Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
JoaoW

Efeitos (pessoais!) da cafeína

Recommended Posts

JoaoW    232

Olá amigos do forum, estou criando esse tópico porque já vi alguns falando da cafeína, mas mais voltados para efeitos científicos, faz bem, faz mal, etc.

Se a discussão não couber aqui e já estiver repetida, peço aos moderadores que a eliminem...

A ideia é basicamente relatar os efeitos que cada um têm com a cafeína, efeitos positivos, negativos ou neutros, e como lida com isso...

Afinal, se tem uma coisa que acredito que seja realidade para quase todos aqui no forum é que, gostando bastante de café, se toma muito café, e com isso, muita cafeína! Mais que os "reles mortais" rs.

Particularmente, acho a cafeína algo ruim para mim. Os tais efeitos de ficar mais esperto, alerta, etc. nunca senti. Mas quando tomava muito café ou coca-cola (eu tomava muito), dava uma taquicardia. E uns meses atrás teve um período em que eu tomei muita cafeína sem me dar conta: coca-cola, café, chá mate (um litrão), cacau... Nessa época, comecei a ter uns suores excessivos meio "do nada". Era 40 min depois de consumir qualquer coisa com cafeína, por menor que fosse a dose, dava nisso... Demorei até descobrir. Mas aí fiquei um tempo só tomando café descafeinado - era o Melitta, um tempo em que eu não conhecia os cafés especiais ainda -, e parou. Hoje isso "passou", mas confesso que mudei bastante meus hábitos. Tanto é que caí nessa de cafés especiais procurando por bons cafés descafeinados e modos de preparo pra fazer na moka. Hoje faço assim: nos dias que faço exercício, tomo metade dos meus cafés (ou mais) "com cafeína" (antes do exercício acho que é bom, minha nutricionista recomendou então achei ótimo rs), e o restante sem. Nos dias que não faço exercício (2 por semana), tento ficar só nos cafés descafeinados. E nunca mais tomei café com cafeína à noite.

É que depois que fiquei aquele período sem tomar cafeína, tive uma síndrome de abstinência de uns dias, e não gostei de saber que tinha uma certa dependência. Então hoje busco alternar - intercalar horários de tomar café, ficar sem cafeína um dia ou outro, para evitar a formação de hábito. Além disso, devo admitir que minhas noites melhoraram; eu já dormia bem quando tomava café até de madrugada, mas hoje em dia é coisa de louco, durmo como uma pedra.

Atualmente com essas mudanças, a coisa está ok, tomo meus cafés (bastante) normais, intercalo com descafeinados, e está tudo ótimo.

Mas isso é pra mim, outros se dão melhor ou não tem problemas com a cafeína etc... De todo modo, acredito que para muitos aqui do Clube, lidar com a cafeína faz parte dado que é uma substância que consumimos muito... Então a ideia era ver como cada um lida com a questão, se é uma questão ou não, etc... É isso.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Interessante este tema. Eu também tenho sensibilidade a cafeína a partir de uma certa dosagem começo a ter dores de cabeça poucos minutos após tomar. Para espressos duplos o meu limite está por volta de 15 a 16g de pó.

Também tenho estas dores de cabeça com alguns vinhos principalmente os de baixa qualidade, mas aí a dor de cabeça é praticamente imediata e em qualquer dosagem.

Enviado de meu ONEPLUS A5000 usando Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

JoaoW,

Particularmente a cafeína me ajuda no exercício intenso(ciclismo). Percebo que o estímulo é imediato e duradouro, claro, também depende da condição física para o esporte, se está bem para a prática, etc. Em geral é dessa forma. Algo interessante que noto, não é somente com o café, mas com a erva mate também. Ao se estar cansado depois do treino, nas horas seguintes ao se tomar um mate, o corpo é estimulado a voltar a sua condição "normal". 

Enfim, como somos diferentes organicamente falando, as coisas funcionam de diferentes maneiras.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    232

Para o exercício tenho tido bons resultados, uns 40 min antes de treinos de condicionamento físico tomo café e acho que ajuda a queimar mais gordura e dá energia também. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Wellpires    37

Caro @JoaoW, bastante pertinente seu post.

Comecei a gostar e me interessar mais pelo café muito recentemente. Eu diria, de uns 2 meses pra cá. Comecei há alguns anos, a beber café apenas no trabalho, apenas pela manhã, mais pra dar aquela despertada pois isso funcionava comigo. Depois passei a tomar um de manhã e outro à tarde, sempre no trabalho. Aí de repente comecei a tomar gosto e resolvi pesquisar sobre bons cafés e tal, passando a tomar os dois do trabalho e também um em casa. Daí percebi que o café estava me dando taquicardia. Mas eu andava meio ansioso com algumas situações e não sei se uma coisa junto com a outra e por isso passei a sentir isso ou se foi apenas o café mesmo. Fui na semana passada no cardiologista, bati um eletro mas deu tudo normal. O médico pediu outros exames pra se certificar que não tenho nada mais grave mais ainda não os fiz.
Minha solução até o momento está sendo a seguinte: Beber apenas 1 xícara por dia e sempre tomar água após o café ou mastigar alguma coisa. Tem melhorado sensivelmente.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tomar café estimula, mas não tira o sono. E se tomado em excesso como li acima, afeta os batimentos cardíacos. 

Nao sou médico. Mas li que em excesso faz bastante mal a longo prazo. 

Eu tomo 3por dia. Um expresso forte de manhã pois pego 40km de estrada, outro expresso depois do almoço pra ajudar na digestão, pois acelera o metabolismo e antes de sair do trabalho pois pego estrada de volta. Mais do que isso afeta e muito meu ritmo cardíaco e sono. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    232

Aos poucos vamos descobrindo nossas doses e limites... No meu caso, descobri que posso tomar uma "dose" (= um "método", por exemplo 150 ml de moka, ou 200 ml de aeropress, ou 200 de V60 etc) de manhã, uma após o almoço, e uma de tarde ou de tardezinha. Mais que isso, só descafeinado. Se tomo mais que essa dose numa ocasião só (por exemplo, repito a dose da moka numa ocasião), ou então se acrescento mais uma dose no decorrer do dia, fico pilhadão, meio acelerado. Mas com três doses e um decaf à noite, fico bem na fita, normalzinho! Só passo um certo calor logo após beber o café rs

Share this post


Link to post
Share on other sites
cankblunt    44

João, tem um renomado nutricionista, Luciano Bruno, que fala sobre metabolizadores rápidos e lentos de cafeína e os diferentes efeitos que isso causa nos indivíduos. Vale a pena seguir ele no Instagram. Perdido no meio dos posts dele, vira e mexe tem algo sobre o café, porque ele gosta bastante e afirma ser metabolizador rápido. Isso traria alguns efeitos colaterais. Mas, para resumo de história, ele diz que se toma café acompanhado de uma refeição, nunca tem as manifestações negativas.

Eu nunca parei para reparar efetivamente se metabolizo rápida ou lentamente, mas desconfio que seja da primeira forma. Como - praticamente - sempre tomo café comendo alguma coisa, ou logo após uma refeição, não sinto, normalmente, qualquer reação ruim. Pelo contrário, sinto todos os benefícios que você citou. Mas quando tomo sem comer nada, de estômago vazio, poucos minutos depois parece que minha pressão abaixa (ou sobe?!), fico com as mãos tremendo, uma sensação de esgotamento, fraqueza.

Hoje mesmo me aconteceu isso.

Antes de sair de casa, pela manhã, tomo um filtrado de uns 250ml, sempre comendo um omelete. Saio me sentindo um rei. Acontece que hoje fui conhecer a cafeteria de um amigo e fui direto lá. Cheguei e tomei mais 200ml, já um tempo depois da última refeição. Pronto. Os efeitos colaterais vieram, até mesmo uma pequena dor de cabeça. Depois que comi um pedaço de bolo (que pra minha sorte uma filha de deus levou pra galera do trampo hoje), melhorei.

Aí que não tenho certeza: se os efeitos vieram da quantidade de café ou do fato de ter tomado o café desacompanhado. Eu acredito que seja a segunda opção, visto que já houve épocas em que eu tomava mais café do que tomei hoje, sempre comendo algo, e não tinha nenhum problema.

Abraços!

Edited by cankblunt
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    232

Pô cankblunt, boa dica. Eu acho que sou metabolizador rápido, o efeito vem the flash rs... Mas se for só uma "dose" não acontece nada. Se passar disso, vem. Mas sem saber dessas coisas já estava com hábitos de tomar café geralmente logo após a refeição. Só uma dose que tomo no fim da tarde que vem meio sozinha, e pensando bem acho que gera mais efeitos, também não sei se pelo "acumulado" do dia ou por vir um pouco distante do lanche. Vou jogar junto com o lanche e ver o que acontece...! E vou dar uma olhada no nutricionista sim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Santiago Luz    1,675
18 horas atrás, cankblunt disse:

Mas quando tomo sem comer nada, de estômago vazio, poucos minutos depois parece que minha pressão abaixa (ou sobe?!), fico com as mãos tremendo, uma sensação de esgotamento, fraqueza.

Mesma coisa acontece comigo. Quando eu como algo muito leve logo que acordo e no meio da manhã eu tomo um espresso com 17g de pó, depois de uma meia hora começa a me dar uma moleza nas pernas, uma sensação de fraqueza. Com uma dose menor, de 12g, isso não acontece. Também não acontece se tiver uma alimentação farta antes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael Wagner    186

Eu também sinto a sensação de fraqueza. Acho que é menos intensa quando como algo, e de preferência algo substancial (se como só frutas sinto forte ou como um sanduíche me sinto melhor).
Como as vezes existe variáveis no dia, não tenho bem certeza nas coisas que ocasionam isso, mas por exemplo, não tenho certeza, mas um AP com longo tempo de infusão (5 minutos ou mais)aparentou que me fez ficar mais com esse sentimento ruim do que um com breve tempo de infusão (menos de 1 minuto). Mas não tenho certeza se não foi pelo que eu tinha comido antes (não lembro o que era). Mas sei que quanto mais tempo em infusão, mais substâncias são liberadas na água.


Enviado de meu SM-G955F usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    232

Pensando nessa questão, acredito que tenha a ver com a glicemia (nível de glicose) no sangue e como ela é influenciada pela quantidade e qualidade do que comemos. Sendo diabético, mesmo em estágio inicial, estou sempre bem atento a isso. O café é estimulante, pela cafeína mesmo, então aumenta o metabolismo, puxa mais energia e com isso estimula a queima de gorduras; por isso é uma boa bebida "pré-treino". No entanto, se aumenta o metabolismo e faz tempo que se comeu, ou então se o lanche no meio da manhã ou da tarde foi de alimentos com alto índice glicêmico (pão, frutas doces não fibrosas, bolo), aí a energia vai toda, o açúcar do sangue cai, e temos a hipoglicemia, que tem os sintomas que vocês mencionaram: fraqueza, tontura, suor frio...

Quando tem energia pra ser "queimada" em quantidade suficiente (isto é, refeição principal foi há pouco tempo, ou farta), aí esses efeitos são menores, a glicemia fica em bons níveis, e dá pra tocar o barco. Outra alternativa é fazer lanche com alimentos com baixo índice glicêmico ou carga glicêmica (com farinha integral, fibras, etc.). Mas de estômago vazio aí o café vai ajudar a puxar tudo e criar uma situação ruim...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 12/03/2018 at 14:37, JoaoW disse:

Aos poucos vamos descobrindo nossas doses e limites... No meu caso, descobri que posso tomar uma "dose" (= um "método", por exemplo 150 ml de moka, ou 200 ml de aeropress, ou 200 de V60 etc) de manhã, uma após o almoço, e uma de tarde ou de tardezinha. Mais que isso, só descafeinado. Se tomo mais que essa dose numa ocasião só (por exemplo, repito a dose da moka numa ocasião), ou então se acrescento mais uma dose no decorrer do dia, fico pilhadão, meio acelerado. Mas com três doses e um decaf à noite, fico bem na fita, normalzinho! Só passo um certo calor logo após beber o café rs

Chama isso de dose ????

Isso é um cafezão !!!

Minhas doses não passam de 30ml de espresso.

Será que o descafeinado tem o mesmo sabor que o espresso ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    232

Fala Henrique!

Heheheh sim sim, é uma "dosona", mas é o que eu tomo.

Quanto aos descafeinados percebo sabor diferente sim, não sei se devido à menor variedade de grãos (são mais caros, pelo processo Swiss / Mountain Water, então tem menos opções) ou se o processo altera alguma coisa. Já tomei uns que tendem a amargar mais, a maioria. O da Unique não é amargo, mas tem um gosto particular. Pro meu paladar, o Bruzzi descafeinado da Nossa Casa Café / Daterra é o mais gostoso. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
altrunox    15

na minha faculdade tinha aquelas máquinas super automáticas de café expresso, tomava uns 2 ou 3 as vezes, menos de uma hora depois já tinha que correr pro banheiro...

quando chego em casa e tomo um café sinto um leve boost na disposição, mas nada muito acentuado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×