Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
LUW

Filtros Hario: mudanças

Recommended Posts

LUW    922

Fazia tempo que estava para comentar isso, mas fui deixando <_<. Para economizar no frete, quando compro filtro, sempre compro um montão e aí vou usando. Há uns dois meses meus estoques acabaram (literalmente), e fui comprar de novo. Sempre compro o branco, tanto o grande como o pequeno que uso (ou usava) no Caflanno. Pois bem, chegaram e para minha supresa a Hario mudou os filtros. Essa aba nova na parte de cima foi muito bem vinda, pois ficou bem mais fácil para abrir. Porém mudaram o papel também, e me parece que está agora menos poroso do que o anterior. Tanto que parece ser mais rígido que o anterior e também antes dava para ser usado duas vezes (se fosse bem lavado) quase que sem ser preciso mexer na moagem. Esse novo "entope" mais fácil, e isso é mais um motivo que me faz pensar que está menos poroso. E outra coisa, os antigos vinham sempre com uma espécie de pó (MUITO fino, tipo talco) que sempre dava para sentir ao manusear o filtro novo, a ponto que eu sempre enxaguava o filtro antes de escaldar. Com esses novos não vi mais o tal do pó, o que também foi uma mudança bem vinda.

Alguém mais notou diferenças?

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
viniciusfm    281

Notei sim, está realmente mais restritivo. Talvez seja muito reacionário, eu preferia o de antes.

Enviado de meu XT1097 usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    922

Por causa do pó (ou ausência de, na verdade), acho que no geral prefiro o novo. Porém ficou mais caro, pois limitou a reutilização.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,225

O @Cabral uma vez falou que dentre os filtros de papel o da Hario é (era) o que tinha o maior percentual de algodão. No Manual do filtro eles falam até que se assemelha a um filtro de "flanela", o que pressupõe um forte toque de algodão... :rolleyes: o que dá mais maciez e porosidade ao material. Vai ver que reduziram a % de algodão, o que explicaria estar com o fluxo mais restritivo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cabral    2,092

Pois é @Lisboa Santos, @LUW e @viniciusfm, mudaram ano passado. Comecei a comprar do filtro novo faz uns 6 meses e também não gostei logo de cara, não. Ficou parecido com o material dos Melitta importados, só muda o formato. O tempo de extração aumentou, então tive de reaprender o tempo do pouring.

no Reddit tem uma conversa sobre isso, alguém lá achou o mesmo que eu, que agora é fabricado pela Melitta...

Nessa outra conversa, acharam que não mudou o gosto. Pra mim o café ficou mais "duro", menos oleoso. Mudou os "acentos" decorrentes da oleosidade reduzida, mas pra mim não mudou os sabores e texturas... isso é, depois que achei o novo "jeito" de usar, pois os primeiros não me agradaram. Detalhe é que ficou melhor pra usar na cafeteira elétrica (que é a única coisa que a patroa usa, além da Três), então devem ter mudado em função de terem lançado aquela cafeteira elétrica pouco tempo atrás. Mas isso já é especulação braba... ;) 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, eu achando que estava exagerando, mas notei tudo isso também, mas pensei que era viagem...
Além da aba, que facilita muito mesmo e a ausência do 'talco',  notei como pior o filtro mais grosso/duro, e realmente o café mudou..
Não tive como fazer o teste 'filtro velho X filtro novo' com o mesmo café, mas da pra perceber que aumentou bastante a retenção dos óleos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,225

@Ricardo Esteves eu tenho ainda uns V60 nº 1 e nº 2, que uso muito de vez em quando pra cortar filtro para AP e Moka! :P estão com mais de 2 anos, e são dos antigos, talquentos e porosos. :lol: Se quiser que eu te mande para comparar ao vivo e em cores, me manda seu endereço numa MP. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    922

@Cabral, essa foi a impressão que tive: me parece que está retendo mais óleo (agora parece que há menos óleo na xícara), portanto deve ter ocorrido uma mudança de sabor. Acredito que se eu fizesse dois cafés exatamente da mesma forma, em xícaras lado a lado eu provavelmente sentiria a diferença no sabor, mas apenas de memória não consigo dizer.

@Lisboa Santos, cConfesso que tenho feito café filtrado com tempos ultra-longos, mas geralmente na Clever. No V60 é um trampo do caramba usando o bule da Sowden para manter tudo aquecido, então quando uso o V60, apenas uso café mais fino e deixo filtrando sem muita frescura. Apesar de ultimamente eu não me incomodar mais com tempo de filtração no V60, para a grande maioria da população cafezística isso é um problema.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,225

@LUW eu gosto muito do Caféor (monodose metálico da Hario), e tb, mesmo quando faço no Melittão ou Clever, nunca me preocupo com o tempo de "filtragem", mexo regularmente (a cada minuto) e só: sem estresse ou encanações. Acabo por experimentar um certo café de varias maneiras, e por pura praticidade tenho feito muitos café na Moka (nesta não consigo mexer muito na variável tempo rsrsrs). Quando o café é realmente não menos que excepcional, de cada 15 receitas umas 4 ou 5 eu dedico a buscar o sweet spot dele, e quando consigo chegar lá é sempre uma experiência maravilhosa! quase sempre parece que é um outro café... Mas dá trabalho, não é prático, e nem sempre tenho tempo, paciência ou ânimo para isso, então a caça ao sweet spot eu reservo apenas a uns poucos cafés que merecem.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    922

Faz mais de esmana que estou  para postar isso (pobrema com o meu fornecedor, perdão). O @Lisboa Santos mui gentilmente me mandou uns filtros antigos, e pude compara-los com os novos. Sendo sucinto, os novos são melhores. Por que?

Primeiro, como dito anteriormente, não vem com aquele "talco" que vinha nos antigos. Eu até tinha o hábito de enxaguá-los antes de pôr no PF, para tirar o tal do pó. Sendo sincero, não sentia diferença de sabor, mas me incomodava a idéia de ter corpos estranhos ali. Em segundo lugar, os novos são mais resistentes. Conseguia utilizar um mesmo filtro (do velho) duas vezes, esporadicamente três vezes, e aí abria o bico. Literalmente: começava a esgarçar na junção das bordas, deixando passar pó. Com o novo dá para usar três vezes e esporadicamente até quatro vezes. Em termos de sabor na xícara, se a moagem for ajustada (deixando mais grossa), não consigo perceber diferença de sabor. Porém, como chutei o balde na variável tempo (presto atenção basicamente por questões de controle e consistência), uso basicamente a mesma moagem mesmo se estou reutilizando o filtro.

Como característica do novo filtro (não diria que é vantagem ou desvantagem em relação ao velho), ele é menos poroso. Portanto para uma mesma quantidade de pó e água, se você quiser extrair no mesmo tempo, terá de ajustar a moagem para um pouquinho mais grossa com o filtro novo. Mas como chutei o balde da variável tempo, a mim isso não incomoda. Aliás, isso provavelmente ocorre porque estão usando um papel mais resistente - se for isso mesmo, no final das contas acho que tenho que dizer que é uma vantagem. Ah, e é claro, os novos agora tem aquela aba na borda superior que facilita na hora de abrir para colocar no PF.

Somando-se tudo isso, posso dizer que prefiro os novos filtros aos velhos. Porém independente dessas novas "vantagens", não consegui achar alteração de sabor na xícara.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,225

Reutilização de filtros desemboca no problema do microscópico entupimento de poros e, consequentemente, na gradativa menor vazão. Lá atrás, no começo, cheguei a fazer mas depois de umas 4 ou 5 vezes até água sem pó custava a passar. Sendo reutilizados no mesmo dia, não deve dar mudanças significativas mesmo... para um cafezinho mais do dia-a-dia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Recebi os filtros do nosso amigo Lisboa, junto com um café excelente do caparaó!
Mas ainda não fiz um teste decente, só por curiosidade passei um café a tarde com o filtro antigo, sem muita análise, as únicas diferenças notadas realmente foram o pó e a falta da aba, mas não achei muito diferente do café da manhã feito com o filtro novo...
Pretendo agora fazer os dois lado a lado e assim fazer o teste que vale mesmo que é do paladar rsrsrs

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    922
4 horas atrás, Lisboa Santos disse:

Reutilização de filtros desemboca no problema do microscópico entupimento de poros e, consequentemente, na gradativa menor vazão. Lá atrás, no começo, cheguei a fazer mas depois de umas 4 ou 5 vezes até água sem pó custava a passar. Sendo reutilizados no mesmo dia, não deve dar mudanças significativas mesmo... para um cafezinho mais do dia-a-dia.

Mas vc percebeu que na xícara o café ficou um pouquinho mais límpido? Notei isso, e cocnluí que talvez menos finas passariam, portanto se teria um café mais doce. Infelizmente, porém, sinceramente não consegui notar diferença no sabor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
EduardoAlemao    129

Voces reutilizam os filtros do v60? Como faz? Só lava e deixa secar? Tem que ser no mesmo dia?

Enviado de meu SM-G800H usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lisboa Santos    2,225

Quando eu reutilizava, era no mesmo dia, muitas vezes testando receitas em série, ou então de manhã para a noite, ou de noite pra de manhã, mas nunca mais que 24h depois. Por mais que se lave, alguma coisa pode ficar, e óleo de café velho (ou café velho no moinho) não é uma experiência agradável.

Teve um tempo em que eu só lavava a AP com água, como recomendado, depois que passei a lavar com sabão de coco após cada uso (se demorar muito entre uma preparação e outra, ou se for café diferente) a coisa mudou, notavelmente. O mesmo tem ocorrido recentemente com a moka, que os italianos recomendam só lavar com água; minha noiva fazia assim, e ela mesmo percebeu a diferença de se lavar bem com sabão de coco (ou outro neutro).

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    237

Os italianos falam para lavar com água, mas a real é que nem lavam!! Quando morei lá as mokas do pessoal eram um carvão maluco por dentro, tudo preto, formava uma crosta, quando tinha café tinha que prestar atenção para enxergar alguma coisa. E juram de pé junto que é assim que tem de ser. 

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Lunatico    431

Reutilizar filtro de papel pra mim já é demais, principalmente pro V60 em que o custo é bem baixo quando comparado com o Kalita por exemplo, que é um assalto pra comprar aqui no Brasil.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
JoaoW    237

Eu reutilizo os de aeropress de vez em quando... De V60 até hoje nunca usei um original, adapto os de Melitta mesmo, 103 ou o 4... Eu acho meio caros os filtros, sei lá, perto dos preços de Melitta... Aí acho que tenho uma barreira muquirana psicológica rs

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    922

Ontem fiz mais um "teste", e achei interessante o resultado. Usando o BM (e o mesmo café, é claro):

  • Filtro novo: BM (1v+25), 15 g = 5'20"
  • Filtro antigo: BM (1v+20), 15 g = 5'

Ou seja, mais uma prova que os novos são mesmo menos porosos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×