Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Recommended Posts

Isabela    0

Olá pessoal, sou nova aqui e tb no uso de minha primalatte II. Adquiri café baggio aroma floral, corpo aveludado,torra média e moagem média, mas, ao tirar o expresso dulpo automático achei um pouco aguado, apesar de boa espuma. Gostaria d alguma dica. Será que a torra e moagem ideais são outras? Obrigada

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cabral    2,310

Isabela, boa noite.

Primeiramente, bem vinda ao Clube.

Como estamos em um Fórum, não espere respostas imediatas, como em sistemas de mensagem, pode ser que a pessoa que pode te responder só veja sua mensagem horas depois ou no dia seguinte. Por favor, evite duplicar mensagens. Pedi para a Moderação apagar a outra, para evitar duplicidade.

Sua pergunta a respeito de moagem (e torra) para espresso é bastante comum e há tutoriais na área de iniciantes que poderiam ajudar a encontrar um caminho de resposta, sugiro dar uma olhada. Até porque há diversas opiniões a respeito e, seguindo apenas uma opinião, você pode perder a resposta mais adequada ao seu gosto.

A maioria das pessoas experientes do Clube vai te responder a mesma coisa: café deve ser moído na hora do preparo, principalmente no caso do espresso, mas isso se aplica a todos métodos. O melhor do sabor e do aroma do café é formado por elementos voláteis que se perdem em menos de 15 minutos após a moagem. Café vendido moído oferece apenas uma parca parcela da experiência de beber café de verdade.

Há muitos tópicos que abordam os moedores adequados para espresso, sugiro usar a pesquisa para encontrá-los e se informar para decidir o que fazer.

Sobre sua situação imediata, enquanto não tem moedor, sugiro comprar em uma cafeteria e pedir para moerem na hora para você uma pequena quantidade, e que a compra seja feita com a máxima frequência possível. Assim você vai receber grão moído para espresso, fresco e com moagem recente. Não é o ideal, mas já ajuda.

Se isso não for viável, vale informar que há cafés que são vendidos com "moagem para espresso". Sugiro procurar desses. Na prática, a moagem para espresso precisa ser mais "fina" do que para coado, que é o método para o qual as moagens industriais se destinam no Brasil.

Para fins de experimentação, tente usar mais café do que você já comprou no filtro, e compacte com mais força usando o tamper que acompanhou a máquina. Não exagere até o ponto em que fique difícil ou endureça para encaixar o porta-filtro (aquela peça que parece um cachimbo) no encaixe da máquina. Se ficou duro, retire todo café, "afofe" o pó novamente e coloque um pouco menos. Com a repetição você vai achar a dose e a compactação adequados pra esse café. E isso muda não apenas de uma marca de café para outro, pode mudar com as flutuações de umidade relativa do ar, com o envelhecer do café etc.

Boa sorte em suas experiências e boas leituras.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isabela    0

Ola Cabral, peço desculpa pela mensagem duplicada, não foi desejo de resposta imediata não rsrs, apenas estou me adaptando ao forum e acabou indo duas vezes quando tentei "fuçar".

Agradeço, de qualquer modo, a ajuda e esclarecimentos!

Tenho estudado a respeito e alguns locais dizem q melhor torra clara ou escura, fiquei em dúvida.

Sobre moer os grãos, sim, já providenciei um moinho para iniciar minhas experiências.

Mais uma vez, obrigada!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cabral    2,310

Tranquilo, Isabela.

Certifique-se apenas de que não adquirir um "moedor" de lâminas. Esses não servem pra espresso, de modo algum. Até os grandes "manivelões" como Mimoso ou Botini são mais adequados pra espresso do que os laminadores (nomeados "moedores" impropriamente pelos marketeiros, pois lâminas não são mós).

Mas, se puder partir pra algo melhor, invista em um Tramontina Express ou em um Baratza Virtuoso, assim o moedor será "superior" a sua máquina de espresso, não sendo um "gargalo" de qualidade. Ambos modelos são considerados "de entrada mas bons o bastante" pra espresso. Abaixo deles, os outros modelos serão "gargalo". O Baratza Encore, por exemplo, dá conta, mas fica devendo em termos de consistência (na minha opinião), embora tenha motor mais forte do que o Tramontina e esteja da mesma faixa de preço. Entre eles, prefiro o Tramontina, mas isso é gosto pessoal.

Esse mundo do café é cheio de detalhes. Cafés especiais são assim chamados por terem menos defeitos, então não precisam ser "cremados" para ocultar seus defeitos, podendo receber torras mais suaves.

Cada grão tem seu ponto ideal de torra, não hã um padrão geral, mas há tendências e "modinhas". Estamos na tal da 3a onda do café, em que um estilo chamado "nórdico" está ganhando força: torras claras que deixam o café mais ácido e com menos destaque para os óleos, amendoados e achocolatados. Mas tem grãos que ficam menos escuros e tem forte oleosidade e outros que, mesmo com torras mais escuras, continuam ácidos. Vai de caso a caso. Lembre-se apenas de que cafés bons tendem a ter torra média para clara para valorizar suas características, pois quanto mais torrado, menos sobram dos traços marcantes do grão, sejam defeitos ou qualidades.

Particularmente, aprecio torras médias e média-claras. Não gosto das média-escuras que apresentam gosto de cinzas, mas algumas ficam boas, dependendo do grão e do método de torra... As claras demais só me agradam nos métodos de infusão longa, no espresso ficam ácidos demais pra mim.

Bons experimentos!

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isabela    0

Obrigada, mais uma vez, por tantas dicas! 

Com certeza elas minimizarão meus erros até q eu encontre  o café/processo ideal ao meu paladar.

Abs

Share this post


Link to post
Share on other sites
Paulo Gomes    59

Isabela, sua cafeteira aceita cápsulas... Talvez num primeiro momento este seja o melhor café q vc poderá ter, antes de investir em moedor.

No fórum, vc encontra uns dois ou três tópicos sobre as primalatte. Recomendo começar lendo estes. Eu acho q vc vai ter um bom ponto de partida ali...

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Paulo Gomes    59

Esta aqui, Isabella,

Se vc não ler mais nada, sugiro que, no mínimo veja estes tópicos, se der, desde o início.

Mas acredito que esta leitura vai acabar suscitando curiosidade, e vontade de ler outros tópicos ...

http://forum.clubedocafe.net/topic/5202-cafeteria-oster-primalatte-ii-mod-bvstem6701b/?page=2

http://forum.clubedocafe.net/topic/4568-cafeteira-semi-automática-expresso-oster-prima-latte-bvstem6601/?page=26&tab=comments#comment-203551

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Paulo Gomes    59

Esse arriscar um pouquinho mais vale muito a pena...

e de fato tem varios caminos.

 vc pode ir aos poucos, como eu, fui ( passei pelo moedor de laminas) ... assim, fui sempre satisfeito por que fui sempre melhorando, e isso garantia satisfação...

por outro lado, é sim, mais economico se vc acreditar, e partir logo pra configuração final, evita gastar com equipamentos intermediários.

veja a quantidade de equipamentos no meu perfil...

assim, Boa sorte;

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    968

O moedor mais barato, que funciona bem para espresso, seria o Hario Mini (coisa de uns ~R$ 250,00). PORÉM, é manual, ou seja, vai ter de suar a camisa para moer café. A vantagem dele é que funciona para tudo, de espresso a coado, é barato e é portátil. E se um dia fizer um upgrade para um moedor melhor, não será de todo dinheiro perdido pois terá uma moedor portátil de reserva. Eu tenho um e uso quase que diariamente aqui no trabalho, para coado na Clever, mas já usei na minha Aram (máquina de espresso manual) e funcionava MUITO bem. Cansa usar ao moer fino para espresso, mas vc não fica sem café...

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isabela    0

Paulo e Luw estou muito feliz de receber tantas dicas. Este grupo é mesmo muito solícito e gentil☺. 

Lerei os tópicos e vou tb pesquisar o Hario Mini.

Mto obrigada pessoal! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isabela, boa tarde e bem vinda.

Uma coisa que parece ser consenso aqui (e no resto do mundo também, ) é que o ideal mesmo é ter café em grão, com torra mais recente, e moer apenas na hora do preparo.

Sou iniciante nesse mundo de cafés especiais, mas já percebi que isto daí realmente faz bastante diferença.

Caso você queira uma indicação do moedor mais barato possível, o meu é um Botini B03, que me custou menos de 100 reais. Contudo, há controvérsias se ele funciona bem ou não para espresso. Já vi alguns dizendo que sim, outros que não, enfim. Não tenho como dizer porque não tenho máquina de espresso. Para os outros métodos que uso funciona muito bem (aeropress, coado e prensa francesa). Inclusive é bastante rápido e fácil moer nele.

Entretanto, tem um contra, que é justamente o fato de ser um trambolho grande e pesado, feito pra ficar preso numa mesa, bancada ou algo semelhante.

Contudo... Já me incluí na lista de interessados no novo modelo de moedor que o Gilberto, aqui do fórum, irá produzir. A julgar pela fama do Bravo Mini e qualidade atestada pelos colegas de fórum, além do belo trabalho feito pelo Gil, creio que será um moedor muito bom.

Abraço!

Enviado de meu Moto G (5) Plus usando o Tapatalk

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Paulo Gomes    59

Ilustrando (imagens com tamanhos diferentes)...

Botini:

Moinho-Moedor-Para-Cafe-B03-5142065.jpg

Bravo Mini:

bravo.jpg

OBS, o Bravo mini segue o "estilo" do hario (com manivela), mas com enorme quantidade de melhoramentos... é outro equipamento! Além disso, existe uma base de suporte para ele, que reduz tremendamente o esforço para se moer o cafe.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
bluecoffee    8

Repito o que vejo em muitos blogs, vídeos e etc.

1. Invista no melhor moedor que você puder. Não fique refém de café em pó.

2. Tendo o dito o item acima, mesmo que o "melhor que você puder" seja apenas 100 reais, o requisito básico para que um moedor possa estar apto a moer café espresso é ele conseguir chegar numa moagem um pouco mais grossa que sal de cozinha. Esse é em geral o ponto de moagem para café espresso. Todo moedor (exceto o de lâmina) tem um ajuste da distância das mós que define quão fino ou grosso vai ser tua moagem. É claro que um moedor como o Hario Slim consegue uniformidade no tamanho dos grão moído, coisa que o Botini será bem impreciso. Mas  como diz o ditado, "o bom é o inimigo do ótimo". O salto que você vai conseguir moendo você mesmo o café vai ser enorme, independente do moedor desde que ele chegue no tamanho de moagem necessário para o espresso.

3. Invista num tamper de aço. A pressão do tamper de plástico que vem com a cafeteria em geral é insuficiente pra conseguir uma boa extração de espresso.

4. Vá no fórum de Café Torrado e seja feliz :) compre um grão bem cotado e verás que o paraíso é aqui na terra mesmo...

 

Já repeti essa fórmula pra vários amigos meus que queriam ter seu cantinho de café e depois da primeira extração a sua cara de felicidade não tem preço.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isabela    0

Uau! Com todo este apoio acho que em breve poderei dar dicas para os próximos iniciantes!!!

Que maravilha!!! Providenciarei sim um moedor no mínimo razoável para este meu início!!!

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

Sign in to follow this  

×