Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
LUW

O Bravo Mini & eu

Recommended Posts

LUW    759

40419723922_9f6e0977ab_o.jpg

Para não tumultuar o tópico oficial do @Gilberto, resolvi criar um tópico específico com as minhas experiências de uso do Bravo Mini. Assim aquele tópico oficial fica para dúvidas e esclarecimentos  técnicos e nós azucrinarmos o Gil com pedidos absurdos e perguntas bestas só para ver se tem como ele ficar mais calvo e definitivamente nunca mais precisar ir ao cabeleireiro.

39567688435_cc30eb63cb_o.jpg

Mesmo depois de MUITO incomodar o Gil, ele foi gentil o suficiente para fazer um BM para mim, e com a base. A primeira coisa que chama a atenção, é a solidez tanto do BM como da base. Tenho plena  convicção que o conjunto vai ser herança de gerações futuras aqui, pois tanto o moedor como a base são extremamente robustos. Só o BM pesa 1,6 kg (já vou comentar sobre isso). Sou pediatra por profissão, mas tenho um grande apreço por máquinas e ferramentas, e com o passar dos anos criei gosto por ferramenta de qualidade. Minha esposa riu quando falei isso para ela, mas o BM me parece ferramenta de origem germânica de tão bem feito. A primeira coisa que fiz quando recebi as caixas foi abrir tudo e desmontar tudo o que não precisasse de ferramenta, e quando soltei o copo do moedor, sendo de metal, coloquei com cuidado sobre a bancada (de azulejo) para não riscar. Mas para a minha supresa, na base do copo tem um o-ring de borracha que funciona como suporte. E é esse tipo de detalhe que faz o BM simplesmente demais! Coisa de ferramenta profissional, feita por quem entende para quem entende.

40419720432_6841fe23d7_o.jpg

O acabamento tanto do moedor como da base são primorosos. Mas apesar do excelente acabamento, a qualidade das peças em termos de robustez parece coisa de padrão profissional, feitos para serem usados mesmo. Nada de peças de plásticos que dão aquele aspecto de quebrou-compre-outro que é a norma da indústria hoje em dia.

Mas e funciona para moer café?

39567689485_631d4a469e_o.jpg

40419723522_85968dbe25_o.jpg

É um moedor pesado, mas como podem ver, cabe na mão. Apesar do Gil chama-lo de Bravo Mini, eu acho ele bem grande, a ponto que sinceramente não acho prático para ser carregado por aí. Se fosse levar um moedor portátil, eu levaria o muito inferior Hario Mini e não o BM, simplesmente porque o trem é grande e pesado demais. Por causa do peso, achei meio incômodo de usar na mão, e olha que tenho mãos grandes. Perguntei para a minha esposa, com seus 164,5 cm (não sei porquê, mas ela faz muita questão desse 0,5 cm), o que ela acharia de usar sem a base, e após manusea-lo disse que só conseguiria usar com apoio. "Mas por que você quer usar ele na mão?", foi a pergunta que me fez em seguida. Para não me extender muito e esgotar meu dicionário de superlativos, o BM é muito bom, mas na base o BM é simplesmente f-o-d-á-s-t-i-c-o.

39567686955_b76361ae74_o.jpg

Eu comprei o BM porque precisava de um moedor "bom para espresso". O meu Encore é (razoavelmente) bom para coados, mas apesar de ser no mínimo razoável para espresso, faz uma retenção sacripanta de pó, exigindo limpeza muito mais frequente. Por causa disso, acabava usando o bem mais prático Hario Mini, que é até bom para espresso, mas essa estória de ter de suar a camisa para tomar espresso não rola para mim. Nisso surge o Gil com o BM e base.

O BM produz uma consistência na moagem que é impressionante. A foto acima é grão moído na regulagem 1v+9, que fiz para tirar um shot de espresso na Aram, usando o "Blend Clássico" da Lucca (torra de 30 de janeiro!) - fotos mais abaixo. Moí 16,1 g, e girando a manivela de forma bem suave, sem encostar na base ou no moedor com a outra mão, levei exatos 33 segundos! Ontem a noite, na mesma moagem e mesmo grão e mesmos 16 g, socando a bota levei apenas 22 segundos. Portanto ele é rápido, mais rápido até que o meu Encore. E por causa do tamanho da manivela e manípluo, mesmo sentando o cacete não cansa nem machuca a mão.

39567687545_5c77b92256_o.jpg

40419718532_9aa7580ef5_o.jpg

Nessas duas fotos podem ver porque o meu copo não é preto como o resto do BM - queria poder ver com facilidade o pó lá dentro. Fiz essas duas fotos em seguida, mas a primeira fiz depois de tirar o copo com o máximo cuidado do moedor, sem bater em nada, pois queria pesar o resultado. Moí 16,1 g de grãos e no copo eu consegui 15,96 g. Coloquei o copo de volta no moedor e depois de umas batidas recuperei os parcos 140 mg que ficaram presos no moedor. Isso, senhores, representa apenas 1,15% de retenção. Que outro moinho faz isso?

40419719712_610c4b789c_o.jpg

40419717222_36fdc29435_o.jpg

39567686145_56564d50ac_o.jpg

Resultado na xícara: espresso padrão (nota 8 talvez até 9 porque o Blend Clássico não é um pusta café). A impressão que tenho é que consegui tirar uns 90-95% do que esse grão tem para oferecer em um shot de espresso. Para tirar os 100% precisaria de uma cafeteira com melhor controle de temperatura. Mas sendo absolutamente sincero eu só sentiria a diferença se tivesse tirado os dois shots, um na Aram e o outro na tal cafeteira melhor, lado a lado e ao mesmo tempo. Crema grossa e persistente (só lembrando que a torra é de 30/01!) e um sabor bem equilibrado. Eu já tinha conseguido tirar vários shots nesse padrão de qualidade com esse mesmo grão, usando tanto o Encore como até o Hario Mini, mas com o BM foi rápido, sem suadeira e sem encheção de saco depois. Portanto, tenho espresso excelente em casa que é rapidíssimo de fazer até de manhã cedo (nenhuma cafeteira elétrica profisional bate a Aram nesse aspecto), mas sem cansar ou ter de ficar desmontando moinho para limpar.

39567688875_52cb44cd19_o.jpg

O BM basicamente aposentou tanto o meu Encore como o Hario Mini, pois ele faz o que os dois outros fazem, mas de forma muito melhor. A consistência de moagem é sempre fantástica, mesmo moendo mais grosso para coados. Ontem a noite moí uns 50 g (no 1v+15 a 1v+20) para V60, mas como estava de noite, nem perdi tempo de tentar fotografar, mas acreditem quando digo que o resultado também foi café moído de forma MUITO consistente. Só não usei ainda para Moka, AP ou FP.

O moedor é realmente fora de série, contudo, a base é tão importante quanto o moedor. Sei lá que diabos de ventosa é essa que o Gil usa (não pego na mão de medo de nunca mais descolar), mas as quatro ventosas mantém a base absolutamente imóvel, não descolam de jeito nehum. E olha que a minha bacada é azulejo, acho que em vidro ou metal polido nunca mais descola. Firme desse jeito fica muito fácil usar o moedor, sem ser necessário nada de força - e as torras da Geórgia da Lucca (benzadeus!) sempre são mais para claras do que escuras.

O Bravo Mini é simplesmente sensacional, o moinho que basicamente acaba com essa estória de ser preciso moedor específico para um método específico. É um equipamento bonito, robusto e eficiente, e ainda por cima, não depende de luz. Os meus mais sinceros cumprimentos ao Gilberto, pois criou um produto incrível.

39522083504_70f5afd98b_o.gif

 

  • Like 26
  • Thanks 4
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
leogodoy    182

Parabéns pela análise, muito completa e divertida de ler. As fotos ficaram lindas, fazem jus ao produto. Por falar no BM, um dia eu chego lá!

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,707

Caramba LUW, obrigado pelo texto fantástico, e pelas maravilhosas fotos, mas claro, o que mais me deixa feliz mesmo é você ter gostado. Sim 

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,553

Parabéns, @LUW. Ficou de muito bom gosto sua combinação de cores.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,107

Parabéns,  fotos e texto ótimos , o Gil merece.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Allexlimaa2    711

Parabéns pelo relato! Assino em baixo com a devida vênia de que o acho super ok para usar em viagens e moer para espresso na mão acho ok também.

 

 

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
postenga    38

Depois desse depoimento eu vou comprar uma . Não sei quando mas agora eu compro 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
carlos eduardo    6,107

:lol::lol:

2596u1.jpg

  • Haha 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

Legal, fico feliz que gostaram :)! Até mesmo com os jocosos comentários de alguns aqui, mas que perdoo pois sei que no momento estão com os cotovelos doloridos de inveja por não ter escolhido cores de maior garbo e elegância para o seu conjunto de BM com base -_-. Não sou de rasgar seda de graça, mas o @Gilberto realmente merece o reconhecimento, pois criou um produto fantástico sem campanhas de propaganda, esquemas de pré-finaciamento e (muito importante) sem falsas promessas.

Desde que escrevi o texto tenho feito só coados e apesar de ainda estar experimentando com a regulagem ideal na moagem, continuo 110% satisfeito com o BM. Por ser stepless ainda não estou com cancha suficiente para acertar a regulagem de primeira. O que tenho feito é regular em um ponto e então moo um pouquinho para ver se a granulometria está mais ou menos onde quero, aí ajusto e moo o resto. De modo geral tenho usado mais ou menos no 1v+20 (aliás, estou vendo que no texto acima não deixei isso claro, vou corrigir). Caspita, acabo de me dar conta que de sexta até hoje acho que consumi quase 250 g de café nessas estória de experimentar brinquedo novo :o.

Para quem estava pensando em comprar um moinho novo, é o BM que você precisa. A não ser que você queira colecionar traquitanas ou possa gastar uma baba de dinheiro em um moinho, do ponto de vista prático não vale a pena comprar outra coisa. Como disse, o BM basicamente aposentou meu Encore, a ponto que se eu já tivesse o BM nunca teria investido os R$ 670,00 (na época) que paguei no Encore. Em termos de moinho não consigo imaginar que eu compre algum outro no futuro porque realmente não precisa, mesmo que um dia eu compre minha sonhada máquina de espresso profissional.

Porém, se for comprar o BM, recomendo FORTEMENTE que compre também a base, pois deixa o processo de moer o café muito mais prático e rápido. E diria até agradável - como é louco de rápido e não demanda força, acho gostoso manivelar o BM para ter café moído na hora que EU moí na mão ;). Hoje de manhã moí 15 g (V60) na mão, sem a base, e apesar de funcionar bem (de novo, não é fisicamente difícil, de forma alguma), fixo na base tudo fica mais fácil. E outra coisa que também sugiro, é escolher a cor do copo a mais clara possível, pois como expliquei, fica mais fácil de se avaliar a granulometria.

Enfim, não poderia estar mais satisfeito, o BM é fodástico.    35506811561_d132bbaa6f_o.gif

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
postenga    38

Eu andava meio focado em comprar algum moedor. Apareceu uma oportunidade de comprar um Macap antigo montado pela Fiamma muito novo por sinal apesar dos 20 anos de vida e vou me virando com ele até me capitalizar o suficiente para comprar o BM com a base. Grato pelo depoimento @LUW. E gratidão para @Gilberto também porque sei que ser empreendedor nesse país é bem difícil. Falo por experiência.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
riozebratubo    72

Um ótimo review, parabéns pelo texto.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Murilo Lins    695

Caro@LUW, apesar de toda sua ansiedade em receber o produto pronto, o que é bastante compreensível, pois esses "brinquedos" novos nos causam algumas expectativas antes e uma certa euforia depois que o recebemos, fazia tempo que não lia um review que passasse tão claramente a qualidade do produto e a felicidade pela sua chegada.

Aqui no nosso estado existem diversos produtos Bravos espalhados entre os membros do grupo de apreciadores de cafés especiais, entre eles até alguns profissionais, apelidado de Clube do Café de Pernambuco (mesmo composto por alguns membros também da Paraíba e um jornalista pernambucano radicado no Distrito Federal). Nesse último lote produzido por Gil, para nossa felicidade, mais um bom número de produtos Bravos vieram para Recife.

Mesmo já possuindo um Bravo Debut e recebendo agora o suporte do Bravo Mini, pois o Mini eu já havia adquirido há um tempo atrás, ao usá-lo pela primeira vez fica sempre aquela sensação de estarmos bem servidos de moedores e outros itens afins. Gil veio para ocupar uma grande lacuna que tínhamos no nosso país em relação a oferta de bons produtos e acessórios para café. Cabe agora torcer para que a família Bravo cresça e apareça, pois este seria o melhor caminho para a manutenção em alto nível do nosso hobby.

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

@Murilo Lins, indiscutivelmente estou empolgado com o brinquedo novo, mas se vc puxar pela memória, quando recebi a Aram o meu review não foi tão positivo. Verdade, estou muito empolgado com o BM, mas quem ainda não conhece o BM pessoalmente, pode acreditar quando falo que é uma ferramenta excelente. tanto em qualidade como em resultado, o que no meu dicionário se traduz para ferramenta fodástica.

E fiquei tão impressionado com a qualidade do BM que agora que o @Gilberto faça para mim um tamper dinamométrico. Vivi muito bem sem um até hoje (usando uma trapacinha*, mas 100% eficiente), porém fiquei tão impressionado com a qualidade do trabalho do Gil que acho que vale o investimento.

*: Uma forma de normatizar a compactação (e até a granulometria!) é socar na hora de compactar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente, @LUW, vc conseguiu dizer tudo que eu queria dizer e mostrar. Ficou muito boa sua análise. 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vitorats    132

@LUW, parabéns pela síntese. Minha base ainda não chegou. Assim, fora esse ponto, pois me falta a experiência, concordo integralmente contigo!
Parabéns pelas imagens e pela descrição

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759
14 horas atrás, EduardoAlemao disse:

Luw vendeu varios BM com seu depoimento

 

13 horas atrás, Vitorats disse:

@LUW, parabéns pela síntese. Minha base ainda não chegou. Assim, fora esse ponto, pois me falta a experiência, concordo integralmente contigo!
Parabéns pelas imagens e pela descrição

Quem já usou o BM já viu que o negócio é realmente bom. E tomara mesmo que venda bastante, pois assim o @Gilberto continua inventando traquitanas boas e eficientes. Tipo assim o tamper dinamométrico que eu preciso MUITO :D.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
thiagovcosta    42

lendo tudo isso percebi que preciso de uma base.

 

Ou continuo na "academia Bravo Mini" hahaha

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

Café da manhã.

bravo_14.thumb.jpg.ae3e6e4552a3e6078f8f072b21333800.jpg

  • Like 8
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodrigoks    4,553

Essa sua vista é privilegiada.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759
17 horas atrás, Rodrigoks disse:

Essa sua vista é privilegiada.

Mas o vento é um saco, especialmente no calor, pois aí tenho de manter a janela fechada :angry:.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

25994869747_0ca9138617_o.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

@Gilberto clique na foto.

Mas adiantando, foram 17 segundos para moer 16 g no 1v+8,5.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,707

Huauuuuuu, muito bom, e sem segurar na base, caramba. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    275

Meus tempos para moagem sem a base:

 

1v30: 12g em 15s

1v5: 18g em 36s e 25s no modo furioso rsrsrs

 

Detalhe: enquanto a minha base não chega, estou achando bem confortável moer sentado com ele apoiado em uma das pernas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Gilberto    5,707

Estou vendo que já tive dias melhores, mesmo no Debut eu estou mais lento, rsrsrsrs

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

Gil, já lhe disse antes, talvez não nesses termos, mas a base transforma o Bravo "Mini" em máquina profissional. Depois do BM me passou completamente o desejgo pelo Debut, especialmente porque ele é maior e ocuparia mais espaço na bancada. Em termos de desempenho só consigo ver alguma vantagem se estivermos comparando com moedor elétrico padrão profissional (que custa pelo menos 3× o preço do BM, frouxo). E é claro, sem o charme de ser moedor manual -_-.

PS: Conseguiu as ventosas extras? E um tamper dinamométrico de 53,1 mm de cabo e base pretos?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
LUW    759

@Gilberto, é só uma questão de treino. Vai treinando e vc chega lá!

40882774571_9b7fc1ef38_o.jpgBravoMini_02

Fé irmão! :ph34r:

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×