Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble

Paulo Machado

Senior Members
  • Content count

    159
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Paulo Machado last won the day on February 26 2012

Paulo Machado had the most liked content!

Community Reputation

53 Neutro

About Paulo Machado

  • Rank
    Participante
  • Birthday 02/28/1965

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Rio de Janeiro
  • Equipamento
    Breville BES840xl, Baratza Encore, Hario V60, Aeropress, Trudeau Tirra Coffee Press, Hario Skerton
  1. Breville "the Infuser" (BES840XL)

    Já troquei o anel de silicone que faz a vedação. No site da Tramontina constam 4 autorizadas, encomendei pela Cemello Peças, em Ipanema. Custou 30 pratas cada e comprei 2 para garantir. Demorou uns 10 dias para chegar.
  2. Cafeterias no RJ

    Na Nsa. Sra. de Copacabana, 331 tem uma boa cafeteria com variedade de cafés em grão, a Armazém 331. Preços mais ou menos. https://www.facebook.com/armazem331/
  3. Cafeterias no RJ

    O novo café vendido no Curto, segundo a menina que me atendeu é orgânico de Piatã. 17 pratas, 250g.
  4. CAPSULAS IMPORTADAS PARA NESPRESSO

    Eu costumo comprar e gosto, são boas para o estilo nespresso, pouco corpo, pouco aroma, agradáveis ao paladar. Não espere notas típicas de cafés africanos ou colombianos.
  5. Café na Argentina ou da Argentina

    Esse fds fui no Lab cafe, em uma rua simpatica de Palermo. Um pessoal jovem e empolgado, com todos os métodos de extração. Tomei um espresso bom, segundo a atendente, blend do Brasil. Em grãos só tinha da Colômbia, vários pacotes, e 1 de Papua Nova Guiné. Comprei um de cada, pacotes de 250g muito bem embalados a vácuo em um plástico transparente, dando para ver a torra, do final de agosto. Experimentei o Colômbia, bom café, frutado, doce. Os 2 saíram por 480 pesos, com o câmbio sendo feito entre 0,18 e 0,20 por peso, dá cerca de 90 reais, o Papua era levemente mais caro, não lembro exatamente. Pelo preço é só para sentir o gostinho de tomar café de outros países. Agora vou correndo comprar o Red Foot no café da Rafa.
  6. Cafeterias no RJ

    Passei no Chá e Café da Rafa. A máquina de expresso estava sendo consertada, mas deu para comprar o café Red Foot, 25 reais, 250g em grão. Sem data de fabricação.
  7. Breville "the Infuser" (BES840XL)

    O anel de vedação chegou ontem, 11 dias, fui lá na Cemello pegar e de volta aos espressos.
  8. Pressca, Alguém conhece?

    Recebi a minha há uma semana e concordo totalmente com o Seu Zé. O material não é dos melhores, descer o êmbolo requer uma força considerável, bem diferente do que aperece nos vídeos, e com a força acaba vazando por baixo. Talvez com o uso o anel de vedação fique mais flexível e seja mais fácil descer o êmbolo. Em resumo, não compraria se soubesse dos problemas.
  9. Breville "the Infuser" (BES840XL)

    Valeu, Lunatico. Comprei ela em 11/2015 por 2199. Considerando a inflação e o aumento do dólar até hoje acho que até está com bom preço.
  10. Breville "the Infuser" (BES840XL)

    A minha cafeteira teve um vazamento de água e depois de eu tirar o chiveiro e dar uma limpada na vedação ficou boa. Essa semana, 20 dias de vencida a garantia, nova vazamento, nova limpeza e continuava o vazamento. Olhando bem tem um pequeno corte no anel de silicone, na parte que o chuveiro aperta. Mandei email para a tramontina perguntado onde posso comprar a peça e não responderam. No site constam 4 assistências técnicas para eletroportáteis, sendo que 3 não trabalham com cafeteira a única que trabalha é a Cemello Peças, em Ipanema. Fiz a encomenda, 30 reais cada e pedi 2, estimativa de 15 dias para chegar, sendo final de ano acho que espresso só em 2017.
  11. O melhor (?) café instantâneo do mundo

    Aqui no Rio o café solúvel gourmet que se encontra fácil é o Native, bem tomável. O Suplicy também se acha as vezes, acho o Native melhor.
  12. Aproveitando as férias na Chapada Diamantina tiramos um dia para fazer um passeio em fazendas de café de Piatã. O passeio é feito pela agência Nas Alturas, que fica em Lençóis. Fechamos por email e o pagamento depois de terminado o mesmo. Saímos de Lençóis as 8:30 e foram mais de 2h até Piatã, 180km no total, região muito bonita da Chapada. Começamos pela fazenda do sr. Antônio Rigno, responsável pelos cafés vencedores do 1°, 2º e 3° lugares do 100° Cup of Excellence da BSCA, em 2014, o vencedor com 94,05 pontos. A esposa dele nos recebeu, infelizmente esqueci o nome dela, com um café passado na hora, além de vários bolos, pães e outros petiscos. Um aviso para quem fizer este passeio, saia da pousada sem tomar café da manhã. Logo saímos para conhecer a fazenda. A colheita já tinha acabado, só havia raros grãos no cafezal. O café é catuaí, processado em forma de cereja descascado. A esposa do sr. Antonio conhece muito de café e do mercado. Ela abriu uma cafeteria em Piatã que depois visitamos. Passamos por toda a fazendo, estufas, despolpadores e terminamos na sala onde é feira a torra. Na sala da torra o responsãvel estava separando amostras para o concurso da BSCA de 2016, as inscrições estavam terminando. Ele disse que iria levar as amostras no correio e depois voltar para torrar o resto de café verde que ainda estava por lá. Ficamos de voltar mais tarde e, após o almoço, fomos para a fazenda do Divino Espírito Santo. A fazenda é bem menor, a São Judas Tadeu tem 350.000 pés de café e esta 65.000. Estava terminando a colheita, então vários pés cheios de café. Plantam catuaí, catucaí, boubon vermelho e amarelo, obatâ e 2 variedades da América Central que eu esqueci o nome. A secagem estava sendo feito no pátio da casa e em pátios de outras casas da região. Também estavam separando amostras para o concurso. A torra também é feita na fazenda então comprei 500g do blend deles, chamado espresso gold. Se não me engano saiu por 28 reais. A esposa do sr. Antonio comentou que eles foram multados pela fiscalização do ministério do trabalho por usar mão de obra temporária sem assinar a carteira e que a partir do ano que vem iriam usar colheita mecanizada. Na fazenda do Divino Espírito Santo estavam usando a mão de obra da região ainda, só mulheres, que dizem ser mais delicadas, talvez não tenham sido alvo de fiscalização. Após conhecer a cafeteria Rigno, onde estão expostos os prêmios que ele já ganhou, e tomarmos um espresso bonzinho com pão de queijo, voltamos para ver a torra. Começou com os cafés menos valorizados e após a 4ª torra, com o torrador com a temperatura mais estável, colocaram o peneira 17. Então depois de esperar quase 1h consegui comprar o café Rigno com 20m de torra, 25 reais. Engraçado que primeiro ele me perguntou quantos quilos eu queria levar e eu só queria 1 pacotinho. Quem viu a descrição do passeio na pagina da Nas Alturas notou a falta da visita ao Q-grader. Ficaram devendo mesmo, assim como o "delicioso almoço regional" que na verdade foi em um quilo em Piatã, cidade pequena, então dá para imaginar como é. Para quem gosta de café é um passeio imperdível, apenas ficamos com a impressão de improviso e de termos sido os primeiros a faze-lo, o guia, Jaime, gente finíssima, não sabia onde nos levar para almoçar e a localização exata de 2ª fazenda, por exemplo. Por causa disso tivemos desconto no pagamento, mas a iniciativa da criação do passeio é muito boa e merece mérito, fica aqui a divulgação para quem estiver na região e quiser conhecer.
  13. Cafeterias no RJ

    Avenida Mem de Sá, 144. Incrível o site não dizer o endereço.
  14. Cafeterias no RJ

    Conheci hoje por causa da matéria da Veja comer e beber Rio, o Café Épico. O diferente lá é que o café verde é armazenado lá mesmo e torrado as quartas a tarde. O torrador fica atrás de um vidro e o pessoal pode acompanhar o processo. Trabalham com torra média e escura, os grãos ficam armazenados em caixas de plástico, estilo armazém do interior. Comprei 250g da torra média, 15 reais.
  15. https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/8099637/pesquisa-desenvolve-cafe-arabica-para-amazonia
×