rbata

Senior Members
  • Content count

    298
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

228 Bom

About rbata

  • Rank
    Participante

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Rio do Sul-SC
  • Equipamento
    mini, md40, AP, FP

Recent Profile Visitors

560 profile views
  1. Almir, vc já aprendeu o "percentual do padeiro" (baker percentage)? Depois de dominar esta linguagem você consegue criar/modificar/corrigir receitas com muita facilidade. 100% farinha 60 - 70% água 10 - 30% fermento natural 1,5 - 2% sal Tem a regra 1, 2 ,3 tb, acho que é o método do américo, gosto de usar para alimentar o fermento natural, fica fácil de fazer a conta sem o uso de uma calculadora. 1 parte fermento natural 2 partes água 3 partes farinha Teu fermento ficará com uma hidratação de 66%
  2. Tb estou nessa... Só não queria que ficasse escrito Aram Aram repetido num mesmo local...rs Ou poderia colocar o ano de fabricação tb.
  3. Alguém entendeu em que parte da cafeteira vai ser gravada a palavra ou frase que escolhemos? Fiquei na dúvida, pensei em escrever Aram apenas. Mas daí fiquei imaginando que eles já vão escrever a marca da cafeteira por padrão em algum local.
  4. Faz um plano de aluguel...rs R$100,00+frete de ida e volta Deixa disponível durante 20 dias
  5. Recebi ontem meu PAC. Agradeço ao empenho dos envolvidos na CC e no processo de torra. Sabor do Moscardini fecha muito bem com a descrição do Igor. Hj vou provar os outros cafés.
  6. Eu tenho utilizado um bowl de inox de uso culinário e forro com uma folha de papel toalha com um pouco de farinha. Para hidratação de até 70% não tive problemas mesmo deixando a noite toda na geladeira. Daí não preciso ficar lavando panos.
  7. Pra quem tem uma graninha sobrando...rs www.roestcoffee.com/reserve/
  8. Legal, eu tinha me arrependido de não ter participado da última CC. Desta vez não deixei passar!
  9. Muito bonito esse multigrãos! Quais grãos tem utilizado, @Gilberto? E qual proporção de grãos por kg de farinha? Aprendi com uma pessoa que primeiro deve-se tostar os grãos numa assadeira, coisa rápida de 10min, para desenvolver melhor o sabor dos grãos e depois é que se mistura na massa.
  10. @Cabralpode dar seu parecer?rs
  11. Fiquei interessado nessa chaleira Xiaomi, curti o design dos chineses. http://www.gearbest.com/kitchen-appliances/pp_366782.html?wid=21&admitad_uid=320c0f87f66e3d0726f9e0139ead3598&vip=765097&gclid=CLfk7-XB5tQCFYsEkQod35YL9w Tem até controle de temperatura via app no celular...rs Mas tem alguns pontos negativos: - Vou ter que trocar o plugue da tomada para ficar no nosso padrão, isso é tranquilo de fazer mas pode ficar feioso. - Na tabela de especificação diz que a frequência de operação é 50Hz. E alguém questionou o vendedor e ele diz que não funciona em 60Hz. Se fosse apenas uma simples resistência elétrica sei que não teria problema mas como tem eletrônica envolvida no produto pode ser que não funcione?
  12. Pelo celular: clicar no novo menu representado por 3 barras horizontais > Atividades > Conteúdo não lido A primeira impressão desta atualização pra mim é positiva.
  13. Ontem a noite fiz uns testes, achei bem interessante o resultado. Este é o microondas, é o menor modelo da Brastemp, tem prato giratório, porém somente nível baixo, médio e alto de potência. Esta vasilha ganhei da minha mãe há muitos anos, serve para fazer pudim no micro ou forno convencional. Achei que ficou bem homogênea. Após uma catação dos grãos mais claros. Achei que resultou numa torra média para média-escura. As película separaram com bastante facilidade enquanto mexia. Tempo total de torra 18min. Inicialmente abria a cada 30segundos para mexer. Fui até uns 8 minutos em potência média. Daí percebi que estava demorando muito e comecei a utilizar potência alta, porém mexendo a cada 20 segundos. E num dado momento voltei a fazer com potência média pois achei que avançou muito rápido e poderia ficar cru internamente. Os cracks são bem fáceis de identificar. Ao final resfriei com um pequeno ventilador sacudindo dentro de uma outra assadeira. Obtive aprox. 14% de perda de peso. Iniciei com 200g e terminei com 172g. Café Forquilha de uma das compras coletivas. Já experimentei ontem a noite mesmo, sem deixar descansar o café e achei o sabor bem aceitável, acidez leve, melhor do que muito café especial comprado por aí, mas ainda um pouco inferior as minhas torras com soprador térmico. Hoje vou provar novamente o sabor. Prós: - Possibilidade de torrar em qualquer cozinha que tenha um MO; - Necessita muito menos itens/ferramentas do que o meu método com soprador térmico e bowl. - Curiosidade/brincadeira; Contra: - Muito liga/desliga do MO, suspeito que ele não suportaria muitas torras nesse ritmo. É imprescindível um dispositivo mexedor que permita operar o MO de forma contínua. - Trabalhoso demais ficar abrindo e mexendo. - Meu MO tem poucos níveis de ajuste de potência, então talvez seja mais difícil controlar uma curva de torra. - Fumaça/cheiro na cozinha irrita a esposa
  14. Sim, uma pá que suportasse altas temperaturas (250*C), uma espátula de silicone acho que atenderia tranquilamente. Encontrei este vídeo também com um outro conceito:
  15. Vejam este acessório: http://www.gadgetreview.com/auto-microwave-stirrer http://www.ebay.com/itm/MICROWAVE-OVEN-AUTOMATIC-STIRRING-GADGET-3-PC-KIT-MIXER-BOWL-STIR-SPATULA-/301290216631 Trata-se de uma ventosa que se gruda ao teto do micro-ondas, e enquanto a vasilha gira no prato, a pá presa ao teto fica parada, fazendo os ingredientes se movimentarem.