Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Burny

Eureka Mignon MCI vs MK Vario - Comparação rápida

Recommended Posts

Burny    3,024

Comprei recentemente um Eureka Mignon MCI (modelo 2017) semi novo, e estou testando se ele pode substituir o meu Vario II com mós de cerâmica, que uso para os cappus do café da manhã quando não tenho saco para usar moinhos manuais. O Mignon é um pouco menor do que o Vario, mas mais pesado (5kg vs 3,7kg). Tb acho o Mignon mais bonito.

VswI5iP.jpg

Do ponto de vista da ergonomia etc. acho a regulagem stepless do Mignon mais agradável, mas o timer digital do Vario melhor. Embora o timer do Mignon funciona bem, é mais trabalho manual, tipo try and error.

Q9qYcvb.jpg

O Vario tem mós planas de cerâmica de 54mm, o Mignon de aço de 50mm. Medi a retenção nos dois moinhos (moagem de uma dose definida com o moinho limpo, medindo a diferença grão-pó) e no meu Vario ficam entre 2,1 e 2,6g no moinho, no Mignon entre 1,5 e 2,2. O Mignon tb “pipoca” menos moendo por dose. Já a aparência do pó é diferente. O Vario entrega pó bem solto. O pó do Mignon é meio empelotado e precisa de WDT para ficar plano (o alinhador Bravo resolve tb):

WIjocTg.jpg

Com o mesmo peso de pó no portafiltro, e uma extração parecida (tempo e peso na xícara) o bolo do Mignon é menor. Estou na dúvida o que isso significa, talvez que a moagem dele é mais homogênea, ou o contrário? Agora mais importante, o sabor. Com os três grãos que testei, o sabor das extrações com moagem no Mignon parece mais limpo, destacando notas frutadas e doçura, mas com um pouco menos corpo. Vou testar os dois lado ao lado por um tempo para ver se isso é um padrão geral. 

Em geral acho que o Mignon é uma alternativa boa para quem procura um pequeno moedor para espresso e tem um pouco de espaço na mala numa viagem. Como novos modelos do Mignon saíram recentemente, o preço para o antigo incl. caiu e é bem interessante no momento.

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bernardo B    2,001

Oi Burny, no fórum inglês, ainda que muito apreciado, eles sempre reclamaram do empelotamento (clumping) do Mignon.

 

Não afetaria em nada a qualidade da moagem, mas dificultaria a distribuição mais homogênea direta no filtro.

 

Eu moeria (coletaria do moedor) num recipiente intermediário (um copinho, becker ou funil HG) onde poderia chacoalhar a vontade e virar o conteúdo no filtro, com isso eliminarias o empelotamento, o po fica bem solto e a distribuição muito facilitada.

 

 

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,024

Oi Bernardo, o clumping parece um problema estático nesse moinho, pois um pouquinho de água no grão (RDT) já resolve. Deve ser o custo da construção compacta sem um flapper eficiente e da baixa retenção desse moinho. Moagem no blind shaker da LWW ou algo parecido com certeza resolve. Eu usei o funil e o WDT Tool da Tidaka e o alinhador Bravo e as extrações com o portafiltro bottomless ficaram perfeitas. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    51

Burny, blz?

Eu estou numa dúvida cruel entre os dois moedores.

Atualmente tenho um Breville e já sinto que ele não dá conta para espressos....sem falar que ele retém uma quantidade considerável...(Minha Máquina é uma Breville Infuser)

Mês que vem eu vou para o EUA e já estava decidido a pegar o SETTE 270, mas vi vários relatos de problemas em sites estrangeiros, então desisti.

Em termos gerais, com qual dos dois vc consegue uma melhor extração para espresso? Não tenho costume de ficar variando métodos no moedor, então usaria apenas para espresso.

O Eureka, particularmente, tem um design mais "feinho", mas ele parece ser mais robusto e melhor acabado. Em compensação o Vario é mais famoso e, numa eventual quebra, seria menos difícil conseguir peças.

Dei uma pesquisada sobre o Mignon no fórum, mas não tem muita coisa. Tem uma opinião do Cabral, bastante técnica e que me deixou animado a ir para o Mignon.

Se fosse vc, qual compraria?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,024

Oi Pierre, entre os dois e só para espresso eu compraria o Mignon. Se possível talvez já o novo modelo com timer digital.

Mas o Sette parece uma boa escolha tb, caso vc compra o Sette270 (não o 270W) pois nos últimos modelos a Baratza fez alguns ajustes e agora parece que só a balança, que o 270 não tem, da problemas em alguns casos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pierre Luna    51

Então, Burny...eu não ligo muito para balança nem timer, então eu compraria o 270.

Inclusive pensei em pegar o novo Sette 30 com as mós do 270, nesse caso acho que só perderia o ajuste micro (não sei se meu paladar sentiria).

Eu acho muito bonito o Sette e o sistema dele parece reter muito pouco café (a coisa que mais me irrita no Breville), mas pelo que andei lendo ...a galera anda dizendo que ele parece ter uma construção frágil, que parece que vai quebrar rápido e por aí vai....

Ai pensei em ir para o Vario, mas aqui mesmo no fórum, vi algumas pessoas reclamando de dificuldade em ajustar, instabilidade etc.

O Eureka Mignon, o que achei em fóruns estrangeiros, a galera no geral fala bem...e isso me deixou animado. 

Provavelmente vou comprar no site da seattlecoffegear, então estou olhando as opções que tem lá.

Vi um tal de K3 da Compak (não conhecia essa marca) alguns Mazzer....mas pelo que estou disposto a pagar (max 500 dolares)....são essas as opções.

Acha que vale apostar no Sette?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,024

O Eureka Mignon realmente deve ser o mais robusto dos três. O Sette tem um conceito moderno bem interessante, com pouca retenção. Acho ele mais interessante, mas não acredito que ele dura tanto tempo como um Mignon. 

Abçs, Burny 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,024

Hoje fiz um pequeno mod no Mignon. A escala de regulagem dele é meio grossa e pouco intuitiva (afinando a moagem os números aumentam):

vfhTl7W.jpg

No Kaffeenetz existe um PDF de uma escala mais fina e invertida. Imprimi ela em papel adesivo. Sobraram muitas escalas, se alguém precisa...

DV4vTXE.jpg

E o resultado:

BOQmw8Z.jpg

 

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

São detalhes que facilitam vida. Ficou bem legal, Burny.

Enviado de meu SM-A520F usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
RogerioD    1,792

Muito bom Burny, com certeza facilita muito nas microregulagens

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael Wagner    186
Então, Burny...eu não ligo muito para balança nem timer, então eu compraria o 270.
Inclusive pensei em pegar o novo Sette 30 com as mós do 270, nesse caso acho que só perderia o ajuste micro (não sei se meu paladar sentiria).
Eu acho muito bonito o Sette e o sistema dele parece reter muito pouco café (a coisa que mais me irrita no Breville), mas pelo que andei lendo ...a galera anda dizendo que ele parece ter uma construção frágil, que parece que vai quebrar rápido e por aí vai....
Ai pensei em ir para o Vario, mas aqui mesmo no fórum, vi algumas pessoas reclamando de dificuldade em ajustar, instabilidade etc.
O Eureka Mignon, o que achei em fóruns estrangeiros, a galera no geral fala bem...e isso me deixou animado. 
Provavelmente vou comprar no site da seattlecoffegear, então estou olhando as opções que tem lá.
Vi um tal de K3 da Compak (não conhecia essa marca) alguns Mazzer....mas pelo que estou disposto a pagar (max 500 dolares)....são essas as opções.
Acha que vale apostar no Sette?
Pretende comprar aqui do BR out vai para os EUA?

Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
JRuzene    5
Em 29/05/2018 at 19:37, Burny disse:

Hoje fiz um pequeno mod no Mignon. A escala de regulagem dele é meio grossa e pouco intuitiva (afinando a moagem os números aumentam):

 

No Kaffeenetz existe um PDF de uma escala mais fina e invertida. Imprimi ela em papel adesivo. Sobraram muitas escalas, se alguém precis

BOQmw8Z.jpg

 

 

Burny, ajuda nooooois!!!

Chegou o meu Eureka Mignon MCI hoje de manhã, comprei na França (to aqui apanhando do manual em francês). Sem a escala invertida e tomando a "quina" como ponto de orientação, qual ajuste para uma boa granulometria pra espresso?

2018-06-15 18.08.14.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,024

O melhor jeito seria desvaziar o moinho completamente, ligar ele e afinar a moagem até as mós tocam. Agora duas unidades mais grosso seria um bom ponto de partida.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×