Jump to content
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Strawberry Orange Banana Lime Leaf Slate Sky Blueberry Grape Watermelon Chocolate Marble
Bernardo B

Torrando hoje ...

Recommended Posts

Rafael Wagner    216
Três torras para espresso hoje. Fiquei com saudade de torras mais clássicas e solúveis. Os 3 seguindo mais ou menos a mesma abordagem, considerando que o Yirga da Etiópia é mais denso do que o de El Salvador etc.. Todos entre 11,5 e 12,5 min e perda entre 14,2 e 15,0%. O STC continuando uma maravilha.
KkUasJj.jpgiLpKUmD.jpg
Oi Burny, blz? Como conseguiu esses grãos amigo? Trouxe na mala ou comprou pela Net?

Enviado de meu SM-G955F usando Tapatalk

Três torras para espresso hoje. Fiquei com saudade de torras mais clássicas e solúveis. Os 3 seguindo mais ou menos a mesma abordagem, considerando que o Yirga da Etiópia é mais denso do que o de El Salvador etc.. Todos entre 11,5 e 12,5 min e perda entre 14,2 e 15,0%. O STC continuando uma maravilha.
KkUasJj.jpgiLpKUmD.jpg
Oi Burny, blz? Como conseguiu esses grãos amigo? Trouxe na mala ou comprou pela Net?

Enviado de meu SM-G955F usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Rafael,
Uno é outro modelo de torrador.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites
Allexlimaa2    1,041

Torrando hoje na cafeteria do amigo Erick da café MUMU, com seu novo torrador vindo de Taiwan. Belíssima máquina, muito fácil de torrar.



91c1a8db038a0f26d07c2eb2dfe32277.jpg

Café do seu Dorvanil D'Agostine


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Café do Paulo CD, torrado no Beto Coffee Roaster.

 

Ficou uma torra bem agradável de beber. Estou utilizando meu sistema tabajara de exaustão de ar. Ainda sinto falta de uma forma eficaz de fazer o ar circular dentro do torrador, mas essa é uma limitação dele.

 

O que fiz de difente nessa torra: procurei manter potência mais baixa durante um período maior. Consegui extender mais a torra em relação ao tempos que estava conseguindo com essa massa pequena de grãos. Mas ainda acho que dá para trabalhar com potências ainda menores , pois achei o grão mais escuro do que gostaria por fora.

 

Uma dúvida: esse aspecto que alguns poucos grãos adquiriram (um círculo mais claro , como uma mancha) chega a ser um defeito de torra?

 

Quanto ao sabor: ficou muito bom no V60 e Aeropress. No espresso ficou mais ácido do que gostaria. O retrogosto estava persistente e agradável. 75cc3a76e5fb659c1a8da7ec303a3109.jpg589cd80ecf4471c7dec19c4a9f87d20e.jpg438acd8ae4300d8239ed578bbaeceb7e.jpg

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Igor    3,382

Isso aí é defeito de beneficiamento do café. São bolsões de água ou ar que ficaram acumulados por conta de uma secagem desuniforme ou secagem rápida demais (que fique claro que não é a secagem durante a torra e sim do café verde no terreiro na fazenda). A culpa é do produtor e não sua. Em geral é mais fácil encontrar isso em cafés que acabaram de ser beneficiados. Fico surpreso que ainda apareça esse tipo de coisa nesse café aí que foi colhido no ano passado. 

Sua torra parece ter ficado legal! Esse café do Paulo é extraordinário, deu até saudades dele por aqui.... 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    856
Em 11/05/2018 at 12:02, Guilherme Torres disse:

Putz Mesquita. Que pena cara! Gastrite?

Jovem, estou até acessando o CDC pouco. Mas voltando aos poucos. Cara tratamento de saúde com medicina chinesa, daí mandaram suspender até o mês que vem ou nova avaliação o uso de cafeína ... 

Tô com medo de esquecer tudo do Torrador! Tem meses que não uso! :wacko::wacko::wacko:

A todos um ótimo FDS!!!!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
tencelcal    94

Ficou muito bonito, @helderbarreto, eu também estava sofrendo com essa questão de alguns grãos mais tostados. Hoje, eu tenho feito a maioria das torras entre 12min e 13min, apesar de que meu batch também é um pouco maior do que o seu (venho fazendo com 160g). Tentei implementar essa questão da ventoinha, mas não ficou tão legal, acho q vou colocar mais aletas mesmo. Quanto aos travamentos no meu arduino, era o cabo USB. Agora está uma maravilha. Esperando o torrador do @Fogo ruivo, que a brincadeira vai ficar mais séria. kkkkk

 

Acabei de torrar uma liga (acho que é assim que fala) de variedades diversas, por conta das diferenças, tentei deixar um pouco mais na fase de palha.

5b242d11b10f6_Liga15.png.2bb4a2a73702d1d80441ff3266308d45.png

Não estou conseguindo fazer upload de imagens maiores =(

https://www.dropbox.com/s/vcr2wszptgvx5nv/IMG_2632.JPG?dl=0

Foto da torra no link do drop.

 

Edited by Igor
Quote removido
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Bernardo, acho que o nome é liga mesmo. Quando se misturam os grãos enquanto verdes, chama-se liga e quando se misturam após a torra , chama-se blend.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Miguel_AL    91

To torrando os últimos 2kg do Mokinha do ano passado.

Se alguém quiser provar é só passar aqui em casa!

mokinhahoje.png

 

Obs: quem quiser pode ver essa foto em tamanho normal no Flickr:

2018-07-12-17.20.47 ZS PMax

é só clicar nessa imagem aí em cima

 

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,114

Recebi uns 100g de café do Jacú, recentemente colhido uns poucos km da minha casa. O produtor, na verdade um torrefador (Maffortcafé, bem simpático, recomendo uma visita), já lavou e secou o café, e eu só tirei do pergaminho:

L2wBEqM.jpg

O grão ficou bem bonito, grão grande, sem verdes, brocados etc. Parece que o Jacú sabe bem o que ele escolha para comer. Mas só sobraram 82g de grão, e fiquei na dúvida se o STC consegue torrar amostras tão pequenas.

uxssm0A.jpg

Como parte do último mod do STC, o sensor BT agora fica mais baixo e deu para torrar os 82g sem problemas de leitura no BT. Pré-aqueci o forno com 120C e consegui uma torra de prova (RoR relativamente constante até o 1C). Tirei o café com 12min e 208C. Torra clara-média, com 14.5% de perda de peso.

r2xFWR9.jpg

A torra ficou bonita, relativamente homogênea, embora com as manchas claras típicas de café de umidade heterogênea, como muitos cafés fermentados. Já observei isso no café do Jacú da Unique, e talvez faz parte do processo de digestão da cereja, ou da lavagem do grão depois.

Na xícara foi uma supresa muito agradável. Não esperei grandes coisas, como a minha região (Campo das Vertentes) não produz muito café especial. Mas o café ficou muito gostoso no v60. Boa doçura, frutas amarelas, acidez cítrica média e equilibrada, bom corpo. Foi uma experiência muito bacana, pois nunca torrei café do Jacú e não esperei que na frente da minha casa cresce café tão gostoso.

Abçs, Burny 

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
RogerioD    1,845

Não reparou um leve retrogosto "diferente" não?? rsss  Mas esse processo do jacu, dos que já tomei que é aquele da latinha e o da unique todos foram bons cafés, duro é o preço  do danado hehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites
Burny    3,114

Rsrs, não, nenhum retrogosto diferente. Mais interessante foi a evolução do café. No início foi bem equilibrado, mas com uns 3 dias da torra apareceu um sabor de nutela bem forte, até exagerado, que acabou com todas as outras notas do café. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    856

Torrado ontem à noite, Catucaí Vermelho, método natural de Minas. 13,5 minutos, perda de 14,5%, torra feita no STC (reaprendendo a torrar nele).

24420ecbc689ffa42643921a10cb7236.jpg

Enviado de meu MI 6 usando o Tapatalk
 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Me parece que ficou boa Mesquita.
Também torrei ontem, o ELIESER da Roast (cafezasso!)
Como parei em 214°, ele não ficou tão belo, mas o sabor de melancia na xícara valeu a pena a feiúra.

276b13d0b30f1a38b2f4d9d09043b9e3.jpg

Tomei hoje no coador. Estou com alguns cafés torrados aqui: Café do Paulo, Sumatra (DENNER), o restinho do obatã lavado do Dessidepaula (cafezão tb) e o Elieser. Esse último é o melhor de todos na xícara quando torrado corretamente.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    856

@Guilherme Torres Parece que ficou boa mesmo, foi meio longa a torra mais de 13 min. Mas ficou bastante igual e se fosse mais novo um pouco seria um putsa café. Tava bem bom na aeropress agora mesmo!

E qual é a desse do Elieser, torra reta? Tenho, comprei da galera da Roast também! Vou ver se torro hoje, estou acelerando as torras, tava muito parado. Vou repassar os anteriormente torrados pra família.

Abraços!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Minhas torras do "torrando hoje" nunca são do dia mesmo rsrsrsrsrs. Prefiro deixar passar uns dias para já deixar minhas impressões. Cafés torrados no STC (graças a Murilo Lins e Guilherme Torres)

Café do Afonso (DHC) da compra coletiva. Fiz 2 torras com temperaturas de finalização semelhantes. Como estou aprendendo a domar o torrador, preferi fazer batches de 166g (para dar 6 torras com 1 kg). Na primeira torra o Rao development time foi de ~60s e a segunda de 97s. Ficaram parecidas mas a 2a ficou uma delícia no V60. Com certeza o grão ajudou muito. Lendo o tópico da torra desse grão, feito por Igor e Luís, é citado que o café fica até 7 dias dentro de sacos fermentando. Essa característica é muito evidente ao experimentar a xícara. O sabor fica persistente na boca por muito tempo e o aroma depois de moído é excelente também.

c2c404bc28d57e97db2c2f7a474daee3.jpg1d8cf8505f6b546181f73e63ffe403de.jpg

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    856
19 horas atrás, helderbarreto disse:

Minhas torras do "torrando hoje" nunca são do dia mesmo rsrsrsrsrs. Prefiro deixar passar uns dias para já deixar minhas impressões. Cafés torrados no STC (graças a Murilo Lins e Guilherme Torres)
...

Essa característica é muito evidente ao experimentar a xícara. O sabor fica persistente na boca por muito tempo e o aroma depois de moído é excelente também.

 

Helder, exatamente! Poderíamos pedir os moderadores para trocar o título: "Torrado ontem" ... hehehehe

Todo mundo aqui parece que tem que trabalhar pra comprar o café (e o leitinho para vaporizar) então só no fim de semana que é 'torrando hoje'!

Abraços e bom fim de semana!

PS: Valeu @Guilherme Torres! Vou abrir o meu pacote só semana que vem, mas já vou procurar a melancia no fim da torra!

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Allexlimaa2    1,041

Mesquita, Torres e Helder - Parabéns !! belíssimas torras, e obrigado por compartilharem. 

Torres seu café ficou parecendo um do Tim weldeboe :) 

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Allexlimaa2    1,041

Amigos, para quem está atrás de café verde de qualidade. Surgiu uma oportunidade, abri um tópico nos classificados.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,391
Em 15/06/2018 at 09:15, helderbarreto disse:

Café do Paulo CD, torrado no Beto Coffee Roaster.

 

Ficou uma torra bem agradável de beber. Estou utilizando meu sistema tabajara de exaustão de ar. Ainda sinto falta de uma forma eficaz de fazer o ar circular dentro do torrador, mas essa é uma limitação dele.

 

O que fiz de difente nessa torra: procurei manter potência mais baixa durante um período maior. Consegui extender mais a torra em relação ao tempos que estava conseguindo com essa massa pequena de grãos. Mas ainda acho que dá para trabalhar com potências ainda menores , pois achei o grão mais escuro do que gostaria por fora.

 

Uma dúvida: esse aspecto que alguns poucos grãos adquiriram (um círculo mais claro , como uma mancha) chega a ser um defeito de torra?

 

Quanto ao sabor: ficou muito bom no V60 e Aeropress. No espresso ficou mais ácido do que gostaria. O retrogosto estava persistente e agradável. 75cc3a76e5fb659c1a8da7ec303a3109.jpg589cd80ecf4471c7dec19c4a9f87d20e.jpg438acd8ae4300d8239ed578bbaeceb7e.jpg

 

 

Helder, estava dando uma espiada no fórum (pois faz tempo que não logo) e vi sua pergunta. Esse café mais inchado é um grão parcialmente expandido. Durante a torra forma-se gazes internamente no grão, como na pipoca, que é em grande parte responsável pela expansão do grão. O mestre Ensei brinca que é a fase do Hulk (calombos); em uma torra comercial (café de supermercados) a torra geralmente é levada para uma fase de plena expansão. E a forma como você torra (perfil da torra) influência diretamente desde a formação de determinados aromas aos aspectos visuais do grão. 

Mas isso não é um “erro de torra” desde que seja algo minimamente esperado (seria como no preparo de um ovo frito; a gema mais ou menos mole depende principalmente do gosto do freguês) assim como a torra. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rodolfo M    1,391

O que observei nas minhas torras é que é muito mais fácil ter o grão mais expandido conforme melhor a distribuição de calor; os de leito fluido, apesar de ressecarem mais o grão durante a torra distribuem muito melhor o calor, na outra ponta estão as panelas e similares, que usam quase que exclusivamente à condução térmica. Os torradores profissionais de tambor (Atilla, carmomaq, probat...) utilizam um sistema misto (condução e convecção). Nos torradores que tenho brincado, quanto mais a torra se dá por condução, mais fácil é a formação de scorching, e mais fácil é do grão ficar escuro por fora e mais claro por dentro.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mesquita    856

Galera, torrei um Seleção do Mário ontem à noite no STC, ficou super homogêneo, mas esqueci de tirar a foto para postar neste tópico de apelido "Torrado ontem", hehehe

Mas passei aqui para mandar um lembrete o @Allexlimaa2 criou um tópico de um café que foi oferecido à ele direto pelo produtor e como ele quis compartilhar aproveito para divulgar:

(depois atualizo e posto a foto da torra).

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
helderbarreto    341

Após uns 2 meses sem torrar, voltei fazendo uns experimentos.

 

Café da Roast (José Emílio). Fiz duas abordagens. Na primeira uma RoR decrescente, mantendo plana após o 1C apenas. Já na segunda já iniciei a torra com uma potência mais baixa (50%) e fui fazendo incrementos para manter a RoR "super plana". Ambos com temperatura inicial de 170ºC, tempo pós crack muito parecido (cerca de 1min) e temperatura final igual também.

 

Após cerca de 3 dias fiz um teste duplo cego rsrsrsrs. Fiz dois V60 sem saber qual grão estava em cada coador. A amostra "A" era mais aromática quando moída, apresentava doçura e acidez bem equilibradas, finalização mais longa.

Já a "B" tinha uma acidez mais agressiva, finalização mais curta e mostrava algum desequilíbrio no sabor.

 

Após isso, fui conferir: a amostra "A" era a da RoR decrescente e a "B" era a plana.

 

Não que a plana fosse de todo ruim, talvez finalizar em uma temperatura maior ou deixar mais tempo desenvolvendo ajudasse no sabor. Mas definitivamente se for escolher um dos dois, fico com a amostra "A".

 

34e904f70bfb9c911de41caeb7d161da.jpg

cdaafd1063dee4b5578b6559120aff63.jpg489704bb42a86d8b41ae79291098db68.jpg

 

[Edit] Eu havia enviado um log errado. Agora os dois logs estão certos.

 

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Já que estamos ressuscitando o tópico, segue um log do café da Ucha, última CC:

6585c559292609a9ab6139d4b7aae3c2.jpg

083c82bfdc9904a76a412333cf11a4c0.jpg

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Estou construindo o estoque dos cafés da praia. Cada dia um pequeno bach para proporcionar a brincadeira da criança aqui.
Hoje torrei o café do Caio da última CC.
Complicado torrar apenas 100g, mas acho que estou pegando o jeito de, utilizando o controle da direção do ar no torrador, fazer a curva desejada.

Aí vai
Foto tirada em luz ambiente (dia de sol)
df22f67df3046b88785f829a542b37ef.jpg

Log

0de7cf97d9dd92b333c650bc7a667dfc.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Continuando a saga:
Hoje torrei o café do Eduardo, na minha opinião, o café mais gostoso e aromático dessa ultima CC, a despeito do fazendeiro que o vendeu para nós ter remetido um café diferente da amostra que baseou a escolha dele (veio com muitos verdes e na amostra quase não tinha). Mas, repito, melhor café ainda assim. Verde, pelo menos, é bem tranquilo de separar depois da torra. Então, sem problemas.

Fiz uma torra média clara, mas meu alvo era uma torra média. Fiquei com medo de deixar desenvolver por tempo demais e o café passar do ponto, mas o giro estava correto para o café e ele deve ser mais denso do que o que torrei ontem (Rinaldo) (tenho que começar a medir densidade). Esse, se não aparecerem notas vegetais (defeito de torra), vai ficar muito aromático, bom demais na V60.

Bom, chega de devaneios:

Café

f1f0f03a9a88e58eed5e04b3584b18a6.jpg

c719cd9f2b6f8e3896853c7fbfa04ae0.jpg

Log

a56fb688e000285b276075dfc9d1ef29.jpg




Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guilherme Torres    3,304

Ficou bom demais. Nada de vegetal. Apenas azeite e compota de ameixa. Caramba que café gostoso na v60. E ainda vai melhorar. Já foi para o vácuo, direto para a praia.
7d7df374acf466fcd87db7c0cd64f771.jpg

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


×