Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Recommended Posts

Dario Mattar    36

Pessoal,

Tive vontade de fazer uma consulta com vcs sobre uma particularidade simples, que é como a maioria usa a máquina de espresso. Se desligam ela a cada uso ou se optam por mante-la ligada o tempo todo.

Como procurei por algum tópico que se enquadrasse neste quesito e não consegui localizar, tive a ideia de abrir este, onde poderemos abordar as melhores práticas do uso diário, tais como limpeza, manutenção preventiva, rituais do uso diário e periódico, etc. 

Vou iniciar aqui com esta minha dúvida: Gostaria de saber como vcs lidam com esta questão de desligar ou não a máquina.

Meu uso é diário, de uma a duas vezes ao dia, tenho meu equipamento há uns 6 anos e sempre mantenho ele ligado.

No início, cheguei a desligar algumas vezes. No entanto, na época consultei a diretora da La Spaziale sobre o que era mais saudável para a máquina, e para a minha surpresa ela disse que tinha o menor índice de manutenção com uma rede de café que nunca desligava o equipamento. (Não me recordo se Frans Café ou Ofner).  Além disso, é fato que o maior consumo de eletricidade se dá quando a máquina está aquecendo e não para se manter aquecida. 

Por estas razões só tenho desligado meu equipamento quando vou viajar.

Nestes anos de uso, não tive qualquer dor de cabeça com minha máquina, que aparentemente está bem conservada.

Somente limpeza simples - retrofluxo com Cafiza a cada 2dias de uso, e 1 limpeza plena semanal, onde desmonto o grupo limpo tudo e remonto. Além disso, só trocas de guarnição a cada 3 meses, quando ela resseca e quebra.

E vcs, como costumam fazer?

Na opinião de vcs, com uso diário, o que consome menos energia e preserva mais o equipamento, ligar e desligar a cada vez que usa, ou manter ela ligada?

Abraços

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bressa    71

Olá, Dario

Deixar a máquina ligada todo tempo só faz sentido para uma cafeteria, onde são tirados vários, ou

pelo menos alguns espressos por hora, acredito que esse deve ser o seu caso. Em relação ao consumo de

energia elétrica, depende de quantos espressos são produzidos por hora.

Se for para uso doméstico, não há sentido deixar o equipamento ligado o tempo inteiro, só vai consumir

eletricidade desnecessariamente.

Como é o uso de sua máquina?

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carneiro    1,415

Nunca testei, existe bastante discussão sobre isso lá fora, mas acho que mais sobre máquinas prosumer ou comerciais, que tem uma caldeira considerável de vapor. Depende da perda de calor durante o dia, o que enseja o gasto energético. Provavelmente seria bem bom ter as caldeiras isoladas termicamente, pra deixar a máquina ligada e gastar pouco pra manter.

Na máquina que tenho no trabalho a caldeira é pequena (500ml, que fica na faixa de 95°C), mas com resistência ignorante de 1400W, além do grupo de ~2kg de latão com resistência de 100W, e programei o Arduino pra atuar nas resistências de 6h às 17h, mais ou menos. Talvez desse pra eu calcular quanto ligo e desligo tudo ao longo do dia e poderia comparar 24/7 ou intermitente... Mas sábado e domingo fica desligada. Eu aposto que, no meu caso, é mais econômico como faço. No fim, é verificar se o gasto pra aquecer tudo é compensado pelo período que fica desligada (~13h aqui).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    784

Em teoria, o problema de ligar e desligar é o pico de energia que faz. Por exemplo, para PC é mais negócio não desligar, mas aí estamos falando apenas de componentes eletrônicos e mais delicados no geral do que que os componentes elétricos de uma máquina. Eu acho que para uso diário, uma ou duas vezes no dia, não faz sentido manter tudo aquecido e gastando energia elétrica.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    730

Durante a semana costumo ligar a máquina entre 15:00 e 16:30 horas e a mantenho ligada até o fim do dia (entre 19:00 e 22:00 horas, quando dificilmente irei extrair algum novo café. Nos finais de semana costumo ligar por volta das 08:00 até no máximo às 18:00 horas se não tiver visita em casa. Caso contrário até a hora da visita ir embora.

No início fiz algumas observações e não percebi maiores variações no consumo de energia, entre deixar ligado ou ligar apenas quando for extrair algum café, mas, no segundo caso, ainda teria que aguardar o tempo normal de aquecimento da máquina.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bernardo    76

Sempre desligo a máquina depois de tomar meus espressos. Se quiser tomar, ligo e espero meia hora. Não vejo motivo para ficar gastando luz. Faço backflush uma vez por mês com Joe Glo. Não podemos esquecer de limpar também o moedor. Sempre fica pó velho nas mós.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carneiro    1,415

Questão é que a energia que gasta pra aquecer a máquina toda pode ser maior que a energia para manter a mesma aquecida, principalmente no caso do @Dario Mattar e de pessoas que usam pela manhã e depois do almoço ou à tarde. Mas para as maquinas pequenas de repente o contrário é verdade, gasto bem maior se ficar ligada.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
sergio.m    2,466

Independe da máquina.

O gasto para manter em temperatura alta é sempre maior que se ligar e desligar, mesmo que ciclada inúmeras vezes.

O motivo é que a perda de calor (e a energia para compensar) é proporcional a diferença de temperatura entre ambiente e máquina.

Em caso extremo, se a maquina cicla o dia todo entre 20 C e 90 C, pode-se considerar a grosso modo que estamos mantendo ela a temperatura média de (90+20)/2 = 55 C. 

E é até intuitivo saber que é mais barato manter algo a 55 C que a 90 C.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    784
1 hora atrás, Carneiro disse:

Mas para as maquinas pequenas de repente o contrário é verdade, gasto bem maior se ficar ligada.

Eu penso assim também. Uma coisa é esquentar uma baita caldeira de máquina comercial, e depois só manter quente, e outra coisa é manter quente uma caldeira pequena, que certamente pelo menor volume vai perder temperatura mais facilmente e portanto vai precisar de vários "reaquecimentos" durante o dia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36
10 horas atrás, Carneiro disse:

Questão é que a energia que gasta pra aquecer a máquina toda pode ser maior que a energia para manter a mesma aquecida, principalmente no caso do @Dario Mattar e de pessoas que usam pela manhã e depois do almoço ou à tarde. Mas para as maquinas pequenas de repente o contrário é verdade, gasto bem maior se ficar ligada.

Exatamente este que foi meu pensamento.

mas vejo que muitos não acreditam nesta teoria.

Eu tb não estou seguro de que estou certo rsrs

Farei um teste prático.

Por um mês, passarei a ligar e desligar e verei a diferença na conta. 

Depois conto para vcs ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36
8 horas atrás, sergio.m disse:

Independe da máquina.

O gasto para manter em temperatura alta é sempre maior que se ligar e desligar, mesmo que ciclada inúmeras vezes.

O motivo é que a perda de calor (e a energia para compensar) é proporcional a diferença de temperatura entre ambiente e máquina.

Em caso extremo, se a maquina cicla o dia todo entre 20 C e 90 C, pode-se considerar a grosso modo que estamos mantendo ela a temperatura média de (90+20)/2 = 55 C. 

E é até intuitivo saber que é mais barato manter algo a 55 C que a 90 C.

Entendo

No entanto, penso que a quantidade de energia demandada para manter a máquina aquecida é bastante baixa, se comparado a quantidade demandada para ela ir dos 20 para os 90graus.

Mas não desacredito que possa consumir mais da forma que estou fazendo.

Farei um teste prático.

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36
16 horas atrás, Bressa disse:

Olá, Dario

Deixar a máquina ligada todo tempo só faz sentido para uma cafeteria, onde são tirados vários, ou

pelo menos alguns espressos por hora, acredito que esse deve ser o seu caso. Em relação ao consumo de

energia elétrica, depende de quantos espressos são produzidos por hora.

Se for para uso doméstico, não há sentido deixar o equipamento ligado o tempo inteiro, só vai consumir

eletricidade desnecessariamente.

Como é o uso de sua máquina?

 

Uso pouco, 1 ou 2 vezes ao dia.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Luiz Moreira    177

Esquecendo o consumo elétrico, o que dizem sobre o desgaste do equipamento??? Ligada o tempo todo ou somente na hora que for usar??

Enviado de meu ASUS_Z012DC usando Tapatalk

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Recentemente por ter comprado uma HX tive que procurar a respeito disso em sites gringos e achei uns engenheiros gringos que falam que a máquina só deve estar ligada se estiver em uso. Basicamente a explicação foi: deixar a máquina ligada sem uso diminui a vida útil de alguns componentes na máquina, como orings, mangueiras, tubulações e guarnições. A máquina foi projetada pra ser desligada já que seus componentes foram criados com esse fim. Às vezes pensamos muito na questão do consumo de energia e esquecemos da vida útil dos componentes da máquina também!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    784

E mais um detalhe que é muito comum aqui na RBC: flutuação de tensão elétrica. A não ser que a máquina esteja devidamente aterrada e/ou ligada em um estabilizador, há mais chances de dano à parte elétrica por causa da flutuação na tensão.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36
7 horas atrás, Luiz Moreira disse:

Esquecendo o consumo elétrico, o que dizem sobre o desgaste do equipamento??? Ligada o tempo todo ou somente na hora que for usar??

Enviado de meu ASUS_Z012DC usando Tapatalk
 

Então, escutei da diretora da La Spaziale que ela intuía que as máquinas que não eram desligadas nunca tinham menor manutenção. Isto pelo histórico que ela tem dos clientes que atendia. No entanto, temos várias considerações com contrapontos dos nosso amigos neste tópico. Por esta razão estou considerando seriamente mudar meus hábitos e averiguar os resultados.

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    784

Dario, mais do que o consumo de energia elétrica, eu me preocuparia em danos à máquina - por desgaste desnecessário e/ou possível danos à parte elétrica/eletrônica.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36
Em 06/12/2017 at 07:52, LUW disse:

Dario, mais do que o consumo de energia elétrica, eu me preocuparia em danos à máquina - por desgaste desnecessário e/ou possível danos à parte elétrica/eletrônica.

Sim, tem razão, tb me preocupo com isso.

Na realidade eu apostei as fichas no que disse a diretora da lá Spaziale Brasil, que me afirmou que a menor manutenção era das máquinas que permaneciam ligadas.

O que de fato não parece fazer sentido.

Já mudei meus hábitos e estou testando desligar por um tempo para ver no que dá.

Depois compartilharei com vcs o resultado.

Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
thiagomga    0

Ótima discussão. Vim procurar exatamente sobre isso: deixar ou não a chave dela ligada fora de uso.
Por exemplo, aqui uso uma Gaggia Anima no escritório e todo final de dia, ao fechar o escritório, desligo a chave de energia dela (o botão que fica atrás, e não o botão de on/off). De manhã, ligo novamente. Ela também está configurada para entrar em Standby a cada 60 minutos sem uso.

Uma dúvida: pode ser prejudicial, configurar pra 180 minutos (tempo máximo que a máquina permite)? Penso exatamente na questão da vida útil...

Tive uma Oster Prima Latte que ficava com a chave dela ligada o tempo todo e em 10 meses de uso, queimou a fonte - mesmo tendo um modo de standby também. Por sorte, ainda estava na garantia. Depois desse episódio, passei a desligá-la toda noite e nunca mais tive problemas. Está com 5 anos de uso.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dario Mattar    36

Olá amigos, fiz o teste e tinham razão! Passei a desligar e ligar diariamente e despencou meu gasto de eletricidade, além da guarnição estar durando muito mais... Obrigado pela dica! Pena que gastei eletricidade desnecessária por tantos anos... :( Abraços e bons cafés 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×