utilizado o detergente da Tramontina. Nesse mesmo ciclo eu acabando tirando o chuveiro com aquela chave que vem com a máquina e dou uma limpada tb.

Além disso, limpo periodicamente (semanalmente) o porta filtro com Cafiza ou o Detergente específico da Tramontina, para tirar os resíduos que acabam impregnando.

Faço também aquela limpeza diária, que é dar um flush após utilizar, passar um paninho e tals.

A galera vai ter mais propriedade para explicar, mas acho que descalcificante é um troço mais radical, que deve ser feito com uma periodicidade muito maior (eu nunca fiz e tenho a máquina há mais de um ano), mas acho que não deve ser algo que vc deva se preocupar por agora.

Já o moedor eu limpo semanalmente, pois acho que retém muito café e começa a interferir nos ajustes. 

Para isso eu simplesmente tiro a mós que é removível, passo o pincel... dou uma pincelada na outra parte da mós que fica fixa e passo o aspirador. Hj eu só uso para coados.

Quanto à água, eu usava a mineral, mas tava ficando caro....rs...instalei um filtro de torneira, uma vez que a água da minha região é relativamente boa. Mais detalhes fisioquímicos os colegas vão poder dizer melhor que eu.

Uma dica: compre um tamper...esse que vem na máquina parece bonzinho, mas é bem leve...não acho que ele faça o serviço adequadamente.

Bom, essa é a minha experiência....não necessariamente o mais adequado....rs

 

 

 

 

Obrigado pelas dicas, Pierre Luna.

Vou adquirir o detergente da Tramontina também.

O flush após utilização já venho fazendo.

Vou ficar no aguardo de mais opiniões sobre o descalcificante.

Vc falou que só usa o moedor para coados? Não tem feito espressos mais?

E o tamper, com qualquer peso, não seria a força que eu vou fazer que determinaria a eficácia da compactação?

Outra dúvida. Após compactar, devo virar o porta-filtro de lado para passar a Razor (aquela chapinha toda chique limitadora de dose)? Espera-se que o pó permaneça dentro do porta-filtro sem perigo de cair?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    59
19 horas atrás, jvictormp disse:

Obrigado pelas dicas, Pierre Luna.

Vou adquirir o detergente da Tramontina também.

O flush após utilização já venho fazendo.

Vou ficar no aguardo de mais opiniões sobre o descalcificante.

Vc falou que só usa o moedor para coados? Não tem feito espressos mais?

E o tamper, com qualquer peso, não seria a força que eu vou fazer que determinaria a eficácia da compactação?

Outra dúvida. Após compactar, devo virar o porta-filtro de lado para passar a Razor (aquela chapinha toda chique limitadora de dose)? Espera-se que o pó permaneça dentro do porta-filtro sem perigo de cair?

O Breville já estava me irritando por conta da retenção, aí toda hora tinha que ficar limpando e ajustando. Aproveitei uma viagem e comprei um moedor só para os espressos (Eureka Mignon) e notei uma diferença significativa.

o lance do tamper, de fato, acho que o peso vc consegue compensar na força (O original pesa uns 80g e o que eu uso pesa uns 400g)...Acho que o original tem uma ergonomia ruim...sei lá...

Não uso Razor por sempre pesar uma qtd fixa (18g) que me parece adequada para o filtro duplo....ai fica mais ou menos na altura do Razor....

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas alguém realmente usa aquele razor? Só uso ele para soltar o filtro do pf (bem melhor que usar uma faca, por exemplo...)

 

Ah, e alguém sabe se existe o bico simples para esse pf? E onde vende um pf extra? Acho chato ter que centrar o copo para pegar os dois bicos quando faço no de 1 dose...

 

E no bico duplo, sabem se dá para melhorar a distribuição da extração nos dois bicos? Volta e meia, ao usar o filtro duplo e tirar dois espressos de uma vez, um deles fica com mais volume na xícara que o outro. E eu não acho que seja problema da distribuição ou compactação do pó no filtro, como já li em algum lugar...

 

Valeu

Share this post


Link to post
Share on other sites
Flaze    90
10 minutos atrás, Fernando de Macaé disse:

Mas alguém realmente usa aquele razor? Só uso ele para soltar o filtro do pf (bem melhor que usar uma faca, por exemplo...)

 

Ah, e alguém sabe se existe o bico simples para esse pf? E onde vende um pf extra? Acho chato ter que centrar o copo para pegar os dois bicos quando faço no de 1 dose...

 

E no bico duplo, sabem se dá para melhorar a distribuição da extração nos dois bicos? Volta e meia, ao usar o filtro duplo e tirar dois espressos de uma vez, um deles fica com mais volume na xícara que o outro. E eu não acho que seja problema da distribuição ou compactação do pó no filtro, como já li em algum lugar...

 

Valeu

Referente à distribuição na extração, normalmente isso é por causa da distribuição do pó e/ou compactação irregular (compactação meio torta por exemplo) . O ideal para você diagnosticar efetivamente seria utilizar um porta filtro naked para observar o que tá acontecendo durante a extração: algum tipo de canalização, café sendo extraído mais de um lado do que do outro, etc. 

Abraços! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
jvictormp    3
Em 02/07/2018 at 14:04, Fernando de Macaé disse:

Mas alguém realmente usa aquele razor? Só uso ele para soltar o filtro do pf (bem melhor que usar uma faca, por exemplo...)

 

Ah, e alguém sabe se existe o bico simples para esse pf? E onde vende um pf extra? Acho chato ter que centrar o copo para pegar os dois bicos quando faço no de 1 dose...

 

E no bico duplo, sabem se dá para melhorar a distribuição da extração nos dois bicos? Volta e meia, ao usar o filtro duplo e tirar dois espressos de uma vez, um deles fica com mais volume na xícara que o outro. E eu não acho que seja problema da distribuição ou compactação do pó no filtro, como já li em algum lugar...

 

Valeu

Eu uso o razor em toda dose. Não sei fazer "de olho", o Razor me diz se devo moer mais grãos ou se já ta bom.

E sobre o bico, o que acontece se simplesmente desenroscar o bico duplo e fazer o expresso sem bico?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é, o lance é que quando eu tentei usar, não concordei com o nível que o razor me deu... mas de fato, já dá uma noção boa se você não pesar ou souber de olho a quantidade de café moído.

Eu já usei com o bico desenroscado, mas suja muito o copo, fica respingando nas laterais.

 

Falou

Share this post


Link to post
Share on other sites
jvictormp    3
Em 23/07/2018 at 08:14, Fernando de Macaé disse:

Pois é, o lance é que quando eu tentei usar, não concordei com o nível que o razor me deu... mas de fato, já dá uma noção boa se você não pesar ou souber de olho a quantidade de café moído.

Eu já usei com o bico desenroscado, mas suja muito o copo, fica respingando nas laterais.

 

Falou

Podemos colocar um calço embaixo da xícara pra elevá-la e ficar bem próxima do portafiltro. B)

Gambiarras :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa.... eu já até me acostumei a segurar a xícara perto do bico para evitar esses respingos, vou tentar fazer o mesmo com o bico desatarraxado.

 

Uma coisa que me incomoda na Breville é o tempo que leva para começar a sair água, mesmo quando dou flush. A minha leva aí uns 2 segundos sem sair água. Só quando dou dois flushes seguidos (ou dou um flush e logo em seguida encaixo o PF e ligo) é que não leva esse tempo. Como eu até hoje eu só operei em duas máquinas (essa minha e uma Spazialle Vivaldi do curso), não sei se é comum essa demora, se isso acontece mais num tipo específico de máquina ou bomba do que em outras... Pelo que entendi até agora a Breville aquece a água com um termobloco de alumínio e a pressão é dada por uma bomba vibratória, é isso? Essa demora é por conta da bomba ser vibratória, e não rotativa? E isso ocorre em todas as bombas vibratórias? E o vapor, como que funciona? Aqueles pulsos, é de alguma bomba diferente dessas duas?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carneiro    1,484

Pode ser que haja formação de vapor no termobloco ou entra um pouco de ar (se bem que ela tem 3 vias né). Aí demora um pouquinho a mais pra começar a sair água, mas 2 segundos é bem pouco...

Ela tem um temobloco de alumínio com o tubo interno de inox e bomba vibratória sim. Realmente a bomba vibratória tem uma curva de fluxo/pressão bem mais lenta que as rotativas de palheta, mas o que pode ser bom, quase que uma rampa lenta ao invés do "tranco" que as comerciais dão quando não tem gicle ou válvula específica pra isso. 

Acho que a sua máquina tem uma bomba só pra ambos e funciona com pulsos pra manter um fluxo/pressão pra vaporização.

Share this post


Link to post
Share on other sites
jvictormp    3

O "tranco" falado pelo Carneiro me levou a lembrar da pré-infusão.

Vi um estudo por esses dias (posso procurar e postar aqui, caso queiram) mostrando a porcentagem de extração, variando os tempos de pré-infusão. Foi feito com 0s (sem pré-infusão), com 5s, 10s, 15s e 30s.

O que mais extraiu foi o de 0s.

O que os amigos entendem sobre a pré-infusão? Acham que vale a pena fazer?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em Tue Sep 12 2017 at 21:12, Pierre Luna disse:

Galera, fiz um Upgrade de uma Oster Primalatte para a Infuser recentemente e desde que a máquina chegou tenho reparado que ao encaixar o porta filtro com o filtro duplo despressurizado e fazer o giro para travá-lo na máquina, sentia uma vibração, como se algo estivesse raspando, coisa que não acontecia na Oster.

Pois bem, depois de fazer vários movimentos e ficar observando, descobri o que era: o cesto meio da um movimentada dentro do porta filtro quando faço travamento. Assim, o atrito que sinto ao encaixar o porta filtro é da parede externa do filtro naquelas travinhas internas do porta filtro.

Isso ocorre com vcs tb? É normal?

Boa noite; achou que valeu a pena trocar a Oster pela Breville?

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Aquece sim as xícaras, porém para isso a máquina tem de ficar ligada por muito tempo. Não vejo vantagem em fazer isso. Além disso, a máquina entra em stand by após uns 20 a 30 min.

Mais eficiente seria fazer um flush de água com o portafiltro sem café nas xícaras que vão ser usadas.

Quanto à pergunta se vale a pena trocar a Oster pela Breville: depende do quanto você vai tomar de espressos. Que a Breville é bem superior eu não tenho dúvidas. Ela vai proporcionar cafés excelentes com uma repetibilidade grande. A Oster é mais simples em construção. Antes de mudar de cafeteira eu compraria um bom moedor (Bravo Mini, por exemplo). Caso você realmente queira mudar de máquina, um bom moedor vai te acompanhar e case fique com a Oster, com certeza ele vai ser muito útil. Além de poder usá-lo em outros métodos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    59
2 horas atrás, helderbarreto disse:

Aquece sim as xícaras, porém para isso a máquina tem de ficar ligada por muito tempo. Não vejo vantagem em fazer isso. Além disso, a máquina entra em stand by após uns 20 a 30 min.

Mais eficiente seria fazer um flush de água com o portafiltro sem café nas xícaras que vão ser usadas.

Quanto à pergunta se vale a pena trocar a Oster pela Breville: depende do quanto você vai tomar de espressos. Que a Breville é bem superior eu não tenho dúvidas. Ela vai proporcionar cafés excelentes com uma repetibilidade grande. A Oster é mais simples em construção. Antes de mudar de cafeteira eu compraria um bom moedor (Bravo Mini, por exemplo). Caso você realmente queira mudar de máquina, um bom moedor vai te acompanhar e case fique com a Oster, com certeza ele vai ser muito útil. Além de poder usá-lo em outros métodos.

Concordo em tudo com o Helder.

De fato ela é bem superior no que diz respeito à construção, funcionalidades e tals, mas não sei se o que vai gastar a mais vc conseguiria visualizar na xícara. Se vc utiliza bastante o vaporizador, eu particularmente acho que o da Breville muito superior ao da Oster.

Um moedor de qualidade faz toda diferença, tanto que eu usava um moedor Breville e agora uso um Eureka Mignon, e pra mim, a máquina ficou muito mais potencializada. 

Assim, não sei qual é o seu moedor, mas sentiria muito mais diferença trocando de moedor do que trocando de máquina.

Aproveitando, Helder, o que tem achado do PF Bottomless?? Tá curtindo? valeu a pena???

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Estou curtindo muito! Praticamente só estou usando ele mesmo. Vejo que por mais que eu faça tudo certinho, se eu relaxar um pouco e não tomar muito cuidado com a distribuição do pó, deixar de fazer WDT, etc eu tenho altas canalizações. O PF naked serviu muito para me manter sempre alerta. Valeu o investimento.

Em tempo: o PF voltou ao estoque nos EUA. Para quem puder comprar lá, vale a pena.

https://www.breville.com/us/en/parts-accessories/parts/sp0001515.html

Eu compraria também um basket de parede simples para dose dupla , além de uma borracha para a cabeça de grupo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×