Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Search the Community

Showing results for tags 'Martins café'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Café
    • Leitura Obrigatória
    • Café Torrado
    • Torra Doméstica
    • Cafeterias
    • Quando o Assunto é Café!
  • Equipamento
    • Técnicas e Dicas
    • Moedores
    • Máquinas de Expresso
    • Coado e afins
  • Dúvidas de Iniciantes
    • Dúvidas de Iniciantes
  • Outros Assuntos
    • Classificados
    • Fora de Foco
  • Informações
    • Novidades e Sugestões
    • Tutorial
  • Fotos, Fotos, Fotos...
    • Fotos, Fotos, Fotos...
  • Buscafé

Found 5 results

  1. Caros, fomos convidados pelo Martins Café a visitar a fazenda Santa Margarida, de propriedade da marca e que produz os cafés do robô e os fermentados nossos conhecidos aqui (Acid Lover, Velvet Touch e o kit para blendar). O convite é para um pequeno grupo, para passar o dia todo na fazenda acompanhando desde a plantação, processo da colheita, tanques de fermentação, até a torra e extração. O transporte é por nossa conta. A fazenda fica em São Manuel, interior do estado de São Paulo. Caso formemos um grupo, podemos ir juntos de carro conforme quem morar onde, ou nos encontramos lá. É interessante chegarmos ainda pela manhã, com retorno no início da noite. De Sampa até lá são 3 horas de carro. Eu quero muito ir e tenho vaga no meu carro. Podemos rachar gasolina/pedágio. Lá almoçamos na fazenda e creio que tomaremos MUITO café. Interessados por favor marquem seus nomes neste tópico. Endereço da fazenda (falta verificar no mapa como chegar): Fazenda Santa Margarida Estr. da Conceição, S/N São Manuel/SP CEP 18650-000 E para quem não conhece o Martins Café (para quem não se lembra, Mariano Martins foi um dos palestrantes do Jamboree): http://www.martinscafe.com/
  2. Entrevista bem interessante , principalmente para quem não assistiu a palestra dele no Jamboree , vídeo de 24 min. Café bom não da gastrite ? Eu acho que dá , mas isso não é importante http://veja.abril.com.br/multimidia/video/cafe-bom-nao-da-gastrite
  3. Atenção torrefadores domésticos: Martins doou 4 kg de grão verde fermentado por 48 horas em água. É o que ele chama de acidez média. Quem provou antes o Velvet Touch ou o Acid base, esses seriam acidez baixa (24 horas fermentando) O antigo Acid Lover fermentava por 72 horas. Acidez alta. O mais punk deles. Nesta fermentação de 48 horas, a levedura fica no tanque com o café COM água por 48 horas (há o mesmo processo sem água, ainda mais rápido). Considerar então se você gosta de um café ácido antes de entrar no sorteio. Os grãos vão de presente para os interessados, mas solicitaremos o pagamento do frete, já que o Clube está sem verba. São 4kg, grão verde (é bom reforçar: para ser torrado em casa). Havendo poucos interessados, sorteamos e enviamos 2 kg para cada um. Se tiver muitos interessados, fazemos 4 pacotes de 1 kg cada um e enviamos um pacote de 1 kg para cada. Os correios estão em greve, portanto temos uns dias para organizar isto e enviar após o fim da greve. Povo de Sampa pega em mão, pois o café está aqui. Para calcular o frete, use o cep 02430-971 e pacote acima de 2 ou 3 kg como base. Anotem neste tópico o próximo número da lista e seu nome. Alguém puxa o nr 1? Boas torras.
  4. Vamos à nossa segunda promoção de 2015, desta vez em parceria com o Martins Café. Eles vão nos presentear com DOIS kits introdutórios dos microlotes, para você montar seu blend em casa. Vão presentear DOIS membros do Clube, um kit para cada um. São três beneficiamentos diferentes do mesmo café, resultando em 3 tipos prontos para você mesclar e montar seu blend nas proporções que desejar. Para quem não souber por onde começar, junto vem uma cartinha com ótimas dicas. Os cafés são o Guaranóia, o Acid base (nosso velho conhecido já aqui de outras safras como Velvet Touch) e o Encorpator. DETALHES Itens no kit: - 3 pacotes de 100g (embalagem valvulada com tin-tie), um de cada produto: Encorpator, Acid Base e Guaranóia - 1 Lata (para você guardar seu blend favorito) - 1 Cartinha (com detalhes sobre os cafés e sugestões para seu blend Para saber mais dos cafés, aqui: http://www.martinscafe.com/loja/irresistivel/combo/Microlotes-KitIntrodutorio/500 E a fotinho dos garotos: Esta promoção se inicia HOJE e encerra às 23h55 do dia 10 de fevereiro (terça-feira). O café será torrado na quarta e despachado pelo Martins via sedex até sexta-feira. Com uma pequena ajuda de Momo você recebe tudo na segunda e passa a quarta-feira de cinzas brincando de barista. Como participar: ser sócio do Clube do Café inscrever-se apenas uma vez na lista colocar o número sequencial da lista a seguir e seu nome ao lado ficar atento ao resultado. Caso você seja o sortudo, enviar seu nome e endereço em qualquer lugar do Brasil o mais rápido possível para cafe.com.vc@gmail.com O sorteio será feito com um sistema tipo Sorteie-me ou similar e o resultado postado neste tópico. A participação é gratuita e os presentes serão enviados sem custo algum para os contemplados. Boa sorte a todos.
  5. Dentro da minha aprendizagem como barista, resolvi fazer uma harmonização de alguns cafés especiais, combinando-os com algumas comidinhas. Minha primeira harmonização. Para isto, chamei algumas cobaias, digo, amigos do Clube, que ingenuamente compareceram à minha casa achando que estava tudo sob controle. E estava. Ou quase. A ideia era harmonizar os cafés fermentados do Martins Café (Velvet Touch e Acid Lover) com algumas comidinhas, maioria feita em casa, que realçassem as notas do café por aproximação de sabores, ou de acidez, ou por oposição (doce x ácido) etc. Com a ajuda de nosso grande Fernando, que sinceramente deveria mudar de profissão de uma vez e ir ser feliz na gastronomia, montei o cardápio. Os amigos vieram à tarde à minha inacabada casinha (ainda faltam móveis, pintura etc., mas todos muito elegantes fingiram que nada viram). O cardápio então ficou, para quem quiser pensar em algo semelhante: para brincar com o Velvet Touch, que puxa para uma fermentação lática e é bem mais suave, com menos corpo: queijos fermentados no vinho (rá!), pain au levain (meu de centeio, dois escândalos de Fê: centeio e italiano) e uns do Anquier como backup, já que meu segundo pão falhou. Tinha uns mini-pães para uma pequenininha que viria, mas não veio. Manteiga (não margarina) e grãos de pólen (passe a manteiga no pão e por cima jogue os grãozinhos - radical, tentem em casa - MENOS se você for alérgico ao pólen); geleia e coalhada. para fazer oposição ao Acid Lover que é aquele pancadão na boca, bem ácido e de corpo mais pronunciado: uma torta banofee (banana + doce de leite finalizada com chantilly) Ainda brigadeiros de café com nozes (na mesa não aparecem ainda os cafés e a banofee. Na tábua grande no meio meu pão de centeio e ao fundo o lindão o de centeio de Fê). Começamos coando os cafés e combinando com as comidinhas. Isto na sala. Detalhe: Alex, havia uma suspeita de que meu Krups tivesse queimado (a moça da limpeza enfiou o plugue na tomada 220 V do Vario, ele dormiu ali energizado, mas não foi ligado. No dia seguinte que eu vi e um cheirão de queimado. Deixei para o Gil testar, mas sobrevivemos todos. Eu diria que foi #pragadeAlex. Por conta disto usamos só o Vario, que variou a noite toda trabalhando firme entre grãos e granulometrias). Depois partimos para os expressos: Fazenda Santana, já com descanso de cerca de 15 dias (da Origem, fiz uma compra com retirada programada para 15 dias depois da torra): escândalo no espremido. Povo curtiu horrores. Uma torra média e extraí com cerca de 15 g os duplos, acidez ficou no ponto, presente, mas sem o destaque dos fermentados. Ainda extraímos Acid Lover no expresso. Daí em diante foi linha de produção de expressos, um atrás do outro. Silvia portou-se como uma profissional, dando conta de todos sem reclamar. Entre um e outro a gente ia batendo papo, falando, falando, falando e dava o tempo certinho dela se recuperar. Foi o teste de fogo dela, nunca havia extraído tantos em sequência. E como a Silvia fica na cozinha (por isto meu tumblr cafenacozinha), na hora do expresso todo mundo invadiu (pra variar) a micro-cozinha, que virou uma sauna com tantos respirantes mais uma cafeteira fervendo. Depois partimos para os lattes. Gil usou a pitcher dele (tipo aquele cachorro), pois o bico da dele é melhor do que da minha. Usou leite Xandô e PÁ: de cara um PVA perfeito. De primeira. Ficou todo mundo com cara passada. Daí ele deu umas aulas de como vaporizar, sempre com perfeição. E aí extraí um café e Marcinha nos deu uma aula de como fazer latte art, com plateia e tudo: Depois ainda fizemos café na Bacchi da Marcinha (que aparece nas mãos dela na foto abaixo). Nos entupimos de café (alô, dormiu todo mundo?), comemos pão até dizer chega, quase esquecemos das fotos. Fomos buscar Fernando no elevador já de saída, para fazer as fotos. No nosso time de futebol, em pé, da esquerda para direita: Gil, Lisca, Cíntia, Anita, Marcinha e Sérgio. Na linha de baixo: Mortari (com o lindo Lucca no colo, que roubou as atenções), Fernando, Paulo (nosso seguidor no IG) e Santiago. Quem fez a foto foi a Dani, mulher do Mortari. Fernando foi embora e voltou umas 3 vezes: esqueceu a forma (daí ficou pra aula de latte), esqueceu a xícara (pedi que trouxessem suas xícaras preferidas), esqueceu a forma de novo. Não conseguia se desgrudar. Ganhei muitos cafés dos amigos generosos (meu freezer entulhou de novo e eu achando que iria esvaziar), pães do Fernando, Lucca me deu bombons com café. Todo mundo levou pão e brigadeiros na saída e ainda partilhamos do café que sobrou da degustação (era muito). Divertido, povo agradável, nem sabiam que eram minhas cobaias. Acho que até a Dani que não bebe café se divertiu. Foi um prazer recebê-los, espero que possamos repetir a dose no futuro. grande beijo em cada um
×